Arquivo da categoria: emelec

O óbvio improvável

Leia o post original por Rica Perrone

O Flamengo é o único caso no planeta onde todo mundo sabe que é óbvio um comportamento desde que ele não não seja o mais provável. Explico. Ao viajar pro Equador era certo o favoritismo. O bom rubro-negro sabia: “vai dar merda”. Ao perder por 2×0 lá, perder Diego e não ter Arrascaeta e Everton…

Mengão continua sonho da Libertadores, mas sofreu sem necessidade, hein?!

Leia o post original por Craque Neto 10

A massa rubro-negra fez a parte dela e lotou o Maracanã para o jogo decisivo do Flamengo contra o Emelec pela Copa Libertadores. Era a oportunidade do time carioca brigar pela segunda taça de sua história. Na verdade o objetivo era o Mundial de Clubes, até pra valer o investimento milionário feito para montar um elenco recheado de jogadores estrelados e com experiência internacional. Por mais que a transmissão da TV estivesse fazendo a parte dela e valorizando o jogo como algo histórico, convenhamos, era só o Emelec. Uma equipe equatoriana que se disputasse o Brasileirão brigaria contra o rebaixamento. […]

O post Mengão continua sonho da Libertadores, mas sofreu sem necessidade, hein?! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Pitacos – Guerrero brilha no Inter e tô sentindo cheirinho de PIPOCA no ar

Leia o post original por Craque Neto 10

Esta quarta foi quente para três clubes brasileiros na Libertadores da América. Em Curitiba, na Arena da Baixada, o Athlético/PR recebeu o poderoso Boca Juniors lutando por uma boa vantagem nesse jogo de ida das oitavas-de-finais. Mas afoito o Furacão não rendeu o que se esperou dele. Os argentinos que também não brilharam tanto assim, jogaram no contra-ataque e conseguiram marcar no final da partida. Duelo truncado que de bola rolando mesmo foi bem pouco. Para a volta acredito que o técnico Thiago Nunes vai pensar em algo diferente para surpreendê-los na Bombonera. Tarefa difícil mas não impossível. Gol no […]

O post Pitacos – Guerrero brilha no Inter e tô sentindo cheirinho de PIPOCA no ar apareceu primeiro em Craque Neto 10.

“Sem vexame”

Leia o post original por Rica Perrone

Rubro-negro sofre com o fantasma do “vexame” na Libertadores. Primeira fase ou qualquer adversário que se considere “obrigação” faz do Flamengo uma vítima de si mesmo. Assisti aos 5 jogos do Mengão na Libertadores. Esse foi o que mais me preocupou. – Porra, Rica! Mas jogamos partidas piores que essa! Depende. Eu entendo a ansiedade…

Nasceu!

Leia o post original por Rica Perrone

O parto é um momento especial. Talvez aquela criança que pela primeira vez chora e dá as caras nem se torne o homem ou a mulher que você espera. Talvez mesmo sob sua boa educação algo dê errado pelo caminho.

Mas naquele momento em que ele nasce, não tem passado, certeza de futuro, nada. Apenas a certeza de que diante dos seus olhos uma nova história começou a ser escrita.

É belíssimo. Enche a vida de esperança, renova a fé, te causa algo bom mesmo que você não tenha nada a ver com aquela criança.

Durante toda a “gravidez” se dizia que o garoto era “bão”.  Fila de adoção, pai orgulhoso fazendo planos, mãe cheia de cuidados.  Lá vem ele.

E nada.

Ainda que dentro dos 9 meses, a ansiedade era tamanha que o garoto já nasceria cobrado. Mas nasceria.

Em 14 de março de 2018, por volta das 23 horas, veio ao mundo Vinicius Junior.  Como esperado, nasceu gigante. Como prometido, perfeito.  Como mimado que foi, confiante.

Lá fora a família alucinada já fazia planos.  “Será cantor!”,  “Será médico!”.  E ele olhando, só olhando…

Moleque atrevido. Nasceu sorrindo ao invés de chorar. Cabeça erguida, olho no olho como quem diz “agora eu tô aqui. Calma Papai”.

Tá feito. Eu não sei o que ele será, quem ele será, quando será.  Mas nasceu.  Se era ver a cara do moleque que vocês queriam, aí está.

Perna fina, marrentinho, folgado, debochado e apaixonante.  Nasceu na hora que ninguém esperava, apos dar vários sustos e não aparecer.

É ou não é a cara do pai?

abs,
RicaPerrone

O contrato

Leia o post original por Rica Perrone

alecsandro_emelec_flamengo_alexandrevidal1

Enfim, o que todos os torcedores de Fluminense, Botafogo e Vasco sempre desconfiaram chega a conhecimento público.  Este blog conseguiu com exclusividade um termo de contrato assinado em 1895 que pode explicar muito das viradas espetaculares do Clube de Regatas Flamengo.

Confira.

CONTRATO DE PARCERIA

Parceiro Outorgante: Clube de Regatas Flamengo, com sede na Av. Borges de Medeiros, 997 – Lagoa Rio de Janeiro – RJ – Brasil. CEP – 22.430-040.

Parceiro Outorgado: Lucifer Gallardo, com sede no Inferno, sub solo, sem cep, próximo a Bangu, Rio de Janeiro, Brasil.

As partes acima identificadas têm, entre si, justo e acertado o presente Contrato de Parceria, que se regerá pelas cláusulas seguintes e pelas condições descritas no presente.:

DO OBJETO DO CONTRATO

Cláusula 1ª – O presente contrato tem como OBJETO a troca de favores entre as partes. Sendo o Flamengo capaz de proporcionar momentos de muito terror aos seus quando tudo caminha para a paz e vice-versa. Sempre que precisar, porém, o Flamengo terá uma ajuda não justificável no plano físico do Lucifer.

DAS OBRIGAÇÕES DA PARCEIRA OUTORGANTE (C. R. Flamengo)

Cláusula 2ª – Se manter sempre numa divisão igual ou acima dos três concorrentes da cidade sede.

Parágrafo primeiro – Prometer, sempre, mesmo que seja impossível, estar num nível incrivelmente superior a maioria

Parágrafo segundo – Exalar fé e confiança mesmo sem motivos para tal.

Parágrafo terceiro – Aumentar de forma constante o número de fiéis seguidores.

Parágrafo quarto –  Causar dúvida na presença divina sempre que possível contrariando a lógica com algum milagre que cause dor a seus fiéis.

Parágrafo quinto – Usar em seu uniforme sempre um pedaço de cor vermelha em respeito ao Lucifer

DAS OBRIGAÇÕES DA PARCEIRA OUTORGADA (Lucifer) 

Cláusula 3ª –  Lucifer fornecerá ao Clube de Regatas Flamengo, a força do mal suficiente para manipular zagueiros, árbitros e até mesmo tufos de grama tendo como objetivo o resultado acordado entre as partes.

Parágrafo primeiro – Não negará jamais uma queda rival de, pelo menos, 10 em 10 anos.

Parágrafo segundo – Havendo necessidade e interesse, Lucifer solicitará ao Clube de Regatas Flamengo um vexame de proporções nacionais para gerar sofrimento entre os seus.

DAS COMPETIÇÕES

Cláusula 4º –  O Clube de Regatas Flamengo fica responsável por se manter na primeira divisão do campeonato nacional. Lucifer será responsável por evitar a queda quando o Clube de Regatas Flamengo não for auto-suficiente.

Parágrafo primeiro – Será de responsabilidade de Lucifer a conquista de um torneio mata-mata de alto nível por década. O Clube de Regatas Flamengo não precisa manter um elenco digno para tal.

Parágrafo segundo – Em torneios continentais, o Clube de Regatas Flamengo poderá solicitar uma vez por década ajuda a Lucifer para conquistar o título.

Cláusula 5º –  Não haverá ajuda entre as partes nas decisões contra clubes mexicanos

DA PRIVACIDADE E SEGURANÇA

Cláusula 6ª – Fica proibida a captação de dados particulares dos clientes do Clube de Regatas Flamengo pela parte de Lucifer e vice-versa.

Cláusula 7ª–  O contrato em questão jamais será divulgado.

DA RESCISÃO CONTRATUAL

Cláusula 8ª – A parte que desejar rescindir o presente instrumento, notificará de forma expressa sua intenção à outra parte, com antecedência mínima de 60 (sessenta) anos.

Parágrafo primeiro – No casso do disposto da Cláusula 9ª, não caberá indenização em nenhuma hipótese.

Cláusula 9ª – Estará rescindido automaticamente o presente contrato de parceria, em ocorrendo a violação de qualquer cláusula, por dolo ou culpa, constante neste instrumento pelo Clube de Regatas Flamengo.

DA VALIDADE E PRAZO DO CONTRATO

Cláusula 10ª – O presente instrumento de contrato de parceria, passa a vigorar na data de assinatura de ambas as partes.

Cláusula 11ª– O presente contrato de parceria vigorará pelo prazo de 12000 anos, a contar da data de assinatura.

DISPOSIÇÕES GERAIS

Cláusula 12ª – Fica compactuado entre as partes a total inexistência de vínculo trabalhista entre as partes contratantes, excluindo as obrigações previdenciárias e os encargos sociais, não havendo entre CONTRATADA e CONTRATANTE qualquer tipo de relação de subordinação.

Por estarem assim justos e contratados, firmam o presente instrumento, em duas vias de igual teor.

Rio de Janeiro, 13 de março de 1895.

(Lucifer Gallardo)

(Clube de Regatas Flamengo)

Inter passa mal e pouco

Leia o post original por Rica Perrone

Emelec e Internacional fizeram um dos piores jogos da Libertadores tecnicamente. Mais do que uma opinião, os dados da partida, exclusivos da Opta no blog do Rica Perrone, indicam baixos índices de acerto e troca de passes. Para comparação, usaremos os jogos dos outros brasileiros nesta mesma semana. O Corinthians trocou 499 passes contra o […]

O contrato

Leia o post original por RicaPerrone

Enfim, o que todos os torcedores de Fluminense, Botafogo e Vasco sempre desconfiaram chega a conhecimento público.  Este blog conseguiu com exclusividade um termo de contrato assinado em 1895 que pode explicar muito das viradas espetaculares do Clube de Regatas Flamengo. Confira. CONTRATO DE PARCERIA Parceiro Outorgante: Clube de Regatas Flamengo, com sede na Av. Borges de …