Arquivo da categoria: Futebol Europeu

O creme de avelã raiz

Leia o post original por Rica Perrone

Veja você que loucura. O Cristiano sacaneou o Atlético, Simeone fez um gesto “obsceno” e o melhor do mundo o repetiu em campo após atuação de gala. Lá, foi “rivalidade”. Aqui, seria 2 horas num mesa redonda qualquer de debate sobre o limite do entusiasmo após um gol. O futebol é tão lindo quando tratado…

Mais do que um jogador

Leia o post original por Rica Perrone

Eu fico realmente preocupado quando vejo pessoas do futebol discutindo o valor do Cristiano Ronaldo atrelado a sua idade e capacidade técnica de se acertar no time da Juventus. Eu tenho a impressão de que ainda acreditam que clube de futebol é um ideal e não uma empresa onde pessoas trabalham. Cristiano tem 33 anos…

Kairus: o segredo do futebol

Leia o post original por Rica Perrone

Expectativa, promoção, um grande jogo e a história pronta pra ser escrita. Todo o glamour da Champions League é muito bem preservado até com os constantes erros de arbitragem, pois o marketing da “empresa” é brilhante. Ao contrário dos nossos, quando se assina um contrato com a Champions tem restrições sérias. Comerciais, editoriais, obrigações de…

Cara a Tapa – Deco

Leia o post original por Rica Perrone

O ex-jogador Deco não foge de pergunta alguma. Fala sobre a polêmica passagem de Felipão no Chelsea, compara os momentos do Barcelona, dá nota para o presidente do Flu e até escolhe entre as torcidas de Flu e Barcelona!

Duvida? Olha aí!
Inscreva-se aqui:

Injusto é não gostar de futebol

Leia o post original por Rica Perrone

Todo grande jogo termina com alguma polêmica e toda polêmica tem a ver com arbitragem. A diferença entre um grande jogo e uma grande vitória é bem fácil explicar: ontem a Roma teve uma grande vitória. Hoje tivemos um grande jogo.

Os grandes jogos são em sua maioria decisivos e portanto nos preparamos para eles.  Discute-se investimento como argumento base de resultados em campo, o que mostra enorme desconhecimento do tema por quem pratica.

O futebol é mera história pra contar.

Não há vitória sonsa mais interessante do que ter estado lá numa grande derrota. As brigas fazem dos jogos mais épicos, porque falamos deles eternamente. Os erros de arbitragem fazem deles épicos e revoltantes.  São coisas diferentes.

O erro aos 47 muda tudo. E nem estou entrando no mérito se houve erro hoje.  Mas ele PRECISA ser corrigido. Não só porque é justo, mas porque o sentimento de tristeza por uma derrota é infinitamente mais interessante pra nossa paixão do que o de revolta.

O VAR é necessário. Hoje ele não resolveria nada, mas ainda assim é necessário.  Na tv com 300 replays estamos discutindo se foi. O VAR hoje seria colocado em dúvida. Dividiria o papel de vilão com o juiz e nada mais.

A justiça está na cotovelada que ele não viu. Não no penalti que ele achou que foi. A justiça está no campeão decidir seu titulo contra o vice, nunca num time de férias desinteressado enquanto o concorrente joga contra alguém disputando vaga.

A justiça que o futebol precisa é para com seus principios e valores. É também a tristeza que dá olhar um jogo como o de hoje jogado para 76 mil pessoas que não se dignavam a levantar de suas poltronas caríssimas enquanto faziam selfies.

Justo é que seja sempre o nosso maior assunto de lazer, que nos faça maiores e menores sem distinção de cor, raça ou condição social. E que se considere o ideal a busca pela competição e não pelo baile.

Hoje o futebol busca o que o torcedor não quer, mas o que os fãs adoram. E quanto mais fãs, mais dinheiro. Quanto mais dinheiro, menos competição, quanto menos competição, mais ídolos impartíveis, e quanto mais impartível mais os fãs compram.

O torcedor não precisa vencer pra se apaixonar.

Injusto é não amar o futebol, não entender seu papel, sua importância e os seus valores.

O penalti foi, ou não, só mais um penalti…

abs,
RicaPerrone

É bom, ruim, ou os dois

Leia o post original por Rica Perrone

Futebol é um esporte simples: a bola entra, foi bom. Não entra, foi ruim.

Essa visão deveria se limitar ao torcedor, que está ali meramente para olhar 11, nao 22. Meramente para esperar a vitória e não o jogo em si. Imagina-se que comentaristas esportivos são os caras que ficam entre a real capacidade de entender futebol, que são os profissionais do futebol, e a maluquice plena, que são os torcedores de futebol.

A partir do momento que comentaristas analisam o jogo exatamente com os olhos do torcedor ou achando que tem a capacidade de avaliação do profissional de futebol, estão sendo pior que ambos.

Ontem era 30 do segundo tempo e Neymar jogava bem. O PSG não se intimidava, tocava a bola e estava bem mais perto do gol. Era unanime. A bola estava mais perto de consagrar o Neymar do que o Cristiano, e então todos se inclinavam pra isso.

Aí a bola bate, rebate, vai no joelho e entra. Minutos depois uma jogada do craque Marcelo e 3×1. Fim de papo, o Real Madrid jogou muito, o PSG, nada.

Hoje todas as discussões sobre o jogo cobram o que “faltou” ao Neymar, e na mesma linha discutem o individualismo dele. Se não é pra ser individualista, cobrem do time de estrelas inteiro do PSG. Por exemplo de alguns deuses da imprensa que atuam por lá.

Mas não. Neymar tem que ser “mais coletivo”, que é pra quando não der certo apanhar sozinho.

Em 90 minutos o PSG jogou uma partida melhor que o Real Madrid.  Fez o que tinha que fazer, a bola não entrou, a do Real entrou. Mas daí a entender que por causa de 2 gols no fim a análise de tudo que havíamos visto some é um atestado da que não temos a menor função.

O Casagrande dando aula no Neymar toda semana é algo pra mim surreal. Ele pode critica-lo, é claro. É sua função hoje.  Mas um sujeito com o histórico dele não pode ser soberbo pra falar do comportamento de ninguém. Ainda mais de um garoto que aos 25 tem menos risco de fazer uma merda do que ele aos 54.

 

Cadê a porra do Cavani, que tanto idolatram? E o Rabiot que ficou olhando pro Marcelo no segundo gol? Quantas bolas alguém do PSG carregou pro campo adversário sem procurar o Neymar?

O Real jogou coletivo por acaso? Ou esperou a sorte da bola cair no craque?

Mas entrou. E se ela entra, avaliamos uma coisa. Se não entrar, outra. Ou seja, fazemos o que qualquer chipanzé faria olhando pra uma tela com os melhores momentos do jogo.

O Real ganhou porque o PSG é um time pequeno. Tal qual o Barcelona virou aqueles 6×1.  O Thiago Silva tá fazendo mimimi em rede social porque não sabe ficar no banco e vocês tão batendo em quem? No Neymar.

E depois cobram que ele não seja individualista? Vocês individualizam o PSG inteiro na figura dele. Porque ele pensaria coletivamente se só ele apanha?

Semana que vem bastam 2 gols. Menino é gênio, Cristiano em queda, Real em crise, PSG rumo ao título e Casão dirá: “Ele me ouviu! Por isso os 2 gols hoje!”.

Ninguém no mundo é mais arrogante do que jornalistas. Os caras que estudaram pra aprender a colocar virgula e se sentem pós graduados em todas as palavras que ficam entre elas.

abs,
RicaPerrone

Quanto custa ser campeão da UCL?

Leia o post original por Rica Perrone

O maior campeonato europeu de futebol está prestes a começar. O dia 12/9 marcará a largada oficial da edição 17/18 da Liga dos Campeões da UEFA (UEFA Champions League) e os investimentos dos clubes participantes nunca foram tão altos. Com o intuito de demonstrar a evolução dos números que envolvem a competição, o agregador de …

Quanto custa ser campeão da UCL?

Leia o post original por Rica Perrone

O maior campeonato europeu de futebol está prestes a começar. O dia 12/9 marcará a largada oficial da edição 17/18 da Liga dos Campeões da UEFA (UEFA Champions League) e os investimentos dos clubes participantes nunca foram tão altos. Com o intuito de demonstrar a evolução dos números que envolvem a competição, o agregador de …

O dia em que a Terra parou

Leia o post original por Rica Perrone

E quem não parou, perdeu.  Porque era improvável, era futebol, ,mata-mata, logo, seria épico. Eu não torço pro Barcelona. Na verdade eu não consigo torcer de verdade pra time nenhum de fora, no máximo simpatizo e invariavelmente torço pelos brasileiros da seleção irem bem. Logo, torço pro Neymar. Nada tenho contra o PSG, mas sei …