Arquivo da categoria: Penapolense

Juiz vê indício de conluio em caso com Corinthians, Penapolense e agentes

Leia o post original por Perrone

Com Pedro Lopes, do UOL em São Paulo

O Juiz Paulo Guilherme Amaral Toledo, da 1ª Vara Cível de São Paulo, vê indícios de conluio na operação de compra de Marlone envolvendo Corinthians, Penapolense e empresários em 2015. O imbróglio é objeto de uma ação de cobrança avaliada em cerca de R$ 2,1 milhões, movida pela Penapolense contra o Corinthians, alegando calote no pagamento de parte do valor da transferência do jogador.

O caso começou simples: a Penapolense acionou o Corinthians na Justiça, alegando falta de pagamento de parte dos valores da contratação – Marlone estava registrado pelo clube do interior de São Paulo quando a operação aconteceu. Uma série de terceiros, entretanto, com os quais a Penapolense tinha dívidas trabalhistas, peticionaram no processo e conseguiram penhorar parte expressiva dos valores que viessem a ser pagos pelo alvinegro.

Investidores entraram na ação afirmando que eram eles, e não a Penapolense, os verdadeiros detentores dos direitos econômicos de Marlone, e a quem o Corinthians deveria pagar os R$ 2,1 milhões. São eles Fernando Garcia, por meio da empresa Luis Fernando Assessoria Esportiva, a GT Sports Assessoria Esportiva e o empresário Marcus Vinicius Sanchez Secundino. Embora seja a autora da ação, a Penapolense não contestou a alegação.

Desde maio de 2015 investidores estão proibidos, no Brasil, de serem detentores de direitos econômicos de jogadores, mas os contratos anteriores à proibição ainda são válidos. Os investidores alegam que adquiriram os direitos de Marlone antes da proibição. Fernando Garcia tem influência na Penapolense, e muitos de seus clientes passam pelos registros do clube do interior.

O UOL Esporte apurou que os investidores teriam registrado o jogador como forma de mantê-lo vinculado a um clube e não correr o risco de perderem o investimento feito no atleta. O Corinthians, na ação judicial, alega que não pagou por estar com problemas de caixa em virtude da pandemia do novo coronavírus e por aguardar a definição se deve pagar aos empresários ou à Penapolense.

O juiz responsável pelo caso, entretanto, não aceitou as alegações. Na última decisão, desta semana, Paulo Guilherme Amaral Toledo determinou que o Corinthians pague a dívida, e ameaçou abrir um inquérito criminal por desobediência. O magistrado também questiona a postura da Penapolense: “manifeste-se o exequente PENAPOLENSE quanto ao prosseguimento da cobrança. Sob pena de reconhecimento de CONLUIO com o executado CORINTHIANS e também aplicação ao exequente PENAPOLENSE da MULTA por ato atentatório à dignidade da justiça (“atempt of Court”) prevista no CPC 77, §1º, considerando que faz quase UM ANO que o CORINTHIANS está confessadamente inadimplente em relação ao acordo de fl. 120/122, em valor expressivo de mais de R$2.100.000”. A decisão ainda exige que o clube do interior explique porque não adota medidas contundentes para cobrar o Corinthians.

Procurado pela reportagem, o advogado da Penapolense, Aldo Giovani Kurle, afirmou que não poderia comentar o processo em andamento.

Procurado, Fernando do Garcia disse não saber sobre o processo e sugeriu que a reportagem procurasse o Corinthians. Por sua vez, o clube afirmou, por meio de seu departamento de comunicação, que prefere não se pronunciar por se tratar de uma ação que envolve terceiros.

Vale lembrar que Fernando Garcia é ex-conselheiro do Corinthians e irmão de Paulo Garcia, provável candidato à presidência do clube no final do ano.

Integrantes da oposição alvinegra questionam o fato de Fernando ter longo histórico de negociações com o Corinthians desde a primeira passagem de Andrés pela presidência. O empresário é amigo do atual presidente.

A mídia só divulga o que interessa… Força Claudemir!

Leia o post original por Craque Neto

Não há dúvidas de que a tragédia com o filho do técnico Abel Braga, João Pedro, comoveu o País e principalmente o mundo do futebol. Homenagens existiram aos montes para o Abelão, que realmente é um cara humilde e totalmente do bem. Tanto é que no primeiro jogo após o ocorrido a torcida do Sport aplaudiu de pé na Ilha do Retiro a força desse profissional que além de tudo é extremamente competente no que faz. Técnico consagrado campeão da Libertadores e do Mundial de Clubes com o Internacional. Monstro! Só que no mesmo final de semana, em um acidente […]

O post A mídia só divulga o que interessa… Força Claudemir! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Paulista chega à final após ter ao menos 13 casos de polícia com torcedores

Leia o post original por Perrone

A julgar pela quantidade de ocorrências de violência registradas durante o Campeonato Paulista, as autoridades de segurança pública devem estar aliviadas com uma final sem clássicos, entre Santos e Ituano.

Se bem que a torcida do litoral é acusada de brigar até em jogo com time do interior, como afirma a diretoria do Penapolense. Os alvinegros são acusados de invadir o camarote em que cartolas de Penápoles estavam com familiares na semifinal do último domingo, na Vila Belmiro.

Os santistas estão entre os torcedores que mais se envolveram em confusões ao longo da competição. De acordo com levantamento do blog, foram ao menos 13 registros de brigas e confusões envolvendo torcedores de diferentes agremiações desde o início do Paulista, em 18 de janeiro.

Além do caso diante do Penapolense, os seguidores do clube do litoral brigaram com palmeirenses em Santos, fora da Vila, no dia do clássico entre os dois times no final da primeira fase e lutaram na estrada com torcedores do São Paulo, antes de as equipes se enfrentarem  no Morumbi. No mesmo dia, um membro da Torcida Jovem santista morreu numa emboscada armada por torcedores com a camisa do Tricolor.

A torcida do São Paulo também teve vítimas. Após a eliminação nas quartas-de-final, diante do Penaplense, três são-paulinos foram agredidos em frente à estação Luz do metrô. Os agressores não foram identificados.

Os corintianos aparecem como protagonistas em pelo menos três casos: invasão do CT do clube após a goleada para o Santos, briga com a PM no jogo contra o Bragantino depois que torcedores organizados hostilizaram quem cantava para apoiar o time e outro tumulto com a PM do lado de fora do Pacaembu, no duelo com o Palmeiras, com um integrante da Gaviões da Fiel detido.

No mesmo clássico, um policial civil, que seria segurança de Valdivia, exibiu uma arma dentro do estádio ao deter um corintiano acusado de ofendê-lo, sem saber que o desafeto era da polícia. Antes dessa partida, sete integrantes da Mancha Alviverde foram detidos portando “instrumentos usados para a prática de violência”, segundo a PM.

Os palmeirenses têm aterrorizado os dirigentes do próprio time, desde que as organizadas perderam benefícios, como receber ingressos para vender em suas sedes.  O escritório que vende bilhetes para o programa de sócio-torcedor do clube foi alvo de vandalismo durante a comercialização de entradas para o jogo com o Santos. Em outro episódio, um palmeirense, ligado a grupo político alinhado com a diretoria, foi agredido por torcedores do time na saída da Vila Belmiro.

O vandalismo contra o próprio clube não foi só por parte de palmeirenses e corintianos. A Mancha Alvi Negra, do Comercial de Ribeirão Preto, foi acusada de tentar invadir o vestiário de sua equipe após derrota em casa para o Rio Claro, por 2 a 1, e acabou suspensa pela Federação Paulista. Punição, aliás, que tem se mostrado ineficiente no combate aos vândalos.

Santos liberará imagens de invasores que ameaçaram Penapolense

Leia o post original por blogdoboleiro

O presidente do Santos, Odílio Rodrigues, anunciou nesta segunda-feira (31) que vai liberar as imagens do circuito interno da Vila Belmiro para a Federação Paulista de Futebol (FPF) e Polícia Militar. Elas mostram a ação de torcedores que invadiram o camarote dos visitantes no intervalo do jogo entre Santos e Penapolense, no último domingo. 
 
Lá estavam o presidente do time do interior, Nilso Moreira, e integrantes da diretoria do clube. Eles foram pressionados e viram os santistas invasores quebrarem mesas e cadeiras da sala durante a partida, quando o Santos perdia por 2 x 1. 
 
Nilso protestou logo depois da partida: “Alguém poderia morrer nisso. Quero uma posição do presidente do Santos”. 
 
Nesta segunda-feira, Odílio disse ao Blog do Boleiro que telefonou ao colega da Penapolense para prestar solidariedade. “O Santos não compactua com esse tipo de torcedor, que são bandidos e elementos que devem ser punidos. Pedi para prepararem as imagens e vamos entregar a Polícia e à Federação”, afirmou o santista.
 
O dirigente garantiu que o sistema de captação de imagens da Vila Belmiro está funcionando perfeitamente. “Lá está tudo certo, está tudo direito”, declarou. 
 
Vale lembrar que o Corinthians não conseguiu ceder à Polícia de São Paulo as imagens completas da invasão de torcedores no CT do Clube no Parque Ecológico.
 

Sobrou para o Santos o que faltou para o Palmeiras

Leia o post original por Quartarollo

O goleiro Bruno entrou no intervalo no lugar do contundido Fernando Prass e acabou tomando o gol de Marcelinho, aos 38 do segundo tempo, que classificou o Ituano para as finais do Paulista. Bruno saiu de campo dizendo que o … Continuar lendo

No sufoco, Santos bate o valente Penapolense e se aproxima do título do Campeonato Paulista; Palmeiras dá vexame em casa e é eliminado pelo Ituano; Vasco elimina o Flu e pega o Flamengo na decisão do Carioca; e no Gauchão, o Inter larga na frente do Grêmio!

Leia o post original por Milton Neves

PLACAR CERTO

Santos 3 x 2 Penapolense

Contanto muito mais com a sorte do que com o juízo, o Santos chegou à decisão do Campeonato Paulista-2014.

Mas, honestamente, que verdadeiro jogaço fizeram o Peixe e o Penapolense na Vila Belmiro!

Fosse o São Paulo nessa semifinal, o Santos teria muito menos trabalho e chegaria à final com muito mais tranquilidade.

E, apesar do triunfo santista, é preciso tirar o chapéu para Narciso, meus amigos.

O que ele fez com esse valente time do Penapolense no Paulistão deste ano ficará marcado na história.

Que ele tenha muita saúde e siga tendo sucesso em sua carreira como técnico!

Ele merece!

E quem merece parabéns também é Oswaldo de Oliveira, que faz um grande primeiro semestre na Vila e acertou em todas as alterações que fez hoje.

Palmeiras 0 x 1 Ituano

A zebra, que quase deu as caras na Vila Belmiro, resolveu aparecer no Pacaembu.

Que vexame, Verdão…

Um time grande como o Palmeiras não pode ser eliminado do Campeonato Paulista pelo Ituano. E ainda mais jogando em casa, não é verdade?

Seria isso a maldição do centenário?

Centenário que, pelo visto, será igual ao do Corinthians: centerNADA!

Agora a situação ficou difícil para o Gilson Kleina.

E se ele cair, quem deveria assumir o Verdão?

centenada

Vasco 1 x 0 Fluminese

Já no Maracanã, o Vasco superou o Fluminense e será o adversário do Flamengo na final do Carioca.

“Será que tá pintando mais um vice por aí?”, cochicha o maldoso Neto nos estúdios da Bandeirantes.

Quanta maldade!

Grêmio 1 x 2 Internacional

E, mesmo jogando fora de casa, o Inter saiu na frente do Grêmio na final do Campeonato Gaúcho.

E olha que foi de virada, hein?

Agora, pelo resto da semana, os gremistas vão estorvar com esse papo de “Importal”.

Mas todo mundo sabe que o Tricolor gaúcho é o imortal que mais morre no mundo!

Atlético-MG 1 x 1 América-MG

Já em Minas, o Atlético-MG, mesmo priorizando a Libertadores, conseguiu se classificar para a final do Campeonato Mineiro.

A decisão será contra o Cruzeiro.

Não preciso nem falar que esse título já é da Massa, né?

Opine!

Tribunal explica e confude a minha pobre cabeça…

Leia o post original por Wanderley Nogueira

Registro - Mateus IndioProcesso 241-14 – Despacho – CA.Penapolense

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DESPORTIVA

DO FUTEBOL DO ESTADO DE SÃO PAULO

LEI Nº 9.615 DE 24.03.1998.

Processo 241/14

Comunicação de irregularidade do atleta do CA.Penapolense

Matheus da Cunha Gomes.

DESPACHO

CONSIDERANDO que o mencionado jogador, teria sido escalado de forma irregular na partida contra o Ituano FC., na 15ª rodada do Campeonato Paulista – Séria A-1, por força de antecipação de tutela, concedida pela 1ª Instância do TRT do Rio de Janeiro “29ª Vara do Trabalho”;

CONSIDERANDO que essa decisão foi reformada na data de 26.03.2014, pela 2ª Instância do mesmo Tribunal, sustando os efeitos daquela decisão.

CONSIDERANDO que mesmo com essa nova decisão, permanece, em tese, perante o CBJD, a irregularidade da escalação ocorrida na vigência da decisão de 1ª Instância;

CONSIDERANDO que mesmo sendo julgado culpado, o clube, pela escalação do jogador, perderia no máximo três pontos de seu ativo, de acordo com o artigo 214 do CBJD, fato este que não interferiria na classificação do CA.Penapolense, no Campeonato Paulista e via de consequência não impediria a continuidade do mesmo.

DETERMINO. O encaminhamento do presente à Procuradoria de Justiça Desportiva, para as providências julgadas cabíveis.

São Paulo, 28 de março de 2014.

Mauro Marcelo de Lima e Silva

Presidente

“Com todo respeito presidente, quando o jogador atuou contra o Corinthians, estava valendo uma sentença do Tribunal Regional do Trabalho, considerando o atleta vinculado ao Vasco da Gama. E isso constava também no Bid da CBF, que deixa claro por qual clube ele estava inscrito. A Justiça Esportiva considerou o “Caso Lusa” valendo à partir do momento da sentença… e agora a Justiça Esportiva entende que isso não vale para o ‘Caso Penapolense”? WN

Jogador irregular apavora a Federação Paulista

Leia o post original por Wanderley Nogueira

PenapolenseCaso Penapolense deixa a FPF assustada e pode ajudar a Portuguesa de Desportos.

Vamos aos fatos: lembram todos que a Justiça Esportiva afirmou: ” assim que o julgamento terminou no Rio de Janeiro, a Lusa já estava punida e a punição valendo à partir daquele momento”.

E a Lusa dizendo que só poderia considerar-se punida, após a publicação da sentença.

Não valeram os apelos da Lusa e o STJD reafirmou a sua decisão.

E os membros do tribunal deram como exemplo a Justiça do Trabalho : ” Lá é assim. Acabou o julgamento, já está valendo” .

Pois bem, agora vamos ao Caso Penapolense.

O jogador Índio foi reintegrado ao Vasco da Gama com sentença proferida no dia 14/3.

A publicação foi feita no dia 17/3 pelo Tribunal Regional do Trabalho, 1a. Região, Rio de Janeiro.

Mas, no dia 16/3 o jogador atuou pela Penapolense contra o Corinthians.

Agora, a FPF diz que a presença dele só foi irregular contra o Ituano no dia 23/3.

Concorda com a tese de que “a sentença ainda não tinha sido publicada” .

Faz isso porque a irregularidade pode “arrebentar” com o Paulistão.

O artigo 214 do CBJD diz que jogador irregular faz o time, se vencer, perder seis pontos.

Se empatar, perderá quatro pontos e se for derrotado no jogo que escalou jogador irregularmente, perderá três.

Como o Penapolense empatou diante do Corinthians e perdeu para o Ituano, seguindo o que determina o artigo 214 , o time de Penápolis perderia 7 pontos.

Com essa perda, o adversário do São Paulo deveria ter sido o Linense.

Apavorada, a FPF mudou de opinião .

Seus dirigentes dizem que a decisão do TRT “só vale após a publicação”.

Com a Portuguesa, a opinião da cartolagem foi outra.

Nas próximas horas os dirigentes FPF vão tentar adoçar a direção do Linense...

Enquanto isso o Penapolense comemora e tem o convincente argumento de que foi induzido ao erro pela FPF .

No site da entidade, até ontem às 18h , Índio tinha condições de jogo, segundo a entidade paulista.

O “BID” da Federação não tem nenhum valor . Só está lá para atrapalhar…

Vale o BID da CBF .