Arquivo da categoria: capitão

E olha que eu nem gostava muito de você…

Leia o post original por Rica Perrone

Nunca fui um puta fã do Daniel Alves.  Sempre achei que como defensor ele deixava muito a desejar e, tal qual o Marcelo, era um ótimo jogador mas que acabava dando “trabalho” lá atrás. Enfim. Tem dias que o processo de analisar futebol deixa de ter importância. Esse dia determina a troca de categoria entre…

Opinião: Casemiro seria melhor capitão para seleção do que Daniel Alves

Leia o post original por Perrone

Seria arrogante por parte deste blogueiro dizer que Tite errou ou acertou ao dar a a faixa de capitão da seleção brasileira para Daniel Alves. Porém, com tranquilidade, posso analisar e discordar da escolha.

Claro que Dani é preparado para o posto. É um dos líderes da seleção, tem história no time nacional, ostenta currículo vencedor e é respeitado por companheiros adversários e árbitros.

Mas o lateral estará com 39 anos quando chegar a  Copa do Qatar. É possível que não esteja lá.

Só isso é suficiente para avaliar que Tite deveria escolher outro nome. O treinador está perdendo a chance de construir um novo líder, algo que a seleção precisa.

Outra questão é a ligação de Daniel Alves com Neymar. O lateral age como um irmão mais velho do astro de PSG.

Tite tirou a faixa de capitão de Neymar após ele agredir um torcedor depois da final da Copa da França. A mudança de status soa como castigo. A braçadeira não deve ser usada para punir  nem amansar jogadores. Mas, já que Tite escolheu esse caminho, me parece improdutivo transformar em capitão alguém tão ligado a Neymar

A seleção precisa parar de girar em volta do craque polêmico. Um capitão menos ligado a ele seria mais saudável.

Acredito que uma escolha melhor do que Daniel Alves seria Casemiro. O volante é uma das lideranças técnicas da seleção, terá 30 anos no próximo Mundial e é respeitado internacionalmente.

Casimiro também é amigo de Neymar, mas tem uma postura menos protetora em relação ao colega do que Dani.

O volante foi o capitão nos amistosos contra Panamá e República Tcheca, sem Neymar e Daniel Alves em campo.  Parecia existir um projeto para ele assumir a  função de vez. Ficou só na impressão.

O capitão

Leia o post original por Rica Perrone

O papel de capitão no futebol pra mim é um erro recorrente. Na minha cabeça o capitão do time representa o time e, portanto, deve ser eleito pelo time, nunca pelo treinador ou pelo dirigente. Se fanfarrão ou correto, tanto faz. Ele deve ser a escolha da maioria para que seja o elo entre time/dirigentes/treinador…

Opinião: Tite erra ao dizer que Neymar entendeu responsabilidade de capitão

Leia o post original por Perrone

“Coloquei em Neymar o apoio e a responsabilidade. Ele conseguiu ler os dois. O apoio como jogador e a responsabilidade pela capitania.”

A afirmação de Tite, nesta sexta (21), durante entrevista coletiva, mostra uma leitura equivocada do treinador da seleção brasileira sobre o recente comportamento do astro como capitão.

No amistoso contra os Estados Unidos, de fato, ele se comportou bem, sem arrumar confusões inadmissíveis para quem ostenta a braçadeira da seleção brasileira.

Porém, contra El Salvador, no último dia 11, o atleta do PSG recebeu cartão amarelo por simulação. Ou seja, foi punido por um vício que Tite espera corrigir com a faixa de capitão. Evidentemente, a estratégia não funcionou nesse jogo.

É difícil acreditar que o treinador da seleção brasileira tenha sido tão míope em relação ao episódio. Mais plausível é crer que ele tentou tapar o sol com peneira ao dizer que Neymar entendeu a responsabilidade embutida na capitania. Entendeu coisa nenhuma. O cartão amarelo mostra isso.

Da mesma forma, o técnico parece não ter compreendido que não vai ajudar o jogador a evoluir passando a mão na cabeça dele. E muito menos usando a faixa de capitão da seleção para pressionar um atleta que não é o mais indicado ao posto e já se sentia muito pressionado.

Neymar vive cercado de gente que não o ajuda a enxergar seus defeitos. Cabe aos técnicos dele apontar as falhas, indicar as soluções e trabalhar com ele para o acerto.

Proteger o mundo imaginário no qual todos querem ferrar Neymar, o “milionário de vida digna de pena”,  fará o principal jogador da seleção brasileira ficar estagnado. Ou até regredir. Ao mesmo tempo, Tite vai desgastando sua imagem, já desbotada diante de parte de imprensa e torcida. Mas ele terá problemas mesmo se a cegueira em relação ao camisa 10 o desmoralizar perante os demais jogadores.

Leia também:

Opinião: faixa de capitão deve ser usada em prol da seleção, não de Neymar

Tite observa nova função de Neymar no PSG, mas diz preferi-lo pela esquerda

Opinião: faixa de capitão deve ser usada em prol da seleção, não de Neymar

Leia o post original por Perrone

A faixa de capitão da seleção brasileira não é para ser dada, mas conquistada por quem a merece.

Não é para ajudar um jogador a evoluir, mas para ser usada por quem está mais preparado para exercer a função e contribuir com a equipe.

Muito menos é um instrumento de pressão. Pelo contrário, quem a ostenta deve se sentir confortável no papel a ser cumprido.

Por tudo isso, este blogueiro considera um erro Tite ter nomeado Neymar capitão da seleção.

O jogador do PSG deixou a Copa da Rússia sem desempenhar o papel de líder do time nacional dentro e fora de campo. Nem deu entrevista coletiva após a eliminação diante da Bélgica, algo básico para quem pretende liderar.

Então, o que Neymar fez para merecer a braçadeira desde a queda no Mundial? Nada, já que a partida contra os Estados Unidos, na última sexta (7), foi a primeira do novo ciclo.

Se a intenção é fazer com que o camisa 10 melhore no aspecto disciplinar e tenha uma postura mais adulta em campo, Tite corre o risco de ter um capitão ineficiente. Seria melhor deixar a faixa com quem já está pronto para cumprir a missão.

Como mostrou o UOL Esporte, a ideia da comissão técnica é fazer com que a pressão pela função contribua para o desenvolvimento de Neymar. Um forma de fazer com que ele mostre a cara na seleção.

Tite deveria levar em consideração o fato de que quem mostra a cara sem estar preparado está sueito a apanhar. Em outras palavras, será que é uma boa pressionar mais quem já não estava suportando a pressão (absolutamente natural) que carregava?

Vale lembrar que Neymar já foi capitão da seleção e nada mudou. Acabou dispensando a patente. A volta à função, então, só deveria acontecer quando ele estivesse preparado e não para ajudar em sua preparação. Afinal, o capitão deve ajudar a seleção. Fazer o contrário é jogar contra o espírito coletivo.

Porque você não gosta do Thiago Silva?

Leia o post original por Rica Perrone

Ouço essa pergunta quase todos os dias em alguma rede social ou pessoalmente. Nota-se que não sou do fã-clube do jogador pelo que digo sobre futebol, o que não implica em não gostar dele. Mas o tema é bom e se debatido sem paquita de lado a lado, fica interessante. Eu reconheço no Thiago Silva…

Por Zagallo, Dunga, Ronaldo…

Leia o post original por Rica Perrone

É tanta gente, nem da pra listar.  No país do futebol o grande herói corria de carros, e morreu.  E se não estivesse morto fatalmente estaria sendo menosprezado de alguma maneira por um povo que tolera tudo, menos o sucesso. Capita faleceu nesta manhã e mais uma vez nos salta aos olhos o quanto esperamos …

Como será o amanhã?

Leia o post original por Rica Perrone

…Responda quem puder. O que irá me acontecer? O meu destino será como Deus quiser” Vazio. Assim ficarei as 23h desta sexta-feira 11, que por uma indelicadeza do calendário não é 13. Eu sempre fui o centro das atenções. Mas por uma vida eterna sempre me quiseram derrotada e não defendida.  Nasci pra ser alvo, […]