Arquivo da categoria: Blackstar

Mancha usa Blackstar para atacar desafeto Paulo Nobre

Leia o post original por Perrone

O polêmico episódio da oferta de patrocínio da Blackstar ao Palmeiras se transformou em munição para a Mancha Alviverde atacar um antigo desafeto, o ex-presidente palmeirense Paulo Nobre.

O ex-cartola fez a ponte entre Genaro Marino, ex-candidato à presidência responsável por apresentar a proposta da empresa. Como presidente, Nobre rompeu com a torcida e cancelou todo o tipo de ajuda a ela após atos hostis contra o time.

Agora, a principal organizada do clube dá o troco criticando o ex-dirigente em rede social por conta de seu envolvimento no caso Blackstar. Além disso, Paulo Serdan, um dos líderes da Mancha e conselheiro do Palmeiras, fez um duro pronunciamento contra o ex-presidente em reunião do Conselho Deliberativo.

Em rede social, a principal a uniformizada do clube usou de ironia para cutucar Nobre. A entidade ofereceu patrocínio de R$ 1 mil para ele disputar uma prova de rali fictícia. O ex-cartola se dedica a participar de corridas desssa categoria.

“A torcida Mancha Alviverde, entrando na onda da Blackstar, o grande e milagroso patrocínio trazido pelo ex-presidente, quer fazer uma proposta irrecusável ao piloto”, diz o texto postado pela uniformizada Marino também foi alfinetado na irônica oferta.

No conselho, Serdan  afirmou que a proposta da Blackstar, incluindo o pagamento à vista de R$ 1 bilhão, foi apresentada às vésperas da eleição com cunho eleitoreiro. Ele disse não acreditar que o estafe de Nobre não pudesse investigar a fundo a empresa.

Usando documento do HSBC, o atual presidente, Maurício Galiotte acusou a Blackstar de apresentar uma falsa garantia bancária com a bandeira da instituição financeira. Rubnei Quícoli, representante da empresa, nega a fraude.

“Expulsão para o Paulo Nobre e o Genaro é pouco. Vocês deveriam pedir desculpas em público e se ajoelhar”, disse Serdan, arrancando aplausos de parte dos conselheiros.

No mesmo encontro, o conselho decidiu abrir uma sindicância para apurar a participação do ex-presidente e de Genaro, ex-vice, na proposta de patrocínio.

Nobre não atende ao blog. Por sua vez, Genaro nega que tenha usado a oferta de maneira política. Diz que pesquisou os documentos apresentados pela empresa e não encontrou irregularidades. Afirma ainda que recebeu a proposta de boa fé e a apresentou ao clube para análise.