Arquivo da categoria: Lodeiro

Libertadores: Só um brasileiro tem chance de chegar à final

Leia o post original por Quartarollo

Libertadores: Só um brasileiro tem chance de chegar à final

Não é nem escolha, nem opinião, é que os brasileiros que sobraram na Libertadores vão se matar entre eles nas quartas de final.

Atlético Mineiro e São Paulo farão dois jogos disputados. No regulamento diz que times do mesmo país devem se enfrentar antes da final.

Ao contrário da Liga dos Campeões da Europa, aqui times do mesmo país não podem jogar a final.

Se isso valesse do outro lado do mundo não teríamos no próximo dia 28, em Milão, a final espanhola entre Real e Atlético de Madrid.

Coisas de um mundo mais atrasado. Mas mesmo sem o regulamento, neste ano as chaves de Atlético e São Paulo iriam se cruzar de qualquer jeito, então a culpa desta vez não é da Conmebol.

O brasileiro que passar vai enfrentar o vencedor de Atlético Nacional e Rosário Central, mas se o Boca se classificar do outro lado, os dois argentinos se matam na semifinal e daí mudará o adversário do brasileiro.

Sairia do vencedor de Independiente del Valle, do Equador, ou Pumas, do México. A viagem para o México é mais longa que a do Equador.

Acredito que o São Paulo tem forças para tirar o Atlético Mineiro da competição. E penso assim porque o time melhorou muito nos jogos mais decisivos e parece começar a entender melhor o técnico Edgardo Bauza.

O Atlético tem um grande time e um bom treinador e não seria surpresa se classificar.

Mas como sempre achei que o primeiro jogo decide muita coisa e acontecerá no Morumbi na próxima quarta-feira, o São Paulo terá que fazer bem a sua lição de casa e depois administrar em Belo Horizonte.

É difícil? Muito, mas não impossível.

Nas outras chaves eu acho que passam Rosário Central, Boca Juniors e Pumas.

A Libertadores é uma competição traiçoeira e às vezes aquele que sobe de produção na hora certa acaba campeão.

O último que venceu fazendo melhor campanha foi o invicto Corinthians, em 2012.

O Atlético Nacional fez a melhor campanha e foi premiado com o Rosário como adversário.

Contra qualquer outro seria favorito disparado, mas contra os argentinos não. Na minha opinião, é claro.

Independiente del Valle não conseguirá segurar o Pumas e há a rivalidade Argentina-Uruguai no confronto Boca e Nacional, mas acredito mais no Boca de Tevez e do ex-corintiano Lodeiro, que até hoje não foi pago para o Corinthians.

Por que a eleição do novo presidente argentino pode ajudar o Corinthians?

Leia o post original por Quartarollo

Mauricio Macri foi eleito o novo presidente da Argentina no fim de semana.

Derrotou de vez o kirchnerismo que seguia à frente do país há muito tempo e acabou por rebaixa-lo em várias notas.

A Argentina tentou repetir com Nestor e Cristina a dupla Peron e Evita, que sinceramente causou comoção histórica, mas já não deu certo naquela época.

Dizem que argentinos são muito politizados, mas votar na mulher do presidente é uma coisa estranha.

Aqui acho que por pior que votamos, e não são poucos os exemplos de mau voto, nunca votaríamos na Dona Marisa só porque é mulher do Lula.

Sorte nossa que Dilma é presidenta e primeira dama, não tem marido para a gente votar. Credo.

Tudo bem que muitos brasileiros, por acreditarem piamente, por inocência ou por interesse mesmo, votaram em alguns indicados e bancados pelo ex-presidente Lula, mas acho que não chegaríamos a tanto.

Mas kirchnerismo à parte, chega ao poder na Argentina um homem vindo do futebol.

Macri é ex-presidente do Boca Juniors e no seu discurso de posse deixou abertas algumas portas que estavam fechadas.

Uma delas pode beneficiar o Corinthians. Segundo Macri, os argentinos poderão remeter valores para o exterior novamente.

Isso estava, e ainda está, proibido para todo argentino seja ele pessoa física ou jurídica.

O Corinthians tem um bom dinheiro em dólares para receber do Boca por conta da transferência de Lodeiro neste ano e ainda de Martinez antes da Copa do Mundo.

Aliás, o argumento de Martinez para voltar ao futebol argentino era disputar a Copa pela seleção do seu país.

Só cumpriu uma parte do seu projeto. Voltou para o Boca, mas não foi convocado para a Seleção Argentina.

A justificativa para não pagar ao Corinthians era justamente essa. O Boca não podia enviar dinheiro para o exterior.

Chegou a se cogitar o Corinthians contratar um jogador na Argentina e repassar a dívida para o Boca para amortizar a dívida, mas não deu certo.

Falou-se em amistoso do Boca, no Brasil, com as despesas bancadas pelo time argentino também para tentar diminuir a dívida e nada aconteceu.

Até o papo envolvendo Carlito Tevez que não recebia em dia na agremiação de La Bombonera entrou na pauta, mas nada andou também.

Agora há uma esperança no fim do túnel. O Campeão argentino não terá tantas desculpas para não pagar o Corinthians e se não pagar a Corte Arbitral da Fifa será o único caminho para o Corinthians.

Ausência de ofensividade no Timão virou mais ‘física’ que tática

Leia o post original por Neto

Gil e Elias estão sendo convocados por Dunga para a Seleção Brasileira

Gil e Elias estiveram na convocação do Dunga para a Seleção Brasileira

Todo mundo já sabe que o excesso de retranca do técnico Mano Menezes tem prejudicado muito o setor de ataque da equipe nesse Brasileirão. Afinal só ele mesmo para colocar atacante para marcar lateral durante os 90 minutos. Mas se desgraça pouco é bobagem o Timão tem sofridos também com as tais ‘datas Fifa’. É um tal de liberar jogador pra seleção que está difícil encontrar 11 caras para escalar, viu? Para se ter uma ideia, contra o Criciúma, na última rodada, foram 5 desfalques. Isso sem contar o Romarinho, que acabou de ser negociado com o Catar. E é aí que está o início do problema.

Poxa vida! Se dentro de um planejamento você enxerga muitos desfalques no ataque por causa de convocações, você não pode liberar um jogador como o Romarinho no meio da competição. É dar um tiro no pé! E não dá nem pra dizer que a proposta foi irrecusável porque nem é o caso. O menino era dividido em pelo menos 3 fatias e tinha contrato em vigor no Timão. Segura até conseguir um substituto ideal.

Tudo indica que o problemas ainda pode se agravar. No duelo de volta da Copa do Brasil contra o Atlético/MG, marcado pela CBF para o dia 15 de outubro, o Timão poderá seguir com 5 jogadores fora. Sendo pelo menos 4 titulares (Gil, Elias, Guerrero e Romero – este caso seja convocado para a Seleção do Paraguai). Ainda tem o Lodeiro no Uruguai. Ou seja, classificação extremamente ameaçada.

Essa falta de opções na frente tem feito o Mano apostar no jovem Malcom. Trata-se de um menino de futuro, mas um time como o Corinthians precisa de elenco. Ainda mais se o esquema tático do treinador não ajudar, né?

Médico do Corinthians vai ao Uruguai para examinar Lodeiro

Leia o post original por blogdoboleiro

Um dos médicos do departamento médico do Corinthians viaja nesta sexta-feira para o Uruguai. Ele vai acompanhar o volante Nicolás Lodeiro em exames de avaliação médica, aproveitando uma folga dos treinos da seleção do Uruguai. “Já está tudo acertado. Falta mesmo fazer estes exames para assinarmos o contrato”, disse o diretor de futebol Ronaldo Ximenes.

O anúncio oficial deverá ser feito na próxima segunda-feira. Lodeiro assinou contrato com quatro anos de duração. Vai custar cerca de R$,4 milhões pagos em duas parcelas e também com a parte do salário de Emerson Sheik que deveria ser paga pelo Botafogo, clube que vendeu 50% dos direitos econômicos do jogador.

Lodeiro está com a seleção uruguaia que se prepara para a Copa do Mundo no Brasil. Ele será será o sétimo boleiro uruguaio a jogar pelo Corinthians. Antes dele, os zagueiros Graham Bell (1943), Martín Taborda (1979), Daniel González (1982) e Hugo de León (1985) foram ídolos corintianos. Além deles, os atacantes Santiago Silva (2002) e Acosta (2008) não tiveram passagens memoráveis.

Lodeiro é uma contratação bem questionável para o Timão

Leia o post original por Neto

Uruguaio pode ser o novo reforço do Timão

Ex-Botafogo, meia uruguaio pode ser o novo reforço corintiano

Fiquei sabendo que o Corinthians está acertando a contratação do meia uruguaio Nicolás Lodeiro, que atuou nas últimas temporadas no Botafogo do Rio. Vamos falar a verdade? Jogadorzinho bem comum! Pra mim está abaixo de vários outros nomes que o elenco tem para a posição, casos de Renato Augusto, Elias e o próprio Jadson. Na minha cabeça não entra a direção corintiana investir uma grana nesse gringo sendo que existe na categoria de base moleques de qualidade como o Malcom e o Zé Paulo. Aliás, pra falar a verdade, se fizerem isso estarão desvalorizando esses jovens e consequentemente o patrimônio do clube.

É claro que divagando com os meus botões pensei em alguma negociata cruzada que possa estar havendo. Ou seja, quem me garante que algum grupo forte empresários não comprou o jogador, o tirou do Botafogo por falta de pagamento e agora esteja querendo colocá-lo no Timão para valorizá-lo? Isso é mais do que provável.

Cabe agora ao presidente Mário Gobbi intervir nessa situação e fazer o que acha de melhor para o Corinthians. Ah, vale lembrar todo mundo que o Mano Menezes já tem disponível para o meio-campo uns 15 jogadores. É mole ou quer mais? Como por essa turma toda pra jogar e ainda trazer outro cara? É muita ignorância e desperdício de dinheiro. Tá louco!