Arquivo da categoria: collor

Um conselho para Romário. Vá sozinho para a Suíça

Leia o post original por Quartarollo

Romário vai levar a CPI contra a corrupção no futebol para ouvir José Maria Marim, que está passando férias forçadas em uma cadeia de Zurique.

Alguns nomes que integram a CPI também são muito suspeitos em vários segmentos da sociedade.

Cuidado: Se a polícia Suíça resolver agir eles ficam por lá e esvaziam a sua CPI, Romário.

E parece que lá não tem os acordos daqui, não. Será que tem delação premiada também?

Veja a situação de Marin. Aqui não estaria preso por várias razões e porque tem mais de 70 anos de idade.

O Brasil permite bandido por faixa etária. Até os 18 e depois dos 70 pode.

Entre 18 e 70 e só roubar muito e ter dinheiro para pagar bons advogados ou devolver uma parte do roubo para ficar pouco tempo na cadeia.

Também não conte com a justiça. Ela é lenta, sonolenta e injusta. Adora uma prescrição.

Que o diga o impedido presidente Collor, que aliás está agora envolvido em outros lances, e que diz que foi absolvido das acusações que o apearam do poder maior.

Na verdade ele não foi absolvido. Foi prescrito.

De tanto esperar para julgar, o crime prescreveu.

Gol contra a sociedade que o tirou da presidência e por isso hoje ele é senador pelo pobre estado de Alagoas, que continua votando nele e continua muito pobre.

Bem feito para os alagoanos.

Aliás, Collor é integrante da CPI do futebol, o time de Romário.

Para muitos deveria jogar na equipe de camisa listrada.

O time de Romário na atual CPI é bem discutível.

Humberto Costa (PT/PE), Zezé Perrella (PDT/MG) Donizeti Nogueira (PT/MG), Eunício Oliveira (PMDB/CE), Romero Jucá (PMDB/RR), Omar Aziz (PSD/AM), Álvaro Dias (PSDB/PR), David Alcolumbre (DEM/AP), Romário (PSB/RJ), Fernando Collor (PTB/AL) e Ciro Nogueira (PP/PI).

Fazer o quê? É o que temos para o momento.

Quem terá coragem de sair do país a esta altura do Campeonato?

Para nós só resta tentar mudar nas próximas eleições. Só depende de nós.

Ah, Romário, um último conselho se você me permite. É melhor ir sozinho.

Melhor só do que tão mal acompanhado.

 

Romário em má companhia na CPI do futebol. Jogará ao lado de Collor, Jucá, Perrela, Eunício e outros mais

Leia o post original por Quartarollo

Como jogador Romário na maioria das vezes decidia o jogo para seu time.

Ele jogava muito, era genial dentro da área e sempre estava muito bem acompanhado.

A vida passa e Romário vira deputado e agora é senador pavimentando o caminho para um dia ser prefeito e em outro futuro governador do Rio de Janeiro.

O bichinho da política parece que picou forte o baixinho. Agora é vossa excelência, o Senador.

Acertadamente tem criticado a CBF e várias coisas do futebol brasileiro e por isso conseguiu criar a CPI do futebol.

Ele será o presidente, mas o relator será o indefectível Romero Jucá, que está mais para enrolador do que para o relator.

É mais um que está aí há muito tempo sobrevivendo da miséria do povo do seu estado. Há outros que jogarão com Romário nesse CPI.

Tem muita gente que devia ser melhor investigada e que agora promete investigar os desmandos do futebol.

O ex-presidente Collor, aquele que foi apeado do poder pelos seus próprios companheiros e por pressão do povo, agora investigado na Lava Jato, faz parte da Comissão.

Ele é senador por Alagoas, um dos estados mais atrasados do país. Bem feito para o povo de lá que vive votando nelle ou em quem elle manda.

A verdade é que não acredito em nenhum deles. Sempre acho que os interesses deles se sobrepõe aos nossos.

Ainda não sei bem o caso do meu desencanto com esses caras. Acho que é porque eles prometem e mentem demais.

O relator, no caso senhor Jucá, é ligado a família Sarney que manda no Maranhão desde o século passado.

É outro estado paupérrimo que continua votando nos mesmos de sempre e por isso ninguém por lá também tem direito de reclamar de nada.

O filho de Sarney, senhor Fernando, é vice-presidente da CBF.

Parece que sarneyzinho, que não é tão novinho assim, ganhou um aliado como relator da Comissão que vai investigar a entidade que ele conhece tão bem.

Já bastam as denúncias contra Fernandinho em outras áreas para preocupa-lo. Papai poderá intervir na situação. Cuidados paternos não cessam nunca, não é mesmo?

É, estamos na época dos filhos dos políticos. Eles são eleitos com o mesmo curral eleitoral dos pais para perpetuar a dinastia. E o pior é que conseguem e se fincam no poder por um tempão.

Eis o time de Romário na CPI do Futebol.

Humberto Costa (PT/PE), Zezé Perrella (PDT/MG) Donizeti Nogueira (PT/MG), Eunício Oliveira (PMDB/CE), Romero Jucá (PMDB/RR), Omar Aziz (PSD/AM), Álvaro Dias (PSDB/PR), David Alcolumbre (DEM/AP), Romário (PSB/RJ), Fernando Collor (PTB/AL) e Ciro Nogueira (PP/PI).

Em tempo:

Você confia em alguém desse time?

Share This:

22 de abril de 1500. O dia do descobrimento do país do “encobrimento”

Leia o post original por Quartarollo

brasil

brasilEsse é um país desmemoriado. Ontem foi dia de Tiradentes, 21 de abril, o mártir da Independência. Para quê comemorar? Até hoje a Independência parece um assunto que ficou na história Hoje, 22 de abril, é aniversário do descobrimento do … Continuar lendo