Flamengo será o campeão carioca de 2020.

Leia o post original por Nilson Cesar

O Fluminense jogou com muita garra e mereceu o título da Taça Rio de 2020. Teremos agora 2 jogos para decidir o título do Rio de Janeiro . O Flamengo será o campeão na minha opinião . Tem um time bem melhor e no jogo de ontem jogou muito pouco do que pode . Só não pode achar que já ganhou . Humildade e aplicação total levará o Flamengo ao título . O Fluminense estava focado e mostrou ao Flamengo…

Fonte

Corinthians prepara balanço do primeiro semestre de 2020 com superávit

Leia o post original por Perrone

Depois de o clube fechar 2019 com déficit de cerca de R$ 177 milhões, a diretoria do Corinthians projeta o balanço do primeiro semestre de 2020 com superávit contábil, conforme apurou o blog. O documento está em fase final de elaboração. Porém, a quantia no azul é mantida em sigilo.

“Só o que posso dizer é que com a receita prevista para 2020 e com as vendas de jogadores que já foram feitas, o Corinthians vai ter um ano tranquilo”, disse ao blog Matias Antonio Romano de Ávila, diretor financeiro do alvinegro.

A declaração contrasta com as dificuldades financeiras enfrentadas pelo clube recentemente para pagar seus compromissos em dia.

Além disso, o Conselho Fiscal do clube recomendou as reprovações do balanço e das contas referentes ao ano passado.

A principal explicação para o superávit contábil previsto para os seis primeiros meses de 2020 é a receita esperada pela antecipação junto a um banco estrangeiro da quantia referente à venda do Pedrinho ao Benfica. Apesar de o dinheiro ainda não ter entrado na conta do Corinthians, ele já vai aparecer na contabilidade fechada em julho. Os cartolas alvinegros afirmam que o procedimento está correto porque o contrato com a previsão de recebimento do montante já está assinado.

Ou seja, ainda pode faltar dinheiro em caixa, apesar do resultado contábil positivo. Isso até o clube receber a quantia. Pedrinho foi vendido por 20 milhões de euros e o Corinthians detinha 70% dos direitos econômicos.

Outro fator apontado internamente para o esperado resultado positivo é o fato de salários de jogadores, comissão técnica e funcionários terem sido reduzidos durante o período de distanciamento social por conta do combate à covid-19. Vale lembrar que devido à pandemia o clube também enfrentou perda de receitas.

Outra justificativa dada nos bastidores para o cenário de superávit contábil é a saída de Vágner Love. O argumento é de que Jô, contratado em seu lugar, tem salário inferior.

Neste momento, o cálculo da diretoria é de que a dívida a curto prazo (que vence em até um ano) do clube é de R$ 239 milhões. Nesta conta, obviamente, não está o débito referente construção da Arena Corinthians.

E aí Bolsonaro, tá gostando do Fla x Flu nos Tribunais?

Leia o post original por Fernando Sampaio

A pergunta cabe também a você, leitor. O que você está achando desta confusão jurídica do Fla x Flu. Não por acaso, foi o assunto dos últimos posts. Era óbvio que a MP 984 levaria a discussão para os tribunais. Foi essa a intenção da Medida, por isso apelidamos de “Medida Picuinha”. Não bastasse a pandemia que tirou a torcida do clássico mais tradicional do futebol brasileiro…

Fonte

Com volta do Paulistão, Doria e cartolas reforçam “e daí?” de Bolsonaro

Leia o post original por Perrone

A decisão do Governo de São Paulo de permitir a retomada do Campeonato Paulista, sem público, a partir de 22 de julho, fortalece o “e daí?” dito pelo presidente Jair Bolsonaro, em abril, ao ser indagado sobre o recorde de mortes em 24 horas por covid-19 quebrado na ocasião.

Agora foi a vez de o governador João Doria dar mais um “e daí?” para a pandemia. Já tinha feito isso com seu programa de reabertura do comércio que provoca filas do lado de fora de shoppings e aglomeração em rua de comércio popular.

A maioria dos clubes paulistas havia dado a sua manifestação de desdém ao pressionar pela volta. Jogadores e funcionários infectados não fizeram os dirigentes criarem juízo.

Parece que na cabeça dos cartolas paulistas só uma frase martelava: “os cariocas já voltaram e vão chegar no Brasileiro melhor do que a gente”. Sinto cheiro de medo do Flamengo no ar. Pavor maior até do que em relação ao implacável novo coronavírus.

Aliás, a CBF também dá sua contribuição ao menosprezo pela ciência ao acenar com o início do Brasileirão em 8 de agosto .

Não é preciso gastar muitas linhas para explicar que não é a hora para se falar na volta o Campeonato Paulista. Basta lembrar que Doria decretou que os jogos só acontecerão nas cidades que estejam no que o governo classifica como fase amarela. A restrição demonstra que a situação não está controlada.

Quer outro dado? Nesta terça (7), o Ministério da Saúde divulgou 1.254  novos registros de óbitos por covid-19 nas 24h anteriores.

Tudo isso reafirma que cartolas e governantes não entenderam que quem está no comando, infelizmente, é o novo coronavírus, não eles.

Tenho dúvidas se o Palmeiras será a segunda força este ano !

Leia o post original por Nilson Cesar

O Palmeiras me parece com mais pé no chão para esta temporada de 2020. O Flamengo é a primeira força do futebol do Brasil e tenho muitas dúvidas se o Verdão será a segunda . Confirmando a saída de Dudu e outros jogadores a equipe irá enfraquecer tecnicamente . Resta esperar que tipo de reposição será feita . O Atlético MG promete vir forte. O Grêmio e Inter tem sua base. O São Paulo pode evoluir…

Fonte

Decisão obriga Santos a pagar cerca de R$ 153 mil para advogados de Neymar

Leia o post original por Perrone

A decisão do Tribunal Arbitral do Esporte (CAS) desfavorável ao Santos, determina também que o clube pague 27 mil francos suíços (aproximadamente R$ 152,9 mil) para cobrir as despesas do jogador e da empresa de sua família com advogados no caso.

São 20 mil francos suíços (cerca de R$ 113,2) mil referentes a honorários dos defensores de Neymar e 7 mil francos suíços (por volta de R$ 39,6 mil) para a defesa conjunta do atleta e da empresa familiar.

Nesta terça (7),  o Barcelona havia anunciado  que o CAS rejeitou pedido de indenização feito pelo Santos e condenou a agremiação brasileira a pagar 20 mil francos suíços para cobrir as despesas dos catalães com advogados.

O clube Brasileiro ainda terá que pagar as despesas do processo, estimadas em pelo menos cerca de 70 mil francos suíços (aproximadamente R$ 396,5 mil), conforme apurou o blog.

O Santos recorreu ao CAS após decisão da Fifa contra seu pedido para receber indenização R$ 61,2 milhões de euros alegando ter havido fraude na transferência de Neymar para o Barcelona com o objetivo de fazer com que o time brasileiro recebesse menos do que teria direito. O CAS também entendeu que a operação foi feita de maneira legal e rejeitou ainda pedido para aplicar sanções esportivas ao Barcelona.

No início do processo, o Santos pediu que Neymar fosse suspenso por 30 dias por supostas infrações às regras da Fifa na operação de transferência. Porém, no CAS, o clube brasileiro retirou o pedido.

Procurado pelo blog no início da tarde de terça-feira, José Carlos Peres, presidente do Santos, disse que o clube ainda não havia sido notificado sobre a decisão. Ele afirmou que só se manifestaria depois de receber a notificação.

Peres lembrou que a ação na Fifa foi movida pelo ex-presidente Modesto Roma Júnior, em 2015.  Porém, quem decidiu recorrer ao CAS foi o atual presidente. Ele afirmou que não tinha como deixar de recorrer por conta de suas responsabilidades como dirigente.

Segundo advogado ouvido pelo blog, o Santos não pode recorrer em relação ao mérito da disputa. Porém, se entender que houve falha processual pode ir ao Tribunal Federal Suíço.

A disputa era a de maior valor entre as que estavam tramitando no CAS. Com juros anuais, a quantia total chegava aproximadamente a 80 milhões de euros, conforme apurou o blog.

Internamente, o estafe de Neymar comemora a decisão como uma resposta aos que criticavam a forma como a transferência do jogador para o Barcelona foi conduzida.

 

Nelson Piquet nunca teve empatia com o torcedor brasileiro .

Leia o post original por Nilson Cesar

Ele nunca fez questão . Talvez por isso Nelson Piquet não conseguiu criar empatia com o torcedor brasileiro . Trata-se de um tri campeão mundial de fórmula 1 . Eu colocaria Piquet entre os dez melhores da história da fórmula 1. Ele nunca conseguiu ser um ídolo de verdade aqui no Brasil . Tem um reconhecimento por parte do público muito maior fora do Brasil . Sempre foi muito franco…

Fonte

Casares recebe apoio de outro ex-integrante da oposição são-paulina

Leia o post original por Perrone

Homero Bellintani Filho, conselheiro do São Paulo  Foto: Arquivo pessoal

Júlio Casares, candidato à presidência do São Paulo pelo grupo que se define como coalizão entre diferentes correntes políticas, ganhou o apoio de mais um ex-pré-candidato a presidir o Conselho Deliberativo pela oposição.

Homero Bellintani Filho, o Homerinho, afirmou ao blog que decidiu apoiar Casares e o candidato dele pra o conselho, Olten Ayres de Abreu Júnior.

“Minha decisão não tem a ver com qualquer tipo de mágoa. O projeto do grupo do Júlio é bom, e eu não conheço ainda o projeto da oposição, que ainda não definiu candidato. O pessoal da coalizão do Júlio vai assimilar itens do meu plano para o conselho e projetos para a diretoria executiva, para ajudar a enfrentar essa imensa dívida que está sendo herdada. Vou apoiar o Júlio por esses motivos. E também, porque não tive respaldo na oposição”, declarou Homerinho.

Ele desistiu de participar da convenção oposicionista para definir o candidato à presidência do conselho depois de o filho  do ex-presidente do clube Marcelo Portugal Gouvêa anunciar sua pré-candidatura.

José Roberto Ópice Blum, outro pré-candidato da oposição ao posto no conselho, também retirou seu nome da prévia e passou a apoiar Casares após Marcelinho Portugal Gouvêa entrar no páreo. O filho do ex-presidente passou a ser o único candidato da oposição à presidência do conselho.

Homerinho diz  que devolve para Olten Júnior oito votos que afirma ter tirado dele e que levará pelo menos mais oito, de seus aliados, para o grupo de Casares. Os presidentes do conselho e do clube serão eleitos pelos conselheiros no final do ano. A oposição ainda fará uma convenção para escolher seu candidato entre Marco Aurélio Cunha, Roberto Natel e Sylvio de Barros.

Abaixo, leia na íntegra texto que Homerinho enviou a conselheiros para explicar a decisão de apoiar Casares

“Vão dizer que mudei de lado, porém, meu único lado sempre foi e sempre será o SPFC. Vão dizer que fui para a situação, mas o que é a oposição se não um mesclado de antigos situacionistas e opositores ? O que é a dita situação, se não a mesma coisa?  Interessante esta eleição, os que dirão ao contrário , realmente faltarão com a cristalina verdade! Sempre fui independente , embarco neste sonho de ver um futuro melhor para a instituição, de saber que as pessoas que me aguardam me ouviram e me respeitaram. Levo na minha bagagem inúmeros companheiros, não vou sozinho, vou com aqueles que estavam em meu barco, diversos independentes como eu,  para realizar este sonho de ver o SPFC novamente protagonista e vanguardista, devolvo os 8 votos que tinha da coalizão de Júlio Casares, na minha candidatura.  Vou consciente de que o plano de governo é muito bom e que serão assimilados itens de meu plano, para o conselho e nossos projetos que serão incorporados, para ajudar nossas cores a enfrentar a imensa divida que será herdada! Levo comigo a vontade de muito trabalho, o mesmo trabalho de mais de 55 anos,  de muita luta, o mesmo trabalho que os grandes mestres do passado me ensinaram e que incorporei no meu dia a dia! Uma vida de amor dedicada ao SPFC! 

Minha decisão nada tem a ver com mágoas ou qualquer tipo de outra coisa, para os que dirão ao contrário, não dimensionaram ainda que eu tinha a eleição ganha e desdenharam, minha dignidade é maior que qualquer candidatura, nunca tive vaidades pelo poder efêmero. Minha decisão simplesmente se deve à minha crença e fé em minha bandeira, que ajudei a hastear com 6 anos de idade, ao plantar o Ipê no terreno do Morumbi. Hoje estou plantando outro e que nunca me falte entusiasmo para continuar cumprir o que estabeleci como meta e abracei como missão de vida. Salve sempre e eternamente  o SPFC !”

 

Ex-presidente do São Paulo vai coordenar campanha de Casares

Leia o post original por Perrone

José Eduardo Mesquita Pimenta, ex-presidente do São Paulo, foi escolhido neste domingo (5), para ocupar o cargo de coordenador-geral da chapa que tem Júlio Casares como candidato à presidência do clube em eleição prevista para o final do ano.

A escolha aumenta o tom de pluralidade do grupo, que rejeita o rótulo de situacionista e se define como una coalizão de diferentes correntes políticas. Isso porque Pimenta foi candidato de oposição contra Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, que venceu a eleição de 2017. Atualmente, o ex-presidente tricolor preside o Conselho Consultivo do clube.

Casares enfrentará o candidato do grupo que se define como oposição e que ainda não apontou um nome. Marco Aurélio Cunha, Roberto Natel e Sylvio de Barros disputarão uma prévia.

Esquema Mengão gera confusão

Leia o post original por Fernando Sampaio

Durante anos, acompanhei futebol na Globo, Record, Bandeirantes, Cultura… Antigamente, não existia só uma emissora aberta transmitindo o futebol. Trabalhei na TV Record, fui câmera e diretor de TV de inúmeras transmissões. Nossa equipe e a equipe da Band eram as melhores do esporte. Naquela época, a Globo não valorizava muito o futebol na sua grade de programação. Mas, os tempos mudaram.

Fonte