Arquivo da categoria: Futebol

Futebol tem que voltar só com muita segurança .

Leia o post original por Nilson Cesar

Não precisa desespero . A bola certamente voltará a rolar em breve . Para que tudo ocorra bem é necessário muita segurança . Acho que no mês de junho os campeonatos irão retornar . As equipes devem se reapresentar em maio . Portões fechados é o caminho inicial . Quando a pandemia passar a alegria do torcedor voltará aos estádios . Um ano atípico para todos nós . Tomara que tenhamos muito mais…

Fonte

Clubes podem cortar salários sem atletas concordarem? Advogados divergem

Leia o post original por Perrone

O que acontece se jogadores não aceitarem eventuais reduções salariais impostas por seus clubes? Em busca dessa e de outras respostas sobre os efeitos da interrupção dos campeonatos por conta do avanço do novo coronavírus, o blog ouviu dois advogados com larga experiência na área.

Eduardo Carlezzo e João Henrique Chiminazzo têm entendimentos diferentes sobre a possibilidade de redução salarial. Abaixo, confira as respostas de ambos para as mesmas perguntas

 Blog do Perrone – Se os jogadores de um clube não aceitarem a redução salarial proposta pela direção, como fica a situação?

Eduardo Carlezzo – Entendo que a melhor via seria uma solução bilateral, com flexibilização de ambos os lados. Contudo, a realidade é que isto está cada vez mais distante e, sendo assim, o clube tem a opção, unilateral e prevista na CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) de reduzir os salários em até 25% neste período de crise. Segundo o art. 503 da CLT, isto pode ser feito em caso de força maior ou prejuízos devidamente comprovados, o que é justamente o que estamos vivenciando. Nestas condições pode haver a redução geral dos salários dos empregados, proporcionalmente aos salários de cada um, não podendo ser superior a 25% (vinte e cinco por cento). Não tenho dúvidas de que essa força maior já foi configurada.

João Henrique Chiminazzo – Para haver a redução, as partes precisam chegar a um acordo. Não pode ser imposto pelo clube. Eu acho que esse artigo (503 da CLT) é inconstitucional.

Blog – Há margem para algum jogador contestar a redução na Justiça do Trabalho?

Carlezzo – O artigo da lei tem um texto bastante claro, de forma que havendo um caso de força maior, que é claramente o que estamos vivendo hoje, aliado ao prejuízo financeiro, que claramente os clubes estão sofrendo em razão da paralisação,  vejo como baixa a chance de êxito por parte dos atletas caso o assunto chegue ao judiciário.

Chiminazzo – Entendo que sim. Os jogadores têm boas chances de vencer na Justiça. A constituição diz que o salário é irredutível, e como a constituição é posterior à CLT e é uma “lei maior”, ela tem prevalência.

Blog – Os contratos podem ser prorrogados automaticamente para se adequarem às mudanças do calendário?

Carlezzo – Neste caso não há previsão legal. Deveria haver um entendimento geral que passe pela CBF para que isso ocorra, na hipótese de prorrogação das competições. A FIFA está neste momento estudando o assunto e suponho que irá se posicionar sobre o tema, já que não é simplesmente uma questão local, mas sim global.

Chiminazzo – Entendo que sim. Desde que seja mantido o pagamento integral dos salários.

Blog – E como fica, por exemplo, um jogador contratado só para o Estadual e que já tenha assinado pré-contrato com outro clube para o segundo semestre?

Carlezzo – Neste momento, estão valendo as disposições e prazos dos contratos assinados.

Chiminazzo – Eu acho que se ele comprovar a impossibilidade da prorrogação, por ter um pré contrato assinado, desde que não seja de ma-fé, acredito que a prorrogação não poderá ser exercida  Mas acho que vale o bom senso.

Blog – Tem algo mais que gostaria de esclarecer?

Carlezzo– É isso. Abordamos o principal e mais urgente.

Chiminazzo – O clube conceder férias agora acho viável e justo.

 

Seis dicas de especialista em cinema para você matar a saudade do futebol

Leia o post original por Perrone

Não aguenta mais ficar sem assistir a jogos de futebol por causa da suspensão dos campeonatos em virtude do combate ao novo coronavírus?

Para te ajudar a aliviar os sintomas dessa abstinência, o blog convocou o youtuber Gustavo Cruz (www.youtube.com/Gustavo Cruz). Especialista em cinema, ele indica séries e filmes sobre futebol para você assistir nesse período de isolamento social. Confira abaixo as sugestões de Gustavo Cruz.

1 – “All Or Nothing: Manchester City” – Amazon Prime Vídeo 

Essa é a primeira dica que sempre dou para todos. Existem três motivos principais para essa indicação ser a que mais me encanta.

O primeiro de todos é que a equipe de filmagem teve um acesso que nunca tinha visto antes quando o assunto é um clube desse tamanho.

O segundo, acompanhamos todos os desafios e sacrifícios durante a campanha histórica do Manchester City, que alcançou mais de 100 pontos na temporada retratada.

O terceiro, que na minha opinião é o principal, o contato direto com o trabalho de Pep Guardiola.

Entendemos que a mística por trás da sua carreira vitoriosa está muito mais atrelada a um trabalho intenso e fanático do que qualquer outra coisa.  

2 – “Sunderland até Morrer” – Netflix

Indo na contramão da primeira indicação, onde você vai acompanhar um time rico sendo campeão, “Sunderland Até Morrer” conta, também em um formato episódico, a trajetória de um time afundando cada vez mais. O interessante aqui é a relação do clube com a sua cidade. Sunderland é uma cidade operária onde o futebol, ou melhor, o time Sunderland é tudo que importa. Além de ser uma bela produção, conhecer a história do clube e do fanatismo dos fãs torna a experiência em algo memorável.

3 – “Apache: A vida de Carlos Tevez” – Netflix 

Essa é a primeira e talvez a única ficção que recomendo. Baseado na vida do atacante Carlos Tevez, que inclusive aparece em pequenos trechos de entrevistas, a série retrata os primeiros passos do garoto que cresceu em uma das regiões mais perigosas da Argentina. A série mistura a história complexa de Tevez e família, com a criminalidade que existia a sua volta. Apesar de não ser uma série com um grande primor técnico, a curiosidade para conhecer a trajetória de Tevez e de seu amigo de infância o Uruguaio, que joga tão bem quanto ele, me fizeram ficar vidrado com os episódios. Recomendo para aqueles que gostam de conhecer as dificuldades para se tornar Jogador profissional.

4 – “Juventus: Prima Squadra” – Netflix 

Com seis episódios, a proposta é mergulhar na temporada da Juventus. O clube domina os campeonatos italianos já há algum tempo, por isso é interessante conhecer um pouco mais sobre a mentalidade dos jogadores e as tradições do clube. Um porém, esse documentário antecede a chegada de Cristiano Ronaldo ao clube. Na verdade, retrata justamente a temporada em que os torcedores aplaudiram de pé o craque depois daquele golaço de bicicleta. Outro porém, a série retrata uma suposta aposentadoria do goleiro histórico Gigi Buffon, mas como já sabemos, o goleiro fez um bate-volta em Paris e voltou para o clube. Esses dois pontos podem atrapalhar um pouco a narrativa, já que temos “spoilers” do que vai acontecer, mas mesmo assim, é uma boa oportunidade para conhecer outro grande clube europeu. 

5 – “Make Us Dream | Steven Gerrard”Amazon Prime Vídeo

Esse documentário foi produzido pelos mesmos criadores de Senna e Amy, um ponto inicial bastante promissor. Steven Gerrard talvez tenha sido um dos últimos jogadores no futebol a manter uma tradição antiga, permanecer no clube de coração durante toda sua carreira. O Liverpool é um dos clubes mais tradicionais da Inglaterra, com momentos de glória e tragédia em sua  é possivhistória. Gerrard é possivelmente o maior símbolo desse clube. Formado nas categorias de base do clube, ao longo de sua carreira teve diversas propostas de clubes ricos como Chelsea e Real Madrid, mas as suas raízes no Liverpool não permitiram sua saída. A pressão de ser capitão desse clube é gigantesca, e Gerrard alcançou o inimaginável com a camisa oito dos Reds. 

6 – “Le K Benzema” – Netflix

 Assistindo a diversos documentários e séries sobre esporte, você começa a criar uma sensibilidade para perceber a diferença de um documentário na sua forma pura, como do City, Sunderland, e aqueles que de certa forma têm um tom mais político e que defendem a imagem do personagem principal ou do clube. Resumindo, documentários encomendados.

Benzema é o atacante titular do Real Madrid há anos. Ele conquistou a Champions League ao lado de Cristiano Ronaldo, Marcelo e Sergio Ramos. Mas, sua carreira está marcada por um escândalo fora das quatro linhas. Karin Benzema foi expulso da seleção francesa depois de participar de um caso de polícia com outro colega de seleção.

O documentário conta a história do jogador, suas origens, convida alguns colegas importantes como o próprio Ronaldo para defendê-lo, e aborda o escândalo dando a visão do protagonista.

Basicamente, uma tentativa de recuperar sua vaga e prestígio antes da Copa de 2018, da qual os franceses foram campeões, sem o camisa nove merengue.   

Wimbledon mantém data mas restringe acesso

Leia o post original por Fernando Sampaio

Os organizadores de Wimbledon estão, por enquanto, mantendo a data inicialmente prevista entre 29 de junho e 12 de julho, mas adotará medidas de segurança para evitar o risco de transmissão do novo coronavírus. O All England Lawn Tennis Club tomou a decisão de fechar o Museu de Wimbledon, além de excursões, lojas e centro esportivo comunitário. Já as instalações externas do clube permanecerão…

Fonte

Roland Garros adiado para Setembro

Leia o post original por Fernando Sampaio

A Federação Francesa de Tênis (FFT) determinou o adiamento de Roland Garros. O Grand Slam francês, que aconteceria entre maio e junho, foi adiado para o segundo semestre. O torneio foi remarcado para acontecer entre os dias 20 de setembro e 4 de outubro. “Embora ninguém consiga prever qual será a situação em 18 de maio, as atuais medidas de confinamento tornaram impossível continuar com nossos…

Fonte

Futebol sem público !

Leia o post original por Nilson Cesar

Está correto . Todas as providências de precaução em relação ao corona vírus estão corretas . Não sei nada de Medicina , mas me informo muito . As pessoas devem seguir as regras e se prevenirem . Nada a contestar . O campeonato paulista na cidade de São Paulo não terá a presença do público . Os jogadores que se apliquem da mesma maneira e boa. Teremos São Paulo e Santos jogando no Morumbi e espero…

Fonte

São Paulo respira na Libertadores

Leia o post original por Fernando Sampaio

Depois da derrota inesperada na Cordilheira do Andes, onde só o amadorismo da Conmebol explica jogos a mais de 4 mil metros numa competição tão importante, o São Paulo conquistou uma bela vitória no Morumbi, diante de um adversário forte e perigoso. O Tricolor foi muito feliz e conseguiu abrir 2×0 em 15 minutos. Isso mudou totalmente o jogo. Na sequência, a LDU reagiu e mostrou que a história…

Fonte

Fernando Diniz e Thiago Nunes ainda estão em formação !

Leia o post original por Nilson Cesar

O técnico Fernando Diniz do São Paulo e Thiago Nunes do Corinthians ainda são treinadores em formação . Qualifica-los de geniais trata-se de uma insanidade . Irão aprender muito ainda como todos nós . Terão um longo caminho pela frente para se igualarem aos grandes treinadores da história do futebol brasileiro . É assim mesmo . São jovens que ainda errarão muito . Exigir o que eles não podem ainda…

Fonte

Quem vai segurar o Flamengo em 2020?

Leia o post original por Nilson Cesar

O Flamengo é sem dúvida o grande favorito este ano no futebol brasileiro . Só acho que não pode cantar vitória de véspera . Grêmio , Palmeiras , São Paulo e Internacional podem ser os mais fortes adversários aqui no Brasil . Boca Juniors e River Plate podem brigar na América . Esse momento do Flamengo fez com que os outros evoluíssem também . Com isso espero um Brasileirão cheio de emoções e…

Fonte

Brasil foi bem na Austrália

Leia o post original por Fernando Sampaio

Não deu para o Brasil, a Austrália era favorita jogando em casa. No primeiro dia os anfitriões abriram dois a zero. Jordan Thompson (#64) bateu Thiago Monteiro (#82) por 6/4 e 6/4 e John Millman (#43) venceu Thiago Wild (#114) por 6/4, 6/7 e 6/2. Foram dois jogos equilibrados. No segundo dia conseguimos uma vitória incrível nas duplas. Marcelo Demoliner (#48) e Felipe Meligeni (#134) bateram de…

Fonte