Arquivo da categoria: casca

Rejuvenescimento da seleção morreu na casca: Pato, Ganso …

Leia o post original por Mion

 

Pato, exemplo claro de profissional correto, mas virou super star, capa de revista de celebridades. Deveria ser dono da 9 da seleção. Em termos de talento está disparado a frente de Fred.

Pato, exemplo claro de profissional correto, mas virou super star, capa de revista de celebridades. Deveria ser dono da 9 da seleção. Em termos de talento está disparado a frente de Fred.

Após a desclassificação da Copa de 2010, não vou falar em fracasso, porque o Brasil caiu na semifinal diante da excelente Holanda e por falhas individuais de Júlio César e Felipe Melo, a palavra de ordem foi RENOVAÇÃO DA SELEÇÃO BRASILEIRA. Não era a simples troca de nomes, mas sim os garotos teriam vez, ou seja, rejuvenescimento de verdade. O também jovem Mano Menezes foi escolhido para comandar a reformulação. Em menos de dois anos, Mano caiu e deixou pra trás a meta de reformular o selecionado. Foram 102 jogadores testados, isto mesmo 102 e pouco resultou. Felipão assumiu e para a Copa a seleção tem um grupo envelhecido, o mais veterano de todas as conquistas com 28 anos de média. O Brasil precisava correr porque além de disputar a Copa, jogará em sua terra.

Culpa de Scolari ou de Mano, absolutamente não. Quando se pretende fazer trabalho sério, depara-se com a cruel realidade. O Brasil não produziu nada de excepcional nas últimas décadas. A solução emergencial é recorrer aos mais rodados e experientes, principalmente em grandes campeonatos europeus.

Abaixo relaciono os 102 jogadores convocados por Mano e certamente tivemos algumas promessas, mas com o passar do tempo morreram na casca. Alguns por falta de talento outros por enriquecerem muito jovens e tratarem o futebol como negócio. Muitos destes jovens ficaram ricos em um ou dois anos, deixaram de jogar futebol por prazer, pensam em enriquecer cada vez mais, apenas cumprindo profissionalmente que o contrato prevê. Como maiores símbolos desta nova geração que não vingaram cito Alexandre Pato, 24 anos, e Paulo Henrique Ganso, 22. Hoje nem os torcedores do São Paulo levantam a voz para pedir suas convocações. Quanto talento jogado fora!

Por isso concordo com Felipão quando diz que relacionou jogadores que desejam jogar bola porque amam e têm “sangue nos olhos” por conquistas. Infelizmente o tal do profissionalismo anula o comprometimento e a gana por vitórias. Exemplo claro é Robinho, jogando ou não pouco se importa, sempre está alegre tocando o seu pandeiro. Felipão pode chamar de meninos, mas na realidade a seleção é formada na maioria por jogadores com idade avançada que conquistaram principalmente dinheiro, fama e mesmo assim não estão satisfeitos. Querem mais… uma Copa do Mundo.

 

Os 102 convocados por Mano:

 

Goleiros: Jefferson, Renan, Victor, Diego Alves, Gomes, Gabriel, Neto, Júlio César, Fábio, Rafael, Cássio, Renan Ribeiro e Diego Cavalieri

 

Laterais direitos: Daniel Alves, Rafael, Mariano, Maicon, Danilo, Mário Fernandes, Fábio, Lucas Marques e Marcos Rocha

 

Laterais esquerdos: André Santos, Marcelo, Adriano Correia, Kléber, Cortez, Alex Sandro, Fábio Santos e Carlinhos

 

Zagueiros: David Luiz, Thiago Silva, Réver, Henrique, Alex Costa, Breno, Luisão, Lúcio, Dedé, Rhodolfo, Emerson, Juan, Bruno Uvini, Leandro Castán, Leonardo Silva e Durval

 

Volantes: Jucilei, Lucas, Hernanes, Ramires, Sandro, Wesley, Anderson, Henrique, Ralf, Luís Gustavo, Elias, Paulinho, Rômulo, Casemiro, Fernandinho, Arouca, Fernando e Jean

 

Meias: Carlos Eduardo, Douglas Costa, Paulo Henrique Ganso, Éderson, Giuliano, Ronaldinho, Douglas, Jadson, Renato Augusto, Elano, Lucas, Thiago Neves, Oscar, Renato Abreu, Cícero, Elkeson, Diego Souza, Willian, Bruno César, Dudu, Kaká, Bernard e Fellype Gabriel

 

Atacantes: Neymar, Diego Tardelli, Robinho, André, Alexandre Pato, Phillipe Coutinho, Hulk, Nilmar, Leandro Damião, Jonas, Fred, Borges, Kléber, Wellington Nem e Luís Fabiano