Arquivo da categoria: Liga

Barcelona do Messi superou a vergonha da seleção brasileira .

Leia o post original por Nilson Cesar

Bayern de Munique venceu o Barcelona do Messi por 8 x 2 . Superou a vergonha da seleção brasileira na copa do mundo diante da Alemanha , quando perdemos por 7 a 1 . Messi claramente quer ir embora . Muita coisa irá mudar no Barcelona depois dessa tragédia . O Bayern faz tempo que é o meu favorito para a conquista do título . Qualquer outro resultado pra mim será uma grande surpresa .

Fonte

‘MP do Flamengo’ recoloca discussão sobre Liga Nacional em pauta

Leia o post original por Perrone

O deputado Pedro Paulo (DEM-RJ), autor do projeto de lei que cria o clube-empresa, trabalha para aproveitar a análise da MP 984, que altera a venda de direitos de transmissão de jogos de futebol no Brasil, para tentar alavancar a criação de uma Liga de clubes.

Na última quinta (18), dia da publicação da Medida Provisória, ele conversou com representantes de agremiações sobre incluir a formatação da Liga na pauta. Porém, há entre pelo menos parte dos cartolas rejeição à ideia de discutir o tema no Congresso Nacional, mesmo sendo favoráveis a uma nova associação.

A Medida Provisória, conhecida como “MP do Flamengo”, dá ao mandante o poder de vender os direitos de transmissão referentes à partida. Antes, a comercialização precisava de autorização das duas partes.

Pedro Paulo vê um avanço no modelo definido por Jair Bolsonaro e que depende de aprovação do Congresso, mas entende que ele deve evoluir para uma negociação coletiva dos clubes com as emissoras de TV. É aí que entra a Liga.

“Acho que a gente tinha o pior modelo, com essa história de acordo entre mandante e adversário. Isso prejudicava muito o produto, dificuldades de distribuição, não dava segurança para o investidor. Com a MP a gente passou para um mundo melhor do que o anterior, que é o direito pertencer ao mandante. Só que é um mundo muito arriscado, porque você poder ter grandes ganhadores e grandes perdedores e você pode caminhar para um individualismo que pode, em longo prazo, reduzir a competitividade do Campeonato Brasileiro, que é um dos grandes diferenciais que a gente tem. Acho que o caminho que a gente tem que seguir é que esses direitos, ainda que pertençam ao mandante, sejam negociados coletivamente pelo clubes. Que o produto TV seja negociado por eles. Os clubes decidem como dividir”, disse Pedro Paulo.

O parlamentar explica o espaço que enxerga para a articulação de uma Liga. “Devemos aproveitar a MP e rediscutir os direitos de transmissão, dar um passo além do que foi dado. E pode ser uma oportunidade para provocar essa organização dos clubes em Liga. Acho que a Liga deveria ser uma discussão anterior aos direitos de transmissão, mas como essa MP atropelou, a gente pode fazer a partir dela a discussão, que inclui  os direitos de transmissão a partir dos interesses de uma Liga”, declarou o parlamentar.

Apesar de a criação de uma Liga Nacional ter sido discussão infrutífera durante décadas no país, o parlamentar entende que o debate nāo seria longo a ponto de nāo acompanhar o ritmo da tramitação da MP.

“Não acho uma discussão mais longa. É só você conversar com cada presidente de clube, todos eles querem a Liga. A questão é a CBF. Acho que ela deveria sair na frente e organizar isso, como fazem, por exemplo, os franceses. A Federação Francesa organizou a Liga profissional. E a Liga Profissional é parte da estrutura da Federação Francesa. Ou o modelo brasileiro pode seguir o modelo espanhol. Na minha opinião, em algum momento, isso (o sistema atual de relação entre clubes e CBF) vai se romper. Eu costumo dizer que vai ser no amor ou vai ser na dor. Ou a CBF organiza a Liga dos clubes e participa dela, ou isso vai acontecer como já foi o movimento do Clube dos 13” afirmou Pedro Paulo.

Ele ainda sugere que o Flamengo assuma a liderança da discussão sobre a fundação de uma nova associação de clubes. Isso por conta da vantagem financeira e esportiva que o clube abriu sobre os rivais e pela força demonstrada pelo rubro-negro com a MP. Um dia antes da publicação dela, Rodolfo Landim, presidente flamenguista, se reuniu com Bolsonaro.

O blog tentou falar com Landim por meio da assessoria de imprensa do Flamengo, mas não obteve resposta até a conclusão deste post.

Pelo menos parte dos dirigentes defende que a discussão sobre uma eventual Liga seja feita sem a participação de parlamentares.

“Acho que criação de Liga não é tema de deputado. É tema dos clubes. Não vejo sentido uma lei obrigar união de clubes, seria uma união forçada e não orgânica. Mas sou absolutamente favorável à união dos clubes, mesmo que nem todos estejam presentes no primeiro momento”, declarou Guilherme Bellintani, presidente do Bahia.

Segundo o dirigente baiano , a discussão sobre a formação de uma Liga sempre acontece entre os clubes. Vale lembrar que o modelo já é previsto na legislação brasileira.

Sérgio Sette Câmara, presidente do Atlético-MG defende que e os clubes se reúnam numa entidade só deles e crítica a forma como a MP foi feita.

“Nem dirigente e nem parlamentar havia falado comigo sobre o tema (relativo à MP). Foi um voo solo do Landim. Acho que a forma como foi feita pegou todo mundo de surpresa, e isso incomodou os presidentes. Mas como negócio, parece ser muito bom para os clubes grandes, e péssimo para os pequenos. Como penso no futebol como um todo, e não apenas olhando para o meu próprio umbigo, quero crer que o assunto precisa ser melhor debatido, embora esse parece ser um caminho sem volta, como já acontece em toda a Europa. Contudo, passa a ser muito mais importante agora que os clubes da Série A, a exemplo do que acaba de ocorrer na Série B, se unam através de uma associação, para que tenham muito mais força em negociações de todo tipo em favor dos clubes”,  afirmou o presidente do Galo.

Cartolas e parlamentares entendem que as discussões sobre a MP e a eventual criação da Liga vão esquentar nessa semana.

Liga dos Campeões

Leia o post original por Flavio Prado

Definidos os confrontos de oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa. Vamos para uma rápida análise dos jogos:

Barcelona X PSG: Barça não vive seu melhor momento, mas é bem melhor que o time francês que nesta temporada não domina seu campeonato nacional como nos anos anteriores. Os franceses ainda se adaptam ao novo técnico e apesar da ótima temporada de Cavani como centroavante, Ibrahimovic faz falta. Palpite: Barcelona

Arsenal x Bayern: Mais uma vez o sorteio foi ruim para os ingleses. Bayern não joga tão bem na atual temporada, mas tem uma grande equipe e deve crescer. Palpite:Bayern

Monaco x Manchester City: Guardiola ainda se adapta ao novo time, a mudança no estilo de jogo é brusca, a chegada de Gabriel Jesus deve ajudar muito, no atual elenco só Aguero faz gol com frequência. Monaco é um time jovem e bem armado, vai dar trabalho. Palpite: Manchester City

Juventus x Porto: Juventus é o único italiano competitivo hoje na Europa, conjunto forte. Porto tem trabalho até mesmo em Portugal. Palpite: Juventus

Borussia Dortmund x Benfica: o time alemão faz grandes jogos, mas ainda oscila muito, tem tropeçado em pequenos na Bundesliga. Benfica tem bom conjunto, mas falta maior qualidade. Palpite: Dortmund

Napoli x Real Madrid: mais um ótimo sorteio para o Real Madrid. O atual campeão deve passar bem. Palpite: Real Madrid

Atlético Madrid x Bayer Leverkusen: o time de Simeone sofre contra times médios, pelo seu estilo reativo. Mas deve passar no sufoco e vai dar trabalho mais uma vez. Palpite: Atlético

Leicester x Sevilla: duelo de estilos opostos. Leicester prefere ficar sem a bola e aposta no contra-ataque. Sevilla de Sampaoli procura propor o jogo e pressionar, gosto mais do estilo espanhol. Palpite: Sevilla

Bayern e City não são mais 100%, Barcelona vira o jogo

Leia o post original por Flavio Prado

(Foto: JAVIER SORIANO/AFP)
(Foto: JAVIER SORIANO/AFP)

Na rodada desta quarta-feira na Liga dos Campeões da Europa, o Bayern e o Manchester City que até então tinham vencido todos os jogos oficiais na temporada, tropeçaram.

O Bayern perdeu em Madrid para o Atlético. Resultado normal, mas um passo importante para o time de Simeone conquistar o primeiro lugar do grupo. Os alemães além de vencer o jogo de volta, precisam ganhar do PSV na Holanda, coisa que o Atlético já conseguiu.

O Manchester City de Guardiola empatou na Escócia com o Celtic, 3×3. Apesar de ter uma postura ofensiva, é difícil um time de Guardiola tomar 3 gols, principalmente contra um time inferior tecnicamente. De Bruyne fará muita falta no período em que ficará afastado.

Na Alemanha, o Barcelona sofreu, mas virou o jogo contra o Borussia Monchengladbach. O time alemão tem ótimo aproveitamento como mandante, abriu o placar e foi perigoso nos contra-ataques. No segundo tempo, o Barcelona cresceu com a entrada de Arda Turan. Na ausência de Messi, o turco é a melhor opção. Neymar fez mais uma boa partida.

Sem direção

Leia o post original por Rica Perrone

Se me mandassem apostar os meus últimos reais num clube que estaria priorizando uma competição no país, diria “Flamengo e a Liga”.  É óbvio, ele que brigou pra ela existir, ele que fez o maior barulho pra ela valer.  Ninguém quer mais que essa Liga exista do que o Flamengo. E então, numa quarta-feira qualquer, …

Calendário, distância ou dinheiro?

Leia o post original por Rica Perrone

Hoje Muricy reclamou do calendário do futebol brasileiro e justificou o desempenho com cansaço e falta de tempo pra treinar. Ok, é uma reclamação razoável, justa, mas que precisamos parar de chutar e ter em mãos os dados reais do que é “absurdo” ou não. Em 2016, considerando APENAS jogos oficiais, pois amistosos o time …

Um péssimo resultado

Leia o post original por Rica Perrone

Pouco importa a atuação quando nela faltam tantos titulares e o melhor do time surta e vai expulso. Fica difícil avaliar qualquer coisa relevante nesse cenário. O que importava, então, era o jogo e o campeonato. Em “casa”, num grupo onde deu o azar de enfrentar o grande fora (Cruzeiro)  o Fluminense tinha esse jogo …

Não dá liga

Leia o post original por Rica Perrone

A LIGA é que o sonho do torcedor brasileiro movido por uma repetição vazia da mídia sobre como deveria ser. Pois bem, tentaram, tentarão, e não entenderão a diferença brutal de LIGA de fora do Brasil para as nossas condições. É impressionante como as pessoas indicam soluções sem conhecer os problemas no nosso futebol. Uma […]

A “virada de mesa” não é do Vasco

Leia o post original por Rica Perrone

u fiz um post no meu facebook ha uns 2 ou 3 meses dizendo que havia uma possibilidade de mudança pro futebol brasileiro e que se isso acontecesse os rebaixados de 2015 poderiam não cair, em virtude da criação de uma liga e tal. Alertei na época que isso NÃO ERA uma criação do Vasco, que […]