Arquivo da categoria: Manchester United

Discurso no Barcelona é de manter Coutinho. Imprensa local diz o contrário

Leia o post original por Perrone

Enquanto parte da imprensa espanhola põe Philippe Coutinho na lista de negociáveis e com várias ofertas, o clube adota postura contrária. O discurso no Barça é de que o brasileiro não está à venda e que nenhuma proposta chegou por ele. Também é negada a intenção de usá-lo como moeda de troca numa futura contratação.

A linha para proteger Coutinho é alegar que ele atravessa uma má fase passageira e que tende a melhorar. Por isso, não há motivos para colocar o atleta da seleção brasileira no mercado.

Já a imprensa espanhola fala do interesse de clubes como Chelsea, Manchester United e PSG em Coutinho. O brasileiro foi contratado pelo Barcelona em janeiro do ano passado junto ao Liverpool por aproximadamente 120 milhões de euros (cerca de R$ 520,8 milhões em valores atuais).

Como admitir insatisfação e interesse em vender um jogador sempre pode fazer o preço cair, só o tempo dirá se o Barça de fato ainda conta com Coutinho ou age apenas para salvar seu “produto”.

Time pipoqueiro esse PSG, hein?!

Leia o post original por Craque Neto

Impressionante! Mesmo tendo a vantagem de 2 a 0 conseguindo no primeiro confronto fora de casa, o PSG recebeu o Manchester United DESFALCADO de alguns de seus principais jogadores e conseguiu a PROEZA de ser eliminado em pleno Parque dos Príncipes. É brincadeira? O belga Lukaku encaixou dois gols e nos acréscimos da partida o Rashford matou praticamente as esperanças dos donos da casa. O gol do espanhol Juan Bernat no primeiro tempo só serviu para dar falsas esperanças. Vamos falar a verdade? Que vergonha! O bilionário árabe dono do Paris deve estar totalmente decepcionado com essa boleirada. E vale […]

O post Time pipoqueiro esse PSG, hein?! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Barcelona já dá como certa contratação de Griezmann

Leia o post original por Perrone

O Barcelona já da como certa a contratação de Antoine Griezmann na próxima janela de transferências na Europa, entre julho e agosto.

Os catalães definiram que irão pagar a multa contratual do atacante com o Atlético de Madri. São 100 milhões de euros (cerca de R$ 397,1 milhões).

Com o francês também há um entendimento sobre quanto ele irá ganhar no novo clube, por isso os espanhóis não acreditam que a negociação possa melar. O jogador está na lista de interesses do Manchester United.

Em termos comparativos, a multa por rompimento do contrato de Griezmann, válido até 2022, é inferior à metade dos 222 milhões de euros (aproximadamente R$ 882,5 milhões em valores atuais) pagos pelo PSG ao Barcelona para levar Neymar.

 

Bordeaux deve lucrar 3 milhões de euros em operação com Corinthians

Leia o post original por Perrone

Em cerca de 4 meses, o Bordeaux (FRA) pode lucrar 3 milhões de euros (cerca de R$ 11,7 milhões) graças a uma operação feita com o Corinthians.

Como mostrou o UOL Esporte na ocasião, em setembro do ano passado, o alvinegro vendeu os 15% que ainda tinha dos direitos econômicos de Malcolm para os franceses por 4,5 milhões de euros (R$ 17,58 milhões em valores atuais). Até o final de janeiro, o estafe do jogador acredita que ele será negociado por cerca de 50 milhões de euros (aproximadamente R$ 195,3 milhões). Ou seja, se a negociação for confirmada por essa quantia, 15% do total corresponderá a 7,5 milhões de euros (R$ 29,3 milhões), representando lucro de 3 milhões de euros para os franceses em relação à transação com os brasileiros.

O Arsenal é um dos favoritos para ficar com o jogador. Porém, outro inglês, o Tottenham também conversa com representantes do atleta. Outros clubes como Manchester United e PSG demonstraram ter Malcolm no radar.

Quando o Corinthians se desfez dos 15% dos direitos do atacante, já era de conhecimento público que ele poderia ser alvo de uma transferência com valores significativos em breve. Ciente de que poderia receber mais dinheiro se mantivesse sua porcentagem, o clube do Parque São Jorge preferiu fazer a venda porque precisava alimentar seu cofre imediatamente. Entre outras contas, precisava acertar premiações e direitos de imagem de parte do elenco.

Com a compra da fatia do Corinthians, o Bordeaux passou a ter uma fatia de 65% com o restante dividido entre os empresários Fernando Garcia e Nilson Moura.

O alvinegro ainda terá direito a uma porcentagem como clube formador do atleta numa eventual venda.

Santos torce a distância pela transferência de Neymar

Leia o post original por Quartarollo

Estou praticamente voltando de férias. Pelo calendário oficial será na quarta-feira, mas dizem por aí que as férias são divididas assim: Na primeira semana você entra de férias, na segunda e terceira semanas você está de férias e na última semana está voltando de férias.

Estou voltando, portanto. Já sei que começou a Copinha São Paulo cada vez mais desfigurada e cada vez mais para empresário ver jogador jovem para leva-lo embora mais rápido daqui.

Sei que as transações continuam e que muitos ainda não fecharam totalmente o seu elenco para 2016.

Ouvi dizer que o Manchester United vai para cima do Barcelona com 140 milhões de euros, cerca de 820 milhões de reais no câmbio atual, para contratar Neymar.

O Santos que sempre reclamou de ter sido passado para trás na transação do jogador para o time espanhol, esfrega as mãos.

Pela cláusula de solidariedade terá direito a uma porcentagem, não tão grande é verdade, pela formação do atleta desde 2003 quando ele tinha 11 anos de idade.

A cláusula de solidariedade instituída pela Fifa tem garantido um bom dinheiro há vários clubes já que ela não cessa nunca, vai até o fim da carreira do atleta.

A formação é considerada até os 23 anos. Como Neymar foi para o Barcelona com apenas 21, esses dois últimos anos entram na conta do Barça como clube formador no caso de uma suposta transferência futura do Manchester para outro time, isso se os ingleses realmente conseguirem tira-lo agora da Catalunha.

Mesmo assim deve sobrar um bom punhado de euros para o Santos se houver a negociação.

Talvez chegue a 3% desse total, o que daria por baixo uns 4 milhões de euros limpinhos para o time brasileiro.

Com o nosso dinheiro tão desvalorizado seria uma ajuda e tanto para um clube com tantos problemas financeiros.

O Santos está torcendo pela transação. O entrave é a vontade do craque e o próprio Barcelona que tem bala para fazer frente as libras do Manchester mesmo sendo uma proposta, se verdadeira, quase que irrecusável.

 

Wolfsburg 3 x 2 Manchester United

Leia o post original por Mauro Beting

ESCREVE DANIEL BARUD —- @BarudDaniel

Em jogo valido pela 6ª e última rodada da fase classificatória da Champions League, o Wolfsburg, de Dieter Hecking, recebeu o Manchester United, comandado por Louis Van Gaal, valendo vaga para a próxima fase da competição. No final das contas, os ingleses saíram eliminados e o Wolfsburg avançou como líder do grupo e dará trabalho para os grandes europeus nas oitavas. Pode aprontar. O PSV foi o segundo classificado.

O confronto começou muito movimentado, com o Wolfsburg tomando a iniciativa, criando as primeiras oportunidades e o United se portando mais na defensiva, marcando mais porém, não abdicando do ataque, saindo rápido para os contra-ataques.

Com 2minutos, Max Kruse desviou de cabeça, deixou para Schurrle, que isolou, perdendo grande chance de abrir o placar para os donos da casa.

Taticamente, os Lobos foram a campo no 4-2-3-1 movimentado, com boa participação do quarteto ofensivo, muito dinamismo, versátil, movimentando bastante. Diferentemente da escalação inicial, Dieter Hecking, técnico da equipe alemã, colocou Kruse na referencia, fazendo bem o pivô, saindo da area, buscando o jogo, em vez de Schurrle. Na linha de três meias, Vieirinha na direita, Draxler centralizado e Schurrle na esquerda.

UCL 15-16 Rodada 6 Wolfsburg x Manchester United_POSICIONAMENTO 1


Louis Van Gaal levou a campo sua equipe também no 4-2-3-1/4-1-4-1, com Fellaini e Schweinsteiger na volancia, fazendo a transição ofensiva inglesa. Nas variações, o belga era mais ofensivo, com o meio-campista alemão ficando mais na defensiva. Juan Mata era o principal armador na linha de três e o mais participativo, acionando e organizando as ações ofensivas inglesas .

Aos 9minutos, Martial recebeu em profundidade, após belo lançamento rasteiro de Juan Mata e tocou na saída do goleiro Bengalio. United 1-0.

Na sequencia, aos 13, após cobrança de falta de Ricardo Rodriguez, o zagueiro Naldo acertou belo chute, batendo de primeira, no canto esquerdo de De Gea. 1-1.

O jogo era movimentado. Muita velocidade, transições rápidas e boas trocas de passes por ambos os lados. Com o Manchester criando mais, por necessitar da vitória (para não depender do jogo do PSV par se classificar) e tendo mais posse de bola. O Wolfsburg tinha algumas dificuldades para sair em contra-ataques.  Dieter Hecking teve de tirar Ricardo Rodriguez, que saiu lesionado, para a entrada de Schäfer.

Aos 26minutos, após cobrança de escanteio, Fellaini cabeceou firme e Benaglio espalmou, e Vierinha tirou o perigo.

Após bela jogada de Draxler que, na entrada da área, tabelou com Vieirinha, que entrou na grande área e, sozinho, tabelou, novamente com Draxler, empurrando pro fundo das redes. Wolfsburg 2-1, aos 29minutos da etapa inicial.

E, com a derrota, o United estaria sendo eliminado, no confronto direto com os holandeses do PSV.

Draxler perdeu chance clara, aos 38minutos, após belo contra-golpe, com um saída de bola errada de Schewinsteiger, Schurrle dominou, carregou a bol e deixou Draxler sozinho, que limpou a jogada e bateu em cima de De Gea. Na sequencia a zaga afastou o perigo.

Van Gaal se viu obrigado a mexer na lateral esquerda, pois estava sem jogador na posição. Darmian estava improvisado.

O Manchester United tinha a posse, mas não era efeito, não furava as linhas alemã. Até que, aos 45minutos da etapa inicial, Juan Mata cruzou para grande área visando o cabeceio de Martial, entretanto, a bola foi direto pro gol, sem tocar no atacante, que estava impedido. O juiz deu gol, o bandeirinha levantou a bandeira, eles conversaram e o juiz anulou, confirmando a marcação do bandeirinha, que viu participação de Martial no lance.

E o primeiro tempo terminou com o United sendo eliminado.

Para o segundo tempo, o United voltou pressionando. Com mais posse de bola, precisava da vitória.

Aos 36minutos da etapa final, Guilavogui marcou contra, após cobrança de escanteio. O resultado ainda não era o suficiente, pois o PSV vencia na Holanda. E, na sequência, Naldo colocou a equipe verde na frente, de novo. Após cobrança de escanteio, o zagueiro brasileiro subiu mais alto e testou firme cuca legal, colocando os alemães na frente novamente, aos 39minutos do segundo tempo.

Nos minutos finais, o Manchester se lançou ao ataque, tentando marcar o gol, alçando bolas na área alemã, sem sucesso. O Wolfsburg se salvava como podia. Quando tinha a posse, a equipe alemã prendia a bola no campo de ataque, cobrando falta curta, gastando o tempo.

No fim, eliminação inglesa. Primeira vitória do Wolfsburg para cima do United na história. Inédita classificação alemã para o mata-mata da Champions League.

ESCREVEU DANIEL BARUD — @BarudDaniel

Neymar na Inglaterra seria o jogador mais caro da história da bola! E ainda premiaria o Santos e poderia resolver todas as pendências judiciais de sua polêmica transferência para o Barcelona. E quanto valeria Pelé, hoje, aos 23 anos de idade?

Leia o post original por Milton Neves

neymar manchester

A notícia tem dominado as capas dos jornais esportivos da Europa.

O gigante Manchester United estaria disposto a desembolsar uma fortuna para tirar Neymar do Barcelona.

Segundo o tabloide britânico “The Sun”, a equipe inglesa oferece pelo craque brasileiro… R$ 775 milhões!!!

É isso mesmo: SETECENTOS E SETENTA E CINCO MILHÕES DE REAIS!

Caso a negociação se concretize, Neymar se tornará no jogador mais caro da história da bola!

Cristiano Ronaldo e Messi ficariam com dor de cotovelo, não é mesmo?

E o Santos, clube formador do craque, seria premiado com R$31 milhões, 4% da oferta do Manchester, valor superior ao recebido quando da polêmica transferência de Neymar para o Barcelona.

Falando sobre a nebulosa transação de 2013, com todo o dinheiro que receberia nessa nova transferência, Neymar eventualmente poderia fazer um acordo financeiro com pessoas e entidades que à época se sentiram lesadas.

Assim, se livraria de constrangedores fatores extracampo e manteria seu foco totalmente voltado para seu desempenho nos gramados.

Mas, tendo em vista a carreira do jogador, seria uma boa para ele essa transferência?

Afinal, o atleta ficaria livre do reinado de Messi no Barcelona.

Em contrapartida, disputaria um campeonato nacional muito mais equilibrado, com equipes muito mais fortes do que as do Espanhol.

E, perguntar não ofende: quanto custaria Pelé, hoje, aos 23 anos?

Opine!

“Libertadores com grife”, Liga dos Campeões chega à fase decisiva cheia de brasileiros em campo!!! Mas, qual time brasileiro jogaria de igual para igual com os gigantes da Europa???

Leia o post original por Milton Neves

real_blog

E a “Libertadores com grife” está chegando ao seu final.

Com apenas oito times, a Liga dos Campeões começou a definir quais serão os quatro melhores da Europa.

Nos primeiros duelos da fase de quartas de final, Barcelona e Atlético de Madrid, e Manchester United e Bayern de Munique empataram com o mesmo placar: 1 a 1.

Já nesta quarta, melhor para o Real Madrid, que goleou o Borussia Dortmund, e para o PSG, que bateu em casa o “brasileiro” Chelsea.

E por falar no nosso produto “tipo exportação”, apenas o Borussia não tem brasileiros no elenco.

E qual grande jogador do futebol nacional se encaixaria nesses quatro gigantes do Velho Continente?

Alguma equipe brasileira daria aperto nestes timaços?

OPINE!!!

 

Felipão defende técnico brasileiro e se lembra dos bons ensinamentos de Muricy a Neymar

Leia o post original por Quartarollo

imagesCABYEZQX

imagesCABYEZQXDireto de Porto Alegre: Brasil escalado para enfrentar a França com Marcelo na lateral-esquerda. Nas demais posições o mesmo time que fez um bom primeiro tempo contra a Inglaterra domingo passado, no Maracanã. O time vai se montando para a … Continuar lendo

United dá lições de marketing e revela mais um contrato milionário

Leia o post original por Emerson Gonçalves

 

Já virou rotina nos últimos 24 meses ou um pouco mais: periodicamente, o Manchester United emite comunicados revelando novos acordos de patrocínio, alguns muito inovadores, como o que veremos hoje. Sempre na casa dos muitos milhões, não importando a moeda em que são divulgados e os contratos celebrados: libras, euros, dólares, dólares de Cingapura, yuans, ienes, rúpias indonésias… E em reais, claro, mas (ao menos por enquanto) só nos comentários e notícias a respeito dos mesmos.

Como já foi bastante divulgado e há vários posts a respeito nesse OCE (aqui), a partir de 1º de julho de 2014 a Divisão Chevrolet da General Motors passará a ocupar a camisa dos Red Devils como patrocinadora master. Com isso, a AON, atual patrocinadora, ficaria fora.

Em 2011 o clube fechou um excelente patrocínio com a DHL (também comentado em post da lista linkada) e, para surpresa do mercado e numa atitude inédita, em outubro passado clube e empresa chegaram a um acordo e o United, na prática, recomprou o espaço negociado com a empresa de logística. Que continua ligada ao clube por meio de outras ações de patrocínio. No post a respeito dessa recompra comentei que talvez a própria DHL viesse a ser a patrocinado dos kits de treino em novo acordo, pois já existiam rumores que um dos patrocinadores do clube assumiria o espaço. E esse novo patrocinador vem a ser, justamente, a AON.

Durante oito anos, a partir do próximo 1º de julho e até 30 de junho de 2021, a AON fechou um acordo que compreende quatro diferentes propriedades ou parcerias:

– o novo e espetacular centro de treinamento de Carrington passará a chamar-se AON Training Complex;

– a marca AON estará presente nos kits de treinamento do Manchester United;

– a AON será uma parceira e patrocinadora do Manchester United Tours (quando o time joga em diversos países durante a pré-temporada);

– e, por fim, a empresa desenvolverá ações e parcerias em diversas áreas com o Manchester United Business Network.

Os detalhes financeiros não foram revelados, ainda, mas alguns veículos e jornalistas especializados na área na Inglaterra apontam o valor de 17 milhões de libras anuais, nada menos que 70% maior que o contrato antigo com a DHL. Esse valor equivale a 20 milhões de euros ou 51,8 milhões de reais por ano. Considerando os oito anos de contrato, temos um valor mínimo de 160 milhões de euros ou 414 milhões de reais – realmente, valores espetaculares. Na próxima temporada, a primeira de vigência do novo contrato, a AON terá também o patrocínio master em seu último ano, pelo qual paga 20 milhões de libras anuais (23,5 milhões de euros).

O próximo United Tour abrangerá alguns países da chamada Ásia Pacífico, onde o clube tem hoje uma base de 325 milhões de seguidores (o site do clube optou por usar essa qualificação ao invés de fãs). Programa interessantíssimo para a AON, logicamente, que tem nessa região do planeta uma forte base operacional. O time irá jogar em Bangkok, Sydney, Yokohama, Osaka e Hong Kong. Significativamente, o comunicado fala que o Manchester United e a AON continuarão sua parceria em “todos os cantos do mundo”.

Globalização, esse é o nome do jogo e nele o United é especialista, tendo hoje nada menos que 37 patrocinadores (ver post a respeito), a maioria dos quais com alcance regional.

A marca Manchester United é tratada com respeito e cresce ano a ano. Ao mesmo tempo o principal produto a estampar essa marca, o time de futebol, nada deixa a desejar em termos de desempenho, em termos de qualidade. Falando em termos esportivos (quantos termos diferentes…), tem uma campanha perfeita na Premier League e teve bom desempenho na Champions League, caindo diante de outro gigante.

Curiosamente, apesar de muitas mudanças e muitas derrotas (que são inevitáveis), Sir Alex Ferguson continua sendo o treinador. Na verdade, ele é muito mais que um simples treinador, mas sendo mais ou sendo menos, é o responsável pelo futebol. Uma ou duas ou mais derrotas ou perdas de Champions não abalam sua direção.

O Manchester United tem transmitido muitas lições e não somente no marketing.