Arquivo da categoria: Mauro Vigliano

São Paulo caiu na real, faltou elenco

Leia o post original por Fernando Sampaio

rib_8883Dia 20 de maio, quando a semi foi definida, postei: “Atlético Nacional é favorito na semifinal”.

Pesquise no Blog.

Os torcedores irracionais ficaram malucos.

Hoje, acho que mudaram de ideia.

Os colombianos haviam mostrado mais futebol até aquele momento. O time é forte, bem treinado, rápido, perigoso. Reinaldo Rueda é escola Osório. Defesa avançada, ataca a bola, passe com qualidade. O atual elenco do São Paulo nunca me convenceu. É mais fraco do que 2015. Bauza até fez um bom trabalho, montou um time competitivo, dentro do possível.

Semifinal foi além da expectativa.

Ganso, Kelvin e até Centurión fizeram muita falta. Justamente pela falta de elenco.  Sem Ganso o time perdeu a criação. Ficou sem a assistência. Kelvin estava numa boa fase. Wesley é fraco. Ytalo incógnita. O banco de reservas era de chorar. Coitado do Bauza. O Atlético Nacional marcou com facilidade no primeiro tempo. Só Calleri ou Michel Bastos poderiam levar algum perigo ao Armani. Depois, Kardec deu alguma esperança na bola aérea. Nada suficiente para uma boa vitória.

O jogo tinha tudo pra terminar 0x0 até que Maicon fez a sua lambança. O zagueiro jamais poderia ter empurrado a cabeça do Borja. Arriscou, dançou. Se fosse o Lucão… Sorte que o garoto já está na Europa. Mauro Vigliano foi bem na partida mas pisou na expulsão. Não era para vermelho, ainda mais num jogo pegado de Libertadores. Até aí tudo bem, mas Maicon teve muito mais culpa que o árbitro argentino.

Postei outro dia sobre a compra do Maicon.

Pesquise no Blog.

Continuo pensando da mesma forma. Pelo momento, a negociação envolveu muito mais paixão que razão. A falta de elenco também contou na transação. Por isso pagaram tão caro. Lugano está mais para treinador que jogador, Caio sozinho seria desastre. Zaga com Denis, Bruno e Mena não é fácil. Os garotos da base tem qualidade, mas precisam de amadurecimento.

Agora é cair na real e trabalhar para voltar à Libertadores.

No início do ano, olhando o elenco, eu dizia que não voltaria pelo G-4.

Continuo achando que não, embora torcendo para que sim.

Pena que torcida não adianta, bom mesmo é ter elenco forte e equilibrado.