Arquivo da categoria: festa

O SPFC não cabe numa Arena

Leia o post original por Rica Perrone

As vezes eu acho que passa. Tem dia que eu até penso nem me importar mais, tamanho o desgaste que isso dá no dia-a-dia. Mas quando um  clube não precisa nem de uniforme e nem de uma bola pra parar o futebol e se fazer protagonista, algo está muito vivo ali dentro. O Morumbi que…

Não há nada errado a não ser má vontade

Leia o post original por Rica Perrone

Aconteceu com Diego Souza, agora com o Palmeiras. Os derrotados na eleição de 2018 não conseguem entender muito bem a diferença entre campanha e cargo. Vou tentar explicar embora pra petista não adiante muito tentar seguir uma linha. Quando em campanha você está tomando partido. Concordo que não deva ser feito por clube nenhum, apenas …

O dia escolhido

Leia o post original por RicaPerrone

Não tem data, “o jogo”, “o gol”, ” o herói”.  Campeonato de pontos corridos é chato pra caralho por tirar do futebol suas maiores histórias que são invariavelmente atreladas a uma final.

E então o Cruzeiro, campeão em outubro, resolveu escolher uma data e fazer sua final de mentirinha.  O Grêmio, dia 10/11, em casa. Perfeito!

Contra um time do G4, “confronto direto”, casa cheia, rival jogando sábado, a cidade só pra eles. Mas tinha que vencer, mesmo que isso não significasse o fim do “ainda não”.

E para ser humilde num mar de arrogância conquistada, fizeram gol de canela.

Mas o Cruzeiro 2013 é tão esnobe que quando faz de canela é de voleio.  E pra que nunca mais se lembre do que fez, o centroavante cai e desmaia, apagando da memória o dia que o fantástico Cruzeiro usou a canela dos mortais para vencer.

Na sequencia lances e gols de todos os jeitos. Um baile. O fim do baile.

Parecendo parte do show, Renato Gaúcho saca Kleber aos 35 do segundo tempo e o entrega de bandeja pra torcida celeste, que joga na cara a traição a quem sempre lhe deu a mão.

Opa, essa não. É do rival.

Mas era um cenário quase cômico. O Cruzeiro queria comemorar o óbvio e um resultado o impedia. Mas não tem como, era o dia escolhido. Não haverá nova oportunidade, o sistema de pontos corridos não permite.

A taça virá apenas no teatro municipal, segunda, com todos de terno. E pra torcida? Era ontem. Não seria adiada nem mesmo pela não confirmação do título.

Sem cerimônias e ceninhas desnecessárias de humildade, o Cruzeiro deitou, rolou e festejou no fim sabendo que é o que todos sabem ser, mesmo que não possa garantir.

Mas garantem. Porque sobram diante dos rivais e, como em 2003, não jogaram pra ganhar o campeonato. Mas sim para torna-lo indiscutível.

Mera formalidade as rodadas finais. O Cruzeiro de fato só volta a campo no Marrocos, de vermelho, em dezembro. Pelo menos pro cruzeirense.

abs,
RicaPerrone

Festa no Itaquerão causa batalha política e envolve presidente corintiano

Leia o post original por Perrone

Atualizado às 19h43

A festa de aniversário do Corinthians, neste sábado, organizada por Andrés Sanchez, detonou uma batalha entre oposição e situação na CBF. Sobrou para o presidente corintiano, Mário Gobbi, que acabou intervindo.

Ele enviou um e-mail para presidentes de federações reforçando o convite, antes feito por meio de uma agência. Na mesma mensagem, o cartola informou que a CBF e a Federação Paulista também foram convidadas.

Oposicionistas afirmam que aliados de Marco Polo Del Nero tentaram convencer dirigentes de federações a não comparecer sob o argumento de que se trata de um evento político para fortalecer Andrés Sanchez. E que CBF e FPF não teriam sido convidadas.

De acordo com a assessoria de imprensa do Corinthians, a festa foi organizada por Andrés porque  ele é o responsável pelo Itaquerão. A comemoração é chamada também de pré-inauguração do estádio. A lista de convidados foi preparada pelo ex-presidente alvinegro.

A maioria dos presidentes de federação não viajou para  São Paulo. Almoço antes da festa numa churrascaria reuniu, também a convite de Andrés, apenas os presidentes das entidades do Rio de Janeiro, Bahia, Paraná e Rio Grande do Sul. Eles fazem parte da ala que pretende lançar um candidato contra Marco Polo Del Nero.  A federação de Minas Gerais é vista como integrante desse bloco, mas seu presidente não compareceu.

O almoço teve ainda a presença de Marco Antônio Teixeira, tio de Ricardo Teixeira e um dos líderes da oposição na CBF.

Para os opositores, os demais Estados temeram que a presença na festa fosse encarada uma afronta à CBF. O blog não conseguiu localizar Marco Polo Del Nero, presidente da FPF e vice da CBF, para falar sobre o assunto.

 

O aniversário de 103 anos do Corinthians foi dia 1º, mas a festa será agora, no Itaquerão

Para que uma chapa seja inscrita na eleição do primeiro semestre do ano que vem são necessárias as assinaturas de oito dos 27 presidentes de federações e de cinco clubes da Série A.

O fato de o evento ganhar ares de manifestação de apoio político a Andrés, provável candidato da aposição, apesar de ele negar a candidatura, preocupa conselheiros corintianos. Eles temem retaliações por parte da CBF. Já existem críticas a Gobbi  que não estaria conseguindo blindar o clube do confronto entre Del Nero e Andrés.

O presidente alvinegro está em xeque. Caso se aproxime da CBF para mostrar não estar engajado no movimento de Andrés, será duramente atacado pelos andresistas no Parque São Jorge. Se deixar como está, continuará ouvindo críticas dos que acham que o time tem sido prejudicado nos bastidores por conta da disputa eleitoral.

Festa do Palmeiras teve barraco de conselheiros por falta de brindes

Leia o post original por Perrone

A festa de aniversário do Palmeiras, na segunda, terminou com um barraco protagonizado por sócios e conselheiros do clube. Eles bateram boca e hostilizaram uma funcionária da organização do evento.

O tempo esquentou porque faltaram brindes para os últimos a deixarem a comemoração. Entre as lembrancinhas estavam um cachecol e uma garrafa de água com o emblema do clube. Ao perceber que faltavam alguns kits, a responsável pela distribuição avisou que enviaria os presentes depois, mas não evitou a confusão. Segundo um dos participantes, faltavam menos de dez brindes.

A assessoria de imprensa da HZ Eventos, que contratou modelos para a festa, disse ao blog que outra empresa se responsabilizou pelos brindes e que representantes dela entrariam em contato com o blog, o que não aconteceu até a publicação deste post. A assessoria também não soube informar se a funcionária chegou a ser agredida, conforme relataram dois conselheiros ao blog. O nome da empresa não foi revelado.

Medido, examinado e apresentado! Neymar veste a camisa do Barcelona e começa uma nova etapa em sua carreira!!! O craque terá problemas para se adaptar ao futebol do Barça?

Leia o post original por Milton Neves

Sonho realizado: Neymar é jogador do Barcelona.

Com contrato assinado, festa no Camp Nou e mil petecadas para os novos fãs.

Tudo que o astro tem direito.

Mas ver o “Pelezinho da Vila” com outra camisa é um pouco melancólico.

Pelo menos para o santista.

É como se deparar com um grande amor nos braços de outro.

E ter que aplaudir.

O Peixe só tem motivos para agradecer o atacante pelo que fez dentro de campo.

Jogando com alguns “surdos”, regeu a orquestra de um instrumento só.

Agora, chega à “Filarmônica da Catalunha”, onde não será mais a atração principal, mas sim uma parte importante do espetáculo.

Xavi, Iniesta e Messi devem ajudar muito o brasileiro.

Que precisará desta “forcinha” para adaptar-se o quanto antes ao estilo de jogo do Barça e da Europa.

*Durante a coletiva de imprensa, o vice-presidente do Barcelona confirmou o valor de R$ 158 milhões, que envolve os direitos federativos e econômicos do craque, além de seus vencimentos

E para você, amigo internauta, o brasileiro se juntará a Romário, Rivaldo, Ronaldo e Ronaldinho Gaúcho, no panteão tupiniquim do Barça?

Ou Neymar corre o risco de ser um novo Roberto Dinamite – que chegou badalado e saiu esquecido – em solo espanhol?

Opine!!!

Pito da Globo soa como aviso da emissora de que vai mandar mais, após salvar clubes com milhões antecipados

Leia o post original por Perrone

O discurso duro de Marcelo Campos Pinto, executivo da Globo Esportes, na festa do Brasileirão deixou a impressão de que a emissora apresentou sua conta aos clubes.

No momento de desespero dos dirigentes, a Globo salvou a todos com a renovação antecipada do contrato de transmissão dos jogos, enchendo os cofres dos clubes.

O pito num dia de festa foi como se Campos Pinto estivesse dizendo: “demos o dinheiro, agora vamos mandar”. Ele pediu, entre outras coisas, o banimento em volta dos gramados de jornalistas que não pertencem à “detentora dos direitos”. Falou grosso e pregou respeito aos “direitos comerciais”.

O tapa na mesa dado pelo homem da Globo coincide também com o primeiro ano da festa depois da saída de Ricardo Teixeira da CBF. Campos Pinto era um dos nomes que o ex-presidente pensava em lançar para concorrer à sua cadeira.

Sem Teixeira por perto, a festa teve um tom mais político do que de costume. Vide à homenagem de José Maria Marin a seu vice e mentor, Marco Polo Del Nero, que passa por um momento difícil ao ser investigado pela Polícia Federal. Ele está envolvido numa investigação sobre suposta venda de dados sigilosos por parte de policiais. Nega ter feito algo errado e não tem se escondido. Indício de que não desistiu de suceder Marin na presidência.

Palmeiras planeja festa em Curitiba, desfile em São Paulo e comemoração com patrocinadores

Leia o post original por Perrone

A diretoria do Palmeiras nega, mas já existe um rascunho da festa do título, caso a equipe levante a Copa do Brasil nesta quarta. Uma casa em Curitiba foi escolhida para uma comemoração singela, só entre cartolas e elenco, após a partida, se der tudo certo.

A torcida também poderá comemorar na Casa Palmeiras, montada na capital paranaense (assim como em São Paulo) para os torcedores sem ingresso acompanharem a final.

Um conselheiro do clube, com aval da diretoria, preparou outras etapas dos festejos. Sua vontade é que o time seja recebido num carro do Corpo de Bombeiros. Nele, o elenco iria até o CT palmeirense, depois de desembarcar  em São Paulo na quinta. Carro e batedores para a escolta já foram “encomendados”.

O desfile, no entanto, ainda depende da palavra final da direção de futebol, que deve ouvir a comissão técnica depois da partida com o Coritiba.

Para quinta à noite está sendo preparada uma festa para mais de 300 convidados, a maioria chamada por patrocinadores que bancarão a comemoração. O evento está previsto para acontecer no próprio clube.

Opinião

Planejar a festa não significa que o Palmeiras já dá o título como certo ou que menospreza o adversário. Quem se envolve com os preparativos não faz parte do grupo que terá a missão de quebrar o jejum de conquistas dos palestrinos. E o time de Felipão não deu até agora sinal de “já ganhou”.

Patrocinador oferece como prêmio festa com Neymar, enquanto Muricy pede descanso

Leia o post original por Perrone

 

Reprodução do site da promoção do Tenys Pé, patrocinador de Neymar

 Justamente no momento em que se discute na Vila Belmiro a necessidade de Neymar descansar, um dos patrocinadores do atacante oferece como prêmio a clientes a patricipação numa festa com o jogador.

A campanha é da Tennis Pé e dá ao felizardo a oportunidade de levar dez amigos para a comemoração com o santista, entre outros brindes como um veículo de luxo. A promoção só termina no final de agosto, e o prêmio pode ser entregue até um mês depois. Logo não há como o evento atrapalhar o desempenho de Neymar em momento decisivo da Libertadores.

Mas foi infeliz a coincidência com o instante de desgaste físico do craque, às vésperas da partida cheirando à final contra o Corinthians.  Ver Neymar em horário nobre na Globo com sua imagem associada à festa distoa do discurso de seu treinador pedindo repouso para o craque. Uma demonstração de como, muitas vezes, são incompatíveis interesses do Santos e de patrocinadores, que pagam caro para ter o astro. Trata-se de efeito colateral da fórmula que permitiu ao time manter sua joia em casa.