Arquivo da categoria: Juventus

O creme de avelã raiz

Leia o post original por Rica Perrone

Veja você que loucura. O Cristiano sacaneou o Atlético, Simeone fez um gesto “obsceno” e o melhor do mundo o repetiu em campo após atuação de gala. Lá, foi “rivalidade”. Aqui, seria 2 horas num mesa redonda qualquer de debate sobre o limite do entusiasmo após um gol. O futebol é tão lindo quando tratado…

Incomparável!

Leia o post original por Craque Neto

Quando ouço gente defendendo o Neymar dizendo que ele tem todas as condições de ser um dia o melhor jogador do mundo, fico pensando que talvez ele tenha nascido na época errada. Aos 27 anos ele sofre há algum tempo a concorrência direta de dois grandes monstros que já tem um lugar reservado na história dos grandes craques do planeta bola. O que o argentino Messi e o português Cristiano Ronaldo têm feito na última década é algo inacreditável. Se revezam ano a ano na premiação da Fifa. Com exceção da última temporada, onde injustamente o CR7 não ganhou (ficou […]

O post Incomparável! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Mais do que um jogador

Leia o post original por Rica Perrone

Eu fico realmente preocupado quando vejo pessoas do futebol discutindo o valor do Cristiano Ronaldo atrelado a sua idade e capacidade técnica de se acertar no time da Juventus. Eu tenho a impressão de que ainda acreditam que clube de futebol é um ideal e não uma empresa onde pessoas trabalham. Cristiano tem 33 anos…

Injusto é não gostar de futebol

Leia o post original por Rica Perrone

Todo grande jogo termina com alguma polêmica e toda polêmica tem a ver com arbitragem. A diferença entre um grande jogo e uma grande vitória é bem fácil explicar: ontem a Roma teve uma grande vitória. Hoje tivemos um grande jogo.

Os grandes jogos são em sua maioria decisivos e portanto nos preparamos para eles.  Discute-se investimento como argumento base de resultados em campo, o que mostra enorme desconhecimento do tema por quem pratica.

O futebol é mera história pra contar.

Não há vitória sonsa mais interessante do que ter estado lá numa grande derrota. As brigas fazem dos jogos mais épicos, porque falamos deles eternamente. Os erros de arbitragem fazem deles épicos e revoltantes.  São coisas diferentes.

O erro aos 47 muda tudo. E nem estou entrando no mérito se houve erro hoje.  Mas ele PRECISA ser corrigido. Não só porque é justo, mas porque o sentimento de tristeza por uma derrota é infinitamente mais interessante pra nossa paixão do que o de revolta.

O VAR é necessário. Hoje ele não resolveria nada, mas ainda assim é necessário.  Na tv com 300 replays estamos discutindo se foi. O VAR hoje seria colocado em dúvida. Dividiria o papel de vilão com o juiz e nada mais.

A justiça está na cotovelada que ele não viu. Não no penalti que ele achou que foi. A justiça está no campeão decidir seu titulo contra o vice, nunca num time de férias desinteressado enquanto o concorrente joga contra alguém disputando vaga.

A justiça que o futebol precisa é para com seus principios e valores. É também a tristeza que dá olhar um jogo como o de hoje jogado para 76 mil pessoas que não se dignavam a levantar de suas poltronas caríssimas enquanto faziam selfies.

Justo é que seja sempre o nosso maior assunto de lazer, que nos faça maiores e menores sem distinção de cor, raça ou condição social. E que se considere o ideal a busca pela competição e não pelo baile.

Hoje o futebol busca o que o torcedor não quer, mas o que os fãs adoram. E quanto mais fãs, mais dinheiro. Quanto mais dinheiro, menos competição, quanto menos competição, mais ídolos impartíveis, e quanto mais impartível mais os fãs compram.

O torcedor não precisa vencer pra se apaixonar.

Injusto é não amar o futebol, não entender seu papel, sua importância e os seus valores.

O penalti foi, ou não, só mais um penalti…

abs,
RicaPerrone

Champions

Leia o post original por Flavio Prado

Foto: AFP

Os jogos de Liverpool e Manchester City eram amistosos. Com as goleadas na ida, os dois ingleses já tinham a classificação garantida.

O segundo jogo entre PSG e Real Madrid foi muito inferior ao primeiro. A vantagem de dois gols do time espanhol era considerável e a equipe de Cristiano Ronaldo não deu a chance do adversário sonhar. Zidane foi feliz nas substituições no primeiro jogo e na escalação do segundo. O jovem Asensio foi decisivo no duelo.

O grande jogo da semana foi entre Tottenham e Juventus. O time inglês foi muito bem nas duas partidas, diferente do PSG que teve bons momentos apenas em Madrid. Mauricio Pochettino elevou muito o nível do Tottenham, hoje consegue competir em alto nível na Europa. A Juventus segue com sua força defensiva e com jogadores letais no ataque, principalmente os argentinos Dybala e Higuain. Massimiliano Allegri é ótimo técnico, merece um lugar mais destacado nas análises de treinadores pelo mundo.

Veja os bastidores do tradicional clássico ‘Juvenal’

Leia o post original por Craque Neto

Direto do Estádio Conde Rodolfo Crespi, na Rua Javari, Moóca, o repórter Nivaldo de Cillo acompanha os preparativos para a partida entre Juventus e Nacional, o clássico ‘Juvenal’ pela Copa Paulista.

O post Veja os bastidores do tradicional clássico ‘Juvenal’ apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Ronaldo sobre Buffon: vai começar a usar fralda!

Leia o post original por Craque Neto

Após o resultado da final da Liga dos Campeões entre a Juventus e o Real Madrid, o comentarista acredita que o goleiro do clube italiano, Buffon, esteja chegando perto da aposentadoria.

O post Ronaldo sobre Buffon: vai começar a usar fralda! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Espetáculos incríveis marcam carreiras

Leia o post original por Craque Neto

Neste sábado participei ao lado do narrador Téo José de mais uma decisão final de Liga dos Campeões. Sem dúvida trata-se do maior torneio de clubes do planeta. Algo extremamente organizado e bem valorizado. De um lado o poderoso Real Madrid com 11 título e certamente o reconhecimento de ser o maior time do mundo. Do outro um tático Juventus, que até então era disparada a melhor defesa do torneio. Muito em função também de seu goleiro Buffon, que aos 39 anos ainda se mostra com uma disposição e reflexo de menino. Um monstro sagrado! E que jogão! Os espanhóis […]

O post Espetáculos incríveis marcam carreiras apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Real Madrid e Cristiano Ronaldo no topo

Leia o post original por Flavio Prado

Foto: AFP

O Real Madrid é o grande campeão da Liga dos Campeões e desta vez com uma surpreendente goleada contra a Juventus.

O time italiano sofreu apenas 3 gols nos 12 jogos anteriores na competição, só na decisão de Cardiff levou 4.

O primeiro tempo foi equilibrado, até com uma ligeira vantagem para o time italiano, o Real Madrid teve apenas uma oportunidade, e ela caiu justamente no pé de Cristiano Ronaldo, hoje o melhor finalizador do mundo.

O segundo tempo foi um atropelamento, Zidane acertou a equipe com Isco aberto na esquerda. Protegeu melhor o lado, ocupou os espaços e passou a ter o domínio. Abriu vantagem com  um belo gol de Casemiro e a Juventus balançou, Cristiano Ronaldo fez o terceiro e não deu a menor chance de reação para os italianos, Asensio ainda fechou o placar, depois de linda jogada de Marcelo.

O Real Madrid conquistou 3 das últimas 4 edições da competição. Um domínio enorme na maior competição do mundo. Não é um time que brilha, mas luta muito, fecha espaços e dificilmente é batido. Além de ter Cristiano Ronaldo, cada vez mais dentro da área, cada vez mais centroavante e um finalizador letal. O português é muito grande na história do futebol e temos o privilégio de acompanhar a trajetória brilhante de um grande atleta.