Arquivo da categoria: Pedrinho

Taças e mulheres

Leia o post original por Rica Perrone

O Fluminense estava apaixonado. O Corinthians interessado. Elas nunca dão bola pra quem as supervaloriza. Preferem aquele que é capaz de dizer que “nem queriam mesmo” do que os braços de quem não a negaria jamais. São assim. Sempre foram. Parecem escolher pela postura. Tem que desejar com uma dose de merecimento. Não pode parecer…

Irritantemente retranqueiro e ‘vencedor’!

Leia o post original por Craque Neto 10

Apesar do torcedor do Fluminense comparecer em bom número no Maracanã, o time carioca que estreava o técnico Oswaldo de Oliveira sofria para penetrar na forte defesa do Corinthians. Na etapa inicial apenas um bom chute do Nenê que o Cássio, como sempre, defendeu com categoria. De resto o Timão ficou mais com a bola e criou mais chances ofensivas. A verdade é que o sempre conhecido excesso de cautela (pra não dizer retranca) da equipe do Carille foi substituído por uma forma um pouco mais rápida e agressiva de jogar. Do jeito que deve ser. Os paulistas pressionaram e […]

O post Irritantemente retranqueiro e 'vencedor'! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Pedrinho perto do adeus! Foi mal aproveitado???

Leia o post original por Craque Neto 10

Tive a informação de que o meia Pedrinho, hoje estrela desse time do Corinthians, está bem perto de definir um acordo com o Borussia Dortmund da Alemanha. Ele vem sendo observado há um bom tempo pelos europeus e o empresário dele já estaria inclusive alinhando a conversa com a diretoria do Timão. O jogador tem contrato com o alvinegro até dezembro de 2020 com multa contratual fixada em 50 milhões de euros (aproximadamente R$ 225 milhões). O clube é dono de 70% dos direitos econômicos. Ou seja, caso o negócio se concretize o Timão receberia uma bela grana. A discussão […]

O post Pedrinho perto do adeus! Foi mal aproveitado??? apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Pedrinho e Antony vivem situações semelhantes em janela de transferências

Leia o post original por Perrone

Revelações de Corinthians e São Paulo, Pedrinho e Antony vivem situações semelhantes na atual janela europeia de transferências. Ambos são sondados por clubes europeus, seus times fazem jogo duro e assustam interessados, mas, mesmo assim, não é possível cravar a permanência deles até o encerramento do período de negociações.

A direção corintiana sinalizou ao mercado que não conversará sobre Pedrinho por menos de 35 milhões de euros (aproximadamente R$ 147,59 milhões). Já os são-paulinos anunciaram que recentemente recusaram oferta de 20 milhões de euros (cerca de R$ 84,3 milhões) por Antony sem revelar o pretendente. O blog apurou que se tratava do Manchester City numa parceria com o Sporting, onde ele atuaria por pelo menos uma temporada.

No caso de Pedrinho, conforme a apuração do blog, o Monaco é um dos que ficaram interessados e se assustaram com o valor idealizado no Parque São Jorge sem chegar a apresentar oferta oficial. No entanto, o estafe do atleta acredita que ainda pode chegar algo próximo do que o Corinthians quer.

Neste momento, há pelo menos três empresários tentando a colocação do jogador formado pelo Corinthians no mercado europeu. As atuações do meia-atacante pela seleção brasileira campeã do Torneio de Toulon são usadas como trunfo para tentar superar o “sarrafo alto” colocado pelo alvinegro.

Em relação a Antony também ainda há clubes que o monitoram. A observação mais antiga é feita pelo Ajax. No episódio envolvendo City e Sporting o atleta evitou forçar a barra para sair. Demonstrou entender que seria difícil para a diretoria se desfazer de mais um jovem talento enquanto a torcida cobra fortemente a conquista de um título. Ele também entendeu que pode se destacar ainda mais pelo São Paulo e conseguir uma transferência melhor.

Tudo isso não significa que Antony está garantido no Morumbi até o final do ano. Vai depender de como o mercado europeu digeriu a recusa dos são-paulinos por uma oferta que poderia chegar a 25 milhões de euros  (por volta de R$ 105,42 milhões) levando-se em conta bônus por desempenho.

No estafe do jogador, apesar de o discurso também ser de não pedir a venda de Antony, o entendimento é de ser possível que até o final da janela apareça oferta maior.

Antony e Pedrinho têm em comum o valor das multas rescisórias estipuladas em seus contratos. Ambas foram fixadas em 50 milhões de euros (aproximadamente R$ 210,84 milhões).

Corinthians sinaliza não falar sobre Pedrinho por menos de 35 mi de euros

Leia o post original por Perrone

As boas atuações de Pedrinho pela seleção brasileira sub-23, campeã do Torneio de Toulon, reascenderam sondagens de times europeus pelo jogador corintiano. A diretoria alvinegra sinalizou ao estafe do jogador que não aceita conversar por uma quantia inferior a aproximadamente 35 milhões de euros (cerca de R$ 149,29 milhões). Publicamente, o clube não coloca preço para uma eventual venda.

De acordo com dois agentes que tiveram acesso às sondagens, o valor exigido pelos corintianos tem dificultado a evolução de interesses. Até a última segunda (8) nenhuma proposta oficial havia chegado ao alvinegro.

Pedrinho tem contrato até dezembro de 2020 com multa rescisória de 50 milhões de euros (R$ 213,28 milhões). O Corinthians é dono de 70% dos direitos econômicos. O restante pertence à empresa de Will Dantas, agente do jogador e que tem uma parceria nesse caso com o empresário Giuliano Bertolucci.

Apesar da dificuldade, no entorno do atleta há quem acredite que ele pode ser negociado na atual janela de transferências da Europa.

Estafe de Pedrinho vê Borussia Dortmund retomar interesse em contratação

Leia o post original por Perrone

Foto: Marcello Zambrana/AGIF

Representantes do Borussia Dortmund voltaram a sinalizar o desejo de contar com Pedrinho, de acordo com duas pessoas próximas ao jogador. A informação é de que o estafe do corintiano foi informado de que há o interesse do clube alemão em apresentar uma proposta para que ele seja contratado na próxima janela de transferências para Europa. Porém, nenhuma negociação foi iniciada neste momento, e o Corinthians não foi procurado para  conversar sobre o assunto.

Dirigentes do Borussia chegaram a se reunir com Pedrinho no ano passado, depois da queda do clube paulista diante do Cruzeiro na final da Copa do Brasil. Eles apresentaram um projeto para o meia-atacante, mas o negócio acabou não avançando.

Entre quem trabalha com o jogador há a expectativa de que eventuais boas atuações dele pela seleção olímpica no Torneio de Toulon, em junho, chamem a atenção de outros clubes europeus.

Existe também a esperança de que o técnico André Jardine aproveite o corintiano pelo meio, não pela beirada, como ele é mais escalado no Corinthians. O estafe do atleta entende que Pedrinho rende melhor como armador.

O jogador tem contrato com o alvinegro até dezembro de 2020 com multa contratual fixada em 50 milhões de euros (aproximadamente R$ 225 milhões). O clube é dono de 70% dos direitos econômicos.

Opinião: cinco lições deixadas pela quinta rodada do Brasileirão

Leia o post original por Perrone

1 – Dudu é o melhor jogador do Brasileirão – Neste momento, ninguém supera o palmeirense. Ele é mais decisivo e regular do que seus concorrentes.

2 – Pedrinho pode ser a solução para melhorar criação do Corinthians – Contra o Athlético ele entrou no lugar de Jadson, num momento delicado para o alvinegro e deu conta do recado. Mostrou visão de jogo e precisão para servir companheiros, além de fazer um gol. Carille deveria experimentá-lo mais vezes como principal armador do time, que sofre tanto para criar jogadas.

3  – Felipe Melo não muda – Jogando bem e com o Palmeiras passeando em campo, o volante foi agressivo em discussão com  o santista Jean Mota e  levou amarelo. Na saída de campo, após a vitória de sua equipe por 3 a 0, voltou com o velho papo de que o futebol está chato, cheio de mimi e não assumiu o erro. Está cansativa essa história.

4  – Passou da hora de Renato Gaúcho acordar o Grêmio – A penúltima colocação no Brasileirão não pode mais ser considerada como um efeito colateral momentâneo para quem prioriza a Libertadores. Terminar a quinta rodada nesta posição significa que o treinador gremista precisa fazer a equipe responder rapidamente. Tem muito campeonato pela frente, mas demorar para reagir pode criar uma perigosa bola de neve.

5 – Sidão tem poder de reação – O goleiro do Vasco entrou pressionado no jogo contra o Avaí (1 a 1), depois de suas falhas contra na derrota por 3 a 0 para o Santos e de passar pela constrangedora situação de receber o prêmio de carque do jogo. Ele provou em campo, com uma atuação segura, fazendo importantes defesas, que se recuperou rapidamente do golpe.

Laboratório da CBF ARREBENTA com clubes brasileiros!

Leia o post original por Craque Neto

Nunca algo é tão ruim que não possa piorar. Nesta quarta (15) o técnico André Jardine (ex-São Paulo) divulgou a lista de convocados para o Torneio de Toulon, que será disputado entre os dias 1º e 15 de junho, na França, e servirá como uma espécie de preparação para a Seleção Olímpica. No grupo ele incluiu nomes de alguns jogadores que atuam no futebol brasileiro – o que me surpreendeu, diga-se de passagem!-, como por exemplo os meias corintianos Pedrinho e Mateus Vital, além dos atacantes Pedro, do Fluminense; e Antony do São Paulo. Em primeiro lugar me causa estranheza a […]

O post Laboratório da CBF ARREBENTA com clubes brasileiros! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Posicionamento de Pedrinho vira desafio para Carille

Leia o post original por Perrone

De volta ao Corinthians, Fábio Carille terá Pedrinho como um de seus principais desafios, desde que o jogador não seja negociado antes do início da temporada.

No entorno do atleta, o treinador é avaliado como alguém que não soube explorar as principais características da revelação alvinegra.

A principal crítica é pelo fato de Pedrinho ser escalado como ponta direita. Na base ele atuava pelo meio, numa função mais próxima à de um meia-atacante, servindo  seus companheiros constantemente. Pedrinho continuou sendo usado pelo lado após a saída de Carille.

No estafe do jogador existe a convicção de que atuar centralizado é fundamental para que ele decole.

A avaliação é de que se Carille insistir com Pedrinho pela ponta, a carreira do jovem correrá risco de sofrer atraso em termos de evolução. Automaticamente, o Corinthians veria sua principal revelação atualmente não se valorizar no mercado como esperado.

Nesse cenário, as decisões do treinador em relação a Pedrinho terão impacto no clube além do campo de jogo.

 

De olho em Pedrinho, Borussia planeja deixar atleta até 3 meses sem jogar

Leia o post original por Perrone

Interessado em Pedrinho, o Borussia Dortmund tem um projeto para deixar o jogador entre dois e três meses praticamente sem atuar, caso a contratação do corintiano se concretize.

Nesse período, o meia-atacante faria trabalhos físicos para ganhar massa muscular. O plano foi apresentado para o atleta e seu estafe na reunião que tiveram no dia seguinte à final da Copa do Brasil, vencida pelo Cruzeiro. Ainda de acordo com o discurso dos alemães, Pedrinho ganharia força sem perder velocidade.

A ideia agradou a Will Dantas, empresário do meia-atacante. A avaliação é de que o clube teria paciência com o brasileiro para que ele pudesse estrear mais forte. Não há receio de o jovem perder ritmo de jogo.

Esse planejamento, em tese, encerra a chance de o Borussia adquirir Pedrinho e permitir que ele fique no Corinthians até a janela europeia de transferências no meio do ano.

Apesar do minucioso plano apresentado para Pedrinho, o Borussia não voltou a se reunir com o representante do atleta e nem informou a ele se está em negociação com o alvinegro.

Tal situação frustra a expectativa do estafe do meia-atacante, que apostava numa rápida investida dos alemães para levar o jogador.

Leia também:

Pedrinho admite interesse do Dortmund, mas diz que fica no Corinthians

Clubes interessados em Pedrinho ficam longe de valor que anime Corinthians