Arquivo da categoria: Barcelona

Maior virada da história?

Leia o post original por Craque Neto

Na tarde desta terça-feira (7) o Liverpool fez o improvável acontecer. Quase um milagre! Saiu de um placar adverso de 3 a 0 obtido pelo poderoso Barcelona na Espanha e marcou quatro na volta da Terra da Rainha. Isso mesmo! Quatro a zero fora o baile! Messi, Suarez e companhia não viram a cor da bola no estádio Anfield Road. E posso falar? Antes do jogo o uruguaio e o brasileiro Coutinho ficaram valorizando tanto a passagem deles pelo clube inglês que parece ter dado zica. Pelo amor de Deus! O mais impressionante é que nem o torcedor do Liverpool […]

O post Maior virada da história? apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Discurso no Barcelona é de manter Coutinho. Imprensa local diz o contrário

Leia o post original por Perrone

Enquanto parte da imprensa espanhola põe Philippe Coutinho na lista de negociáveis e com várias ofertas, o clube adota postura contrária. O discurso no Barça é de que o brasileiro não está à venda e que nenhuma proposta chegou por ele. Também é negada a intenção de usá-lo como moeda de troca numa futura contratação.

A linha para proteger Coutinho é alegar que ele atravessa uma má fase passageira e que tende a melhorar. Por isso, não há motivos para colocar o atleta da seleção brasileira no mercado.

Já a imprensa espanhola fala do interesse de clubes como Chelsea, Manchester United e PSG em Coutinho. O brasileiro foi contratado pelo Barcelona em janeiro do ano passado junto ao Liverpool por aproximadamente 120 milhões de euros (cerca de R$ 520,8 milhões em valores atuais).

Como admitir insatisfação e interesse em vender um jogador sempre pode fazer o preço cair, só o tempo dirá se o Barça de fato ainda conta com Coutinho ou age apenas para salvar seu “produto”.

Santos desiste de tentar suspender Neymar por seis meses no CAS

Leia o post original por Perrone

Foto: Charles Platiau/Reuters

O Santos desistiu de tentar suspender Neymar dos gramados por seis meses por conta de suposta irregularidade na transferência dele para o Barcelona, em 2013. Porém, o clube brasileiro segue pedindo no CAS (Corte Arbitral do Esporte) uma indenização de aproximadamente 55 milhões de euros por entender que foi ludibriado pelo atleta e pelo time catalão.

A Fifa já havia rejeitado o pedido santista. Então, o clube recorreu ao CAS, mas recentemente retirou por escrito o pedido de gancho. Procurado por meio de sua assessoria de imprensa, o Santos afirmou que não comenta ação em trâmite.

VEJA TAMBÉM:

Santos brinca com publicação de Neymar nas redes sociais

O processo segue com as outras pretensões alvinegras e na próxima fase terá audiência na Suíça. A ação foi iniciada na Fifa em 2015. Sob a presidência de Modesto Roma Júnior, a agremiação do litoral alegou que o atleta teria quebrado seu contrato e ferido o regulamento de transferências da Fifa e o código disciplinar da entidade.

A principal reclamação é de que Neymar teria começado a negociar sua transferência enquanto ainda estava sob contrato com o Santos e sem autorização do clube. A defesa do jogador nega irregularidades e apresenta como um de seus argumentos carta assinada pelo então presidente do Santos, Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro, já falecido, autorizando em 2011 o jogador a iniciar tratativas com equipes interessadas.

Apesar de não ter sido responsável por entrar com a ação, o atual presidente santista, José Carlos Peres, já estava no comando quando foi tentado o recurso no CAS.

Neymar regrediu como jogador de futebol indo jogar pelo PSG.

Leia o post original por Nilson Cesar

Neymar na minha opinião cometeu um erro incrível na gestão de sua carreira quando trocou o Barcelona pelo PSG. No Barcelona ganharia muito mais títulos e poderia até vir a ser o substituto do Messi como protagonista. O campeonato francês é sem graça e já tem o vencedor antes mesmo de começar. A camisa do Barcelona nem se compara com o PSG em nível internacional. A sede de ser o protagonista vem…

Fonte

Fim de uma ‘Era’?

Leia o post original por Craque Neto

Para a surpresa do mundo do futebol o até então azarão Ajax enfiou 4 a 1 no Real Madrid em pleno Santiago Bernabéu e eliminou o atual tricampeão da Liga dos Campeões. O resultado entristece o torcedor merengue mas abre a perspectiva de uma nova ‘Era’ no esporte, já que acabou a hegemonia dos espanhóis no planeta bola. Até porque analisando friamente nem mesmo o Barcelona, da dupla Messi e Suarez, tem apresentado um futebol tão vistoso. Pra falar a verdade essa queda já estava prevista quando o Zidane anunciou sua saída do Real em maio passado – deu uma […]

O post Fim de uma 'Era'? apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Sem ida para o PSG, Willian vê impasse em renovação com Chelsea

Leia o post original por Perrone

Alvo de uma frustrada proposta do PSG horas antes do fechamento da última janela europeia  de transferências, Willian vive um impasse sobre sua renovação com o Chelsea.

De acordo com fonte próxima ao jogador, o clube inglês ofereceu renovar o vínculo por um ano, mas o atleta quer assinar por mais três temporadas. As conversas não foram encerradas, no entanto a avaliação no entorno do meia-atacante é de que está longe de chegar a um acerto.

O atual compromisso do brasileiro vai até junho de 2020. A informação passada a seu estafe é de que o Chelsea tem adotado a política de renovar por apenas uma temporada com jogadores a partir dos 30 anos, idade do ex-corintiano.

Kia Joorabchian, agente iraniano e ex-parceiro do Corinthians, é quem cuida do assunto pelo brasileiro. Os recentes interesses de PSG e Barcelona, que havia ocorrido antes, aumentam a confiança do estafe do jogador em conseguir um bom o acordo ao final de seu contrato.

A proposta do PSG aconteceu pouco antes do final da janela, encerrada nesta quinta (31) e foi recusada pelo Chelsea. O valor da oferta não foi revelado pelas partes e o interesse francês surgiu por conta da contusão de Neymar. O brasileiro deve ficar pelo menos dez semanas fora da equipe.

Diretor da DIS ironiza estafe de Neymar: ‘feliz com chance de pena maior?’

Leia o post original por Perrone

A mais recente decisão da Justiça espanhola sobre Neymar deflagrou nos bastidores uma espécie de disputa entre os estafes do jogador e da DIS, empresa que detinha 40% dos direitos econômicos do jogador, para ver quem demonstra mais otimismo em relação ao desfecho da batalha judicial.

Ao UOL Esporte, a equipe do jogador afirmou ter sido bom para o atleta o juiz responsável pelo caso se julgar incompetente para julgá-lo e determinar que um tribunal formado por três juízes faça o julgamento.

Em contato com o blog, Roberto Moreno, diretor da DIS, ironizou a visão otimista de Altamiro Bezerra, diretor financeiro do Instituto Neymar Júnior.

“Não quero cutucar ninguém, mas é uma incoerência ele (Altamiro) dizer que ficou feliz com a decisão. A promotoria tinha pedido dois anos de prisão, agora o juiz calcula que a pena pode chegar a seis anos. Quem fica feliz ao saber que uma pena pode passar de dois para seis anos?”, afirmou o executivo da DIS.

Ele se refere ao fato de, inicialmente, a promotoria ter pedido a condenação de Neymar por dois anos, além de multa, por suposta irregularidade na transferência do Santos para o Barcelona em 2013.

Agora, o juiz José Maria Vázquez Honrubia entendeu que a pena pode chegar a seis anos de prisão e ele só pode julgar casos com previsão máxima de condenação por cinco anos. Por isso, o juiz se considerou incompetente para julgar o caso.

“Você já viu alguém comemorar porque pode pegar uma pena maior do que antes? Não faz sentido”, afirmou Moreno, ainda sobre a reação do estafe de Neymar.

O caso envolve também os pais de Neymar, o ex-presidente do Barcelona, Sandro Rossell, atualmente preso por outras acusações, o atual principal mandatário do clube, Josep Maria Bartolomeu, e Odílio Rodrigues, que presidiu o Santos, além dos dois clubes.

A declaração rebatida por Moreno foi a seguinte demonstração de confiança dada por Bezerra ao UOL Esporte: “a notícia é boa para nós porque já é o segundo juiz que se considera incompetente para julgar o pedido da DIS. Isso enfraquece o pedido. Agora o juiz alegou incompetência  porque ele só cuida de casos com pedido de prisão até cinco anos. Eles pediram seis. Outro ponto favorável para nós é que a Justiça, na Espanha e no Brasil, já entendeu os valores recebidos pelo Neymar como sendo salário”.

As duas partes também esbanjam otimismo em relação ao pedido de condenação. Para a DIS, as provas contra Neymar são absolutas, e o fato de Honrubia calcular que a pena pode chegar a seis anos seria um indício de que a punição é viável.

Do outro lado do muro, o estafe do jogador do PSG diz ter certeza de que ele não será preso. Primeiro por considerar não existirem provas de que foi cometido crime na transferência dele para o Barça. Para a DIS, houve uma simulação entre os envolvidos para diminuir a quantia que a empresa tinha a receber pelos 40% dos direitos econômicos.

A defesa do astro da seleção brasileira também justifica sua posição otimista com o fato de o jogador ser primário. Pelas leis espanholas, ele só poderá ser preso ser for condenado a mais de cinco anos. O entendimento é de que um réu primário não pegaria pena perto da máxima e teria a condenação transformada em multa.

Mas a hipótese de condenação não é levada em conda pelo estafe do atleta, que sempre alegou inocência.

Em nota, a assessoria de imprensa de Neymar também afirmou que ao se declarar incompetente para julgar o caso, Honrubia, “reforça o pedido que foi negado à defesa”, que “contestava a competência desta corte em julgar o caso. Consequentemente todos pedidos e atos praticados por essa corte tornam-se nulos”.

Completando a demonstração de otimismo, o comunicado afirma que “fica claramente demonstrado que a Espanha não tem jurisdição para julgar a demanda da DIS”.
Oficialmente, Neymar foi vendido pelo Santos por 17,1 milhões de euros. O Barcelona pagou 40 milhões de euros para a N&N, pertencente aos pais do jogador. A empresa entende que essa quantia fazia parte da negociação pelos direitos econômicos. Assim, deveria entrar na conta dos 40% a que ela tinha direito.
Leia também:

 

Estafe de Neymar rejeita projeto de reaproximação de presidente do Santos

Leia o post original por Perrone

O estafe de Neymar não vê chance de o jogador reatar relações com o Santos caso José Carlos Peres leve adiante seu projeto de retirar o nome do atacante e do pai dele de recurso que move no CAS também contra o Barcelona. O alvinegro pede suspensão de seis meses para o jogador além de uma multa de R$ 55 milhões de euros (R$ 239,7 milhões).

A ação foi proposta pela diretoria comandada por Modesto Roma Júnior sob a alegação de irregularidades na trasferência do astro para o Barça.

Na avaliação de gente que cuida da carreira do camisa 10 da seleção brasileira, o presidente santista só fala em desistir do processo porque perdeu em primeira instância e não teria chances de revertar a derrota (isso na opinião da equipe de Neymar).

Nessa linha de raciocínio, a reaproximação só teria sido possível se a deistência tivesse ocorrido antes da decisão da Fifa favorável ao jogador.

Pouco depois de Peres assumir a presidência, ele chamou um integrante da equipe de Neymar para conversar sobre fazer as pazes. Na ocasião ouviu que seria necessária uma retratação pública, que nunca houve.

Peres nega que sua intenção seja motiva pela derrota incial. Mesmo antes de assumir a presidência o dirigente prometeu se esforçar para reconstruir a relação com o ex-jogador Santista. Ele adota o discurso de que o clube precisa se relacionar bem com todos os seus ídolos.

Para a atual diretoria, a proximidade com Neymar pode ajudar o alvinegro até a atrair patrocinador.

Porém, entre os que trabalham com Neymar prevalece a tese de que o Santos desrespeitou quem eles consideram ser o maior ídolo da história do clube depois de Pelé e que isso é imperdoável.

A postura destoa do otimsmo adotado por Peres depois de ele tentar se aproximar do jogador durante o período em que chefiou a delegação da seleção brasileira em Londres, gerando um “climão” com o atacante. A atual diretoria sustenta que só entrou com o recurso para não perder o prazo estipulado e correr o risco de prejudicar seus pedidos em relação ao Barcelona.

Projeto de Peres para retirar Neymar de ação enfrenta resistência no Santos

Leia o post original por Perrone

A ideia de José Carlos Peres de aperesentar ao Conselho Deliberativo do Santos um projeto para retirar o nome de Neymar e do pai do jogador de recurso contra ambos e o Barcelona no CAS (Corte Arbitral do Esporte) sofre rejeição de parte signifcativa dos conselheiros.

A contrariedade vem especialmente da oposição. Está baseada principalmente na tese de que o clube já gastou muito com advogados até aqui para desistir de parte do processo. E também pelo entendimento de que Neymar deve dinheiro ao alvinegro e precisa pagar. O argumento é de que ele, seu pai e Barcelona teriam fraudado a negociação relativa à transferência do atleta para diminuir a participação do Santos na venda. Os três negam terem cometido irregularidades.

A ação foi movida na gestão de modesto Roma Júnior, Nela, foi pedida suspensão de seis meses para o jogador, além de pagamento de multa no valor de 55 milhões de euros (cerca de R$ 239,7 milhões). A Fifa rejeitou o pedido. Então, já como presidente, Peres entrou com o recurso no CAS.

O presidente tentou se aproximar do jogador durante o período em que foi chefe da delegação brasileira em Londres na preparação para a Copa do Mundo. A tentativa gerou um “climão” com Neymar.

Peres encomendou um parecer jurídico para saber se pode excluir o atacante e seu pai do recurso. Se obtiver sinal verde dos advogados, ele pretende levar o assunto para o Conselho Deliberativo. No entanto, o cartola sabe que enfrentará reistência.

Cara a Tapa – Deco

Leia o post original por Rica Perrone

O ex-jogador Deco não foge de pergunta alguma. Fala sobre a polêmica passagem de Felipão no Chelsea, compara os momentos do Barcelona, dá nota para o presidente do Flu e até escolhe entre as torcidas de Flu e Barcelona!

Duvida? Olha aí!
Inscreva-se aqui: