Arquivo da categoria: Messi

Incomparável!

Leia o post original por Craque Neto

Quando ouço gente defendendo o Neymar dizendo que ele tem todas as condições de ser um dia o melhor jogador do mundo, fico pensando que talvez ele tenha nascido na época errada. Aos 27 anos ele sofre há algum tempo a concorrência direta de dois grandes monstros que já tem um lugar reservado na história dos grandes craques do planeta bola. O que o argentino Messi e o português Cristiano Ronaldo têm feito na última década é algo inacreditável. Se revezam ano a ano na premiação da Fifa. Com exceção da última temporada, onde injustamente o CR7 não ganhou (ficou […]

O post Incomparável! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Opinião: Neymar dá motivos para mais rejeição ao monetizar desabafo

Leia o post original por Perrone

“Uma desculpa feita por um redator publicitário?”. A pergunta foi postada por Ewerton Moraes Sarmento na página da Gillette no Facebook. Ela dá a o tom do efeito contrário que a maneira como Neymar escolheu para fazer sua principal manifestação após a Copa do Mundo tem potencial para causar.

O comercial veiculado neste domingo em intervalo do “Fantástico” com o jogador narrando comentários sobre as críticas disparadas contra sua atuação no Mundial é repleto de brechas para quem pega no pé do atacante pegar mais ainda.

A principal delas é o fato de o astro da seleção brasileira monetizar até seu discurso sobre a queda (ou suas quedas) na Rússia. Grande parte dos torcedores que olham torto para Neymar o enxerga como quem coloca o dinheiro acima de tudo. Substituir declarações na zona mista depois da derrota por 2 a 1 para Bélgica por um ensaiado texto divulgado por um de seus patrocinadores, obviamente, não ajuda a apagar essa imagem.

“Trava de chuteira na panturrilha, joelhada na coluna, pisão no pé. Você pode achar que eu exagero. E, às vezes eu exagero mesmo. Mas a real é que que eu sofro dentro de campo”, diz trecho do discurso publicitário. E qual atacante não sofre? É a pergunta natural que se faz ao ouvir o desabafo. Prato cheio para quem acusa o craque do PSG de estar mais preocupado em se fazer de vítima do que em vitimar rivais com seu futebol refinado.

“Agora você não imagina o que eu passo fora dele (camp0)”, diz Neymar completando a afirmação anterior. Nesse ponto é como se ele passasse um marcador de texto nas palavras do coordenador da seleção brasileira, Edu Gaspar, responsáveis por irritar boa parte dos brasileiros. O cartola falou que “não é fácil ser Neymar” e que “chega a dar pena em alguns momentos porque o que esse menino sofre não é fácil”.

Agora imagine o trabalhador que já se prepara para dormir e levantar às 5h da manhã para pegar no batente na segunda-feira ouvir um dos jogadores mais bem pagos do planeta se queixar das durezas de sua vida. E isso ganhando dinheiro para falar. Não pode descer bem.

Se Neymar sofre com algo terrível fora de campo e que impede uma análise correta sobre seus atos, ele já deveria ter revelado o problema faz tempo. Mas, se entende ser algo estritamente pessoal, deve guardar para ele. Falar de maneira enigmática só confunde a opinião pública.

Na peça publicitária, o jogador também lembra o menino que existe dentro dele. Um dos argumentos de seus críticos é o de que ele ainda não amadureceu. Mais uma vez, as palavras escolhidas não o favorecem.

Neymar ainda afirma que demorou a aceitar as críticas. Como acreditar na sinceridade da declaração feita em um comercial?

Para encerrar, o atacante diz que você “pode jogar essas pedras fora e me ajudar a ficar de pé. E quando eu fico de pé, parça, o Brasil inteiro levanta comigo”. Nada poderia ser tão emblemático do que deixar para o encerramento o argumento que norteia sua família e seu estafe. O de que os brasileiros, incluindo os jornalistas, não devem criticar Neymar, mas sim apoiá-lo de maneira incondicional. Não faltaram nem os parças, também campeões de rejeição entre os que apontam o estilo de vida do jogador do PSG como obstáculo para ele alcançar Messi e Cristiano Ronaldo.

O conjunto da obra publicitária aproxima o atacante da figura intragável pintada nas redes sociais por “haters”. E o distancia do Neymar visto no hotel da seleção em Sochi. Um cara solícito diante dos fãs na maioria das vezes, que brincava com filhos de outros jogadores, convivia sem melindres com os jornalistas por lá hospedados e demonstrava preocupação em relação à família, em especial no tocante à irmã Rafaella. Ou seja, um sujeito muito mais cativante do que aquele que tentou conquistar consumidores no intervalo do “Fantástico”.

Argentina passou, mas preocupa

Leia o post original por Flavio Prado

A Argentina quase ficou fora da Copa do Mundo nas Eliminatórias, derrotou o Equador em Quito na última rodada com show de Messi e garantiu lugar na Rússia. Na fase de grupos da competição mais um sufoco, se garantiu nos últimos minutos do jogo contra a Nigéria. Para muitos são capítulos de uma história épica que pode ter um final feliz. Acho difícil que isso aconteça.

O futebol apresentado não é bom e não mostra sinais de evolução. Em algum momento, o time campeão precisa jogar bola, não tem como ganhar só na raça, na briga e na sorte.

O time tem Messi, isso é muita coisa, mas precisa ter o mínimo de jogo coletivo e isso praticamente inexiste.

O confronto com a França promete ser muito bom, os franceses não têm Messi, mas contam com uma maior quantidade de grandes jogadores do que a Argentina. Coletivamente os franceses oscilam muito.

Alma e coração!

Leia o post original por Craque Neto

Eu sempre fui um grande admirador do futebol argentino. Com todo o respeito ao Brasil, País pentacampeão na modalidade, que é e sempre será indiscutivelmente o grande celeiro de craques do mundo, nossos ‘hermanos’ tem um diferencial: jogam com o coração. Dão o sangue pela vitória! E essa classificação contra a Nigéria, com o gol do Rojo no finalzinho, foi uma prova muito clara do quanto esses caras se dedicam pela pátria. A verdade é que como Seleção a Argentina é uma verdadeira bagunça. O time tem uma defesa fraca e taticamente é desorganizado. Um amontoado de jogador correndo pra […]

O post Alma e coração! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Pelé em 3º como MELHOR da história? Atrás de argentinos???

Leia o post original por Craque Neto

A cada dia que passa fico impressionado com a ignorância das pessoas da imprensa mundial. Ou até mesmo falta de conhecimento, diga-se de passagem! Recentemente a conceituada (pra mim não!) revista inglesa ‘FourFourTwo’ publicou uma pesquisa polêmica enumerando os 100 maiores jogadores de futebol de todos os tempos. O eterno ‘Rei’ Pelé foi colocado em 3º lugar. É brincadeira??? Na frente dele colocaram os argentinos Maradona e Lionel Messi. Dá pra acreditar? Sinceramente! Como pode um jogador que fez mais de 1300 jogos com mais de 1200 gols na carreira, 37 títulos e 3 Copas do Mundo ficar atrás desses […]

O post Pelé em 3º como MELHOR da história? Atrás de argentinos??? apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Esse HEXA está bem mais fácil, hein?

Leia o post original por Craque Neto

Terminou a partida entre Portugal e Marrocos e só pra variar os europeus venceram por 1 a 0 com o gol do Cristiano Ronaldo. Com mais esse gol o craque se isolou na artilharia da Copa do Mundo com 4 gols. De quebra o resultado praticamente classificou os lusitanos para a próxima fase do Mundial da Rússia. E posso falar a verdade? A cada jogo que passa fico impressionado com a bola que esse cara joga. O poder de finalização dele é inacreditável! Está muito na frente dos jogadores da sua época. Tanto que não dá nem graça analisar os […]

O post Esse HEXA está bem mais fácil, hein? apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Guardiola esta distante de ser gênio como treinador!

Leia o post original por Nilson Cesar

Claro que Guardiola é um grande treinador mas esta distante de ser gênio. Não existe isso no futebol. Continuo entendendo que o treinador tem 20% de importância ou um pouquinho mais em uma equipe. Essa adoração com Guardiola acho um grande exagero. O atleta de futebol dentro de campo é que tem importância de verdade. Cobra-se muito o treinador e o atleta é poupado. Acho Guardiola muito bom sim, mas o fato é que sem Messi não ganhou uma Champions . Tem que ganhar. Vamos aguardar….