Arquivo da categoria: cbf

Frouxos!

Leia o post original por Rica Perrone

Conversei com umas 100 pessoas do futebol desde que a final única foi determinada pela Conmebol. Todas elas foram contra. Entre treinadores, dirigentes e técnicos, ninguém achou boa idéia no Brasil. O clube pela receita de 2 jogos, pelo engajamento do sócio em não poder ter a final por perto, entre outros. Os treinadores por…

O ‘VAR’ é do Flamengo e ponto final!

Leia o post original por Craque Neto 10

Nesta segunda-feira (30) apresentei o ‘Os Donos da Bola’ da Band e a equipe do programa veio com uma lista de lances que beneficiaram o Flamengo no Brasileirão que fiquei completamente impressionado negativamente. Pelo amor de Deus! E olha que vieram com o papo furado de que esse tal árbitro de vídeo seria a salvação da honestidade do futebol brasileiro, hein? Que papo furado! Eu não tô nem aí se a torcida rubro-negra vai ficar brava comigo ou não, mas a verdade tem que ser dita: o VAR pelo visto é do Flamengo, ué! Aliás, vamos ser sinceros, foi justamente […]

O post O 'VAR' é do Flamengo e ponto final! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Por que brigas como a entre CBF e Fla por joia da base devem continuar?

Leia o post original por Perrone

Com Danilo Lavieri, do UOL, em São Paulo

Pouco antes de o Flamengo conseguir no STJD a liberação de Reinier para jogar (e arrebentar) contra o Avaí, Branco, coordenador das categorias de base da CBF, e André Jardine, técnico da seleção sub-20, afirmaram que a entidade continuará sendo firme para negar pedidos de clubes para liberar de convocações seus jovens talentos.

As declarações foram dadas durante palestra na “Brasil Expo Futebol”, mesmo evento em São Paulo no qual sessão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva deu aval para o rubro-negro escalar sua revelação, que não atendeu à convocação do time nacional sub-17.

“Sempre fazemos questão de convocar os jogadores que consideramos os melhores no momento. Quem não se apresentar, não é um problema meu, é jurídico”, declarou Branco. O coordenador sustenta que recentes vexames dados pelas seleções de base do Brasil aconteceram porque alguns dos melhores jogadores não puderam ser convocados.

Jardine completa o raciocínio afirmando que a ideia é que nos Mundiais de 2026 e 2030 a maioria dos convocados tenha construído carreira nas seleções de jovens. Ele atribui o fracasso de alguns atletas que se destacaram em clubes mas não na equipe pentacampeã mundial ao fato de terem pouca rodagem com a camisa amarela. Essa experiência, segundo ele, deveria ter sido adquirida na base.

“O jogador pensa em si, o clube pensa em si. Está na hora de todos pensarem no melhor para o futebol brasileiro”, disse Jardine em sua apresentação. Após o evento, o blog perguntou ao técnico se há um estudo sobre como acomodar interesses de jogadores, clubes e seleções de base. “Quebramos a cabeça pensando nisso. É muito difícil, o calendário está muito cheio, são muitas competições”. Indagado se o caminho seria o diálogo, ele respondeu: “diálogo e bom senso”.

Por que brigas como a entre CBF e Fla por joia da base devem continuar?

Leia o post original por Perrone

Com Danilo Lavieri, do UOL, em São Paulo

Pouco antes de o Flamengo conseguir no STJD a liberação de Reinier para jogar (e arrebentar) contra o Avaí, Branco, coordenador das categorias de base da CBF, e André Jardine, técnico da seleção sub-20, afirmaram que a entidade continuará sendo firme para negar pedidos de clubes para liberar de convocações seus jovens talentos.

As declarações foram dadas durante palestra na “Brasil Expo Futebol”, mesmo evento em São Paulo no qual sessão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva deu aval para o rubro-negro escalar sua revelação, que não atendeu à convocação do time nacional sub-17.

“Sempre fazemos questão de convocar os jogadores que consideramos os melhores no momento. Quem não se apresentar, não é um problema meu, é jurídico”, declarou Branco. O coordenador sustenta que recentes vexames dados pelas seleções de base do Brasil aconteceram porque alguns dos melhores jogadores não puderam ser convocados.

Jardine completa o raciocínio afirmando que a ideia é que nos Mundiais de 2026 e 2030 a maioria dos convocados tenha construído carreira nas seleções de jovens. Ele atribui o fracasso de alguns atletas que se destacaram em clubes mas não na equipe pentacampeã mundial ao fato de terem pouca rodagem com a camisa amarela. Essa experiência, segundo ele, deveria ter sido adquirida na base.

“O jogador pensa em si, o clube pensa em si. Está na hora de todos pensarem no melhor para o futebol brasileiro”, disse Jardine em sua apresentação. Após o evento, o blog perguntou ao técnico se há um estudo sobre como acomodar interesses de jogadores, clubes e seleções de base. “Quebramos a cabeça pensando nisso. É muito difícil, o calendário está muito cheio, são muitas competições”. Indagado se o caminho seria o diálogo, ele respondeu: “diálogo e bom senso”.

Você vai se lembrar desse post

Leia o post original por Rica Perrone

Há algo de muito ruim acontecendo no futebol brasileiro. E se nada for feito, não vamos virar Espanha. Vamos virar algo bem pior do que isso. Existe um movimento começando a ganhar força entre clubes da série A pela volta do mata-mata no final do Brasileirão. Explico: segundo alguns deles a diferença de dinheiro faz…

Pra fazer nas coxas é melhor não ter, viu?

Leia o post original por Craque Neto 10

Um evento nesta segunda-feira promovido pela Confederação Brasileira de Futebol anunciou com grande sucesso o árbitro de vídeo implantado nessa edição do Brasileirão. O ex-árbitro Leonardo Gaciba, hoje chefe do apito na CBF, divagou sobre os números do VAR, afirmando ter tido quase 90% de acerto nas 764 checagens feitas até a décima quarta rodada. Disse ainda ter tido 69 mudanças de decisões nas 139 partidas, sendo por exemplo 20 pênaltis marcados após a revisão das imagens. Posso falar? E daí? É claro que olhando as imagens a justiça é feita em muitas oportunidades. Inclusive essa é a razão dele […]

O post Pra fazer nas coxas é melhor não ter, viu? apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Copa América ficou longe de empolgar

Leia o post original por Craque Neto 10

Como disse no post anterior existe o fato concreto que a Seleção Brasileira com o Tite no comando tem um estilo tático bem ajustado. Mas gostaria de esclarecer algo que talvez tenha ficado mal explicado: esse título da Copa América está longe de empolgar! Muito longe. Poxa vida, como querer falar que o Brasil finalmente se ajustou se pegamos adversários fracos como Bolívia, Venezuela, Peru e Paraguai? Pelo amor de Deus! Até a Argentina, que sempre é um rival complicado, já não é lá essas coisas. E olha que tomamos sufoco dos caras, hein? Na minha visão essa Copa América […]