Arquivo da categoria: Placar

Neymar, Pelé e a má vontade

Leia o post original por Rica Perrone

Não precisa ser um gênio pra saber o que as pessoas querem dizer, mas também não vamos nos espantar que as redes sociais conseguem transformar cada pelo em ovo numa bomba nuclear. A Placar, ex-bíblia do futebol, hoje irrelevante, conseguiu voltar a pauta futebolística nacional por uma capa ousada.  Errada? Calma. O que ela tentou…

Grandes fotos da história do futebol viraram Lego!!! Confira como ficaram a comemoração histórica de Pelé, a queda de André Catimba e o dia de fúria de Müller!!!

Leia o post original por Milton Neves

Você brincava de Lego quando criança?

O brinquedo, que lhe permite criar e recriar objetos e pessoas, foi utilizado para reproduzir algumas cenas do futebol.

O site da Revista Placar recriou alguns inesquecíveis momentos do esporte bretão com peças de brinquedos.

Como a eterna comemoração de Pelé, a provocação de Müller no Mundial de 1993, o choque de Barthez e Ronaldo na Copa do Mundo de 1998…

 

Havia uma árvore no meio do campinho. E ela foi transformada em Lego por Gustavo Bacan / Crédito:Gustavo Bacan

Havia uma árvore no meio do campinho. E ela foi transformada em Lego por Gustavo Bacan / Crédito:Gustavo Bacan

 

Adil guardou por 20 minutos o amarelo no calção até “advertir” o árbitro Luciano Augusto Teotônio Almeida. O Tigre venceu o Palmeiras por 1 x 0. A foto é de Alexandre Battibugli. / Crédito: Alexandre Battibugli

Adil guardou por 20 minutos o amarelo no calção até “advertir” o árbitro Luciano Augusto Teotônio Almeida. O Tigre venceu o Palmeiras por 1 x 0. A foto é de Alexandre Battibugli. / Crédito: Alexandre Battibugli

 

Salto do atacante André Catimba foi transformado em Lego por Gustavo Bacan. / Crédito: Gustavo Bacan

Salto do atacante André Catimba foi transformado em Lego por Gustavo Bacan. / Crédito: Gustavo Bacan

 

Gustavo Bacan transforma em Lego o soco no ar de Pelé durante a final da Copa de 1970 / Crédito: Gustavo Bacan

Gustavo Bacan transforma em Lego o soco no ar de Pelé durante a final da Copa de 1970 / Crédito: Gustavo Bacan

 

A poucas horas da final da Copa de 1998, Ronaldo havia passado mal. A trombada com o goleiro francês Barthez, clicada por Ricardo Corrêa, preocupou o mundo. Por sorte, não foi nada – embora o Brasil tenha sido massacrado pela França por 3 x 0/ Crédito: Ricardo Corrêa.

A poucas horas da final da Copa de 1998, Ronaldo havia passado mal. A trombada com o goleiro francês Barthez, clicada por Ricardo Corrêa, preocupou o mundo. Por sorte, não foi nada – embora o Brasil tenha sido massacrado pela França por 3 x 0/ Crédito: Ricardo Corrêa.

 

Provocação de Muller após gol do São Paulo no Mundial Interclubes de 1993 foi transformado em Lego por Gustavo Bacan / Crédito: Gustavo Bacan

Provocação de Müller após gol do São Paulo no Mundial Interclubes de 1993 foi transformado em Lego por Gustavo Bacan / Crédito: Gustavo Bacan

 

Você acha que ficou parecido?

Lembra-se de algum lance legal que poderia virar lego?

Já pensou em assistir a uma partida de futebol totalmente em formato lego?

Teria tapetão ou apito amigo?

OPINE!!!

Veja a polêmica capa da Placar com a “crucificação” de Neymar! Por que só pegam no pé do craque?

Leia o post original por Milton Neves

Acima, a chocante imagem é a capa da Revista Placar do mês de outubro.

Claro, a alusão feita nela causará comentários negativos por partes dos mais religiosos.

Mas algo realmente precisava ser feito para blindar a principal jóia do nosso futebol nos últimos tempos.

Neymar pega a bola, parte para cima, marca gols, dá assistências e, após os jogos, tem gente que teima em apontar alguns pequenos defeitos do jogador.

O craque sabe muito bem aliar seu talento com a malandragem que SEMPRE fez parte do futebol.

Portanto, eu estou com a Placar: parem de usar Neymar como bode expiatório!

E você, concorda comigo e com a publicação?

Opine!!!