Arquivo da categoria: Botafogo

Clássico mostra que Domènec não sabe o que quer. Autuori deve querer mais

Leia o post original por Perrone

O empate em um gol no clássico deste domingo mostrou que Domènec Torrent ainda não sabe o que quer do Flamengo e que Paulo Autuori precisa querer mais do Botafogo, além de jogar por uma bola.

Torrent muda o Flamengo a todo tempo demonstrando claramente que ainda não encontrou sua fórmula ideal.

Neste domingo começou com Bruno Henrique centralizado no ataque. O rendimento não foi bom. Então, ele deslocou o atacante para esquerda, onde reinou no ano passado. Assim, o time melhorou.

É mais uma prova de que o treinador não cumpre rigorosamente o que disse ao ser contratado sobre mudar pouco o trabalho de Jorge Jesus em sua chegada.

Mudou tanto que o rubro-negro, na maior parte do jogo com o Botafogo, preferiu o passe lateral ou a bola recuada, deixando no passado o futebol agudo que fez o Flamengo ser temido em 2019.

Também diferentemente dos tempos de Jesus, os jogadores do Flamengo parecem não saber o que fazer em campo. Comprovação de que o treinador não deu, por enquanto, um padrão de jogo para a equipe.

Enquanto Torrent busca o que quer, Autuori sinaliza estar confiante de que encontrou o que desejava.

O técnico do Botafogo parece seguro de que a vocação de seu time, pelo menos diante de times com elencos teoricamente mais fortes, é jogar atrás e contra-atacar. Foi assim hoje. E quase deu certo, não fosse o gol de pênalti sofrido no último lance.

Na opinião deste blogueiro, porém, o alvinegro pode fazer mais. O time tem um entrosamento interessante e deveria aproveitar a velocidade de Luis Henrique não só para contra-atacar.

Com mais ímpeto ofensivo e qualidade na troca dos passes, o Botafogo ficaria muito mais forte.

Na soma do que os rivais apresentaram, tivemos um clássico entre equipes que podem ser bem melhores do que foram. No entanto, a emoção foi assegurada por dois gols no final.

Bola voltando a rolar . Só esperamos muita disciplina e responsabilidade .

Leia o post original por Nilson Cesar

O futebol volta nesta quinta feira no Rio de Janeiro . Flamengo joga contra o Bangú no Maracanã . Não existe união entre os clubes para o retorno no Rio. Fluminense e Botafogo são contrários . Testes nos atletas e segurança para todos é o que devemos exigir . Sou favorável ao retorno do futebol , mas sinceramente não gostei da forma utilizada pelo futebol carioca . Resta torcer a favor para que…

Fonte

Em mais uma vitória rubro-negra, Botafogo dá lição aos rivais

Leia o post original por Rica Perrone

Foi por pouco. O Botafogo de fato quase conseguiu a proeza de vencer o Flamengo galático e imbatível de 2019. Chances aconteceram, o jogo foi equilibrado até a expulsão, mas o que me chamou atenção ficou menos no resultado e mais no estádio. Explico. Primeiro a mobilização para não dar ao rival, mesmo que por…

Dívidas: A proporção

Leia o post original por Rica Perrone

Na real toda dívida é relativa. Se você deve 40 mil e ganha 30 por mes não é um absurdo impagável a médio prazo. Se você ganha 2 por mes os mesmos 40 se tornam um enorme problema. Por isso fiz uma comparação com a dívida de 2018 e as receitas de 2018. Obviamente considerando…

Dívidas: Dos 12, só Flamengo, São Paulo e Grêmio respiram

Leia o post original por Rica Perrone

  As dívidas dos clubes brasileiros são assunto desde o começo da década de 2000, quando isso se tornou público de forma mais clara. Se comparada a receita, algumas dívidas que parecem aumentar apenas se sustentaram. Mas a grosso modo, todo mundo subiu o que deve. Dos 12 grandes, Flamengo, São Paulo e Grêmio tem…

Justiça libera verba do Bota ‘presa’ pelo SPFC por ser de incentivo fiscal

Leia o post original por Perrone

Desde janeiro do ano passado, como revelou o blog, o São Paulo cobra na Justiça paulista cerca de R$ 3,27 milhões do Botafogo referentes à venda do atacante Henrique Almeida, feita em 2013. O clube paulista já teve atendido pedido de bloqueios na conta do alvinegro do Rio. Porém, na última quarta (21), foi negado recurso aos são-paulinos contra decisão que liberava R$ 683.333,33 encontrados em uma das contas botafoguenses e anteriormente bloqueados.

O desbloqueio foi determinado porque a Justiça entendeu que o Botafogo comprovou se tratar de recurso proveniente de incentivo fiscal ao esporte, que não pode ser penhorado, de acordo com a decisão. Agora, o São Paulo deve procurar outra forma de penhora para tentar receber. Porém, a agremiação do Rio de Janeiro contesta a cobrança e pode recorrer.

“É importante deixar claro que o São Paulo está tendo seu direito de receber o pagamento reconhecido pela Justiça. O desbloqueio foi autorizado por causa do entendimento sobre recursos oriundos de lei de incentivo, não porque o Botafogo não esteja devendo”, disse ao blog Leonardo Serafim dos Anjos, diretor jurídico executivo do São Paulo.

“Houve a penhora  indevida de recursos incentivados para aplicação obrigatória  em esportes olímpicos, no caso, o basquete. Por sua própria  natureza – recursos públicos oriundos de arrecadação de impostos  – esses incentivos são impenhoráveis. Portanto, outro não poderia ser o resultado do  julgamento, senão a liberação dos recursos”, declarou Domingos Fleury, vice-presidente jurídico do Botafogo.

Ele também se manifestou sobre a possibilidade de o São Paulo tentar penhorar outras receitas, como cotas de TV e dinheiro arrecadado com negociações de atletas. “As penhoras são  inevitáveis, mas não podem inviabilizar a continuidade do clube, de forma que não podem abarcar a totalidade das receitas, seja de quotas da TV, venda de jogadores, ou qualquer outra. Sempre que houver excessos, como no caso reportado por  você (a cobrança relativa a Henrique), o Botafogo recorrerá”, afirmou o dirigente.

Emprestado pelo Grêmio, Henrique Almeida atualmente está na Chapecoense.