Arquivo da categoria: edu gaspar

Futuro de Tite é incerto na Seleção

Leia o post original por Craque Neto 10

Às vésperas de um jogo duro e disputado contra a forte Seleção da Argentina, válido pelas semifinais da Copa América, uma questão polêmica vem sendo levantada nos bastidores: o futuro do técnico Tite no cargo de treinador. Pois é, estão dizendo que mesmo com a classificação e um virtual título já existiria um comum acordo com a CBF de que ele deixaria a função. Tite inclusive teria propostas de grandes clubes europeus. O que abre margem pra acreditar nessa teoria é o fato de que seus leais seguidores, com quem já trabalha há um bom tempo no futebol, também deixaram […]

Cotado para vaga de Edu, Juninho Paulista admite estudar eventual convite

Leia o post original por Perrone

Em entrevista ao blog, Juninho Paulista, um dos preferidos de Rogério Caboclo, presidente da CBF,  para substituir Edu Gaspar no cargo de coordenador da seleção brasileira, disse que irá estudar a proposta, caso ela se concretize.

De acordo com o blog do Juca Kfouri, Edu já aceitou convite do Arsenal e deixará a Confederação Brasileira após a Copa América.

“Por enquanto, eu penso em exercer essa função (diretor de desenvolvimento). Acho que (coordenador de seleções) é um cargo diretamente relacionado ao futebol, à prática, acho que teria que pensar, claro. Não é uma situação de ‘vou’, na empolgação. Acho que é uma coisa de se pensar, e caso isso aconteça (saída de Edu), a intenção é ter mais ou menos o mesmo perfil (que o atual dirigente)”, disse Juninho.

Em nota oficial para comentar a situação do coordenador, a CBF admitiu que ele recebeu sondagem de um clube inglês. A entidade ainda acrescentou “ter clareza das qualidades necessárias para esta posição, que unem capacidade administrativa e grande experiência dentro de campo”.

As características citadas pela confederação batem com as de Juninho. Além de ter defendido seleção brasileira como jogador, ele estava perto de completar dez anos como gestor do Ituano quando aceitou o convite da CBF.

O ex-atleta entende que o fato de ter passado tantos anos como administrador não o prejudica nas questões relacionadas diretamente à parte técnica. “Eu teria essa intimidade (com assuntos relacionados a dentro do campo), agora  é uma questão de se conversar. Acho que não é só ‘ah, o Juninho’, é uma questão de perfil de cargo e aí cabe o Rogério (Caboclo) analisar.

O ex-jogador conversou com o blog nesta sexta (17) após sua participação na Conafut (Conferência Nacional de Futebol), que aconteceu em São Paulo.

Com Pedro Ivo Almeida, do UOL, em São Paulo

 

Estão DETONANDO a Seleção com grife! Me ajuda aí Justus!!?

Leia o post original por Craque Neto

Alguém aí conseguiu acompanhar o amistoso da Seleção Brasileira contra o Panamá? Pelo amor de Deus! Foi um empate em 1 a 1 com um terrível nível técnico. Poucas vezes vi um time tão apático e isso me faz perguntar o porquê desses jogos caça-níqueis? Só pra deixar a CBF mais milionária? Será que o técnico e a comissão técnica também entram no bolo? Porque não é possível o Tite e o coordenador Edu Gaspar aceitaram tal imposição. Analisando friamente um empate desse QUEIMA o filme do Brasil. Fico com a impressão que desde que o Tite assumiu o comando […]

O post Estão DETONANDO a Seleção com grife! Me ajuda aí Justus!!? apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Opinião: Neymar dá motivos para mais rejeição ao monetizar desabafo

Leia o post original por Perrone

“Uma desculpa feita por um redator publicitário?”. A pergunta foi postada por Ewerton Moraes Sarmento na página da Gillette no Facebook. Ela dá a o tom do efeito contrário que a maneira como Neymar escolheu para fazer sua principal manifestação após a Copa do Mundo tem potencial para causar.

O comercial veiculado neste domingo em intervalo do “Fantástico” com o jogador narrando comentários sobre as críticas disparadas contra sua atuação no Mundial é repleto de brechas para quem pega no pé do atacante pegar mais ainda.

A principal delas é o fato de o astro da seleção brasileira monetizar até seu discurso sobre a queda (ou suas quedas) na Rússia. Grande parte dos torcedores que olham torto para Neymar o enxerga como quem coloca o dinheiro acima de tudo. Substituir declarações na zona mista depois da derrota por 2 a 1 para Bélgica por um ensaiado texto divulgado por um de seus patrocinadores, obviamente, não ajuda a apagar essa imagem.

“Trava de chuteira na panturrilha, joelhada na coluna, pisão no pé. Você pode achar que eu exagero. E, às vezes eu exagero mesmo. Mas a real é que que eu sofro dentro de campo”, diz trecho do discurso publicitário. E qual atacante não sofre? É a pergunta natural que se faz ao ouvir o desabafo. Prato cheio para quem acusa o craque do PSG de estar mais preocupado em se fazer de vítima do que em vitimar rivais com seu futebol refinado.

“Agora você não imagina o que eu passo fora dele (camp0)”, diz Neymar completando a afirmação anterior. Nesse ponto é como se ele passasse um marcador de texto nas palavras do coordenador da seleção brasileira, Edu Gaspar, responsáveis por irritar boa parte dos brasileiros. O cartola falou que “não é fácil ser Neymar” e que “chega a dar pena em alguns momentos porque o que esse menino sofre não é fácil”.

Agora imagine o trabalhador que já se prepara para dormir e levantar às 5h da manhã para pegar no batente na segunda-feira ouvir um dos jogadores mais bem pagos do planeta se queixar das durezas de sua vida. E isso ganhando dinheiro para falar. Não pode descer bem.

Se Neymar sofre com algo terrível fora de campo e que impede uma análise correta sobre seus atos, ele já deveria ter revelado o problema faz tempo. Mas, se entende ser algo estritamente pessoal, deve guardar para ele. Falar de maneira enigmática só confunde a opinião pública.

Na peça publicitária, o jogador também lembra o menino que existe dentro dele. Um dos argumentos de seus críticos é o de que ele ainda não amadureceu. Mais uma vez, as palavras escolhidas não o favorecem.

Neymar ainda afirma que demorou a aceitar as críticas. Como acreditar na sinceridade da declaração feita em um comercial?

Para encerrar, o atacante diz que você “pode jogar essas pedras fora e me ajudar a ficar de pé. E quando eu fico de pé, parça, o Brasil inteiro levanta comigo”. Nada poderia ser tão emblemático do que deixar para o encerramento o argumento que norteia sua família e seu estafe. O de que os brasileiros, incluindo os jornalistas, não devem criticar Neymar, mas sim apoiá-lo de maneira incondicional. Não faltaram nem os parças, também campeões de rejeição entre os que apontam o estilo de vida do jogador do PSG como obstáculo para ele alcançar Messi e Cristiano Ronaldo.

O conjunto da obra publicitária aproxima o atacante da figura intragável pintada nas redes sociais por “haters”. E o distancia do Neymar visto no hotel da seleção em Sochi. Um cara solícito diante dos fãs na maioria das vezes, que brincava com filhos de outros jogadores, convivia sem melindres com os jornalistas por lá hospedados e demonstrava preocupação em relação à família, em especial no tocante à irmã Rafaella. Ou seja, um sujeito muito mais cativante do que aquele que tentou conquistar consumidores no intervalo do “Fantástico”.

A Seleção da CBF perdeu a DIGNIDADE!!!

Leia o post original por Craque Neto

Nessa segunda-feira eu desabafei na abertura do programa ‘Os Donos da Bola’ da Band. Falei por sinal o que muito torcedor brasileiro gostaria de falar para esses jogadores milionários descompromissados e para essa comissão técnica liderada pelo Tite, que está mais para palestrante de mosteiros do que propriamente treinador de futebol. Chega dessa linguagem CHATA que ninguém entende nada! E mais: esse Edu Gaspar, que é diretor, hoje lidera a CBF sem comando e foi o responsável por toda a BAGUNÇA que aconteceu nos bastidores. Veja o vídeo abaixo e deixe sua opinião sincera.    

O post A Seleção da CBF perdeu a DIGNIDADE!!! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Inacreditável! Só rindo mesmo…

Leia o post original por Craque Neto

Acordei nesta terça-feira feliz! Estava ao lado da minha esposa e do meus filhos. Tomamos juntos café da manhã quando descobri que nesse dia 20 de março é oficialmente o ‘Dia da Felicidade’. Era só alegria até receber uma notícia que me DECEPCIONOU de vez. O Tite juntamente com o coordenador da CBF tiveram a cara de madeira de convocar um tal de Ismaily, lateral do Shakthar Donestsk, para a Seleção Brasileira no lugar do cortado Alexsandro. Só pode ser piada de mau gosto, não é? Quem é esse cara? O que ele fez no futebol? Pesquisando na internet descobri […]

O post Inacreditável! Só rindo mesmo… apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Ex-dirigente corintiano indica jogador ao Palmeiras

Leia o post original por Craque Neto

Depois da lesão de Felipe Melo é quase certo que o Palmeiras precisará de mais um volante de marcação para a sequência da temporada. O interesse do executivo Alexandre Mattos era a contratação do ex-corintiano Petros, que atua no Bétis da Espanha. Mas de última hora pintou a oportunidade de repatriar outro ex-jogador do arquirrival: Bruno Henrique, que defende o Palermo da Itália. As bases foram acertadas e é quase certo o acordo. O que mais me impressionou é que a indicação para o acerto do Palmeiras com o jogador partiu de um profissional bem inusitado para a ocasião: o […]

O post Ex-dirigente corintiano indica jogador ao Palmeiras apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Quem era o “culpado”?

Leia o post original por Rica Perrone

Tem perguntas que a gente não consegue responder sem drásticas situações de mudanças.  Eu por exemplo imagino que, olhando de fora, o Corinthians esteja vivendo esse momento todo por algo mais do que Edu e Tite, dois profissionais incríveis, que serão ainda mais incríveis deixando algo pro clube e não só pra eles. Quem faz …

Briga séria pode fazer Timão perder Petros

Leia o post original por Neto

Petros foi o maior "ladrão de bolas do último Brasileirão

Petros foi o maior “ladrão de bolas do último Brasileirão

A goleada do Corinthians contra o Once Caldas e a consequente “quase” classificação para a fase de grupos da Libertadores abafou um problema muito grave que está acontecendo no clube. Esses dias fiquei sabendo que o Edu Gaspar, gerente de futebol do Timão, e o empresário Fernando Garcia discutiram feio nos bastidores. Palavrão e baixaria para todo lado. Tudo porque o técnico Tite não tem escalado o volante Petros entre os titulares. O jogador tem a carreira gerenciada pelo irmão de Paulo Garcia (que não tem nada a ver com isso, diga-se de passagem!).

Teoricamente seria um problema fácil de resolver. Afinal é mais um empresário a querer ditar regras no futebol, certo? Nada disso! Garcia emprestou aos cofres alvinegros mais de R$ 15 milhões. Não à toa ele também está ligado a outros atletas, como o menino Malcom, por exemplo. Esse rolo todo pode forçar o Petros a deixar o Corinthians e se transferir ao Fluminense, que já demonstrou o interesse nele.

Aí fiquei pensando com os meus botões, como pode o clube se sujeitar a uma situação dessas? Se não sentar no colo do empresário corre um sério risco de perder esse jogador que foi o maior ladrão de bolas do último Campeonato Brasileiro. É brincadeira?

Esse envolvimento absurdo de empresários no futebol associado com a incompetência dos dirigentes na gestão dos clubes está fazendo as coisas saírem do controle. Se a Fifa e/ou CBF não agirem tudo vai desandar. Depois não adianta reclamar.

Ah, e sempre respinga m… na boleirada. O Petros que não fique esperto.