Arquivo da categoria: São Paulo

Tricolor mantém sonho de técnico para 2019

Leia o post original por Craque Neto

Nada de Rogério Ceni, como muito são-paulino vem sonhando após o ídolo conquistar a Série B no comando do Fortaleza. O possível novo técnico do Tricolor para 2019 é mesmo Abel Braga. Pelo menos esse é o nome preferido do diretor de futebol Raí, notícia inclusive adiantada na última semana pelo comentarista Velloso durante o ‘Os Donos da Bola’ da Band. O dirigente já teria inclusive entrado em contato com o treinador, que está fora em um período sabático, como os caras gostam de dizer. A verdade é que o Raí pessoalmente quis desligar o uruguaio Aguirre na semana passada. […]

O post Tricolor mantém sonho de técnico para 2019 apareceu primeiro em Craque Neto 10.

O técnico do São Paulo era fraco . O time é muito fraco também .

Leia o post original por Nilson Cesar

O São Paulo demitiu o treinador Diego Aguirre. O treinador era fraco , mas na verdade o time do São Paulo é muito fraco também . Precisa buscar um cara de grande qualidade e história para dirigir o time do Morumbi e contratar 5 ou 6 novos titulares para brigar por título . A história do São Paulo não merece tantos erros da diretoria e um time sem condições . A direção que seja criativa e contrate jogadores de grande qualidade para ganhar títulos . Tenho certeza que o torcedor consciente do São Paulo já cansou de ficar iludido . O São Paulo merece muito mais mesmo .

Flamengo segue liderando o ranking digital

Leia o post original por Rica Perrone

O Ranking atualizado do mês de novembro mantém o Flamengo no topo e tem como única grande curiosidade o Botafogo ser o único dos 12 grandes que não está no “top 13”. O “top 13” existe em virtude do acidente da Chapecoense, onde o mundo todo passou a seguir o clube nas redes sociais. Sport…

‘ASSALTARAM’ o Timão em Itaquera!

Leia o post original por Craque Neto

Acabou a partida em Itaquera! O placar de 1 a 1 foi como previa. Mas o que jamais imaginava é que o árbitro Rodolfo Toski Marques e sua equipe de arbitragem iria prejudicar tanto o Corinthians. Pelo amor de Deus! Entendo que errar é humano e tudo mais. Só que o que aconteceu no clássico deste sábado foi um verdadeiro absurdo. Passivo de intervenção da CBF! Até me irrita lembrar que os anti-corintianos falam que o apito só ajuda o Timão. Estão de sacanagem, né? Em primeiro lugar, com todas as limitações técnicas – e são MUITAS – o time […]

O post 'ASSALTARAM' o Timão em Itaquera! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Voltamos

Leia o post original por Rica Perrone

O Corinthians limitado e guerreiro, o SPFC optando pela covardia e andando no campo. Um resultado que não é ruim para ninguém considerando a posição na tabela, o fator clássico, mas que ao mesmo tempo irrita ambos. O Timão porque foi prejudicado pela arbitragem num gol claríssimo onde o bandeira e o auxiliar de linha…

Canhão: Corinthians e São Paulo são dois times ruins!

Leia o post original por Craque Neto

Em uma discussão sobre o clássico paulista deste sábado, 10, o comentarista Rogério Assis afirmou que Corinthians e São Paulo são dois times ruins e causou discórdia entre os convidados de Neto.

O post Canhão: Corinthians e São Paulo são dois times ruins! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Críticas de Raí a Bolsonaro e silêncio do SPFC chateam parte do conselho

Leia o post original por Perrone

As críticas disparadas por Raí contra Jair Bolsonaro em recente entrevista ao jornal francês “L’Equipe” e o silêncio do São Paulo em relação a elas incomodaram parte dos conselheiros tricolores.

Um dos motivos de insatisfação é o fato de o clube ter se manifestado oficialmente depois de Diego Souza comemorar seu gol contra o Flamengo no último domingo (4) homenageando o presidente eleito e ter se calado diante das declarações de Raí.

De acordo com a “Folha de S. Paulo”, o clube afirmou que a posição do jogador não reflete à da agremiação e que não se vê no direito de cercear a opinião alheia.

Entre os insatisfeitos está um eleitor do atual presidente tricolor, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco. Ele procurou o blog para falar sobre o caso em tom de desabafo. O conselheiro incomodado disse, sob a condição de anonimato, que os insatisfeitos entendem que a atual direção é mais tolerante com as manifestações contrárias ao presidente eleito.

Outros dois membros do conselho são-paulino confirmaram a versão de que há insatisfação com o episódio no qual Raí criticou Bolsonaro.

Também faz parte das queixas o fato de o diretor executivo de futebol do São Paulo estar envolvido com a elaboração do código de conduta e de ética do clube. Como mostrou o blog, o documento deve vetar manifestações políticas de funcionários, incluindo jogadores e dirigentes remunerados.

O argumento é de que Raí teria agido de maneira contraditória em relação ao futuro código ao fazer comentários políticos publicamente. Na entrevista, o ex-jogador chegou a chamar de absurdos e repugnantes os valores defendidos por Bolsonaro e seus eleitores.

O blog procurou a assessoria de imprensa do São Paulo para tentar ouvir Raí sobre o assunto e segue aguardando uma resposta oficial.

De acordo com pessoas próximas a Leco, o posicionamento sobre Diego Souza foi feito porque o jogador se manifestou vestindo a camisa do clube e ainda fez gesto imitando uma arma. Mesmo assim, o atleta não chegou a ser repreendido. As mesmas fontes questionam a relevância da insatisfação de alguns conselheiros num universo de cerca de 240 cartolas.

Um membro do conselho que confirma haver colegas insatisfeitos com as críticas de Raí é o opositor Newton Luiz Ferreira, o Newton do Chapéu.

Ele disse que acredita ter sido procurado por sócios e torcedores, além de membros do conselho, insatisfeitos com o diretor executivo por ter feito campanha por votos para Bolsonaro.

Mas, ao escrever em rede social sobre essa insatisfação de parte dos são-paulinos, ele defendeu Raí. “Obviamente, tenho uma posição contrária à dele, porém vivemos em um estado democrático, e o depoimento do Raí foi como cidadão brasileiro, não falou representando o São Paulo”, escreveu Newton no dia 1º de novembro. O opositor deixou claro não fazer parte do grupo que está aborrecido com o ex-jogador.

Tréllez

Um dos conselheiros que conversaram com o blog disse estranhar o fato de entre o primeiro e o segundo turnos da eleição presidencial a numeração de Tréllez ter mudado de 17, número de Bolsonaro no pleito, para 7.

O blog também aguarda resposta da assessoria de imprensa sobre essa mudança.

 

São Paulo busca Abel antes do término do Brasileirão

Leia o post original por Craque Neto

Não sei exatamente o acordo que o São Paulo tem com o uruguaio Diego Aguirre. Até porque antes do veterano Oscar Tabarez renovar com a Seleção Celeste, a imprensa local dizia que ele era o favorito para assumir o cargo. Mas a verdade é que pelo visto o comandante do Tricolor deverá ficar desempregado a partir de janeiro do próximo ano. Isso porque recebemos uma informação – e demos ao vivo no ‘Os Donos da Bola’ da Band – que a diretoria do Tricolor já está conversando com o Abel Braga para assumir o time em 2019. Isso mesmo! O […]

O post São Paulo busca Abel antes do término do Brasileirão apareceu primeiro em Craque Neto 10.

SPFC elabora código de ética. Ato político está entre temas abordados

Leia o post original por Perrone

O São Paulo prepara um código de conduta e ética para ser seguido por seus funcionários, incluindo jogadores e comissão técnica. A ideia é apresentar a eles o documento em janeiro de 2019.

O objetivo principal é deixar clara para quem trabalha no clube a identidade e os valores da agremiação e como agir de acordo com esses ideais.

Um tema atual que será abordado pelo código é o comportamento em relação a manifestações políticas. Desde a última campanha para a presidência do Brasil, elas têm sido comuns entre jogadores que apoiam o presidente eleito Jair Bolsonaro.

No último domingo, Diego Souza comemorou seu gol contra o Flamengo homenageando o capitão. Parte da torcida criticou o atleta alegando que com o uniforme do clube ele não poderia se manifestar já que correria o risco de passar uma imagem diferente dos valores defendidos pela instituição.

O texto do novo código ainda não está fechado. Ele não deve se aprofundar em relação ao comportamento político dos funcionários já que não é considerado um tema central por seus idealizadores.

A tendência é de que a questão receba tratamento parecido ao dado no estatuto tricolor. O conjunto de regras do clube diz que é vedado aos associados promover manifestações de caráter político estranho ao São Paulo ou atos discriminatórios nas dependências do clube.

Para ser coerente com o estatuto, o código deve orientar jogadores e demais colaboradores a evitarem atos políticos como o feito por Diego Souza.

Uma comissão que tem a participação de Raí, diretor executivo de futebol, cuida do documento há cerca de três meses. Ou seja, a criação do código não foi motivada pela celebração de Diego Souza.

O documento também não é tratado como uma cartilha de comportamento. Na visão da diretoria se trata de peça fundamental para uma boa gestão e eficiente política administrativa.

Trabalhar a identidade do São Paulo para dentro e fora da instituição mostrando o que norteia suas decisões e o diferencia de outras agremiações é um dos principais conceitos da iniciativa.

O código também abordará governança corporativa, relação de funcionários, como jogadores, com associados, torcedores, fornecedores, imprensa, poder público, entidades esportivas e entre os colaboradores.

Entre outros assuntos, ainda cuidará de conflitos de interesse, assédio moral, violência psicológica, respeito à diversidade e definirá diretrizes sobre como agir em casos de desvio de conduta.