Arquivo da categoria: Irã

Messi e nada mais (Argentina 1×0 Irã)

Leia o post original por RicaPerrone

Captura de Tela 2014-06-21 às 18.48.45

Vamos parar de lero-lero pra colocar “poréns” e eventualmente não quebrar a cara amanhã.  Na Real a Argentina, com0 sempre ao longo de sua história, é um time comum que depende de um jogador para tentar colocá-la na lista de favoritos a alguma coisa.

Foi assim com Maradona, nada sem ele.

Messi, que fez novamente uma partida mediocre, fez um gol aos 46 minutos no seu lance mais manjado, que é bater daquele lugar colocado no canto oposto.  O Irã vacilou pois deve ter imaginado que a bola seria cruzada.

Méritos pro Messi, que acertou este lance e mais nenhum na partida.

Atuação tão ruim quanto no primeiro jogo com o agravante de ter tido uma ajuda grotesca do ártbitro num pênalti não marcado pro Irã. Além de considerarmos o fato do Irã ser uma das piores seleções da Copa.

Enfim, a Argentina até aqui não assusta ninguém a não ser eles mesmos.  O pior dos “grandes” em campo, com duas vitórias absolutamente achadas e não merecidas.

Messi x o resto. É isso, só isso.

Porque perdendo, como todos, a torcida também se calou.  Argentina é uma lenda urbana. E só.

abs,
RicaPerrone

Apito amigo “hermano” e Messi salvam a Argentina de vexame contra Irã! E a torcida do Cruzeiro elegeu Di Maria como seu preferido da Copa!

Leia o post original por Milton Neves

placar

unnamed

“Não existe mais bobo no futebol!”

“O futebol é uma caixinha de surpresas !”

“Futebol é muito simples: quem tem a bola ataca; quem não tem, defende”

São frases cunhadas pelo filósofo Mauro Beting  e mostram o porque que a competição no Brasil é a Copa das Copas.

O Irã hoje trouxe bombas de alegria e quase derrotou a favorita Argentina.

Se não fosse o “apito amigo” do árbitro sérvio Milorad Mazic, que não deu uma penalidade máxima absurda de Zabaleta sobre o atacante iraniano Dejagah…

Messi andou em campo por 90 minutos, não mostrava brio, vontade ou alguma característica de sua habilidade desconcertante.

Mas nos descontos regulamentares acertou um petardo de fora da área para a festa total no Mineirão!

Vitória magra, ridícula, pelo placar minímo, mas e “eles” estão chegando à “italiana”.

É bom lembrar que o goleiro Romero fez uma excelente partida, evitando três gols do time do oriente médio.

E para finalizar em votação informal realizada entre os cruzeirenses, Di Maria foi escolhido pela torcida da Raposa para representá-los no Mundial.

E aí torcedor, brasileiro?  Essa Argentina é vergonhosa ou seria bom colocarmos as barbas de molho com o time de Lionel Messi?

Leia mais

Protagonistas da Copa: Romero para ataque iraniano e garante vitória argentina

Rolou no Twitter… as `Cornetadas´de Argentina x Irã

Notas da Copa: Apesar do gol, Messi não foi o melhor em campo na partida entre Argentina e Irã

Capas da Copa: Messi, o salvador da Argentina

Nas Ondas da Copa: Narrador argentino exalta o “maestro” Messi

 

Pra vocês, azedos! (Nigéria 0×0 Irã)

Leia o post original por RicaPerrone

Pronto, azedinhos! Chega de passar vontade.  Após 5 dias de desespero vendo tudo ser maravilhoso, vocês mereciam um jogo ruim com vaias para se deliciar.

A Copa é tão democrática que até os infelizes ela brinda. Irã e Nigéria fizeram um espetacular zero a zero sem grandes chances e nem jogadas de efeito. O estádio teve todos os motivos pra vaiar e vaiou.

Enfim, um argumento contra a Copa das Copas.

Acho justo. Torci pelo zero a zero.  Sei quantos colegas meus tem em seu vocabulario apenas palavras negativas para tratar futebol e portanto estavam prejudicados com os espetáculos.

Mas corre. Daqui a uma hora EUA e Gana farão um grande jogo e tudo voltará ao normal.

abs,
RicaPerrone

Corinthians tira reservas de Tite para jogar na terra de Kia em viagem com filho de Lula

Leia o post original por Perrone

No final de outubro, o Corinthians participará de um torneio no Irã e deveria levar seu time principal. Como não poderá abandonar o Brasileirão por uma semana, a direção de futebol amador quer conseguir o maior número possível de reservas de Tite para a viagem.

A ideia é colocar os atletas puco aproveitados pelo treinador ao lado de juniores. Elias, Taubaté, Nenê Bonilha e Bruno Octávio fazem parte da relação de pretendidos pelos cartolas que organizam a delegação. Mas a decisão será de Tite.

Segundo os dirigentes, a participação na competição não tem a ver com o iraniano Kia Joorabchian, ex-MSI e amigo do presidente Andrés Sanchez.

Para a diretoria, participar do torneio tem uma importância política, pois o Governo Federal teria interesse em ver o time principal corintiano representando o país diante de dois iranianos e um clube paraguaio.

Luís Cláudio Lula da Silva, filho do ex-presidente Lula, fará parte do estafe corintiano. Segundo um dirigente ouvido pelo blog, por ser dono de uma empresa que trabalha com eventos esportivos, Lulinha aproveitará a excursão para tentar agendar amistosos para o alvinegro. De acordo com o mesmo cartola, “é possível” que Lula e Lulinha tenham indicado o Corinthians para jogar no Irã.

Opinião

Por menos que os escolhidos para a missão sejam aproveitados por Tite, é arriscado para quem disputa o título nacional  dispensar pé de obra. Contusões e suspensões são imprevisíveis. E a amizade com Lula de nada valerá na hora do aperto.