Arquivo da categoria: Mauricio Galiotte

De quem é o estádio do Palmeiras???

Leia o post original por Craque Neto 10

Uma entrevista concedida pelo presidente Maurício Galiotte vem viralizando na internet onde ele diz em alto e bom som que o Palmeiras não é dono do Allianz Parque nos próximo 25 anos (pelo contrato assinado em 2014 eram 30 anos) e que só usa o local como uma espécie de locação. As palavras do maior cartola do Verdão caíram como uma bomba na torcida alviverde, afinal como o time que sempre se orgulhou de ter o tradicional Palestra Itália, e que zoava o arquirrival de ‘sem estádio’, do dia pra noite ficou sem casa? É lógico que o presidente deve […]

O post De quem é o estádio do Palmeiras??? apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Proposta de mudança estatutária no Palmeiras ameaça poder de Mustafá no COF

Leia o post original por Perrone

A comissão que estuda mudanças estatutárias no Palmeiras preparou uma proposta que ameaça o poder de Mustafá Contursi no COF (Conselho de Orientação e Fiscalização), apesar de sustentar não ser essa a motivação. A sugestão é para que os ex-presidentes do clube percam o direito a voto no órgão, a menos que sejam eleitos para o cargo.

Atualmente, quem passou pela presidência se transforma em membro nato do COF, com direito a voto.  A ideia é que essa vaga automática seja extinta e que os ex-mandatários participem das reuniões, emitam opiniões, mas não possam votar. Se quiserem atuar nas votações no órgão, terão que disputar o pleito no Conselho Deliberativo.

Para aliados de Contursi, a medida visa o enfraquecimento dele, já que o órgão é seu principal reduto entre os poderes da agremiação. Defensores da transformação negam esse objetivo. Além do próprio Mustafá, se novidade for aprovada pelo Conselho Deliberativo e pelos sócios, Arnaldo Tirone, Affonso Della Monica Neto e Carlos Bernardo Facchina Nunes, mais próximos de Contursi, perderão o direito a voto. Assim como Luiz Gonzaga de Mello Belluzzo, alinhado ao presidente Maurício Galiotte, e Paulo Nobre, afastado das decisões políticas.

O blog telefonou para Mustafá para saber a opinião dele sobre a proposta, mas as ligações não foram atendidas. Defensores apontam a democratização do órgão como um dos principais objetivos, embora parte deles admita que um possível reflexo será o enfraquecimento de Mustafá. Mas ressaltam que, se o novo formato for confirmado, Contursi e seus aliados poderão se candidatar.

Membro da comissão e que apoia a ideia disse ao blog, sob a condição de anonimato, que o entendimento é de que os ex-presidentes podem ser consultivos, mas sem direito a voto, já que não foram eleitos pelo Conselho Deliberativo como os demais integrantes. Assim, se o ex-cartola quiser votar, precisa encarar as urnas. O modelo atual é considerado injusto. Situacionista, ele afirmou que a iniciativa não pode ser considerada obra da situação já que a maioria do grupo, que tem gente da oposição, a aprovou.

Um dos argumentos dos que defendem a mudança é o de que parte dos ex-presidentes não vai à maioria das reuniões do COF e só aparece em votações importantes. Isso daria mais peso político ao um órgão que deve orientar e fiscalizar. Vale lembrar que, antes da atual composição do órgão, o COF, liderado por Mustafá, travou uma guerra com Galiotte não aprovando as contas de sua gestão por discordar da maneira como foram feitas mudanças no contrato de patrocínio com a Crefisa. Outro ponto é que seria preciso dar o lugar de quem não vai a todos os encontros para quem está disposto a comparecer.

O ex-presidente Belluzzo concorda com o argumento de que a alteração democratizaria mais o órgão. “Sou favorável à essa proposta. Não acho que seja muito democrático o ex-presidente poder votar sem ter sido eleito. O modelo atual consolida uma situação de reverência aos ex-presidentes que não é devida. Os ex-presidentes devem ser respeitados, não reverenciados. Você vai cristalizando uma situação de poder do ex-presidente. A experiência não tem sido boa porque suscita comportamentos inadequados”, declarou o ex-presidente.

Belluzzo discorda da tese de que um dos objetivos da mudança seja minar o poder de Mustafá no COF. “Não acho que seja isso, mas ele não deveria buscar o poder. O ex-presidente não pode ficar no casco do navio como se fosse craca”, disse. Ele ainda sugeriu que seja criado um conselho consultivo com os conselheiros que já passaram pela presidência do Palmeiras.

“Pra mim não tem importância, já fiz minha obrigação como presidente do clube. Mas acho que está errado. Convenhamos, os ex-presidentes são bem mais experientes. É uma forma de afastar os que já prestaram serviços ao clube. Tem acontecido frequentemente, estou aborrecido com as coisas como são hoje em dia no futebol, sou de outro tempo, não tenho ido ao COF”, disse Facchina.

O blog não conseguiu falar com Galiotte sobre o tema, mas apurou que ele é favorável à ideia por considerar que a troca vai democratizar o COF e fortalecer o Conselho Deliberativo, algo que tem buscado em sua gestão. O cartola também não vê motivação política na proposta.

Para sustentar que o objetivo não é minar Mustafá, situacionistas lembram que o atual presidente também seria afetado pela alteração. E afirmam que hoje o COF está equilibrado entre oposição e situação. Porém, o presidente, Tommaso Mancini, é apoiador do grupo de Galiotte.

Atualmente, o Conselho de Orientação e Fiscalização tem 15 membros eleitos para mandatos de dois anos. A ideia é que as vagas dos ex-presidentes sejam extintas mas que haja um período de transição. A comissão ainda precisa aprovar o texto final, que será apresentado aos conselheiros. Para o estatuto ser alterado são necessárias aprovações do Conselho Deliberativo e dos associados. O processo todo deve levar cerca de três meses. Para se candidatar é preciso ter sido conselheiro por pelo menos oito anos.

 

Galiotte diz em reunião que elenco do Palmeiras vale 150 milhões de euros

Leia o post original por Perrone

Em reunião do Conselho Deliberativo do Palmeiras na última quarta (26), Maurício Galiotte afirmou que o atual elenco do palmeiras vale 105 milhões de euros (cerca de R$ 658 milhões). O presidente palmeirense ainda fez uma comparação com 2014, quando esse valor era de 40 milhões de euros (R$ 175,7 milhões atualmente). Os dados fizeram parte de uma apresentação com objetivo de sustentar que sua gestão tem um saldo positivo.

As avaliações, porém, não foram feitas pelo clube. Conforme o dirigente explicou, ele usou dados do site “Transfermarkt”, especializado no mercado da bola.

Galiotte também apresentou uma variação do faturamento realizado palmeirense que subiu de R$ 178 milhões em 2013 para 658 milhões em 2018. Nesse embalo, o cartola exaltou o novo contrato firmado com as organizações Globo para a transmissão dos jogos da equipe no Brasileirão. Disse que o Palmeiras está no top 3 dos melhores contratos, evitando citar que Flamengo e Corinthians estão na dianteira.

A estratégia foi usar o trio em conjunto, afirmando que o bloco possui larga vantagem sobre os demais em termos de quantidade de dinheiro recebido da emissora. De acordo com gente próxima ao presidente, sua apresentação de aproximadamente 20 minutos, recheada por números de diferentes áreas da administração, foi aplaudida três vezes pelos conselheiros.

 

O que mudou na relação entre Palmeiras e FPF

Leia o post original por Perrone

Mais de um ano após ter rompido com a Federação Paulista de Futebol, o Palmeiras entende estar numa fase de reconstrução de seu relacionamento com a entidade.

O clube se afastou da FPF por acreditar ter havido interferência externa  anulação de um pênalti a seu favor na final do Estadual de 2018, contra o Corinthians, que se sagrou campeão.

Hoje, a avaliação da diretoria palmeirense é de que parte de suas reivindicações, feitas depois daquele episódio foi, atendida. Por isso não há motivo para manter a mesma postura extrema de antes.

A decisão é de voltar a participar de reuniões na FPF nas quais o clube julgue ser importante se posicionar.

Mas, por enquanto, é improvável a presença de Maurício Galiotte. O presidente deve enviar representantes quando considerar ser interessante participar das reuniões na federação.

Antes, por conta do momento crítico, a diretoria entendia ser mais importante protestar com sua ausência. Entre os pedidos que o Palmeiras considera atendidos, o principal é o uso do VAR, utilizado nos mata-matas do último Paulistão.

O alviverde entende ter sido importante para a implantação do sistema no campeonato estadual.

No clube, a informação é de que depois de um áudio de comunicação entre uma equipe de arbitragem ser usado pelo STJD, o mesmo deve acontecer no próximo Estadual.

A gravação e a disponibilização do material em casos de dúvida era outro pedido dos palmeirenses.  No alviverde é dado como certo que após o STJD utilizar áudio no julgamento que rejeitou pedido de anulação feito pelo Botafogo em jogo contra o próprio Palmeiras, o TJD agirá da mesma forma no Paulista.

A aproximação só não é maior porque Galiotte tem pelo menos uma reivindicação que não foi atendida. Ele ainda quer a troca da cúpula da arbitragem da FPF.

A visão da FPF

Por sua vez, a federação entende que o pedido é descabido. O exemplo dado na entidade é que seria o mesmo que a FPF se envolver na administração do clube.

Mesmo assim, Bastos  enxerga a situação de maneira parecida com a de Galiotte. O relacionamento não é o mesmo de outrora, mas está sendo reconstruído.

Em entrevista ao portal da Band, na última terça (25), o presidente da FPF disse que a relação é “sem dificuldades. Não é igual era antigamente, mas tenho uma relação muito boa com o Maurício [Galiotte], com o Palmeiras”. Ele também afirmou que o problema é página virada.

Internamente, a ausência do alviverde nas reuniões da FPF era vista como um buraco na política de Bastos de ouvir os clubes. Ele quer que essa seja uma das marcas de sua administração.

Por isso é importante para a federação o Palmeiras voltar a ocupar sua cadeira em encontros na entidade. Mesmo que não seja em todos e não pelo presidente.

Recentemente, Bastos e Galiotte se encontram em eventos fora da FPF e tiverem breves conversas que ajudaram a consolidar o novo status.

 

[

Renovaram com Felipe Melo? Então joga a base do Palmeiras fora!!!

Leia o post original por Craque Neto 10

O Palmeiras anunciou nesta terça-feira (11) a renovação de contrato por mais duas temporadas com o volante Felipe Melo, que está prestes a completar 36 anos de idade. Sei que o cara é ídolo do clube – muito mais pela postura agressiva do que pela bola que vem jogando – mas ainda assim acho uma tremenda inconsequência da direção (leia-se Alexandre Mattos e o presidente Maurício Galiotte) aumentar o vínculo com um atleta veterano de salário tão alto. Ou seja, analisando esse novo contrato o Palmeiras vai pagar para ele mais de R$ 25 milhões. Somado aos outros dois anos […]

O post Renovaram com Felipe Melo? Então joga a base do Palmeiras fora!!! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Vai ser difícil segurar o Hepta do Verdão nesse Brasileirão, viu?

Leia o post original por Craque Neto

Os palmeirenses podem não gostar de mim, até pelas verdades que eu falo (que doem, diga-se de passagem), mas fato é que o clássico deste sábado (18) deu um claro sinal de vou ser obrigado a elogiar muito o Verdão até o final desta temporada. Dificilmente terá algum time no País capaz de segurar a turma do Felipão nesse Campeonato Brasileiro. O Flamengo, que tanto é exaltado por aí, foi atropelado pelo Galo em Minas. O próprio Santos, que disseram ser uma baita novidade nas mãos do Sampaoli, foi completamente encurralado pela força e entrosamento da equipe alviverde. Não dá […]

O post Vai ser difícil segurar o Hepta do Verdão nesse Brasileirão, viu? apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Rompido com FPF, Palmeiras boicota votação da seleção do Paulista

Leia o post original por Perrone

Em atrito com a FPF, presidida por Reinaldo Carneiro (foto), Palmeiras não foi à festa do Paulistão. Foto: Alexandre Battibugli/FPF

A crise entre Palmeiras e Federação Paulista de Futebol teve mais um capítulo, desta vez relacionado ao encerramento do Estadual de 2019. O time alviverde foi o único clube que não votou na seleção dos melhores jogadores da competição.

O colégio eleitoral foi composto pelos treinadores e capitães dos 16 times participantes. Só Felipão e Bruno Henrique não votaram.

Procurado por meio de sua assessoria de imprensa, o clube não quis comentar o assunto. Porém, o blog apurou que a abstenção foi por conta do rompimento com a federação.

Nenhum representante do Verdão, aliás, compareceu ao evento que premiou os melhores jogadores da competição, mesmo tendo o atacante Dudu entre os escolhidos como 11 melhores do torneio. A justificativa oficial dada por Caio Ribeiro, que apresentou o evento, foi que Dudu não compareceu por conta da preparação para o jogo da Libertadores, contra o Melgar, que só acontece na próxima quinta-feira.

Neste ano, os palmeirenses já tinham boicotado as reuniões na sede da FPF para definir os detalhes das quartas de final e das semifinais do Estadual. O clube também chegou a atacar a federação e chamar o campeonato de Paulistinha por discordar de decisão do VAR que não anulou gol do Novorizontino em partida das quartas de final.

Em outra atitude fora de sintonia com a federação, o alviverde recusou oferta da entidade para receber palestra sobre o uso do VAR nos mata-matas da competição. A alegação na ocasião foi de que o clube já tinha recebido orientações sobre o árbitro de vídeo de Conmebol e da CBF.

O atrito dos palmeirenses com a federação, presidida por Reinaldo Carneiro Bastos, começou na final do Paulista do ano passado. Jogando em casa, o alviverde reclamou que teria havido interferência externa na arbitragem na anulação de pênalti a seu favor. O rompimento foi uma decisão do presidente do clube, Maurício Galiotte.

BOICOTE? Para de choradeira, vai!

Leia o post original por Craque Neto

Essa semana uma pessoa ligada a diretoria do Palmeiras me confidenciou que tem muita gente do clube preocupada com um possível boicote por parte da Federação Paulista de Futebol. Isso mesmo! Estão achando que a entidade de certa forma pode prejudicar o Verdão com a intenção de não deixá-lo ser campeão estadual. Em primeiro lugar gostaria de saber dessas pessoas – e dos torcedores alviverdes que pensam da mesma forma – pra que tanto desespero se o torneio se trata apenas de um ‘Paulistinha’. Ué, não foram as palavras do presidente Galiotte? Não é a forma como boa parte da […]

O post BOICOTE? Para de choradeira, vai! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Desprezo ao ‘Paulistinha’ tem a ver com choradeira ou possível eliminação???

Leia o post original por Craque Neto

Vejam como são as coisas, na última quinta-feira (21) o Palmeiras foi o único clube classificado para as quartas do Paulistão que não levou representantes na reunião da FPF para a definição das datas e horários dos jogos. Tal atitude é represália a perda do título na temporada passada, quando o Verdão foi derrotado pelo arquirrival Corinthians em pleno Allianz Parque. Aquela choradeira de arbitragem e tal, lembram? Pois é, nesse ano o presidente Maurício Galiotte tinha prometido lançar a campos os meninos do Sub-20 para a disputa do Estadual. Isso mesmo! Ele afirmou em alto e bom tom que […]

O post Desprezo ao 'Paulistinha' tem a ver com choradeira ou possível eliminação??? apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Desprezo ao ‘Paulistinha’ tem a ver com choradeira ou possível eliminação???

Leia o post original por Craque Neto

Vejam como são as coisas, na última quinta-feira (21) o Palmeiras foi o único clube classificado para as quartas do Paulistão que não levou representantes na reunião da FPF para a definição das datas e horários dos jogos. Tal atitude é represália a perda do título na temporada passada, quando o Verdão foi derrotado pelo arquirrival Corinthians em pleno Allianz Parque. Aquela choradeira de arbitragem e tal, lembram? Pois é, nesse ano o presidente Maurício Galiotte tinha prometido lançar a campos os meninos do Sub-20 para a disputa do Estadual. Isso mesmo! Ele afirmou em alto e bom tom que […]

O post Desprezo ao 'Paulistinha' tem a ver com choradeira ou possível eliminação??? apareceu primeiro em Craque Neto 10.