Arquivo da categoria: Neymar

Com ‘segunda chance’ para Griezmann, Braça faz torcedor pensar em Neymar

Leia o post original por Perrone

“A vida tem segundas oportunidades”. O tema do vídeo produzido pelo Barcelona para anunciar a contratação de Griezmann faz uma referência ao fato de no ano passado o francês ter recusado uma oferta catalã. Porém, para alguns torcedores do Barça, a frase soou como uma mensagem para Neymar, que também mereceria uma nova chance após trocar o ex-clube pelo PSG.

Mais do que essa associação de ideias, o slogan criado para o ex-jogador do Atlético de Madri gerou nos contas oficiais do clube no Twitter muitos pedidos e manifestações de apoio à eventual volta de Neymar. Mas também houve rejeição. Entre 306 comentários sobre o vídeo com Griezmann lidos por este blogueiro, 40 falavam do brasileiro. Destes, 30 pediam ou de alguma forma apoiavam seu retorno e 10 continham manifestações contrárias à sua contratação. A pesquisa foi feita nos perfis em espanhol e em inglês do Barça no Tiwtter.

“Neymar está tendo uma segunda chance?”, indagou um torcedor na conta em inglês. E uma torcedora emendou: “boa pergunta. Talvez o clube apenas tenha introduzido essa coisa de ‘segunda chance’ para nos preparar para Neymar”. Outro seguidor já havia escrito: “eles basicamente estão dizendo que vão dar uma segunda chance a Neymar agora”.

Nos comentários no perfil em inglês, entre 109 postagens verificadas pelo blog, 17 apoiavam o retorno do brasileiro e apenas três eram contrárias. As outras não citavam Neymar. Na versão em espanhol, o brasileiro, em atrito com o PSG, também levou vantagem. De 197 comentários abaixo do vídeo sobre chegada Griezmann checados pelo blog, 13 exibiam depoimentos a favor da contratação do brasileiro. Sete traziam posições contrárias.

“Deem a ele uma segunda segunda chance”, dizia uma das postagens acompanhada de um vídeo com belo drible de Neymar nos tempos de Barça. “Neymar também merece uma segunda chance”, “vem, Neymar”, e “anunciem Neymar” foram outras das mensagens de apoio à eventual volta do brasileiro.

Entre os que aproveitaram o tema para protestar contra a possibilidade de retorno do jogador da seleção de Tite, um torcedor postou montagem de Neymar com uma garrafa e dinheiro. Outros escreveram frases como “legal, mas mantenham Neymar longe” e “enquanto essa segunda oportunidade não chegar a Neymar, tudo bem”.

Ex-advogado de Najila responde a Neymar pai, e juiz arquiva caso

Leia o post original por Perrone

José Edgard Bueno, primeiro advogado de Najila Trindade (Crédito: Suamy Beydoun/AGIF)

José Edgard da Cunha Bueno Filho, primeiro advogado de Najila Trindade na acusação de estupro e agressão contra Neymar, e seus sócios num escritório de advocacia responderam à interpelação do pai do jogador na Justiça. Treze perguntas sobre a participação deles no episódio, incluindo questões sobre o relacionamento de Bueno com Mauro Naves, tinham sido feitas como parte de uma medida para eventuais ação penal e/ou indenizatória sob a acusação de difamação contra os advogados.

Nesta quinta (11), o juiz Ulisses Augusto Pascolati Júnior determinou o arquivamento dos autos após o autor tomar ciência, considerando prestadas as explicações pedidas por Neymar da Silva Santos na notificação. Nesses casos, é comum o caso ser arquivado depois de os interpelados responderem. Agora, cabe ao pai do astro do PSG decidir se entrará com ação por difamação contra os advogados ou não.

Leia mais:

Davi Tangerino, um dos advogados de Neymar pai, disse ao blog que está de férias, não sabe do andamento dos caso e por isso só poderá se manifestar quando retomar ao trabalho. Por meio de sua assessoria de imprensa, Bueno afirmou que não comentaria o assunto.

Bueno é acusado de tentar extorquir o Neymar mais velho para que Najila não apresentasse queixa contra seu filho. Ao negar essa acusação, o advogado escreveu em carta obtida pelo UOL Esporte que foi vítima de uma armadilha ao se reunir com representantes do jogador para tentar um acordo. Essa e outras declarações motivaram o pedido de explicações na Justiça.

Na resposta à interpelação, sem responder à cada indagação pontualmente, Bueno e seus sócios afirmaram que suas declarações só foram dadas para esclarecer a opinião pública sobre o encontro com representantes de Neymar diante do que chamam de ataque a suas honras, numa referência à acusação de extorsão. Ao mesmo tempo, afirmam que jamais tiveram a intenção de atingir a honra do pai do jogador.

Eles sustentam que a reunião, ocorrida num apartamento de Neymar pai em São Paulo, “teve por objetivo buscar, na via extrajudicial, acordo na esfera cível, acerca dos danos causados, segundo a narrativa” de Najila. Também alegam que queriam evitar eventual ação penal pública na França, onde teriam ocorrido o estupro e as agressões. Neymar nega ter cometido os crimes.

Na resposta, os ex-representantes da modelo também afirmam considerar judicialmente descabido o pedido de explicações feito por Neymar pai. Isso por inexistirem, segundo eles, frases ambíguas ou dúbias que ofendam a honra de Neymar pai e que demandariam esclarecimentos. “Não obstante o presente pedido de explicações pareça prestar-se somente para tentar constranger os interpelados com descabida distribuição de natureza criminal, esses são os esclarecimentos que cumpria aos interpelados responder”, diz o fim da resposta.

Bueno não respondeu se conhece Mauro Naves, demitido da Globo por seu envolvimento no episódio, e se conseguiu com o jornalista o telefone do pai de Neymar, como indica mensagem anexada à interpelação. O blog apurou que advogado e o ex-funcionário da emissora de TV são amigos de longa data.

Estafe de Neymar repete roteiro de 2017 ao negar desejo de mudança

Leia o post original por Perrone

Negar até o fim, mesmo diante de uma avalanche de evidências em outra direção. Assim agiu o estafe de Neymar em 2017 durante a novela que terminou com sua transferência do Barcelona para o PSG. Agora, os responsáveis por cuidar profissionalmente dele usam discurso semelhante nos bastidores para negar que o brasileiro está fazendo o caminho de volta. Isso apesar de todos os indícios de seu desejo em retornar para a Catalunha.

Enquanto a imprensa mundial noticiava que Neymar estava arrumando as malas para Paris, seu estafe ridicularizava as notícias. Afirmava que ele estava satisfeito no Barça e que não tinha interesse em sair. Outro argumento era de que o Paris Saint-Germain não teria como gastar 222 milhões de euros sem ter problemas com as regras de fair-play financeiro.

O discurso é semelhante agora. O estafe do jogador afirma que ele não tem motivos para deixar o PSG e até que o Barcelona não tem condições financeiras para contratá-lo. Como em 2017, critica os meios de comunicação que noticiam o possível retorno.

Nem a ausência do brasileiro no retorno do time parisiense aos trabalhos foi aceita como evidência de que ele quer deixar Paris. Com tranquilidade, seu estafe afirmou que foi combinado com o clube que ele voltaria apenas dia 15 por ter evento internacional anual em seu instituto e que seu empregador havia sido informado sobre isso. O comunicado do PSG anunciando que o brasileiro faltou e que medidas apropriadas seriam tomadas foi minimizado.

Nem o fato de o ex-jogador Leonardo, dirigente da agremiação francesa, falar abertamente que o Barcelona manteve contatos superficiais por Neymar, fez os responsáveis pela carreira do jogador mudarem seu discurso.

Tudo muito semelhante ao roteiro de quando o jogador rumou da Espanha para Paris. Naquela ocasião, em meio as negativas, de repente, veio a confirmação oficial da transferência. A diferença agora parece ser apenas o fato de não existir uma multa contratual fixada com antecedência para facilitar a saída. A situação é mais complexa e a tendência é que se arraste em meio a desmentidos do pessoal de Neymar.

Pelo que, Ney?

Leia o post original por Rica Perrone

Neymar não se apresentou ao PSG. Diz o clube que não sabia, ele que tinha avisado. Honestamente, tanto faz. Nos dois casos a probabilidade dele deixar seu terceiro cube pela porta dos fundos é real, e por mais que ele tenha seus argumentos e motivos, a história costuma omitir todos eles. Aos 27 anos Neymar…

Opinião: exposição de Bolsonaro na Copa América e com Neymar é desastrosa

Leia o post original por Perrone

Na opinião deste blogueiro, a proximidade exagerada com o presidente Jair Bolsonaro traz mais malefícios do que benefícios, pelo menos a curto prazo, para Conmebol, CBF e Neymar. Chega a ser desastrosa.

Começando pelo atacante, Cosme Araújo, advogado de Najila Trindade, que o acusa de estupro, reclama que a aparição pública do jogador ao lado do presidente na semifinal da Copa América foi uma forma de blindagem ao astro do PSG. E as demonstrações de proximidade entre eles têm sido frequentes.

Na prática o que Neymar ganha com isso? Pra mim nada além de dar brecha para dizerem que mostrar ter amizade com o presidente do Brasil é uma demonstração de poder no momento em que enfrenta uma acusação delicada. Claro que ele tem o direito de se relacionar e aparecer em público com quem quiser. Mas poderia entender melhor o momento e se preservar.

Em termos de Conmebol e CBF a resposta sobre os efeitos negativos da exposição exagerada de Bolsonaro na Copa América foi dada pela AFA. A federação argentina enviou carta para a entidade sul-americana reclamando da arbitragem na derrota por 2 a 0 para o Brasil, mas também de que teria havido manifestação política vetada até pela Fifa com a meia volta olímpica dada por Bolsonaro no gramado durante o intervalo do jogo.

E os argentinos têm autoridade para falar sobre os constrangimentos que podem causar o fato de o presidente de um país não se limitar às tribunas do estádio em um jogo decisivo. O livro “Fomos Campeões”, do argentino Ricardo Gotta, diz que antes do jogo entre Argentina e Peru na Copa de 1978, o general Videla, que comandava uma sangrenta ditatura no país sede do Mundial, foi ao vestiário dos peruanos. Lá discursou sobre a solidariedade entre os dois países. A Argentina precisava vencer por pelo menos quatro gols de diferença. Ganhou de 6 a 0 e tirou o Brasil da decisão, sendo campeã na final contra a Holanda.

Claro que há uma enorme diferença entre os gestos dos militares Videla e Bolsonaro. Porém, foi aberta a porta para os argentinos, eliminados pelo Brasil, reclamarem. Foi desnecessário. A voltinha ao redor do campo não vai fazer Bolsonaro ser mais popular entre os eleitores brasileiros. E nem representou alguma vantagem para a CBF ou para a Conmebol. Não de imediato, sei lá o que podem tentar costurar no futuro. Muito menos para a Copa América, que ganhou um item a mais na relação de queixas contra sua organização.

Teria sido melhor para todas as partes que Bolsonaro se limitasse a um comportamento institucional, como tantos presidentes em competições recebidas por seus países. Quase sempre eles se restringem à presença protocolar nas tribunas dos locais de competição.

Para o capitão também não vejo benefícios ao misturar sua imagem com a Copa América, torneio que tem sua organização tão criticada. E ainda mais depois de tantos casos sinistros envolvendo políticos e grandes eventos esportivos no país nos últimos anos. Se todos os envolvidos pararem para pensar, teremos uma presença mais discreta de Bolsonaro no Maracanã, se ele aparecer na final entre Brasil e Peru neste domingo (7).

Advogado insiste em acareação e diz que Najila não teme encarar Neymar

Leia o post original por Perrone

(Crédito: Nelson Almeida/AFP e Reprodução)

Cosme Araújo, o advogado de Najila Trindade, vai pedir para que a delegada Juliana Bussacos responda formalmente ao seu pedido de acareação entre Neymar e sua cliente, que acusa o jogador do PSG de estupro. O procedimento não é usual em casos de acusação do tipo (o jogador nega ter cometido o crime) para evitar constrangimentos à suposta vítima.

Como mostrou o UOL Esporte, a Polícia Civil decidiu não atender ao pedido, mas a delegada evitou descartar a medida por escrito. Assim, ela pode ser usada se aparecerem novos elementos que tornem o confronto de versões necessário. Mas porque o representante da modelo insiste na ideia? O que ele espera com uma eventual acareação?

Mais sobre o caso:

Polícia teria imagens de Neymar chegando a hotel em Paris

Araújo explicou ao blog que vai pedir uma resposta formal porque só soube da decisão da delegada por meio da imprensa. Para ele, pedir a acareação “é uma demonstração inequívoca de que Najila não tem receio de ficar frente a frente com uma pessoa tão famosa” (e que ela acusa de estupro e agressão).

Outro argumento é o de que se Najila não se sente constrangida em ficar diante de Neymar, a delegada não poderia ser acusada futuramente de constranger a modelo. Araújo alega que colocar um diante do outro pode “robustecer as evidências”, ajudando a polícia a solucionar o caso.

Mas como? “Seria possível observar a reação de cada um nas respostas, analisar a expressão corporal. Se alguém estiver mentindo, pode deixar transparecer. Nesses momentos, quem está mentindo pode entrar em contradição”, afirmou o advogado.

Na opinião dele, a acareação poderia esclarecer as diferenças entre os relatos dos dois sobre o episódio num quarto de hotel em Paris. Principalmente se Neymar usou camisinha, se Nagila pediu para que ele batesse em suas nádegas e se a relação foi consensual, como afirmou o jogador à polícia. A   modelo, por sua vez, sustenta que pediu para ele parar de bater e que não queria fazer sexo com o atleta porque ele não havia levado camisinha.

Nos bastidores, estafe de Neymar nega desejo dele de deixar o PSG

Leia o post original por Perrone

Neymar e seu pai ainda não se manifestaram publicamente sobre a possibilidade de o jogador deixar o PSG para retornar ao Barcelona. Porém, nos bastidores, o estafe do atleta diz não acreditar na saída do astro de Paris. E nega que ele tenha o desejo de sair de seu atual clube.

A negativa contraria o discurso de pessoas próximas ao jogador de que ele quer o retorno em busca de voltar a viver num ambiente no qual se sentia querido, cercado por pessoas nas quais confia, como mostrou e mantém o UOL Esporte.

O argumento do estafe é de que Neymar não tem motivos para estar insatisfeito na França. E que, como não há multa contratual nos acordos entre jogadores e equipes francesas, não adiantaria ele iniciar uma movimentação para bater em retirada. A tese é de que um eventual interessado teria que procurar o PSG antes de mais nada já que não há como pagar uma quantia determinada anteriormente e fazer a contração contra a vontade dos parisienses.

O alto valor que envolveria uma eventual transferência também é citado como fator complicador. O PSG pagou 222 milhões de euros (R$ 967,4 milhões atualmente) por Neymar.

Profissional que presta serviços para o Barcelona também disse ao blog dessa dificuldade. Porém, ao contrário da equipe que trabalha para o atleta, assegura que ele já deixou claro para o time francês que quer sair. E que os dois clubes conversam. No entanto, as duas diretorias negam as tratativas.

O que chama atenção nesse enredo é o fato de Neymar e seu pai, acostumados a se pronunciarem pelas redes sociais, não terem clicado nada até agora sobre o assunto.

 

Empresa comandada por pai de Neymar troca Santos por São Paulo

Leia o post original por Perrone

A sede da Neymar Sport e Marketing, comandada pelo pai do jogador, está de mudança de Santos por São Paulo. A inauguração do novo escritório está marcada para o próximo dia 10 no bairro da Liberdade. O endereço paulistano, porém, já aparece no site da Junta Comercial do Estado.

Uma das principais intenções da troca é facilitar a logística de parceiros internacionais, que desembarcam no aeroporto de Guarulhos e não mais precisarão seguir viagem até o litoral. Aproveitando a mudança, uma modernização das instalações foi realizada.

Em Santos continuarão funcionando a NN Consultoria e a N&N Administração de Bens, Participações e Investimentos, que fazem parte do grupo de empresas da família.

 

Empresa comandada por pai de Neymar troca Santos por São Paulo

Leia o post original por Perrone

A sede da Neymar Sport e Marketing, comandada pelo pai do jogador, está de mudança de Santos por São Paulo. A inauguração do novo escritório está marcada para o próximo dia 10 no bairro da Liberdade. O endereço paulistano, porém, já aparece no site da Junta Comercial do Estado.

Uma das principais intenções da troca é facilitar a logística de parceiros internacionais, que desembarcam no aeroporto de Guarulhos e não mais precisarão seguir viagem até o litoral. Aproveitando a mudança, uma modernização das instalações foi realizada.

Em Santos continuarão funcionando a NN Consultoria e a N&N Administração de Bens, Participações e Investimentos, que fazem parte do grupo de empresas da família.

 

Por que o Barcelona investiria uma fortuna em Neymar?

Leia o post original por Perrone

Este blogueiro perguntou a um profissional que presta serviços para o Barcelona e que tem bom trânsito na diretoria da agremiação “por que o clube espanhol estaria interessado em investir uma fortuna no brasileiro?” Isso sendo que desde que foi ao PSG ele não fez nada que claramente elevasse seu valor comercial. Citei como exemplo o fracasso em liderar o time em uma inédita conquista da Champions, que não veio, ajudar o Brasil a vencer a Copa da Rússia e suas seguidas contusões. Poderia ter dito ainda de seus problemas pessoais e do fato de não ter sido eleito o melhor do mundo.

A resposta dele, que acompanha de perto a movimentação que pode recolocar o astro do PSG na Catalunha foi rápida: porque o Barcelona avalia não ter um jogador do nível de Neymar na mesma posição. O raciocínio foi concluído com a afirmação de que Neymar é o melhor do mundo em sua posição.

O desejo de Messi e outros ex-companheiros em receber o brasileiro de volta também ajudam o clube espanhol a se interessar pelo negócio. Completa o cenário a informação que o Barcelona tem de que o brasileiro quer se mandar de Paris. Esse fato pode ser considerado como um trunfo catalão. De acordo com a mesma fonte, os clubes conversam, mas o negócio ainda é considerado difícil. Nenhuma das três partes envolvidas, no entanto, afirma terem sido iniciadas tratativas.

O vice-presidente do Barcelona, Jordi Cardoner, declarou na semana passada que o correto é afirmar que Neymar quer voltar, mas que o assunto não estava “em cima da mesa” no clube. O atleta, por sua vez, não fez manifestação oficial sobre o suposto desejo de retorno.

Vale lembrar dois pontos que tornam a negociação mais complexa do que outras do mesmo tamanho. Um é o fato de não existir multa rescisória nos contratos de atletas na França. Ou seja, não é possível pagar uma quantia estipulada previamente para contratar o jogador, independentemente da vontade da diretoria francesa. O PSG investiu 222 milhões de euros (R$ 967,4 milhões atuais) para tirar o brasileiro da Espanha.

Outra questão é uma ação na Justiça na qual Neymar cobra 43 milhões de euros (cerca de R$ 187,38 milhões em valores atuais) de seu ex-time. O valor se refere a uma parcela relativa à renovação de seu contrato em 2016. Quando o jogador foi para o PSG, o Barcelona suspendeu o pagamento sob a alegação de que o atleta só faria jus ao montante se cumprisse o  contrato até o fim.