Arquivo da categoria: Fernando

Fernando Diniz se variar maneira de jogar pode dar certo. Estilo único não funciona.

Leia o post original por Nilson Cesar

Se Fernando Diniz estiver evoluindo como treinador deve pensar em variar a maneira de seu time jogar. Se jogar sempre da mesma forma , a tendência é não funcionar. Não gosto de treinador com estilo único. Espero que o rapaz possa evoluir e repensar a sua maneira única de jogar. O São Paulo tem um bom elenco e pode variar as suas peças. O tempo ensina as pessoas. Só espero que tenha a humildade e…

Fonte

AGUARDEM!!! Vejam os próximos jogadores da Seleção da CBF

Leia o post original por Craque Neto

Acabei de ver uma matéria mostrando a apresentação dos novos reforços do Shakhtar Donetsk da Ucrânia para a essa temporada. E dos cinco nomes apresentados quatro são brasileiros. Algo que nunca me surpreende porque esses caras vem aqui no País e compram nossos meninos por preço de banana. São eles o volante Maycon, ex-Corinthians; e os atacantes Fernando, que era do Palmeiras, o ex-são-paulino Marquinhos Cipriano; além de Junior Moraes, revelado pelo Santos. Vale lembrar que esse time já conta com outros sete brasileiros elenco:  Ismaily, Dodô, Alan Patrick, Dentinho, Wellington Nem, Taison e Marlos. Olha só, podem me cobrar, […]

O post AGUARDEM!!! Vejam os próximos jogadores da Seleção da CBF apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Romário em má companhia na CPI do futebol. Jogará ao lado de Collor, Jucá, Perrela, Eunício e outros mais

Leia o post original por Quartarollo

Como jogador Romário na maioria das vezes decidia o jogo para seu time.

Ele jogava muito, era genial dentro da área e sempre estava muito bem acompanhado.

A vida passa e Romário vira deputado e agora é senador pavimentando o caminho para um dia ser prefeito e em outro futuro governador do Rio de Janeiro.

O bichinho da política parece que picou forte o baixinho. Agora é vossa excelência, o Senador.

Acertadamente tem criticado a CBF e várias coisas do futebol brasileiro e por isso conseguiu criar a CPI do futebol.

Ele será o presidente, mas o relator será o indefectível Romero Jucá, que está mais para enrolador do que para o relator.

É mais um que está aí há muito tempo sobrevivendo da miséria do povo do seu estado. Há outros que jogarão com Romário nesse CPI.

Tem muita gente que devia ser melhor investigada e que agora promete investigar os desmandos do futebol.

O ex-presidente Collor, aquele que foi apeado do poder pelos seus próprios companheiros e por pressão do povo, agora investigado na Lava Jato, faz parte da Comissão.

Ele é senador por Alagoas, um dos estados mais atrasados do país. Bem feito para o povo de lá que vive votando nelle ou em quem elle manda.

A verdade é que não acredito em nenhum deles. Sempre acho que os interesses deles se sobrepõe aos nossos.

Ainda não sei bem o caso do meu desencanto com esses caras. Acho que é porque eles prometem e mentem demais.

O relator, no caso senhor Jucá, é ligado a família Sarney que manda no Maranhão desde o século passado.

É outro estado paupérrimo que continua votando nos mesmos de sempre e por isso ninguém por lá também tem direito de reclamar de nada.

O filho de Sarney, senhor Fernando, é vice-presidente da CBF.

Parece que sarneyzinho, que não é tão novinho assim, ganhou um aliado como relator da Comissão que vai investigar a entidade que ele conhece tão bem.

Já bastam as denúncias contra Fernandinho em outras áreas para preocupa-lo. Papai poderá intervir na situação. Cuidados paternos não cessam nunca, não é mesmo?

É, estamos na época dos filhos dos políticos. Eles são eleitos com o mesmo curral eleitoral dos pais para perpetuar a dinastia. E o pior é que conseguem e se fincam no poder por um tempão.

Eis o time de Romário na CPI do Futebol.

Humberto Costa (PT/PE), Zezé Perrella (PDT/MG) Donizeti Nogueira (PT/MG), Eunício Oliveira (PMDB/CE), Romero Jucá (PMDB/RR), Omar Aziz (PSD/AM), Álvaro Dias (PSDB/PR), David Alcolumbre (DEM/AP), Romário (PSB/RJ), Fernando Collor (PTB/AL) e Ciro Nogueira (PP/PI).

Em tempo:

Você confia em alguém desse time?

Share This:

Ansiedade por garotos craques e por dinheiro para pagar as contas

Leia o post original por Odir Cunha

O santista vive dias ansiosos. Vê o Santos na Copa São Paulo com a esperança de testemunhar o surgimento de novos Pitas, Juarys, Robinhos, Diegos… E ao mesmo tempo faz as contas para que o clube não fique inadimplente. A primeira parte é com os Meninos e só nos resta torcer. A segunda depende de agilidade, criatividade e trabalho, mas parece que a diretoria está optando pelo caminho mais fácil: o de empurrar com a barriga, ou seja, antecipar cotas de tevê.

No campo, mesmo com um jogador a mais durante a maior parte do tempo, o Santos chegou a estar perdendo por 1 a 0, virou para 3 a 1, sofreu mais um gol, e só no final fechou a vitória em 4 a 2 sobre o voluntarioso, mas limitado, Babaçu.

Alguns jogadores santistas têm habilidade, mas o time se embanana quando se aproxima da meta adversária. Falta decisão e uma finalização melhor. Um time treinado por Pepinho, filho do “Canhão da Vila”, tem a obrigação de ter uma melhor aproveitamento nos arremates.

Infelizmente, tive a impressão de que nenhum desses garotos parece pronto para o profissionalismo, se bem que para alguns parece faltar pouco – casos de Serginho, Caio, Matheus Augusto, Fernando… Talvez seja mais uma questão psicológica, uma falta de orientação, o certo é que dificilmente fazem uma jogada perfeita.

Mas alguns não parecem merecer a camisa de titular do Santos. Esperarei os próximos jogos para ter uma ideia melhor antes de descer a lenha. Na sexta-feira o Santos enfrenta o Linense, o time da casa, e se não vencer com folga poderá perder o primeiro lugar do grupo e talvez até ser eliminado. Não me surpreenderia esse desfecho triste, pois este time é bem mais imaturo do que os que deram o bicampeonato da Copa ao Santos.

Como fazer dinheiro em pouco tempo?

Com as contas se amontoando na mesa do presidente, o Santos está fatiando os passes de seus principais jogadores e tentando antecipar cotas de tevê. Isso condenará o time também nas próximas temporadas. Será que não há outro jeito de fazer dinheiro?

As arrecadações, as ações de marketing e uma nova campanha de sócios podem remediar a situação, mas não dá tempo para esperar. Os credores querem os pagamentos para ontem. Os últimos milhões emprestados pela Doyen pagaram só um dos quatro meses de atrasos.

O que não se entende é o clube falando em contratar jogadores. Ora, se não tem nem como pagar os jogadores atuais, por que não dar uma boa enxugada no elenco e experimentar uma equipe mais jovem e barata no Campeonato Paulista?

E você, sabe como o Santos deve fazer dinheiro em pouco tempo?

Nota 10 pra Seleção! Só precisa ter cuidado com o meio-campo

Leia o post original por Neto

Fred fez 2 gols e arrebentou a Itália

Estive presente na Arena Fonte Nova (belíssima, por sinal!) e vi o Brasil jogar razoavelmente bem contra os italianos. O torcedor mais otimista deve estar perguntando: “Como assim razoável? Vencemos os caras, poxa vida!”. Pois é, mesmo tendo nossos dois atacantes jogando o fino da bola, penso que sofremos com o adversário no meio-campo. Eles dominaram o setor durante boa parte do jogo e não fosse a inspiração do Neymar e principalmente do Fred, poderíamos ter perdido em Salvador.

Uma coisa que venho falando há muito tempo é que o Felipão precisa reciclar seus conceitos táticos. As coisas no futebol de hoje não funcionam mais como era na década passada. Nosso treinador está escalando o Luiz Gustavo na proteção da defesa. Ele até faz bem isso, mas dependendo do adversário deixa buracos na marcação do meio. Quando tem o ofensivo Hernanes no jogo a coisa complica ainda mais. Por isso que o Paulinho faz falta. Ele é o quem melhor executa essas duas funções.

Mas contra os italianos a melhor estratégia era escalar o Fernando. Assim fecha o meio e dá liberdade para os três atacantes jogarem juntos com o Oscar na armação. É claro que isso poderia funcionar contra eles. Mas cada jogo é um jogo. Isso o treinador deveria saber. Apenas uma crítica construtiva, viu Felipão??? Mas pelo resultado a Seleção está de parabéns!

Fernando é exemplo que bases de Corinthians e Palmeiras não funcionam

Leia o post original por Neto

O volante foi destaque da Ponte contra o Timão

No último sábado, no jogo entre Corinthians e Ponte Preta, um jogador em especial chamou a atenção das pessoas que estavam no estádio do Pacaembu. O volante Fernando, da Macaca, apresentou um futebol de primeira qualidade. Sua apresentação só não ganhou o destaque devido por causa da derrota da equipe de Campinas. O que pouca gente sabe é que esse garoto, de apenas 21 anos, foi revelado nas categorias de base do Palmeiras. Pois é, chegou até a atuar no time de cima e não foi aproveitado pelo técnico Felipão. É brincadeira?

Para piorar ele saiu do Verdão para o Flamengo de Guarulhos. E curiosamente essa equipe tem uma parceria com o Corinthians para revelar talentos. Dá pra acreditar? Ou está todo mundo ficando cego ou é muita incompetência de todas as partes. Afinal qualquer profissional que entenda o mínimo de bola veria qualidade nesse menino. Afinal não se aprende a jogar bola do dia pra noite.

A diretoria da Ponte e o técnico Guto Ferreira que foram espertos. Ainda mais porque o Fernando já tinha ido muito bem na excelente campanha do Penapolense no Paulistão. Manter um departamento amador é caro. Se o clube não revela ninguém é dinheiro jogado direto na lata do lixo. Portanto está na hora dos dirigentes de Palmeiras e Corinthians fazerem alguma coisa e cobrarem um trabalho com seriedade e muito mais atenção.

Só para lembrar as bases de São Paulo e Santos são coordenadas por ex-jogadores. Lá tudo flui com muito mais naturalidade. Seria mera coincidência???

Felipão devia chamar o volantão Ralf

Leia o post original por Quartarollo

cão

cãoLuiz Felipe Scolari.Luiz Felipe Scolari não escondeu os seus princípios futebolísticos quando questionado sobre a convocação do volante do Grêmio, Fernando, para os jogos da Seleção Brasileira contra a Itália, dia 21, em Genebra, e Rússia, dia 25, em Londres. … Continuar lendo