Arquivo da categoria: Carpegiani

Quer casar com eles?

Leia o post original por Rica Perrone

 

Não, eu não acho que demitir o Carpegiani e o Rodrigo seja um erro. Acho que alguma coisa tem que acontecer, pois o time do Flamengo parece cumprir horário, bater cartão e ir pra casa.

Acho que o Flamengo virou uma empresa. E acho que isso não é idéia do treinador, do elenco, nem do Rodrigo. É uma medida de cima pra baixo. Uma gestão muito boa mas que acredita que futebol se gerencia como empresa.

Vai apanhar até o último dia do mandato enquanto acreditar nisso. Não há faculdade pra futebol. Esquece.

O Flamengo coxinha não deu certo, nem errado. Ficou ali no patamar de Grande Rio no carnaval. Não ganha, mas passa bem. Cheio de celebridades, todo mundo fala “esse ano vai” e … não vai.

A diretoria do Fla adaptou o clube a ela e não o contrário. Tem que estourar em alguém, e é natural que estoure no comando do futebol.  Talvez um treinador de resultados imediatos funcione, já que o planejamento de 2018 foi pro buraco enquanto a diretoria se negou a dispensar o Rueda para ter  Renato Gaucho por causa de alguns mil dolares de multa.

O Flamengo vê dinheiro em primeiro lugar porque jura ter virado uma empresa.

Ninguém torce pra empresa, se apaixona por ela e comemora lucro mais do que gols e títulos. A ideia geral, abalizada pela imprensa, de que novos gestores de fora do futebol salvarão o nosso futebol é uma bobagem sem fim.

Salvarão as finanças dele. O resto, salva quem conhece do assunto.

Carpegiani é um erro fácil. Todo mundo sabia que ia dar errado. Mas também nunca foi a escolha. Foi o tampão.

Demitir dois muda e dá impacto. Não resolve. O time é bom, mas é “pra casar”. E time pra casar, casa. Não faz história.

abs,
RicaPerrone

A espera de um milagre

Leia o post original por Rica Perrone

Vou correr um risco que nem gosto, até porque tenho enorme simpatia e respeito pelo alvo. Mas o que voces estão esperando do Carpegiani?

Um Flamengo moderno e vencedor, imagino. Mas sob qual argumento se aposta nele? De um passado de 30 anos, imagino. Pois desde então não há qualquer outro argumento para imaginar que ele possa ser este cara.

Tanto que a idéia original era dele ser o supervisor e não o treinador. Perderam o Rueda, ele entrou. Mas, com todo respeito ao campeão do mundo, lá se vão 30 anos, e neste período absolutamente nada aconteceu que pudesse nos fazer crer que há ali uma evolução.

Num momento em que o futebol clama por modernidade, intensidade, conceitos coletivos e renovação, vide Carille, Tite, Zé Ricardo, Jair, porque o Flamengo espera num treinador que há 30 anos é considerado ruim?

O time não joga mal. Nem bem. Não evolui. Não apresenta nada de novo. Depende completamente do talento individual dos seus jogadores e não dá qualquer sinal de que sairá disso.

Os critérios são confusos.

Você gasta uma nota pra comprar um carrão e dá pra um motorista não tão bom. Embora o Carpegiani seja um nome incrível na história do clube, não há qualquer motivo para sustentar a idéia de que ele será o treinador que o Flamengo precisa em 2018.

Aliás, há. O fato de ser Flamengo, dele não ser um grande nome e dessa mistura ter sucesso algumas vezes.  Mas é uma aposta mais mística do que técnica. E eu não imagino que as reuniões de diretoria sejam feitas num terreiro, mas sim numa sala de reunião com, no máximo, uma “mesa branca”.

abs,
RicaPerrone

Atenção Carpegiani, o melhor do Mengão é JUVENIL!

Leia o post original por Craque Neto

O Flamengo está com os cofres cheios! Contratando a rodo alguns jogadores de muita qualidade. Formando um baita elenco para a disputa de todos os campeonatos. Já foi assim na temporada passada, mas dessa vez estão fazendo a reposição de maneira pontual, a não ser no ataque onde já começa a acumular vários jogadores para as mesmas posições. Para centroavante, na função do camisa 9 tradicional, a diretoria acabou de negociar o Felipe Vizeu, mas contratou o Henrique Dourado. Aí ouço muito torcedor rubro-negro discutindo quem vai jogar quando o Guerrero estiver liberado do doping. Posso falar? Se fosse o […]

O post Atenção Carpegiani, o melhor do Mengão é JUVENIL! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Um Leão para acordar o São Paulo

Leia o post original por Quartarollo

leaoHoje pela manhã postei aqui no Blog a manchete: “Quem vai acordar o São Paulo?” Agora há pouco, Emerson Leão foi confirmado como novo treinador tricolor. É ele que terá a tarefa de acordar o adormecido elenco sãopaulino. Passou pelo Morumbi em 2005 e montou a equipe que foi campeã paulista e acabou ganhando com […]


Quem vai acordar o São Paulo?

Leia o post original por Quartarollo

pantufasO São Paulo está dormindo em campo. Joga de pijama e pantufa. Depois de Muricy Ramalho, o São Paulo só teve treinadores lights, ou soft, como queiram. Vieram Ricardo Gomes, Sérgio Baresi já estava lá, mas é da mesma linhagem, Paulo César Carpegiani e Adilson Batista. Todos bastante educados e com palavras calculadas no relacionamento. […]


“Delegado”, a próxima vítima do Furacão?

Leia o post original por Mion

 

Antonio Lopes terá que ser delegado e bombeiro na Baixada.

Primeiro Geninho, depois Adilson Batista e agora Renato Gaúcho. Em oito meses o Atlético-PR precisou de 3 técnicos para perder o campeonato paranaense, cair fora da Copa do Brasil e ser assíduo na zona de rebaixamento do campeonato brasileiro.

Não querendo “cornetar”, mas o problema definitivamente não é técnico. Adilson e Renato não estão entre os cinco melhores técnicos do Brasil, mas figuram entre os 10. Geninho há algum tempo não consegue realizar um bom trabalho, esse ainda tem uma justificativa.

Sobraram o elenco e a diretoria. O Furacão tem um grupo de jogadores experientes, muitos de ótima qualidade e “cascudos” como Renato Gaúcho gosta de dizer. Antes de sair, o treinador fez algumas críticas aos diretores. Vamos supor que seja alguma diferença entre Renato e os dirigentes.

Se o elenco não vingou, a diretoria é responsável pela aquisição de cada jogador que veste a camisa atleticana. Resumindo o papo: o problema está na diretoria. O técnico Antonio Lopes, o “Delegado” está confirmado como o novo técnico. Ele pode ser o próximo  “culpado” pelo fracasso rubro-negro. É a quinta vez que assume o clube, além de delegado terá que buscar o seu lado bombeiro para apagar o incêndio na Baixada.