Arquivo da categoria: Avenida

Saber reagir

Leia o post original por Rica Perrone

As vezes nós esquecemos que estamos discutindo futebol e nos tornamos insensíveis chatos que só enxergam números na frente. 442? 352? É centroavante? É o goleiro? Onde está o problema? Em vários lugares. É óbvio. Mas além de todo trabalho do elenco e comissão técnica, o futebol requer algo mais. E esse “algo mais” pode…

Timão escapou de VEXAME histórico, hein? O que aconteceu?

Leia o post original por Craque Neto

Ufa! Foi um sufoco. O Corinthians recebeu o desconhecido time gaúcho do Avenida, que luta contra o rebaixamento no campeonato estadual, e sofreu dois gols surpreendentes no início da partida. Isso mesmo! Com 10 minutos de jogo os visitantes já tinham a vantagem de dois gols. Muito em função da fragilidade da defesa do Timão. Primeiro que o Henrique vacilou praticamente nos dois lances. Está mal demais! Perde todas na cabeça e não acerta um tempo de bola. Ridículo! O Manuel também não é lá essas coisas. Se fosse o Carille eu mexeria nessa zaga pra não sofrer mais pra […]

O post Timão escapou de VEXAME histórico, hein? O que aconteceu? apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Prefeitura se nega a dar rua ao Corinthians e manda área virar zona azul

Leia o post original por Perrone

Está lembrado da história da avenida que o Corinthians transformou em estacionamento em frente ao Parque São Jorge, sede do clube? A Prefeitura negou pedido para formalizar a escritura de concessão de uso em favor do alvinegro. E informou que o espaço continuará sendo aproveitado como estacionamento, mas no sistema de zona azul, ou seja, local público para se estacionar.

A decisão, publicada pelo Diário Oficial de São Paulo no último dia 6, foi tomada pelo Departamento de Gestão do Patrimônio Imobiliário, que fez questão de ressaltar o futuro uso do estacionamento por alunos de instituições de ensino da região.

Se a medida for concretizada, sócios do clube também continuarão podendo usar o local. A diferença é que o Corinthians não poderá mais cobrar pelo estacionamento, que hoje tem até uma cancela definindo a área como privativa. A cobrança passará a ser feita pela prefeitura por meio da venda de talões.

Procurada pelo blog, a assessoria de imprensa da Prefeitura não soube dizer se cabe recurso. No entanto, informou também que o pedido de concessão foi indeferido porque questões jurídicas impedem a manutenção da concessão. Luiz Alberto Bussab, diretor jurídico do Corinthians, não atendeu aos telefonemas do blog.

Paralelamente a um processo na Justiça, o Corinthians vinha negociando com a prefeitura para ficar com o terreno.

A avenida em questão é a Condessa Elizabeth Robiano, pista local da Marginal Tietê. Em 1996, a concessão da área foi feita pela prefeitura. Só que o município entrou com uma ação de reintegração de posse em 2009, durante a administração de Gilberto Kassab. Na ocasião, entre outros motivos, foi alegada falta de respaldo jurídico para a lei que permitiu a concessão.

O Corinthians recorreu e, em 2013, a Justiça voltou a autorizar a prefeitura a reaver o terreno. A diretoria do clube, então, publicou em seu site que tinha a palavra das autoridades municipais de que não haveria execução imediata para a retomada da avenida. Explicou também que negociaria com os setores responsáveis na prefeitura para encontrar uma forma de o clube adquirir o terreno de forma definitiva, desconsiderando a cessão precária feita anteriormente”.

Nesta quarta, a assessoria da prefeitura também não soube dizer quando o estacionamento privativo será transformado em zona azul.

Perna travada

Leia o post original por Pedro Ernesto

Esta foi a expressão do centroavante Kleber para explicar a falha que cometeu quando, ao atrasar uma bola, deu origem ao lance do segundo gol do Lajeadense.
Para o torcedor pode parecer desculpa. Para mim, que lido com este assunto há quase 40 anos, isto conta, e muito. Os jogadores gremistas fizeram o primeiro jogo após uma pré-temporada, onde os músculos são exigidos e ficam encolhidos, tirando a mobilidade dos jogadores.
Vale o mesmo para o time reserva do Inter que, depois de fazer 2 a 0, parou e levou três. Poderia ter levado mais. Cansou.  Claro que explicar para quem torce é complicado, mas é sempre assim: no início de temporada, contra times que treinam por mais de 60 dias, a dupla Gre-Nal tropeça.

Estreias

Kleber está muito longe de sua melhor forma física.
Grolli mostrou virtudes, mas ainda parece um pouco verde para ser titular do Grêmio.
Léo Gago teve bom desempenho e, mesmo que não tenha marcado gols, mostrou que chuta muito de fora da área. Entre todos, para mim, o melhor foi Marco Antônio, jogador de técnica refinada.
Mas tudo isto ainda sem definição, pois foi somente o primeiro jogo da temporada. O resultado, claro, foi decepcionante.

Observações

Marcos Aurélio entrou em campo mostrando péssima condição física. Mesmo assim, conseguiu demonstrar muita técnica. É Jogador experiente, que possui muito boa visão de jogo. Saiu por estar cansado.

O que mais me surpreendeu em Santa Cruz do Sul foi o bom desempenho de Sandro Silva, um volante de estatura, que joga um bom futebol. Como se discute fortemente a condição de titular do volante argentino Bolatti, surge aí uma opção para o treinador Dorival Junior.

Você sabia?

* Que D’Alessandro deve jogar, pelo menos, a primeira partida contra o Once Caldas, pela pré-Libertadores?
* Que a direção do Grêmio ainda não desistiu da contratação do meia Giuliano?
* Que a direção colorada espera casa cheia na quarta-feira, às 22h?
* Que o Cruzeiro mostrou o futebol do ano passado e ganhou do Santa Cruz com facilidade?

Share