Arquivo da categoria: maracanã

Ainda há “Flamengo” no Flamengo

Leia o post original por Rica Perrone

Se os salários tão em dia, o Barra Music não atrai o elenco, a paz está reinando e o clube virou exemplo de gestão, algo tinha que permanecer intacto: a vocação. Hoje cedo eu conversava com um amigo rubro negro, o Dudu, e falávamos exatamente no cenário. Casa cheia, time bem, euforia, favoritismo… conhecendo futebol,…

Compreensível

Leia o post original por Rica Perrone

O rubro-negro sempre foi megalomaníaco. Sua postura nunca foi proporcional aos resultados e a graça do Flamengo é exatamente essa. A facilidade com que se vai do céu ao inferno e a injustificável confiança em momentos não tão favoráveis. Ser Flamengo é esperar o improvável como tendência. Nunca o flamenguista foi tão “insuportável”.  Também pudera,…

Evidências

Leia o post original por Rica Perrone

A gente se engana mas no final tudo volta a ficar claro. Nossa relação é intensa, covarde, abusiva. Queremos tudo de ti, damos nada em troca. Sendo você “a” seleção, diria até que somos machistas opressores. Afinal, somos “o” torcedor. Sendo essa gangorra de amor e ódio onde a você só vale a conquista e…

Corinthians eliminado da Copa do Brasil. Deu a lógica.

Leia o post original por Nilson Cesar

O Flamengo tem mais time que o Corinthians e venceu os dois confrontos,. É verdade que no jogo do Maracanã o timão não jogou mal. O Corinthians tem uma equipe tecnicamente limitada e se supera na garra e na força. Não sei se isso vai servir para o campeonato brasileiro. Quanto ao Flamengo precisa jogar mais para ser campeão da Copa do Brasil. Essa parada para a Copa América pode ser benéfica para…

Fonte

Corinthians sempre estará na briga.

Leia o post original por Nilson Cesar

O Corinthians acaba sempre surpreendendo. Sinceramente entendia que o time este ano teria muitas dificuldades em todas as competições. Já ganhou o campeonato paulista e está evoluindo nas competições que vem disputando. Carille é um treinador que ainda pode evoluir muito se vestir de verdade as sandálias da humildade. O cara que acha que sabe muito fica no meio do caminho. O carisma que tem o…

Fonte

O Corinthians não está nada bem.

Leia o post original por Nilson Cesar

Faz tempo que o Corinthians não está apresentando um bom futebol. O técnico Carille também anda muito nervoso e com mania de perseguição. Os atacantes estão falhando muito e as peças não estão funcionando. Precisa de reforços evidentemente se tiver interesse em conquistar mais algum título este ano. Reverter contra o Flamengo no Maracanã acho praticamente impossível. O Flamengo tem uma equipe bem…

Fonte

Opinião: comparação entre Everton R. e Rodriguinho explica vitória do Fla

Leia o post original por Perrone

A comparação entre os desempenhos de Everton Ribeiro e Rodriguinho ajuda a explicar a vitória do Flamengo por 3 a 1 sobre o Cruzeiro, neste sábado (27), no Maracanã.

O flamenguista venceu o primeiro duelo do Brasileirão entre dois jogadores relacionados pelo blog entre 10 candidatos a melhor da competição. Bruno Henrique, que brilhou com dois gols, também está na lista.

As estatísticas da partida mostram que Everton fez o que se esperava dele, enquanto Rodriguinho decepcionou. O flamenguista também foi superior a Thiago Neves, que substituiu Rodriguinho aos 17 minutos do segundo tempo.

O meia do Flamengo deu a assistência para um dos gols de seu time e mais três passes para finalizações, de acordo com o site “Footstats”. O garçom do gol do Cruzeiro foi Fred. Rodriguinho deu apenas um passe para conclusão de seu time.

Everton foi o segundo jogador da partida que mais acertou passes (61). Ficou atrás apenas de Willian Arão (62). Rodriguinho passou a bola com perfeição apenas 16 vezes. Thiago Neves acertou 9 passes.

A importância do meia rubro-negro para seu time também pode ser medida pelo fato de ele ter sido quem mais ficou com a bola em sua equipe. Seu índice de posse de bola foi de 6%. As marcas de Rodriguinho e Thiago Neves foram, respectivamente 2,06% e 0,86%.

Outra diferença: Everton ajudou muito mais sua equipe na marcação do que os dois cruzeirenses. Ele acertou três desarmes contra um de Rodriguinho e nenhum de Thiago. O lateral Renê, do Flamengo, liderou esse ranking desarmando os rivais em quatro oportunidades.

Claro que toda essa eficiência do meia não teria sido tão produtiva se ele não tivesse um companheiro jogando em alto nível com quem pudesse dialogar em campo. Bruno Henrique fez esse papel. Além dos gols, ele foi quem mais acertou finalizações no jogo. Registrou quatro arremates certos.

Nesse ponto, temos outra marca da inanição ofensiva cruzeirense. Segundo o “Footstats”, os mineiros fizeram só uma conclusão certa. Com Pedro Rocha, autor do gol de seu time. Essa falta de ofensividade passa, entre outros fatores, pelas dificuldades de Rodriguinho e Thiago Neves na armação.