Arquivo da categoria: Roberto Monteiro

Atacar pela vantagem

Leia o post original por JC

Como de costume, Adilson não confirmou o time que enfrenta o Fluminense na primeira partida da semifinal do Estadual. Mas tudo indica que teremos a mesma formação que goleou o Duque de Caxias, com três atacantes e dois volantes. Precisando reverter a vantagem tricolete, o treinador vascaíno deve considerar por bem ser mais agressivo e pelo visto tentará vencer logo a primeira partida.

Tudo bem, o raciocínio está correto. O problema é que o time do laranjal não é o Duque de Caxias. Abdicar da ofensividade está fora de cogitação, mas o Vasco precisa tomar muito cuidado.

Renight, que normalmente já gosta de uma retranca, não faria diferente podendo jogar por dois empates e mandará três volantes ao campo. Mas um time com Fred, Walter, Conca, Carlinhos e Jean tem qualidade bastante para que nosso sistema defensivo não possa cochilar nem um segundo. Ter menos homens no meio de campo nos obrigará a jogar mais compactados para compensar a vantagem numérica tricolete no setor: sem a posse de bola, Reginaldo e Everton Costa precisarão ajudar a fechar os espaços nas laterais e na meiuca; e com a bola, partir para o ataque com velocidade e explorando ao máximo os lados de campo é o caminho para chegar ao gol tricoflor.

É natural o estranhamento de ver o Adilson sendo mais ousado, depois de tanto insistir com formações com mais defensores, justo em um clássico decisivo. E a razão deve ser justamente essa: o campeonato começa efetivamente agora e vencer, pela primeira vez é realmente indispensável. Mais que a escrita diante de um freguês já tradicional, esse Vasco mais ofensivo precisará também mostrar os motivos de termos a melhor defesa do campeonato. Se conseguirmos isso, as chances de termos do nosso lado a vantagem de um empate no domingo certamente serão enormes.

VASCO X FLUMINENSE
Martín Silva, André Rocha, Luan, Rodrigo e Marlon; Guiñazu, Pedro Ken e Douglas; Reginaldo, Everton Costa e Edmílson. Diego Cavalieri, Bruno, Gum, Elivelton e Carlinhos; Valencia, Diguinho, Jean e Conca; Walter e Fred.
Técnico: Adilson Batista.Técnico: Renato Gaúcho.
Estádio: Arena Maracanã. Data: 27/03/2014. Horário: 21h. Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães.  Assistentes: Eduardo de Souza Couto e Silbert Faria Sisquim.
 O Canal Premiere transmite para seus assinantes de todo o Brasil no sistema Pay-per-view.
O GLOBOESPORTE.COM acompanha o confronto em Tempo Real, com vídeos.

***

E as últimas dos pretendentes ao cargo de presidente do Vasco?

Integrante da chapa de Roberto Monteiro utilizou rede social para captar sócios em débito. Apesar do que postou no seu perfil – “caso algum sócio PROPRIETÁRIO, que esteja em débito com o VASCO, e tenham o interesse de ficar apto (sic) a votar, na chapa a qual sou integrante (…) entre em contato” – Eduardo Cassiano, conselheiro do clube, ex-diretor de patrimônio e membro da chapa Identidade Vasco, nega que a convocação tenha relação com o mensalão. Monteiro, como não poderia deixar de ser, nega qualquer envolvimento na história e alega não saber de nada.

E depois de ver seus correligionários reclamando que o Vasco estaria “vendido para empresários” desde que foi substituído pelo Dinamite na presidência do clube, Eurico Miranda tem sido visto constantemente em companhia de Carlos Leite, o empresário símbolo da atual gestão. Aparentemente, as diferenças entre ambos são coisa do passado (e olha que o primeiro chegou a ser réu em ação movida pelo segundo).

E até Roberto Dinamite, a essa altura do campeonato,  resolve cogitar ser candidato à reeleição. O simancol definitivamente está em falta.

É ou não é pra ficar preocupado com o futuro do clube?

***

Quem quiser ler mais a respeito dos temas desse post podem visitar a fanpage do Blog da Fuzarca no Facebook e acessar os links das matérias que tratam desses assuntos. O link também está no meu twitter: @jc_CRVG.

Tema livre

Leia o post original por JC

Rapidinhas porque o tempo é curto;

Volta ou aposentadoria: nessa história do Felipe abandonar o futebol ou retornar ao Vasco para encerrar a carreira no clube, fico com a segunda opção. Sou um torcedor assumidamente romântico e acho que nosso velho camisa 6, como patrimônio vascaíno que é, merece um tratamento especial. Mesmo que sua última passagem pelo clube tenha sido problemática, não acho justo que o jogador que mais títulos conquistou com a camisa cruzmaltina pendure as chuteiras dessa forma. E um mero jogo de despedida também é pouco.

Acho que as partes precisam se acertar e ver o que é melhor para todos. Ao invés de se aposentar dessa forma, que se faça um acordo aos moldes do Juninho: Felipe receberia como salário as parcelas da dívida que o clube tem com ele e o jogador faz sua última temporada ajudando seu time do coração em campo.

***

Candidatura: a chapa Identidade Vasco oficializou a candidatura de Roberto Monteiro ao cargo de presidente do clube. Entre as propostas do atual VP do conselho deliberativo e ex-presidente da Força Jovem estão a total transparência da gestão – com a criação de ouvidorias externa e internas  – e o desenvolvimento de um planejamento estratégico para o clube, com a criação de comitês gestores e a integração de todos os departamentos.

Lançada a campanha de Monteiro, ela se junta às de Eurico Miranda e Nelson Rocha como postulantes ao cargo máximo vascaíno para as próximas eleições.

***

A espera continua: depois de intensa chiadeira por conta da convocação da Junta Deliberativa, seus membros acabaram se juntando e não deliberando nada: a reunião de ontem não serviu para marcar a data das eleições.

A única coisa prática que saiu do encontro foi a entrega de uma lista provisória dos sócios elegíveis que será analisada por uma comissão de sindicância. Dinamite deveria ter estipulado um prazo para esse trabalho terminar ainda ontem. Mas, pelo visto, não o fez.

***

A espera continua 2: fontes seguras garantem: a instabilidade política do Vasco já atrapalha a busca por patrocínios. Empresas interessadas em firmar parcerias com o clube não faltam, mas elas preferem que as eleições se definam antes de fechar qualquer negócio (e tem gente que ainda acha que o pleito pode esperar um pouco para ser anunciado!).

E mais: algumas empresas sondadas já disseram que, dependendo de quem for eleito, não haverá nem conversa.

***

Quem quiser ler mais a respeito dos temas desse post podem visitar a fanpage do Blog da Fuzarca no Facebook e acessar os links das matérias que tratam desses assuntos. O link também está no meu twitter: @jc_CRVG.