Arquivo da categoria: quartas de final

Taças e mulheres

Leia o post original por Rica Perrone

O Fluminense estava apaixonado. O Corinthians interessado. Elas nunca dão bola pra quem as supervaloriza. Preferem aquele que é capaz de dizer que “nem queriam mesmo” do que os braços de quem não a negaria jamais. São assim. Sempre foram. Parecem escolher pela postura. Tem que desejar com uma dose de merecimento. Não pode parecer…

Um chute os separa

Leia o post original por Rica Perrone

Fosse o Grêmio a optar pela estratégia palmeirense, venceria. Fosse o Palmeiras a optar pela estratégia do Grêmio, não sei. Fato é que os dois times tem tantas diferenças conceituais que era o tipo de jogo onde uma bola resolveria a partida. E resolveu. Os dois times se defendem muito bem. Um escolheu se defender,…

Hoje, não!

Leia o post original por Rica Perrone

O discurso fácil é o de “contra o Paraguai com um a menos é obrigação”. Ok, mas quem de fato acompanha futebol sabe que as coisas não são mais assim. E que se um time se propõe a não jogar, dificilmente tem jogo. Se uma das 24 bolas chutadas por nós entra, golearíamos em seguida….

Luans e Pedros

Leia o post original por Rica Perrone

Eu cheguei à Arena por volta de 15h30.  Vi quase todo mundo chegar, acompanhei o ritual pré jogo entre um bar e outro, rodeado de amigos gremistas super gentis e dispostos a me apresentar ao mundo deles. Não havia nenhum oba-oba, pelo contrário, havia apreensão. Ninguém perde Luan e Pedro Rocha e acha que está …

Luans e Pedros

Leia o post original por Rica Perrone

Eu cheguei à Arena por volta de 15h30.  Vi quase todo mundo chegar, acompanhei o ritual pré jogo entre um bar e outro, rodeado de amigos gremistas super gentis e dispostos a me apresentar ao mundo deles. Não havia nenhum oba-oba, pelo contrário, havia apreensão. Ninguém perde Luan e Pedro Rocha e acha que está …

Somos!

Leia o post original por Rica Perrone

Falando em “nós”,  lá na semifinal estamos. Eles e eu, eu e vocês. Os amarelos que queremos, não porque estão jogando o que esperávamos, mas porque estão brigando como brigaríamos nós. A partida contra o Iraque foi absolutamente decisiva para que esse time percebesse o que estava fazendo de errado.  A bola as vezes vai …

Só morre quem está vivo

Leia o post original por Rica Perrone

“Caiu no Horto, tá morto”.  E assim o Galo transformou aquele estádio acanhado num templo de glórias e sacrifícios.  Estar ali era estar sentenciado a morte, quase que de forma irremediável diante do julgamento daqueles fiéis que tanto acreditam. Ali morreram dezenas. Morrerão outros tantos ao longo dos tempos, mas hoje o Atlético teve que …

Pouca bola, muita história

Leia o post original por Rica Perrone

O Morumbi viveu mais uma noite especial. Não pelo futebol apresentado nele, o que na verdade pouco importa, já que Libertadores não tem muita relação com o esporte em questão. Mágico quando os times entraram em campo, trágico quando caiu parte da grade de proteção. Enquanto Galo e São Paulo buscavam uma bola e bico …

O futebol é uma benção

Leia o post original por Rica Perrone

Ninguém criou nada mais extremista do que o futebol. Num domingo onde o país se divide entre vermelhos e verde amarelos, um pequeno clube de São Paulo elimina, com goleada, o time que quarta-feira bateu o todo poderoso River Plate e se candidatou as oitavas da Libertadores. Poderia acontecer e não seria um absurdo em …