Arquivo da categoria: Flamengo

Primeiro turno do Brasileirão termina com defesa valendo menos do que antes

Leia o post original por Perrone

O primeiro turno do Brasileirão terminou com os donos das duas melhores defesa longe da disputa pelo título, desafiando a tendência dos últimos anos. Desde 2015 quem leva menos gols na competição levanta a taça.

A equipe menos vazada neste momento é o Corinthians, que levou 12 gols, ocupa a quinta posição e está a 10 pontos do líder, o Flamengo. A segunda melhor defesa é a do São Paulo, que viu sua rede ser balançada 13 vezes. A equipe de Cuca é a sexta colocada, também com uma desvantagem de 10 pontos para o primeiro colocado.

Entre os donos das quatro melhores defesas, só o Palmeiras, vice-líder, a três pontos do Fla, está neste momento na briga pela primeira posição. A equipe que trocou Felipão por Mano Menezes levou 14 gols. O quarto time menos vazado é o Bahia, com 16 tentos sofridos. Os comandados de Roger Machado estão na sétima posição, a 11 pontos do primeiro colocado do campeonato.

De 2015 pra cá, o campeão nacional sempre teve a melhor defesa. Foi assim com Palmeiras em 2018 e 2016 (empatado em gols tomados com o Athletico) e Corinthians em 2017 e 2015.

Na metade do campeonato deste ano, o primeiro colocado tem apenas a sexta melhor defesa. O Flamengo levou 18 gols no primeiro turno. São oito a menos do que o Palmeiras, campeão do ano passado, sofreu naquela competição toda. Terceiro na classificação, o Santos divide a sétima posição do ranking de menos vazados com Botafogo e Athletico, 10º e 11º colocados respectivamente. Cada um tomou 19 gols.

Por outro lado, a liderança do Flamengo valoriza o ataque.  Ninguém marcou mais gols do que o rubro-negro, agora comandado por Jorge Jesus. Foram 42 gols em 19 jogos. São impressionantes 12 tentos de diferença para o segundo e o terceiro colocados da competição. De 2014 para cá, só o Corinthians de 2017 terminou em primeiro sem ter o melhor ataque. Porém, só o Cruzeiro de 2014 foi campeão sem a defesa menos vazada. Ou seja, atualmente, o time de Jorge Jesus não segue a escrita de ser o mais eficiente tanto no ataque como na defesa para ganhar Brasileirão.

Ninguém tira o Brasileirão do Flamengo !

Leia o post original por Nilson Cesar

O Flamengo está jogando o melhor futebol do Brasil e tem o melhor elenco . O técnico Jorge Jesus mostra-se competente e excelente gestor de pessoas . Gabigol e Bruno Henrique estão vivendo grande fase. Ganhar do Flamengo no Maracanã hoje é quase impossível . O Palmeiras talvez seja a única equipe capaz de acompanhar o líder até o final . Se eu tivesse com dez fichas no mão jogaria 9 no título do…

Fonte

Doutor Jesus

Leia o post original por Rica Perrone

O treinador do Flamengo disse que os treinadores brasileiros são ultrapassados. Essa declaração poderia bastar para o auê todo, mas na verdade há uma frase junto disso que diferencia uma opinião estúpida e despeitada de uma análise. Quando um jornalista brasileiro vai lá e desmerece um treinador com 20 anos de carreira como se estivesse…

Muita fumaça pra pouco fogo, hein?

Leia o post original por Craque Neto 10

Que engraçada a polêmica dos últimos dias, viu? Foram resgatar uma entrevista antiga do Jorge Jesus para um jornal europeu onde ele fala abertamente que os técnicos brasileiros são ‘ultrapassados taticamente’. Veja bem, até acho que muitos deles são ruins mesmo, mas não dá pra negar que vários deles chegaram no topo, como Felipão, Parreira, Luxa e Tite. Eles conquistaram tudo o que podiam. Os dois primeiros levantaram uma Copa do Mundo com a Seleção Brasileira. O último, atual técnico do time verde-amarelo, ganhou de tudo nos clubes por onde passou. Agora me surpreende o técnico do Flamengo falar isso. […]

O post Muita fumaça pra pouco fogo, hein? apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Palmeiras com Mano Menezes pode sim brigar pelo título.

Leia o post original por Nilson Cesar

O Palmeiras pode sim brigar pelo título do Campeonato Brasileiro. Continuo achando que o Flamengo é o favorito, mas o Verdão tem elenco para brigar até as rodadas finais. Mano é um cara experiente e um excelente gestor de grupo. Além da parte tática saber gerir e administrar os atletas é fundamental. No Palmeiras muitos jogadores entendem que podem ser titulares e isso acaba gerando rachas e…

Fonte

Verdão voltou pra disputa do título?

Leia o post original por Craque Neto 10

Na noite desta terça-feira (10) o Palmeiras entrou em campo no Allianz Parque para encarar o Fluminense no jogo que havia sido adiado no último mês. E a turma do Mano Menezes fez bem a lição de casa ao vencer os cariocas por 3 a 0 com uma baita tranquilidade. Destaque positivo como não poderia ser diferente foi o centroavante Luiz Adriano, autor dos três gols do jogo. E pelo visto depois de queimar um caminhão de dinheiro finalmente a direção do clube acertou e seu novo ‘camisa 9’. Esse se movimenta com inteligência, se posiciona bem e tem ótimo […]

O post Verdão voltou pra disputa do título? apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Por que brigas como a entre CBF e Fla por joia da base devem continuar?

Leia o post original por Perrone

Com Danilo Lavieri, do UOL, em São Paulo

Pouco antes de o Flamengo conseguir no STJD a liberação de Reinier para jogar (e arrebentar) contra o Avaí, Branco, coordenador das categorias de base da CBF, e André Jardine, técnico da seleção sub-20, afirmaram que a entidade continuará sendo firme para negar pedidos de clubes para liberar de convocações seus jovens talentos.

As declarações foram dadas durante palestra na “Brasil Expo Futebol”, mesmo evento em São Paulo no qual sessão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva deu aval para o rubro-negro escalar sua revelação, que não atendeu à convocação do time nacional sub-17.

“Sempre fazemos questão de convocar os jogadores que consideramos os melhores no momento. Quem não se apresentar, não é um problema meu, é jurídico”, declarou Branco. O coordenador sustenta que recentes vexames dados pelas seleções de base do Brasil aconteceram porque alguns dos melhores jogadores não puderam ser convocados.

Jardine completa o raciocínio afirmando que a ideia é que nos Mundiais de 2026 e 2030 a maioria dos convocados tenha construído carreira nas seleções de jovens. Ele atribui o fracasso de alguns atletas que se destacaram em clubes mas não na equipe pentacampeã mundial ao fato de terem pouca rodagem com a camisa amarela. Essa experiência, segundo ele, deveria ter sido adquirida na base.

“O jogador pensa em si, o clube pensa em si. Está na hora de todos pensarem no melhor para o futebol brasileiro”, disse Jardine em sua apresentação. Após o evento, o blog perguntou ao técnico se há um estudo sobre como acomodar interesses de jogadores, clubes e seleções de base. “Quebramos a cabeça pensando nisso. É muito difícil, o calendário está muito cheio, são muitas competições”. Indagado se o caminho seria o diálogo, ele respondeu: “diálogo e bom senso”.

Por que brigas como a entre CBF e Fla por joia da base devem continuar?

Leia o post original por Perrone

Com Danilo Lavieri, do UOL, em São Paulo

Pouco antes de o Flamengo conseguir no STJD a liberação de Reinier para jogar (e arrebentar) contra o Avaí, Branco, coordenador das categorias de base da CBF, e André Jardine, técnico da seleção sub-20, afirmaram que a entidade continuará sendo firme para negar pedidos de clubes para liberar de convocações seus jovens talentos.

As declarações foram dadas durante palestra na “Brasil Expo Futebol”, mesmo evento em São Paulo no qual sessão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva deu aval para o rubro-negro escalar sua revelação, que não atendeu à convocação do time nacional sub-17.

“Sempre fazemos questão de convocar os jogadores que consideramos os melhores no momento. Quem não se apresentar, não é um problema meu, é jurídico”, declarou Branco. O coordenador sustenta que recentes vexames dados pelas seleções de base do Brasil aconteceram porque alguns dos melhores jogadores não puderam ser convocados.

Jardine completa o raciocínio afirmando que a ideia é que nos Mundiais de 2026 e 2030 a maioria dos convocados tenha construído carreira nas seleções de jovens. Ele atribui o fracasso de alguns atletas que se destacaram em clubes mas não na equipe pentacampeã mundial ao fato de terem pouca rodagem com a camisa amarela. Essa experiência, segundo ele, deveria ter sido adquirida na base.

“O jogador pensa em si, o clube pensa em si. Está na hora de todos pensarem no melhor para o futebol brasileiro”, disse Jardine em sua apresentação. Após o evento, o blog perguntou ao técnico se há um estudo sobre como acomodar interesses de jogadores, clubes e seleções de base. “Quebramos a cabeça pensando nisso. É muito difícil, o calendário está muito cheio, são muitas competições”. Indagado se o caminho seria o diálogo, ele respondeu: “diálogo e bom senso”.

Mano Menezes no Palmeiras. Agora só os jogadores precisam voltar a jogar futebol.

Leia o post original por Nilson Cesar

Mano Menezes no Palmeiras. Tudo certo. Agora só falta os jogadores corresponderem . Precisam voltar a jogar futebol. O time está jogando muito pouco. Mano é um treinador de muita qualidade e vencedor. Trata-se de um bom gerente de pessoas também. Gerenciar bem pessoas é fundamental para um treinador moderno. O Palmeiras tem um elenco com muitos jogadores e isso gera insatisfação de muita gente que…

Fonte