Arquivo da categoria: maicon

Opositor no SPFC vai à Justiça por papelada de negociação de Cueva e mais 5

Leia o post original por Perrone

Com Pedro Lopes, do UOL, em Belo Horizonte

O conselheiro do São Paulo Denis Ormrod, oposicionista, entrou com ação na Justiça, no último dia 28, para pedir a documentação referente ao pagamento de comissões relativas a negociações envolvendo seis jogadores.

Ele alega que a diretoria e os poderes do clube não atenderam a seus pedidos para examinar a papelada. Isso teria ferido seus direitos como sócio e membro do conselho.

A ação de produção antecipada de provas também fala em gestão temerária por parte da atual diretoria e o conselheiro alega suspeitar de pagamentos de comissões a empresários fantasmas e de valores superiores ao de mercado.

Leonardo Serafim, diretor jurídico executivo do São Paulo, afirmou que o clube ainda não foi notificado e que não pode antecipar sua estratégia de defesa.

Denis pede para que a Justiça dê cinco dias à agremiação para apresentar documentos e esclarecimentos.

São requeridas documentações com valores e beneficiários de comissões em negociações envolvendo Diego Souza, Cueva, Hernanes, Maicon, Petros e Jucilei. Sobre Cueva Denis afirma que o clube recusou uma oferta de aproximadamente 12 milhões de euros (cerca de R$ 52, 28 milhões atualmente) e depois vendeu o jogador por 8 milhões de euros (R$ 34,85 milhões). Assim, quer explicações.

O conselheiro pede ainda esclarecimentos sobre como estão o distribuídos os direitos econômicos de Antony.

Também são requeridos relatórios fiscais e esclarecimentos a respeito de despesas e receitas do departamento de golfe tricolor.

Contestação

Nos bastidores, uma série de argumentos é usada pela diretoria para negar suspeitas e reclamações citadas por Denis.

O argumento interno é de que não é possível apresentar documentos para cada um dos mais de 200 conselheiros. Por isso são eleitos membros do Conselho Fiscal que analisam a papelada representando os conselheiros.

O raciocínio também inclui o fato de as operações terem sido examinadas pelo Conselho de Administração, além do Fiscal, e por uma auditora externa.

Completa a argumentação o fato de o Conselho Deliberativo ter aprovado balanços e orçamentos.  Esse conjunto, demonstraria que ilegalidades não foram cometidas.

A continuação

Leia o post original por Rica Perrone

Acabou como se fosse um turno. Descansa-se, prepara e volta pro mesmo torneio, do mesmo jeito, com o mesmo favoritismo e o mesmo futebol.  O Grêmio estreou na Libertadores de 2018 jogando exatamente como em 2017.

Óbvio, isso não pode ser ruim.

O time viaja pro Uruguai e tem 79% de posse de bola. Toques curtos, mais de 700 passes trocados. Número atingido hoje por Bayern, Barcelona e se não me engano City. O restante do mundo troca menos de 500 por partida em média.

O Defensor, pra se ter idéia, trocou menos de 200 passes.

Não se transforma esses números em placares elásticos porque é parte da limitação técnica do Grêmio essa forma de atuar. Inteligente, sabendo que no confronto aberto tem time mas não tem uma seleção imbatível, ele fica com a bola e tenta errar pouco.

O baile de números não se transforma em gols. Nem dá. Falamos de Cícero, Everton, Ramiro.Na frente só tem um jogador de fato goleador: o Luan. E que hoje atua mais recuado. Mas exatamente por ter nestes jogadores o toque de bola e a movimentação, troca-se passes o tempo todo até achar o espaço.

O Grêmio volta com um ponto e é bom. Poderia sair com 3 mole, não fosse a bobeira de deixar um jogador cabecear sem sair do chão dentro da área.  Um erro grotesco de marcação que custou 2 pontos.

Mas são 2 pontos num cenário pouco perigoso. O Grupo é ruim, o Grêmio vai se classificar e portanto não fará tanta falta.

A estréia do Tricolor é a continuação de 2017.  Quem sabe os resultados também sejam?

abs,
RicaPerrone

Grêmio diminui distância

Leia o post original por Fernando Sampaio

Grêmio diminui distância

O Grêmio ganhou fora.

O Corinthians empatou fora.

Menos dois pontos.

A distância diminuiu para 6 pontos.

Fernandinho fez gol, Maicon comandou o meio-campo, jogadores que assim como vários outros saíram bastante criticados do São Paulo hoje jogam no vice-líder do Brasileirão.

Eu achava que o Corinthians já havia levado….

Só que não.

Neste Brasileirão ninguém tem certeza de nada.

 

 

Em meio a crise vão se livrar de um baita BONDE!

Leia o post original por Craque Neto

Apesar de toda a instabilidade que o São Paulo está passando pelo menos está chegando uma boa notícia. A diretoria topou a proposta e o zagueiro Maicon deve estar indo para o futebol da Turquia, mais precisamente o Galatasaray, por impressionantes 7 milhões de Euros (aproximadamente R$ 25,7 milhões). E por que digo IMPRESSIONANTES? Porque muita gente valorizou esse rapaz em um curto prazo por simplesmente ter ‘panca’ de xerifão e por ter substituído o goleiro Dênis durante uma partida da Libertadores do ano passado. Até porque bola mesmo esse rapaz não joga absolutamente nada! Com toda a sinceridade quando […]

O post Em meio a crise vão se livrar de um baita BONDE! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Para parte da diretoria do São Paulo, vender Maicon é corrigir erro

Leia o post original por Perrone

A bem encaminhada venda de Maicon para o Galatasaray (Turquia) é vista por ala da diretoria do São Paulo como chance de corrigir o erro que teria sido cometido com sua contratação. Quem pensa assim acredita ter sido uma falha aceitar a negociação com o Porto que comprometeu 6 milhões de euros dos cofres são-paulinos.

A avaliação é de que em junho de 2016, pressionada por uma série de fatores, a direção tricolor aceitou pagar mais do que o histórico do zagueiro sugeria que ele valia. Na ocasião, o empréstimo dele terminaria em meio à luta do time para chegar à final da Libertadores. Maicon vinha de seguidas boas atuações e era líder do time e idolatrado pela torcida. Logo após sua compra, no entanto, foi expulso na primeira partida da semifinal contra o Atlético Nacional. No segundo jogo veio a eliminação.

Com aval do presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, a transação foi fechada por Gustavo Vieira, então diretor executivo de futebol.

Hoje, o zagueiro é criticado por cometer erros que ajudam a defesa são-paulina a ser o ponto mais fraco da equipe. Essas atuações, aliadas a outras do ano passado após o atleta viver seu auge no clube, são usadas como argumento de parte da diretoria e de conselheiros de que o São Paulo pagou mais do que deveria por Maicon.

Para esses críticos, o clube agora não pode perder a chance de vender o zagueiro para os turcos, que ofereceram 7 milhões de euros e mais 1 milhão de euros em bônus por metas alcançadas.

A oferta foi motivo de comemoração no Morumbi. A expectativa é de concretizar a venda nas próximas horas.

 

Vai gostar de rasgar dinheiro lá longe!

Leia o post original por Craque Neto

Fiquei sabendo hoje que o São Paulo ainda deve ao Porto de Portugal cerca de R$ 15 milhões pela contratação do zagueiro Maicon. Só pode ser brincadeira, né? Primeiro achei que a diretoria se precipitou demais. O cara substituiu o Denis em um jogo como goleiro e já virou mito no clube? Pelo amor de Deus! Esse rapaz não joga nem 10% de nomes como Dario Pereyra, Oscar e Roberto Dias. Como pode ter tanta moral assim com um futebol tão burocrático? Veja bem, não estou falando que o Maicon é 100% grosso. Não é isso. Mas está longe de […]

O post Vai gostar de rasgar dinheiro lá longe! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Pior paulista no Brasileirão-16, SPFC foi o que mais investiu em reforços

Leia o post original por Perrone

Em 2016, o São Paulo foi o último colocado entre os times paulistas na classificação do Campeonato Brasileiro com o décimo lugar. A posição destoa da condição de clube do Estado que mais gastou com contratações no ano passado.

Os balanços das agremiações referentes a 2016 mostram a liderança são-paulina no quesito custos de reforços apesar de o tricolor ter receita superior apenas em relação ao Santos.

O time do Morumbi registrou em R$ 89.373.000 o custo com aquisições de direitos econômicos de oito atletas. Campeão brasileiro, o Palmeiras anotou em R$ 87.397.000 essa despesa. O gasto do vice-campeão Santos foi bem menor: R$ 44.575.000. Já o Corinthians, que terminou o brasileiro em sétimo, colocou em seu balanço que a o custo com contratações e vendas de jogadores foi de R$ 69.937.000.

“Não dá pra fazer essa conta (de quanto o clube gastou) sem olhar as receitas que tivemos. Não fizemos nenhuma loucura. Só contratamos quando tínhamos entrada de dinheiro correspondente para cobrir os gastos”, disse Adilson Alves Martins, diretor financeiro do São Paulo.

De fato, a receita operacional bruta (sem desconto de impostos e encargos) do departamento de futebol foi superior aos custos dos reforços. Ela atingiu R$ 337.213.000. O valor, no entanto, é inferior às arrecadações brutas obtidas na mesma modalidade por Corinthians (R$ 458.295.000) e Palmeiras (R$ 410.618.000). O futebol santista apresentou receita bruta de R$ 254.985.000.

O gasto são-paulino com contratações foi puxado pela compra do zagueiro Maicon junto ao Porto. Ele está registrado no balanço em R$ 43.675.000. Quase a metade do total investido em reforços. “Mas o Porto se comprometeu a comprar dois jogadores da nossa base (Inácio e Luizão) pagando 3 milhões de euros por 50% de cada um. Então, na prática, não temos que pagar R$ 43,6 milhões”, disse o diretor financeiro do clube. Como mostrou o blog do Rodrigo Mattos, o São Paulo ainda precisa desembolsar cerca de R$ 15 milhões para quitar a compra do zagueiro.

Os direitos econômicos de Maicon foram comprados num momento crucial para o clube. O empréstimo dele vencia durante a disputa da Libertadores. Se a compra não fosse feita, o beque não poderia disputar as semifinais. Naquele momento, o jogador era tido como principal líder da equipe por torcida e dirigentes. Ele acabou expulso no primeiro jogo do mata-mata contra o Atlético Nacional (Colômbia). Na partida de volta, o São Paulo foi eliminado.

 

Críticas exageradas? Maicon pensa que é Dario Pereyra!

Leia o post original por Craque Neto

Acabei de acompanhar a entrevista coletiva desta sexta-feira onde o zagueiro Maicon afirmou de forma categórica que as críticas ao time do São Paulo são exageradas. Querem saber? Até certo ponto concordo com ele. Sinceramente. Afinal o time comandado por Rogério Ceni perdeu apenas dois jogos dos 20 realizados em 2017. Tem também o melhor ataque do Paulistão com 27 gols marcados em 13 partidas. Se ganha por 1 a 0, é porque só fez um gol. Se ganha por 2 a 1, é porque tomou um gol. O São Paulo vai ser sempre o mais cobrado. Quando você é […]

O post Críticas exageradas? Maicon pensa que é Dario Pereyra! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Escolha o “Bola Murcha” do final de semana!

Leia o post original por Milton Neves

Em minha página no jornal Agora São Paulo e no Portal Terceiro Tempo, elejo o “Bola Cheia” e o “Bola Murcha” de cada rodada.

Mas, após os jogos do final de semana, são tantos candidatos que eu nem sei a quem entregar o “prêmio” de pior da rodada dos estaduais.

Por isso, resolvi pedir ajuda a vocês.

Abaixo, deixo algumas opções, mas vocês podem sugerir outros nomes também, é claro!

Candidatos ao “Bola Murcha” do final de semana:

– Luis Antonio Silva Santos: o árbitro de Flamengo 2 x 2 Vasco conseguiu ser protagonista do jogo. Afinal, completamente patética a sua performance no desentendimento com Luis Fabiano. Isso sem falar no pênalti que inventou para o Cruzmaltino no final da partida.

– Vinicius Furlan: o árbitro de São Paulo 1 x 1 Corinthians errou bem “pouquinho”: amarelou Maicon apenas por comemorar o seu gol, não expulsou Wellington Nem após tesoura em Léo Jabá, anulou um gol legal do Timão e não mostrou cartão vermelho ao corintiano Pablo.

– Cássio: ele tem crédito de sobra com a Fiel, é verdade. Mas o goleirão foi muito mal no clássico contra o São Paulo. Afinal, o arqueiro ficou completamente perdido no gol marcado por Maicon.

– Luis Fabiano: o juiz exagerou “um pouquinho”, mas o Fabuloso, agora no Vasco, não tinha nada que tirar satisfações após o seu justo cartão amarelo, não é mesmo?

– Maicon: apesar de ter marcado o único gol do São Paulo no Majestoso, o zagueirão não tinha o direito de falhar como falhou no tento anotado por Jô. Ele simplesmente não estava marcando ninguém e, por isso, acabou atrapalhando os seus companheiros de zaga.

Deixe a sua escolha nos comentários!

Opine!

Clássico quente e polêmico! Mas o Maicon desrespeitou e o apito ajudou o SP

Leia o post original por Craque Neto

Alguém aí acompanhou o clássico do Morumbi entre São Paulo e Corinthians? No início o Tricolor mostrou superioridade e criou as principais chances ofensivas da partida. Pra falar a verdade achei até o Timão retrancado demais. Talvez seja o estilo tático que o técnico Fábio Carille aprendeu com o tutor Tite. Vale lembrar que o time do Rogério Ceni também estava desfalcado de seus principais jogadores, entre eles os gringos Pratto e Cueva. Na etapa final o São Paulo saiu na frente com o gol do Maicon, em um vacilo do goleiro Cássio. Agora vamos ser sinceros? O zagueiro, que […]

O post Clássico quente e polêmico! Mas o Maicon desrespeitou e o apito ajudou o SP apareceu primeiro em Craque Neto 10.