Arquivo da categoria: ceni

Não foi surpresa a demissão do Rogério Ceni.

Leia o post original por Nilson Cesar

Rogério Ceni foi demitido e sinceramente para mim não foi nenhuma surpresa. Rogério queimou etapas e isso lhe custou caro. Teria que começar nas equipes de base do São Paulo e ganhar rodagem como treinador primeiro. Para ser comandante na  aviação por exemplo, primeiro precisa ser o co-piloto. Esse na minha opinião foi o grande erro do Rogério Ceni. Acho que pode dar a volta por cima e mesmo não sendo no Morumbi, pode se transformar em um excelente treinador. Rogério sempre foi um cara vencedor e tem tudo para mudar essa história.  Precisa se preparar melhor e na base da simplicidade, sem grandes invenções, será um treinador de ponta. Com certeza ainda um dia isso acontecerá.

Péssimo jogo do São Paulo no Morumbi

Leia o post original por Flavio Prado

Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

Depois da parada de 17 dias, o São Paulo fez uma péssima partida contra o Defensa y Justicia no Morumbi. A atuação foi ruim em todos os aspectos, físico, técnico, tático e emocional.

O início parecia promissor, com menos de 1 minuto um gol bem anulado pela arbitragem e depois o gol de Thiago Mendes, mas depois do empate argentino, o São Paulo se perdeu completamente.

Sem a bola, o time cercou muito e desarmou pouco, nos últimos jogos parecia ter evoluído neste ponto. Com a bola um time pouco criativo, com muita dificuldade de achar espaços entre as linhas do adversário.

O Defensa y Justicia, comandado por um ex-auxiliar de Sampaoli, não ficou atrás o tempo todo, mas esteve compacto e organizado em todos os setores.

As eliminações provocam críticas, mas o São Paulo deve dar sequência ao trabalho que começou com Rogério Ceni. Não concordo com mudanças no meio do caminho, a direção deve ter convicção do que quer. Rogério tem uma proposta mais ofensiva que ainda não funciona naturalmente, as oscilações são grandes, mas é pior começar do zero com a temporada em andamento.

Dênis paga o preço de substituir Rogério Ceni. Isso não é nada fácil

Leia o post original por Nilson Cesar

Acho Dênis um goleiro de boa qualidade, nada excepcional. O problema é substituir um dos maiores ídolos da história do São Paulo, Rogério Ceni. Só o tempo fará que o torcedor pare de comparar com Ceni. Quem entrasse no lugar do Rogério este ano sofreria essa cobrança. Dênis vêm falhando em alguns momentos, mas está distante de ser o maior culpado por esse time tricolor que rende muito pouco. Certamente a direção do São Paulo irá buscar um novo goleiro em breve, principalmente para atender as reclamações do torcedor. Isso é sempre assim. Talvez pra Dênis venha a ser até melhor estar em um outro clube e poder jogar com mais tranquilidade. Vamos aguardar os próximos capítulos e até onde vai o São Paulo na Libertadores da América.

Como será o amanhã?

Leia o post original por Rica Perrone

…Responda quem puder. O que irá me acontecer? O meu destino será como Deus quiser” Vazio. Assim ficarei as 23h desta sexta-feira 11, que por uma indelicadeza do calendário não é 13. Eu sempre fui o centro das atenções. Mas por uma vida eterna sempre me quiseram derrotada e não defendida.  Nasci pra ser alvo, […]

São Paulo pode ficar com vaga na Libertadores em razão da incompetência dos adversários

Leia o post original por Nilson Cesar

O São Paulo é o mais cotado para ficar em quarto lugar no campeonato brasileiro e garantir vaga na Libertadores da América do ano que vem. Sinceramente isso será um prêmio para a incompetência. O São Paulo fez tudo errado nesta temporada e em razão da fraqueza e incompetência dos adversários pode chegar na Libertadores. O tricolor do Morumbi precisa repensar muita coisa para a temporada do ano que vem senão não passará nem da pré libertadores. Ficaria com meia duzia de jogadores desse elenco e faria uma reformulação quase que completa. Um grupo mais barato, mas com vontade de vencer. Talvez este seja o caminho mais  correto a ser seguido. Estrelas acomodadas não vem dando resultado. O São Paulo não terá t o seu grande líder Rogério Ceni e isso irá pesar muito também. Se por acaso o São Paulo perder a vaga na Libertadores na última rodada não será nenhuma injustiça,  muito pelo contrário.

São Paulo joga bem, mostra evolução mas perde do Atlético-MG

Leia o post original por Fernando Sampaio

prattoO São Paulo fez um belo jogo.

O time jogou muito mais contra o Galo do que havia feito contra Coritiba e Cruzeiro no Morumbi.

Acontece, jogou mais na derrota do que nas vitórias.

Resultado engana.

O Tricolor foi melhor no primeiro tempo, criou muito mais oportunidades, desperdiçou quatro chances claras antes de sofrer o primeiro gol e virou perdendo com placar de goleada. Quem não viu o jogo e ouviu o resultado achou que era baile. Nada disso.  O São Paulo criou 7 oportunidades claras no primeiro tempo contra 3 do Atlético-MG.

A finalização fez a diferença, Lucas Pratto fez a diferença, fez Hat-Trick.

Assim é o futebol, nem sempre quem está melhor na partida marca, nem sempre quem joga melhor ganha. Hoje vimos isso, São Paulo foi melhor no primeiro tempo e levou 3×0. O Atlético foi melhor no segundo tempo, criou mais, Ceni trabalhou mais e perdeu de 1×0. A análise correta não deve considerar apenas o placar isolado.

Osório está mudando o futebol do time.

Não é fácil atacar o Atlético no Mineirão, fazer marcação pressão na saída de bola, intensidade, defesa avançada, toques rápidos, Lucão, Tolói e Rodrigo Caio cada vez mais entrosados nas saídas e coberturas, jogando de forma moderna, Thiago Mendes evoluiu muito, Michel Bastos e Pato vem jogando bem, o atacante é vice-artilheiro do Brasileirão.

Ganso destoa, tem dificuldade com o futebol moderno, Luis Fabiano não tem mais velocidade.

Falta elenco. Não existe milagre. O treinador está sem opção em várias posições e não tem banco.

O Atlético Mineiro jogou mais contra o Corinthians e perdeu o jogo. Hoje estava em dificuldade, não conseguia achar espaço na defesa do São Paulo, estava pressionado, achou um gol, ganhou tranquilidade, respirou e fez o segundo. Mesmo sem exibir um belo futebol o time virou com goleada.

O Galo está cada vez mais líder.

No mata-mata nem sempre ganha o melhor. São inúmeros exemplos. Santos e Vasco foram campeões regionais, o River está na final da Libertadores, passou pelo Boca no tapetão… No pontos corridos não, o Galo não é líder por acaso, lidera porque apresenta o melhor futebol do campeonato.

Isso é fato.

Apesar do bom futebol, o  São Paulo entra pressionado contra o Corinthians.

 

Foto Bruno Cantini

 

São Paulo vence e estabelece mais um recorde de público

Leia o post original por Fernando Sampaio

sp3x1coritibaO São Paulo venceu mas não convenceu.

O Coritiba deu mais trabalho que o esperado.

Apesar do placar, o Tricolor não teve o domínio do jogo.

Osório reconheceu na entrevista.

O treinador colombiano entrou com um time bastante ofensivo, escalou cinco que atacam muito e marcam pouco: Michel, Pato, Ganso, Luis Fabiano e Centurión. Coletivamente o Coritiba funcionou mais, individualmente o São Paulo decidiu o jogo. O placar só foi definido no último minuto, na última meia hora o jogo esteve indefinido.

Pato e Lucão foram os destaques na vitória.

O atacante fez dois. O zagueiro, além dos dois lançamentos nos dois primeiros gols, correu atrás de todo time do Coritiba junto com Tolói. A dupla de zaga hoje merecia bicho dobrado, principalmente no segundo tempo, quando correram e seguraram o resultado.

O jogo foi aberto.

O Coritiba teve a primeira oportunidade. Aos 8′ Marcos Aurélio bateu fora. O São Paulo não estava bem, não tinha posse de bola, estava ansioso, bem marcado, até que Lucão fez um belo lançamento, Pato dominou, levou na linha de fundo, cruzou e Centurión impedido abriu o placar.

Apesar do gol, o São Paulo não embalou. O Tricolor teve seu melhor momento a partir dos 39 minutos, quando Centurión fez o segundo gol, mal anulado. Desta vez o argentino não estava impedido. No último minuto, Lucão lançou, Pato marcou.

Ney Franco mexeu bem no intervalo. Colocou Negueba. Osório respondeu, colocou Matheus Reis. O garoto entrou mal, fez uma jogada maluca, precipitada, perdeu a bola e o time levou o gol pela lateral esquerda. Aos 15′ Negueba lançou, Ceni saiu, Marcos Aurélio chegou antes, driblou e diminuiu o placar.

O jogo pegou fogo.

Apesar da pressão o Coritiba não teve chances. Tolói e Lucão trabalharam dobrado. João Schimdt e Rodrigo Caio idem. Ganso saiu vaiado. Boschillia entrou, o time melhorou, Pato marcou e matou o jogo. No último lance Luis Fabiano dominou no peito, quando foi finalizar o árbitro apitou o final de jogo. Ridículo.

Arbitragem fraca.

O São Paulo colocou 59.612 pessoas no Morumbi. Este é o novo recorde do Brasileirão 2015. O público superou os 58.627 de São Paulo x Cruzeiro, recorde do Brasileirão em 2014. Mas o recorde na temporada continua sendo São Paulo x Cruzeiro pela Libertadores, com 66.214 pessoas.

Bom domingo.

Share This:

O São Paulo precisa de uma “limpeza” urgente

Leia o post original por Nilson Cesar

Não acredito nesse elenco atual do São Paulo. Trata-se de um time que parece que joga por obrigação. Falta alma e pegada para essa equipe. Rogério Ceni que deve se aposentar este ano é o único que se salva. Ganso, Pato, Luis Fabiano e Cia deveriam buscar novos ares para a sequência de suas carreiras. Evidente que o problema do São Paulo não é o treinador, e sim a equipe. Talvez com jogadores mais modestos e com muito mais disposição o São Paulo possa fazer uma campanha melhor no campeonato brasileiro. Sei que é praticamente impossível uma mudança radical agora no São Paulo, mas isso deve ser muito bem pensado para a temporada de 2016. Não vejo possibilidades para esse grupo conquistar nenhum titulo este ano. Faz tempo que o São Paulo esta devendo um título importante e uma equipe bem competitiva para o seu torcedor. Muita coisa deve estar bem errada nos bastidores do Morumbi.

Share This:

Rogério Ceni com 42 anos de idade é o melhor goleiro do Brasil

Leia o post original por Nilson Cesar

Uma grande injustiça ocorreu na brilhante carreira do excepcional Rogério Ceni. Ele nunca foi titular da seleção brasileira em uma Copa do mundo. Ocorre que sua carreira é tão brilhante que isso não ofusca em nada o seu valor. Hoje com 42 anos de idade entendo que Rogério Ceni é o melhor goleiro em atividade no futebol brasileiro. Seria genial se Dunga o tivesse convocado para ser o titular da seleção brasileira na Copa América que começa o mês que vem. Isso não ocorreu e não irá acontecer. Se efetivamente Rogério deixar o futebol no final de 2015 todos nós iremos sentir saudades de verdade em vê-lo atuar. Tenho certeza que continuará no meio do futebol e deve sim se tornar um excelente treinador. Hoje no futebol brasileiro não existe um goleiro que o supere. Essa é mais uma marca extraordinária que só os gigantes conseguem atingir. Parabéns Rogério Ceni. O melhor goleiro do Brasil na atualidade.

Share This:

São Paulo bate Danúbio no bico do corvo

Leia o post original por Fernando Sampaio

lf e patoO São Paulo precisava da vitória.

Venceu.

Milton Cruz 100%.

O time não foi bem mas lutou até o final.

Mereceu.

Afobado, pressionado, nervoso, o time não criou no primeiro tempo.

Milton foi bem. Ficou claro que Luis Fabiano não tinha condições para 90 minutos. Entrou na hora certa e, mesmo sem ritmo, deu trabalho. Na jogada do primeiro gol atraiu a marcação. Pato cresceu com sua entrada, saiu da área e foi buscar o jogo. O tempo foi passando e o time precisava arriscar mais… Paulo Miranda estava bem, ganhou todas na área, foi bem na cobertura, travou um lance decisivo, mas alguém precisava sair do time. Hudson joga ali.

Centurión entrou e fez o gol da vitória.

Futebol é assim, quando tudo começa a dar certo, a sorte ajuda e tudo dá certo. Quando tudo está dando errado, tudo dá errado. O Danúbio teve a bola do jogo, perdeu. O Red Bull teve boas chances, perdeu. Faz parte.

O time continua com muitos defeitos mas as vitórias trazem confiança.

Individualmente Ceni falhou, Caio e Souza mal, Dória inseguro, Tolói bem, Reinaldo foi destaque, Hudson lutou, Pato bastante participativo, Michel Bastos o melhor em campo e Ganso mais uma vez nulo quando o time precisa. Quando a vitória está resolvida e o time adversário relaxa na marcação aí Ganso aparece pra galera.

No geral ninguém jogou bem, mas o time buscou e mereceu a vitória.

Será que o Corinthians ganha do San Lorenzo no Itaquerão?

Imagino um belo jogo, com vitória do Timão.

Share This: