Arquivo da categoria: Gabigol

Sem capricho

Leia o post original por Flavio Prado

 

Ronaldo Fenômeno estreou no Corinthians em Itumbiara, contra o time local. E terminou sua passagem pelo clube em Ibagué.

 

 

Arrascaeta foi a maior contratação do futebol brasileiro dos últimos anos. Gabigol custa uma fortuna. E ambos podem estrear no Flamengo contra o Resende, em Volta Redonda, pelo Campeonato Carioca. Meu Deus, nada mais anti-marketing. Até pelo que custaram e pelo barulho que deu, especialmente Arrascaeta, o bom senso manda que se fizesse um evento especial para o primeiro jogo.

Sei que os campeonatos regionais são desinteressantes em qualquer lugar. Mas num clássico, no Maracanã, já atenuaria. A renda poderia ser bem melhor, ajudando a amortizar as dívidas com as duas compras. E não é o primeiro caso. Ronaldo Fenômeno estreou no Corinthians em Itumbiara, contra o time local. E terminou sua passagem pelo clube em Ibagué.

Há muito que evoluir. Inclusive nesta área, onde clubes grandões do mundo ganham milhões. No Brasil é tudo de qualquer maneira. Vai do jeito que der. E são perdidas ótimas chances de momentos marcantes e faturamentos especiais.  Esses momentos são cada vez mais raros no nosso futebol. Deveriam ser melhor aproveitados.

Opinião: as 10 melhores contratações no Brasil para 2019

Leia o post original por Perrone

O ranking leva em conta as contratações confirmadas oficialmente pelos clubes até as 8h deste sábado (19). Confira abaixo.

1 – De Arrascaeta – Flamengo

O reforço da Gávea é o que existia de melhor no mercado para quem buscava um organizador. Com seis assistências no último Brasileirão, ele ficou atrás apenas de Dudu (11) e Ricardo Oliveira (7) nesse quesito de acordo com o site Footstats. Dono de dribles certeiros e belos gols, deverá dar outra pegada para o Flamengo. Com 24 anos, ainda tem potencial de revenda para fazer com que o clube recupere o alto investimento feito nele.

2 – Gabriel Barbosa – Flamengo

O fato de ter sido artilheiro do Brasileirão de 2018 com 18 gols justifica a posição de Gabigol na lista. A contratação só não é melhor porque foi por empréstimo.

3 – Pablo – São Paulo

Com 26 anos, ex-atacante do Athlético-PR era a melhor alternativa depois de Gabigol em termos de goleadores. Ele marcou 12 gols no Brasileirão, um a menos em relação a Ricardo Oliveira e a mesma marca de Diego Souza. Por ser mais jovem do que a dupla de veteranos, é uma escolha mais interessante na opinião deste blogueiro.

4 – Hernanes – São Paulo

A contratação do volante merece destaque não só pela técnica e poder de liderança do jogador, mas também por sua afinidade com o clube. Em outra equipe, sem a mesma facilidade de adaptação, talvez as chances de sucesso não fossem tão grandes.

5 – Ricardo Goulart – Palmeiras

Apesar de estar se recuperando de lesão, o reforço palmeirense ostenta bons números na China. Versátil, ele dá boas alternativas para Felipão, como jogar dentro e fora da área. O entrosamento dele com o treinador torna a negociação melhor ainda.

6 – Zé Rafael – Palmeiras

O meia chamou a atenção de vários dos principais clubes brasileiros pela boa temporada que fez vestindo a camisa do Bahia. O fato de ter ido para um time já bem estruturado, montado, deve facilitar a  adaptação e ajudar em seu desenvolvimento.

7 – Ramiro – Corinthians

Versátil, já que pode jogar como volante, meia e ponta, e com boa qualidade nos passes, o ex-gremista se encaixa perfeitamente no estilo de jogo de Fábio Carille.

8 – Arthur Cabral – Palmeiras

Destaque do Ceará no ano passado, é excelente aposta para quem está disposto a lapidar um jovem atacante. Será útil no esquema de rodízio de jogadores a ser armado por Felipão e ao mesmo tempo terá a chance de evoluir atuando ao lado de companheiros técnicos.

9 – Felipe Vizeu – Grêmio

Boa aposta para o ataque. Só não é melhor por se tratar de empréstimo. Ou seja, é uma solução temporária.

10 – Réver – Atlético-MG

Capitão na conquista do título da Libertadores de 2013, pelo Galo, ainda é capaz de dar segurança à zaga. Boa opção quando a procura é por um zagueiro experiente.

Fim do ‘Cheirinho’? Mengão melhor do País?

Leia o post original por Craque Neto

Quem me acompanha sabe que talvez tenha sido um dos principais defensores da gestão do presidente Eduardo Bandeira de Mello no Flamengo. Esse senhor transformou um clube falido que vivia rondando a zona de rebaixamento do Brasileirão em uma entidade organizada, com dívidas trabalhistas beirando o ‘zero’ e conseguiu parceiros fortes para remodelar o elenco com jogadores de alto nível técnico. Começaram na verdade acertando o retorno de um dos melhores treinadores do País. Isso mesmo! Após um período ‘sabáticos’ (odeio essa expressão, mas fazer o que?), o Abel Braga volta com a responsabilidade de dar títulos expressivos ao Rubro-Negro. […]

O post Fim do 'Cheirinho'? Mengão melhor do País? apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Qual o destino do artilheiro do Brasil???

Leia o post original por Craque Neto

O futebol profissional no Brasil entrou de férias. Enquanto a boleirada descansa as negociações para 2019 começam a rolar. E uma dúvida que fica é: para onde vai o principal goleador do País na próxima temporada? Para quem não lembra ou não sabe, vale sim pontuar. O cara que mais fez gols no Brasil em 2018 foi o Gustavo, que colocou 30 bolas nas redes dos adversários atuando pelo Fortaleza. Mas esse já é sabido que volta de empréstimo para o Corinthians. Mas e o Gabigol? Para onde irá o atacante que fez 18 gols e liderou disparado a lista […]

O post Qual o destino do artilheiro do Brasil??? apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Minha Seleção do Brasileirão 2018

Leia o post original por Craque Neto

Aí galera que me acompanha no Blog, eu sei que as festas de ‘jabás’ da CBF com a Globo e de outras emissoras vão acontecer a partir da próxima segunda-feira, mas eu vou antecipar aqui – antes desta última rodada que não vale nada – a minha Seleção do Brasileirão 2018. Depois comente deixando a sua! Marcelo Grohe (Grêmio) – Apesar de não jogar o campeonato inteiro por causa da disputa da Libertadores, pra mim foi o goleiro mais regular da competição. Tem grande mérito na força defensiva do time do Renato. Fágner (Corinthians) – É verdade que o Timão […]

O post Minha Seleção do Brasileirão 2018 apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Verdão quer formar SUPERTIME para 2019!

Leia o post original por Craque Neto

Quando falo que a conquista do Brasileirão é pouco para o torcedor do Palmeiras, não é em tom de provocação. Tenho certeza que é o mesmo sentimento de todos. Poxa vida! A grana que o Verdão tem colocado em seu departamento de futebol é uma coisa incrível! Era para buscar títulos muito mais importantes. E pelo visto a sina do tão sonhado e inédito Mundial de Clubes ainda persiste na cabeça da diretoria e principalmente na mente da ‘Mamãe’ Leila Pereira, dona da patrocinadora master do clube. Tive a informação que o Palmeiras estaria atrás de três grandes jogadores para […]

O post Verdão quer formar SUPERTIME para 2019! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Sem estrelismo ele é excelente!

Leia o post original por Craque Neto

Veja como são as coisas… eu estava olhando a lista de artilheiros do Brasileirão e vi o moleque que surgiu ainda pequeno em São Bernardo do Campo, o Gabriel Barbosa, na topo com 15 gols. Isso mesmo! Além de ter sido o goleador da Copa do Brasil desse ano o Gabigol, como ficou conhecido no Peixe, lidera também o quesito no principal campeonato nacional. Ele sabe finalizar com qualidade – com pé de cabeça-, tem velocidade e bom drible. Ou seja, todos os quesitos que precisa ter um bom centroavante. Aí os mais pessimistas me perguntam: ‘Por que tanta irregularidade?’. […]

O post Sem estrelismo ele é excelente! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Prioridades

Leia o post original por Odir Cunha

Na campanha que o levou ao vice-campeonato brasileiro de 2007, o Santos fez um jogo emocionante contra o Paraná, em Curitiba. Reveja os melhores lances:

Uma bela surpresa aos jogadores e ao técnico do Santos

Na festa de lançamento da Embaixada do Santos na área metropolitana de Campinas, ontem, em conversa com alguns santistas falei da necessidade urgente de o clube quitar nova dívida de 2,5 milhões de euros, ou 10 milhões de reais, desta vez pelo passe do zagueiro Cléber, que já veio do Hamburgo com problemas no joelho, e comentei que para o torcedor mais vale uma vitória contra um rival do que saldar uma dívida de 10, 20 milhões de reais. Todos concordaram.

Essa ansiedade de ver o time vencer, sempre, é que faz o torcedor pressionar a direção do clube para contratar jogadores às pressas. Essa é uma fórmula que aumenta enormemente as despesas e raramente melhora a eficácia. Nas histórias das grandes crises do futebol brasileiro há sempre um número imenso de contratações. Digo isso para aconselhar que saibamos esperar até julho, quando a janela estrangeira se abrirá e o Santos poderá contratar, no mínimo, três bons reforços.

“É claro que adoro contratar e como gostaria de sair por aí trazendo grandes jogadores”, disse o presidente a mim e a outros colegas de diretoria em uma conversa informal, na sexta-feira. Porém, os papagaios da gestão anterior continuam a ser revelados pela auditoria e alguns deles, como a dívida com o Hamburgo, não podem esperar. Por enquanto, teremos de lutar em campo com o que temos.

Porém, mesmo sem esses reforços, não se pode dizer que o Santos seja um time fraco. A defesa é a mesma dos últimos anos; o ataque perdeu Ricardo Oliveira, mas ganhou novos valores, como Sasha e Rodrygo, além da volta de Gabriel. No meio, Lucas Lima era uma referência, mas já não estava se esforçando devidamente. Assim, a equipe deve ser considerada favorita no jogo deste domingo, às 19 horas, contra o Paraná, na Vila Belmiro. Mas não acredito em uma partida tão fácil como sugerem alguns santistas.

O Paraná foi valente contra a Chapecoense, fora de casa, e seu gol de empate acabou livrando o Santos de entrar na zona de rebaixamento. Hoje ele tem bons motivos de lutar pela vitória, pois este resultado o faria ultrapassar o Santos, pulando para quatro pontos ganhos. É importante que o Santos entre motivado, mas ao mesmo tempo precavido.

Acredito em uma boa vitória do Santos, pois o ataque é muito bom e em casa o Alvinegro toma a iniciativa dos jogos, pressionando o adversário, que recua naturalmente. Enfim, creio que teremos uma noite de Dia das Mães (parabéns mamães!) alegre e tranquila. Porém, nossas maiores vitórias, nesse início de gestão, estão sendo no decantado fluxo de caixa.

E você, o que acha disso?