Arquivo da categoria: manaus

Prefeito de Manaus recebe respostas de Portugal, Países Baixos e Singapura

Leia o post original por Perrone

ESPECIAL NOVO CORONAVÍRUS

Até o final tarde desta segunda (11), apenas Portugal, Países Baixos (Holanda) e Singapura tinham respondido ao pedido de ajuda para Manaus no combate à pandeia do novo coronavírus feito a 21 países pelo prefeito Arthur Virgílio Neto. Além dos três, o Líbano, que não recebeu a solicitação de apoio, também manifestou a intenção de colaborar. A informação é da Secretaria de Comunicação da capital do Amazonas, que foi indagada sobre o tema pelo blog.

No último dia 5, Virgílio havia enviado cartas e vídeos a embaixadas pedindo ajuda e dizendo precisar de remédios, tomógrafos, EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) e médicos. Segundo nota enviada pela prefeitura, Portugal, Países Baixos, Singapura e Líbano entraram em contato para saber as necessidades da capital do Amazonas e receberam uma lista de sugestões, que não foram detalhadas no comunicado.

Além desses países, a equipe da ativista ambiental sueca Greta Thunberg respondeu ao pedido do prefeito e avalia uma maneira de ajudar, segundo a nota da Secretaria de Comunicação.

A solicitação em tom dramático também foi enviada para França, Estados Unidos, Israel, Itália, Japão, Canadá, Reino Unido, Bélgica, Dinamarca, Finlândia, Nova Zelândia, Suécia, Suíça, Noruega, Taiwan e Emirados Árabes Unidos, Áustria e Alemanha.

Abaixo, leia na íntegra a nota enviada pela Secretaria de Comunicação de Manaus.

“A Prefeitura de Manaus informa que nesta semana, após pedidos de ajuda para Manaus, feitos pelo prefeito de Manaus Arthur Virgílio Neto, que é diplomata de carreira, já recebeu retorno de Portugal, Países Baixos, Singapura e Líbano (mesmo sem pedido direto), que entraram em contato para saber a real necessidade da capital do Amazonas para amenizar os impactos do novo coronavírus, principalmente na área da saúde e já receberam por parte do município uma lista com sugestões. Além disso, a equipe da ativista Greta Thunberg também retornou e já se prontificou a avaliar uma forma de ajudar.

Enquanto isso, o prefeito Arthur Virgílio segue tomando medidas que incentivem o isolamento social em Manaus e trabalha, em parceria com a iniciativa privada, para reforçar a capacidade de atendimento do hospital de campanha do município, que esta semana chegou a 130 leitos em funcionamento ocupados, sendo 39 de UTI. O hospital tem capacidade para chegar a 279 leitos. Uma clínica de saúde da família também foi inaugurada a poucos metros do hospital para ajudar a atender pessoas com sintomas de síndromes gripais e funcionar como triagem.

Mais de 350 profissionais atuam no hospital de campanha do município Gilberto Novaes. Além do corpo técnico da área da saúde, como médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, farmacêuticos, nutricionistas, somam-se a esses profissionais trabalhadores das áreas administrativas, serviços gerais, motoristas de ambulâncias, maqueiros, seguranças, entre outros, que diariamente estão desenvolvendo suas atividades na unidade hospitalar.

Manaus adota solução caseira e descarta ajuda federal para enviar caixões

Leia o post original por Perrone

ESPECIAL COVID-19

A prefeitura de Manaus enviou resposta à Secretaria de Governo (Segov), ligada à presidência da República descartando pedir ajuda federal para o transporte de caixões para evitar uma possível carência de urnas funerárias na capital do Amazonas durante a pandemia de Covid-19. Foi apontada uma solução caseira para reforçar o estoque local.

O ofício foi enviado após a Segov indagar à prefeitura se seria necessário o envio de 2.000 caixões para abastecer o estoque da cidade por meio de transporte aéreo a ser disponibilizado pelo Governo Federal. A Abredif (AssociaçãoBrasileira de Empresas e Diretores do Setor Funerário) havia solicitado que o governo federal providenciasse transporte aéreo de 2.000 caixões para Manaus, alegando que a demora para fazer o envio por via terrestre poderia ocasionar a falta de urnas.

Em nota enviada ao blog nesta sexta (1º), a Segov declara que “a prefeitura da cidade de Manaus informou, via ofício, que ‘não possui qualquer interesse em solicitar apoio ao Governo Federal em relação às demandas referentes a serviços funerários’”.

Ainda segundo o comunicado, a ADS (Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas) está “disponibilizando a mão de obra para a fabricação de caixões/urnas, sendo, portanto, desnecessária uma logística mais complexa, a fim de evitar eventual desabastecimento do referido item, bem como fomentar o polo moveleiro do Estado’”.

Diante das informações recebidas, o “Comitê de Crise do Governo Federal considera que a demanda apresentada pela Abredif pode ser sanada dentro da competência municipal e local”.

A prefeitura de Manaus havia enviado nota ao blog no último dia 28 afirmando que tinha estoque de caixões para os próximos 30 dias e que já estava providenciando novas compras. Vale lembrar que as urnas da Abredif são da iniciativa privada.

Abaixo leia nota da Segov sobre o tema.

“Em relação à solicitação feita pela Associação Brasileira de Empresas e Diretores do Setor
Funerário (ABREDIF), informamos que:
1- Após a Secretaria de Governo da Presidência da República, por meio da Secretaria Especial de Assuntos Federativos (SEAF), enviar pedido de esclarecimento para apurar a real necessidade do pedido de transporte aéreo proposto pela ABREDIF na última segunda-feira (27), a Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS) e a prefeitura de Manaus (AM) responderam:
2- Segundo a Nota Pública, a ADS colocou à disposição, das funerárias particulares do estado do Amazonas, “disponibilizando a mão de obra destes para a fabricação de caixões/urnas, sendo, portanto, desnecessária uma logística mais complexa, a fim de evitar eventual desabastecimento do referido item, bem como fomentar o polo moveleiro do Estado”.
3- Já a prefeitura da cidade de Manaus informou, via ofício, que “não possui qualquer interesse em solicitar apoio ao Governo Federal em relação às demandas referentes a serviços funerários”.
 4- Levando em conta os argumentos supracitados, o Comitê de Crise do Governo Federal considera que a demanda apresentada pela ABREDIF pode ser sanada dentro da competência municipal e local, de forma a atender às necessidades imediatas da população amazonense. O Comitê de Crise se mantêm aberto para o diálogo com as autoridades amazonenses.
 5 – Reiteramos que o Governo Federal, via Comitê de Crise, já adotou ações para minimizar os impactos do novo coronavírus no estado do Amazonas, entre elas a entrega de 55 respiradores; 488.600 máscaras; 46.560 Testes Rápidos; e o envio de 29 profissionais da Força Nacional do SUS (8 médicos, 19 enfermeiros e 2 fisioterapeutas).”

Agora a seleção brasileira tem um treinador de verdade

Leia o post original por Nilson Cesar

Tite começou muito bem no comando da seleção do Brasil. Agora temos um treinador de verdade. O Brasil venceu o Equador em Quito e joga agora contra a Colômbia em Manaus. Por se tratar de estréia acho que vimos coisas bem positivas e ao menos renasce a esperança de vermos um futebol brasileiro mais forte e mais respeitado.Dunga não é técnico de futebol e isso para mim está bem claro. Tite sabe ganhar o grupo. Ficou evidente que temos um treinador muito mais querido e com grande competência. Terá ainda muito trabalho pela frente, mas agora volto a acreditar na seleção do Brasil. Temos uma boa geração de jogadores e um técnico para formar um time. Agora vai!

Riascos e as crianças

Leia o post original por Rica Perrone

Quando o Flamengo entrou em campo domingo ele tentou explodir sua torcida a seu favor.  A idéia da bandeira, da entrada sem protocolo, etc, é tudo muito legal.  Eu mesmo na hora achei divertidíssimo.  Mas de fato havia as crianças. Crianças que foram ignoradas por uma atitude que, legal ou não, quebrou o combinado.  Fosse …

Jogo é jogo, clássico é clássico

Leia o post original por Rica Perrone

Nos últimos 10 anos o futebol brasileiro faz esforço para rasgar sua identidade.  Faz-se tudo para que os jogos sejam todos uma questão de pontos na tabela, torcidas com “mandante e visitante”  mesmo em clássicos, menores campos, ingressos caros, arenas de mármore e entradas em campo toscas em casalzinho como se fossem padrinhos do juiz, …

Novidade no “protocolo” em Manaus

Leia o post original por Rica Perrone

O torneio Super Series acontece dos dias 21 a 25 de janeiro em Manaus, com Vasco, São Paulo e Flamengo. Até aí, ok! Um torneio novo, uma pré temporada legal, alternativa aos estádios novos, etc. Vai ter protocolo.  Os times entrarão juntos, com as crianças, padrão FIFA! Mas com um toque especial brasileiro que até […]

Acaba logo com isso!

Leia o post original por RicaPerrone

wefrrggr

O fim.  O objetivo de todo botafoguense, dia após dia, é o fim.  Da atual administração, dos jogos, do campeonato, do ano, do sofrimento e da dúvida.  Seja um final triste ou feliz, que logo acabe.

Quando a bola entra, antes mesmo de comemorar, se olha pro relógio pra ver “quanto falta”.  E falta muito ainda pra poder respirar.  Sabendo disso, as semanas do botafoguense tem tido no mínimo 20 dias.  Nunca chega o próximo jogo, imagine o final dele.

Quando a bola rolou em Manaus hoje o rubro-negro se divertia na rara condição de franco atirador. Com reservas, focado na Copa do Brasil, o time foi sem peso e ainda assim, por Flamengo ser, havia fé na vitória.

O desespero de uns, a diversão de outros tantos.

Quando seu time está na situação do Botafogo você não sabe se torce pra ser logo rebaixado ou se pra levar o drama até o último jogo.  Lá, se der errado, a dor será infinitamente maior do que se administrada em doses homeopáticas desde já.

Mas não tem escolha. Quando a bola rola seu coração sobrepõe a razão e lá está você, de novo, quantas vezes precisar, rezando pra santos que sequer acredita em troca de uma vitória que lhes dê fôlego pra continuar.

Um drama. Mais 7 dramas, talvez, na melhor das hipóteses.

E o “morto” se recusa a morrer.

Outro dia anunciaram, num surto administrativo e conflitante, que havia morte cerebral.  Mentira.

O morto abriu os olhos e sorriu.

Hoje, conseguiu falar.  Em algumas semanas estará em pé ou sendo velado.  E como todo drama, a família vai sofrer junto até o último minuto do lado de fora.

Vive o Botafogo. E sabe-se lá como.  Não há remédio para tal milagre. Mas há fé pra isso.

abs,
RicaPerrone

Chupa, botafoguense!

Leia o post original por RicaPerrone

torcida-do-botafogo-festeja-no-engenhao-durante-partida-contra-o-cruzeiro-pelo-campeonato-brasileiro-1319924100411_300x30Confessa! Eu sei que você não acreditou até o juiz apitar.  Eu posso apostar que com esse time sem salários, com 4 demitidos, com as duas derrotas seguidas e o Corinthians que bateu o Cruzeiro, nem no seu íntimo delirante você acreditou que poderia.

Quando o juiz deu pênalti, você pensou: “Só falta errar…”.

Quando entrou, você pensou: “É cedo, eles empatam”.

Quando deu o intervalo, você pensou: “É, mas o juizão vai querer dar um pênalti pra eles…”.

Quando o terceiro goleiro fez o décimo milagre dele no jogo, aos 43, você pensou: “É a cara do Botafogo tomar esse gol no fim…”

E não minta! Você pensou tudo isso e duvidou da vitória até ela ser inevitável.  Talvez porque o Botafogo faça de tudo pra que você duvide dele, talvez porque sua fé seja insuficiente.

Mas hoje, diante de uma atuação memorável de quem sequer jogou bola, o Botafogo calou a boca de muito botafoguense já rebaixado.

Evitar a queda é muito difícil.  Não receber salários e correr por mera vergonha na cara é quase assustador num futebol como o atual. E você, botafoguense? Vai duvidar mais 10 rodadas ou tentar fazer parte da reação que eles estão propondo comendo grama?

O Corinthians foi mero figurante hoje. Qualquer time do outro lado perderia o jogo por 1×0, suado, sofrido, com goleiro na área no último minuto. Foi assim que o Botafogo determinou que seria.

Eu não sei o que é ser botafoguense, mas desconfio. Sei que algumas torcidas já evitaram rebaixamentos junto de seus times e acho que há um convite no ar.

Aceite-o, botafoguense! Não venda barato outro rebaixamento.

Morre, mas morre atirando e não correndo.

abs,
RicaPerrone

Messi empata com Neymar na artilharia da Copa e esquenta a disputa Argentina x Brasil

Leia o post original por Quartarollo

Lionel Messi fez dois gols na vitória sobre a Nigéria, 3 x 2, com grande público argentino no Beira Rio, em Porto Alegre. O camisa 10 da Seleção Argentina e do Barcelona chega a 4 gols e empata com o … Continuar lendo