Arquivo da categoria: carioca

Quanto custa jogar o estadual?

Leia o post original por Rica Perrone

Todo mundo já percebeu que os estaduais não são interessantes aos clubes. Diz a CBF que num país com tanto clube grande ele é bom pra aumentar o número de campeões na temporada. Ok. Também tive dificuldade de aceitar 18 datas para deixar um campeão de um campeonato mediocre feliz. Era mais fácil dizer: “Se…

Estaduais: Inteligencia rara

Leia o post original por Rica Perrone

Os campeonatos estaduais são ruins. Ponto. É impossível um torneio recheados de clubes da série D e outros que nem série tem juntando com alguns tops fazerem um grande campeonato.

Politicamente existem porque o sistema quer assim. Enquanto os grandes não peitarem, nada mudará. Talvez porque esteja bom pra todos, talvez seja bom pra quem manda. Enfim. Temos estaduais longos e sem o menor apelo.

Quando o torcedor vai ao jogo é pelo time, a fase, o idolo. Não pelo jogo ou pelo torneio. Ou você acredita que algum palmeirense está indo ao jogo porque quer ganhar o Paulistão desesperadamente?  Sabemos que não.

O Grêmio está com técnico reserva. É surreal como conseguem arrumar um calendário onde o grande destaque de 2017 tem que começar o ano prejudicado por ter ido longe demais.

Mas de curioso fui ver as formulas de disputa. Procurar alguma que não seja estúpida, que entenda que já que é ruim, que seja breve e emocionante. De fato, carioca e paranaense entenderam isso. Os demais, não.

Paulista: 12 rodadas para termos 8 classificados dos quais 4 todos nós já conhecemos. Insuportável.

Mineiro: 12 times, 11 rodadas, 8 classificados. É tão emocionante quanto dançar com a própria irmã.

Carioca: 5 rodadas, semifinal e final. 6 rodadas, semifinal e final. A bobagem fica pro final onde entre o time de “melhor campanha no geral”.  Mas ainda assim, dura menos até ter jogos decisivos.

Paranaense (melhor formato): Igual ao carioca sem a bobagem do “melhor campanha”. Jogam os campeões e ponto.

Gaúcho: Igual ao Mineiro.

Catarinense: Esse merece o prêmio “Padre Baloeiro” de idéia ruim do ano. São 10 times, DEZOITO rodadas. Ida e volta. E então os dois primeiros jogam uma final.  Se alguém não dormir até lá, é claro.

Enfim. Se é pra ser ruim e o título pouco cobiçado, é razoável imaginar que encurtar a disputa e dramatizar o cenário sejam os caminhos óbvios para se tornar menos chato.

Carioca e Paranaense entenderam isso melhor que os outros. Em 1 semana haverá decisão em ambos enquanto em algumas semanas os demais passam a cumprir tabela sabendo da classificação óbvia dos grandes.

Enquanto isso não acaba ou se limita a um mês, oremos para que sejam o menos sonolento possível.

abs,
RicaPerrone

Santo nunca foi! Mas sacanagem também não, vai!

Leia o post original por Craque Neto

Após participar do Terceiro Tempo da Band neste domingo fiz questão de acompanhar o lance que gerou a expulsão do Luis Fabiano no clássico do Rio entre Flamengo e Vasco. O árbitro Luis Antônio Silva Santos só pode estar de brincadeira em afirmar que o jogador empurrou ele. Pelo amor de Deus! Todas as imagens mostraram claramente que o atacante vascaíno mal encosta nele. Pelo amor de Deus! Não dá pra brigar contra a imagem. Vejam bem, o Luis Fabiano não é santo e pelo visto nunca fez questão de ser. Mas sacanagem também não! Pra falar bem a verdade […]

O post Santo nunca foi! Mas sacanagem também não, vai! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Agora, aos indícios

Leia o post original por Rica Perrone

Tudo que vimos até aqui foi mero ensaio. Os times grandes que disputam campeonatos estaduais pouco se importam com o desempenho e sim com o dever de vencer jogos. Desmotivados pelo tosco objetivo que tem a frente, as vezes até conseguem tropeçar, mas raramente saem da rotina de decidirem os estaduais. Agora, com 8 clubes, …

Comparando as decisões

Leia o post original por Rica Perrone

As quatro decisões regionais mais importantes do país e só uma delas com um pequeno envolvida. Números básicos dos jogos para se comparar as partidas. Estamos driblando pouco, cruzando um pouco demais e tocando pouco a bola entre a defesa e o ataque. O caminho é curto. Tentamos num lance mais técnico do que no […]

O fator Fred

Leia o post original por Rica Perrone

Todos os minutos do jogo deste sábado nos levam a crer que estamos falando de times muito parecidos, embora em teoria o Fluminense tenha mais qualidade. Dois times muito bem postados sem a bola, e sem idéia do que fazer com ela quando conseguiam retoma-la. Este, aliás, é um retrato bastante fiel de um dos problemas […]