Arquivo da categoria: maracanã

Corinthians sempre estará na briga.

Leia o post original por Nilson Cesar

O Corinthians acaba sempre surpreendendo. Sinceramente entendia que o time este ano teria muitas dificuldades em todas as competições. Já ganhou o campeonato paulista e está evoluindo nas competições que vem disputando. Carille é um treinador que ainda pode evoluir muito se vestir de verdade as sandálias da humildade. O cara que acha que sabe muito fica no meio do caminho. O carisma que tem o…

Fonte

O Corinthians não está nada bem.

Leia o post original por Nilson Cesar

Faz tempo que o Corinthians não está apresentando um bom futebol. O técnico Carille também anda muito nervoso e com mania de perseguição. Os atacantes estão falhando muito e as peças não estão funcionando. Precisa de reforços evidentemente se tiver interesse em conquistar mais algum título este ano. Reverter contra o Flamengo no Maracanã acho praticamente impossível. O Flamengo tem uma equipe bem…

Fonte

Opinião: comparação entre Everton R. e Rodriguinho explica vitória do Fla

Leia o post original por Perrone

A comparação entre os desempenhos de Everton Ribeiro e Rodriguinho ajuda a explicar a vitória do Flamengo por 3 a 1 sobre o Cruzeiro, neste sábado (27), no Maracanã.

O flamenguista venceu o primeiro duelo do Brasileirão entre dois jogadores relacionados pelo blog entre 10 candidatos a melhor da competição. Bruno Henrique, que brilhou com dois gols, também está na lista.

As estatísticas da partida mostram que Everton fez o que se esperava dele, enquanto Rodriguinho decepcionou. O flamenguista também foi superior a Thiago Neves, que substituiu Rodriguinho aos 17 minutos do segundo tempo.

O meia do Flamengo deu a assistência para um dos gols de seu time e mais três passes para finalizações, de acordo com o site “Footstats”. O garçom do gol do Cruzeiro foi Fred. Rodriguinho deu apenas um passe para conclusão de seu time.

Everton foi o segundo jogador da partida que mais acertou passes (61). Ficou atrás apenas de Willian Arão (62). Rodriguinho passou a bola com perfeição apenas 16 vezes. Thiago Neves acertou 9 passes.

A importância do meia rubro-negro para seu time também pode ser medida pelo fato de ele ter sido quem mais ficou com a bola em sua equipe. Seu índice de posse de bola foi de 6%. As marcas de Rodriguinho e Thiago Neves foram, respectivamente 2,06% e 0,86%.

Outra diferença: Everton ajudou muito mais sua equipe na marcação do que os dois cruzeirenses. Ele acertou três desarmes contra um de Rodriguinho e nenhum de Thiago. O lateral Renê, do Flamengo, liderou esse ranking desarmando os rivais em quatro oportunidades.

Claro que toda essa eficiência do meia não teria sido tão produtiva se ele não tivesse um companheiro jogando em alto nível com quem pudesse dialogar em campo. Bruno Henrique fez esse papel. Além dos gols, ele foi quem mais acertou finalizações no jogo. Registrou quatro arremates certos.

Nesse ponto, temos outra marca da inanição ofensiva cruzeirense. Segundo o “Footstats”, os mineiros fizeram só uma conclusão certa. Com Pedro Rocha, autor do gol de seu time. Essa falta de ofensividade passa, entre outros fatores, pelas dificuldades de Rodriguinho e Thiago Neves na armação.

O Maraca é… nosso?

Leia o post original por Rica Perrone

São três assuntos numa só canetada. O Maracanã volta pro Governo num “me dá aqui!” e foda-se? É tão fácil assim contratualmente se romper algo que está acordado e em vigor? Se sim, e parece que sim, quem vai gerenciar é o governo. Porque a gente acha que justo o governo fará algo melhor que…

O Maraca é… nosso?

Leia o post original por Rica Perrone

São três assuntos numa só canetada. O Maracanã volta pro Governo num “me dá aqui!” e foda-se? É tão fácil assim contratualmente se romper algo que está acordado e em vigor? Se sim, e parece que sim, quem vai gerenciar é o governo. Porque a gente acha que justo o governo fará algo melhor que…

MP do Rio abre inquérito sobre tumulto no Maracanã

Leia o post original por Perrone

O Ministério Público do Rio de Janeiro instaurou inquérito civil para apurar os tumultos no Maracanã, no último domingo, por conta da final da Taça Guanabara, entre Vasco e Fluminense.

A disputa pelo local que seria ocupado pelas torcidas no estádio chegou a provocar ordem da Justiça para que o jogo fosse com portões fechados. A decisão foi alterada já com a final em andamento e houve tumulto com torcedores do lado de fora.

O inquérito foi aberto nesta quarta (20) pelo promotor Júlio Machado Teixeira Costa da 5ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa do Consumidor e do Contribuinte da Capital. Ele deu 30 dias para os clubes, a Federação do Rio, o consórcio administrador do Maracanã e o Batalhão de Polícia do Torcedor responderem com comprovantes  às seguintes perguntas:

1 – A que atribui o tumulto generalizado?

2 – Quais as providências tomadas para evitar o tumulto e reprimir a desordem especificando a quem atribui a responsabilidade pela ocorrência?

3 – Quais as providências adotadas para que episódio semelhante não se repita?