Arquivo da categoria: Felipão

Veteranos brigam por título do Brasileirão, e novatos lutam contra queda

Leia o post original por Perrone

Veteranos mais perto do título e uma série de técnicos menos rodados, com exceção de Oswaldo de Oliveira, entre os mais ameaçados pelo rebaixamento. Essa é a fotografia atual da tabela do Brasileirão.

Aos 57 anos, Mano Menezes, vice-líder com o Palmeiras, é o mais jovem entre os três primeiros colocados do campeonato. Ele herdou o time  de Felipão, 70. Do trio mais bem classificado, o mais velho é o líder, Jorge Jesus, 65, comandante do Flamengo. O português assumiu a vaga deixada por Abel Braga, 67 anos. Na terceira posição do Brasileirão está o Santos de Jorge Sampaoli, 59. A trinca de técnicos tem media de idade de 60,3 anos.

O treinador com menos de 50 anos mais bem colocado é Odair Hellmann,42, que está em quarto lugar com Internacional. Ele é seguido na tabela por outro “sub 50”, o corintiano Fábio Carille, que completará 46 anos na próxima quinta-feira. Na sexta posição já aparece outro time comandado por um técnico com mais de 50 anos, o São Paulo de Cuca, 56.

Parte dos treinadores da geração de Hellmann e Carille atualmente está na briga para não cair para a Série B.  Último colocado com o Avaí, Alberto Valentim tem 44 anos e substituiu um dos profissionais da área mais experientes do Brasil, Geninho, 71. Penúltima colocada, a Chapecoense é comandada por Marquinhos Santos, 40.

Em apenas seu terceiro trabalho na carreira, Rogério Ceni, 46,  tenta salvar o Cruzeiro da degola. O time mineiro, antes comandado por Mano, é o 18º colocado do Brasileirão. O trio de treinadores que ocupa do 18° ao 20º lugar do Brasileirão ostenta média de 43,6 anos.

Dos seis últimos colocados do Nacional só o Fluminense, 17º, não é treinado por um quarentão. Seu técnico é Oswaldo de Oliveira, 68, que entrou no lugar de Fernando Diniz, 45. O CSA, 16º na tabela, tem sua prancheta nas mãos de Argel, 45. Em 15º está o Fortaleza, de José Ricardo, 48. A 14ª posição, é ocupada pelo Ceará, de Enderson Moreira, que vai completar 48 anos no próximo sábado. Vanderlei Luxemburgo, 67, vem conseguindo diminuir o risco de rebaixamento do Vasco (13º)

 

Primeiro turno do Brasileirão termina com defesa valendo menos do que antes

Leia o post original por Perrone

O primeiro turno do Brasileirão terminou com os donos das duas melhores defesa longe da disputa pelo título, desafiando a tendência dos últimos anos. Desde 2015 quem leva menos gols na competição levanta a taça.

A equipe menos vazada neste momento é o Corinthians, que levou 12 gols, ocupa a quinta posição e está a 10 pontos do líder, o Flamengo. A segunda melhor defesa é a do São Paulo, que viu sua rede ser balançada 13 vezes. A equipe de Cuca é a sexta colocada, também com uma desvantagem de 10 pontos para o primeiro colocado.

Entre os donos das quatro melhores defesas, só o Palmeiras, vice-líder, a três pontos do Fla, está neste momento na briga pela primeira posição. A equipe que trocou Felipão por Mano Menezes levou 14 gols. O quarto time menos vazado é o Bahia, com 16 tentos sofridos. Os comandados de Roger Machado estão na sétima posição, a 11 pontos do primeiro colocado do campeonato.

De 2015 pra cá, o campeão nacional sempre teve a melhor defesa. Foi assim com Palmeiras em 2018 e 2016 (empatado em gols tomados com o Athletico) e Corinthians em 2017 e 2015.

Na metade do campeonato deste ano, o primeiro colocado tem apenas a sexta melhor defesa. O Flamengo levou 18 gols no primeiro turno. São oito a menos do que o Palmeiras, campeão do ano passado, sofreu naquela competição toda. Terceiro na classificação, o Santos divide a sétima posição do ranking de menos vazados com Botafogo e Athletico, 10º e 11º colocados respectivamente. Cada um tomou 19 gols.

Por outro lado, a liderança do Flamengo valoriza o ataque.  Ninguém marcou mais gols do que o rubro-negro, agora comandado por Jorge Jesus. Foram 42 gols em 19 jogos. São impressionantes 12 tentos de diferença para o segundo e o terceiro colocados da competição. De 2014 para cá, só o Corinthians de 2017 terminou em primeiro sem ter o melhor ataque. Porém, só o Cruzeiro de 2014 foi campeão sem a defesa menos vazada. Ou seja, atualmente, o time de Jorge Jesus não segue a escrita de ser o mais eficiente tanto no ataque como na defesa para ganhar Brasileirão.

Felipão caiu . Deu a lógica . O ciclo acabou .

Leia o post original por Nilson Cesar

Deu a lógica e Felipão não é mais o técnico do Palmeiras . O diretor de futebol Alexandre Mattos também deveria cair . O Palmeiras precisa dar mesmo um sacode e mudar muita coisa para 2020. Muito investimento feito e este ano já perdeu 3 títulos . O elenco é grande e precisa render muito mais . Os jogadores também precisam ser cobrados , pois tiveram uma queda técnica assustadora .

Fonte

Felipão caiu . Deu a lógica . O ciclo acabou .

Leia o post original por Nilson Cesar

Deu a lógica e Felipão não é mais o técnico do Palmeiras . O diretor de futebol Alexandre Mattos também deveria cair . O Palmeiras precisa dar mesmo um sacode e mudar muita coisa para 2020. Muito investimento feito e este ano já perdeu 3 títulos . O elenco é grande e precisa render muito mais . Os jogadores também precisam ser cobrados , pois tiveram uma queda técnica assustadora .

Fonte

Opinião: demissão de Felipão fortalece quem quer derrubar Mattos

Leia o post original por Perrone

Em tese, a queda de Felipão fortalece os críticos de Alexandre Mattos no Palmeiras. Ficou claro que a diretoria palmeirense cedeu às pressões de torcedores, conselheiros e até de colegas de direção para trocar de treinador. Tal reação deve dar mais ânimo para os que querem derrubar o diretor de futebol. “Quem derrubou um, derruba dois”, devem estar pensando os insatisfeitos.

Felipão foi campeão brasileiro no ano passado, acumula eliminações em 2019, mas chegou a fazer uma campanha muito boa no Brasileirão, com direito à folga na liderança, antes da pausa para a Copa América. Na primeira crise os dirigentes resolveram entregar a cabeça do treinador numa bandeja. Só consigo pensar que não aguentaram a pressão.

Num cenário de coerência, convicção e confiança, os cartolas teriam peitado os críticos, mantido o treinador, mas cobrado a comissão técnica e jogadores, trabalhado para identificar os problemas (digo aqueles profundos, não os apontados nas análises cheias de ódio e superficiais). Era preciso ter o cuidado de ir a fundo na análise do desempenho de cada jogador, ver se tem gente acima do peso ou com outros problemas. E fazer o mesmo em relação a todos os profissionais da comissão (preparadores físicos, fisioterapeutas, médicos, auxiliares …). Era preciso olhar para o que a própria diretoria tem feito com o objetivo de corrigir erros. Será que Scolari é o único que não está rendendo bem? Duvido.

Porém, a reação foi de fraqueza na minha opinião. A mudança, independentemente de quem assumir o comando, num primeiro momento mergulha mais o alviverde na crise. Neste instante, não há projeto para um dos elencos mais caros do país. Tudo terá que ser refeito. Pode dar certo e render o título do Brasileiro. Mas hoje a crise é maior do que ontem. Além disso, há um exército revoltado com o desempenho do time querendo ver cabeças rolarem. Desde o final da tarde desta segunda (2), eles estão mais fortes. Ou, pelo menos, estão se sentindo mais poderosos, acreditando na capacidade de conseguirem o que querem na marra.

Perder para o Flamengo no Maracanã é normal . A maneira que o Palmeiras perdeu foi ridícula !

Leia o post original por Nilson Cesar

O Flamengo deu um passeio no Palmeiras no Maracanã e venceu por 3 x 0 . Perder para o Flamengo é normal , mas a maneira que o Palmeiras jogou e perdeu foi ridícula . Deu-se a impressão que os jogadores não estavam se importando com a derrota . O Flamengo hoje tem um time bem melhor que o Palmeiras e sem dúvida é o grande favorito para conquistar o campeonato Brasileiro . Se o Palmeiras quiser algo…

Fonte

Perder para o Flamengo no Maracanã é normal . A maneira que o Palmeiras perdeu foi ridícula !

Leia o post original por Nilson Cesar

O Flamengo deu um passeio no Palmeiras no Maracanã e venceu por 3 x 0 . Perder para o Flamengo é normal , mas a maneira que o Palmeiras jogou e perdeu foi ridícula . Deu-se a impressão que os jogadores não estavam se importando com a derrota . O Flamengo hoje tem um time bem melhor que o Palmeiras e sem dúvida é o grande favorito para conquistar o campeonato Brasileiro . Se o Palmeiras quiser algo…

Fonte

Palmeiras virou mesmo o time mais antipático do Brasil?

Leia o post original por Craque Neto 10

Nesta segunda-feira meu amigo Walter Casagrande Jr. disse na TV Globo algo importante que vale repercutir aqui com os leitores do Blog. Ele afirmou que todo esse excesso de grana e Arena nova e moderna transformou o Palmeiras em um clube antipático. Ou seja, ostentam contratações milionárias – muitas vezes com três jogadores para cada posição – e os discursos de seus jogadores e dirigentes fizeram com que o Brasil inteiro ficasse contra o Verdão. Apesar de não negar minha alegria de ver o Palmeiras ser eliminado da Libertadores e renovar o estigma de ‘SEM MUNDIAL’, não consigo esconder que […]

O post Palmeiras virou mesmo o time mais antipático do Brasil? apareceu primeiro em Craque Neto 10.