Arquivo da categoria: Seleção Brasileira

Convocação de Weverton é celebrada no Palmeiras como superação à crítica

Leia o post original por Perrone

A convocação de Weverton para os amistosos da seleção brasileira contra Panamá e República Tcheca tem um sabor especial para a diretoria do Palmeiras. Isso porque a contratação do goleiro foi alvo de críticas de torcedores e conselheiros.

A queixa principal era de que com Jaílson e Prass no elenco não seria necessário investir em mais um jogador para a posição.

Contratado no final de 2017, o ex-goleiro do Athlético veio por decisão da direção pois quando Roger Machado chegou para treinar a equipe o negócio já tinha sido feito.

Weverton custou 370 mil euros (cerca de R$ 1,59 milhão em valores atuais). Ele superou as desconfianças se destacando na conquista do Brasileirão do ano passado.

Com a convocação, a contratação é usada pela diretoria como exemplo do que os cartolas avaliam como bons negócios feitos pelo clube. Desde que Alexandre Mattos assumiu a direção executiva de futebol do Palmeiras há críticas de conselheiros por conta dos gastos no departamento de futebol.

 

Como explicar sem desmerecer?

Leia o post original por Rica Perrone

Minha dúvida é forte.  Exalto a conquista do garoto, discordo dela e pareço me opor a sua convocação ou tento imaginar que num surto anormal alguém nesse manicômio chamado internet vai ler antes de tentar adivinhar o que eu digo e gerar uma reação em cadeia? Bom, vamos partir da boa fé misturada com a…

Opinião: Tite acerta em lista, mas precisa de projeto para jovens talentos

Leia o post original por Perrone

Tite foi feliz na convocação da seleção brasileira anunciada nesta quinta (28). A lista está arejada com um punhado de jogadores promissores. Vinícius Junior e Lucas Paquetá são os que chamam mais atenção para os amistosos contra Panamá e República Tcheca, em março.

Ao lado deles, Militão, Richarlison e Arthur representam na relação uma safra animadora. Todos, dependendo de suas evoluções, é claro, podem ser titulares do time nacional por muitos anos.

Por isso, mais do que dar chances a eles, o treinador precisa pensar em um projeto de amadurecimento para esses jovens com a amarelinha. Falo de acompanhamento individual, pensar cada etapa deles na seleção e projetar, principalmente nos casos de Paquetá e Vinícius Júnior uma titularidade em breve durante competições.

Claro que Tite precisa ter calma para não eliminar etapas e, de repente, aparecer num campeonato importante com uma equipe verde. Mas é fundamental o treinador entender a importância que esses atletas podem ter no futuro do futebol brasileiro. O técnico da seleção não pode errar como errou ao não avaliar corretamente o potencial de Marquinhos, quando aprovou a negociação do jogador no Corinthians.

Tite precisa oportunizar quem está melhor.

Leia o post original por Nilson Cesar

Acho Tite um cara equilibrado e ponderado. Vejo um problema sério na seleção brasileira. Os treinadores criam os seus grupos e praticamente fecham. Isso não é legal. Sou favorável oportunizar aquele que está melhor no momento. Copa América por exemplo eu levaria metade dos caras que estão lá fora e metade dos que jogam no Brasil. Chega das mesmas caras e o mesmo grupo. Está na hora de testar novo…

Fonte

Neymar melhor após Pelé? Até o gringo se revoltou!

Leia o post original por Craque Neto

Sempre respeitei a revista Placar pela tradição e pelas pautas bem elaboradas. Na última semana ela lançou uma edição especial que tinha como capa uma matéria dizendo que o atacante Neymar, hoje no PSG da França, seria o maior craque da história do futebol brasileiro após o ‘Rei’ Pelé. Só pode ser PIADA, vai! Não sei se a publicação anda mal das pernas e precisa fazer sensacionalismo para poder vender revista. Mas não faz o menor sentido algo assim. É óbvio que o Neymar é um grande jogador e até pelas conquistas e pela bola que joga precisa ser colocado […]

O post Neymar melhor após Pelé? Até o gringo se revoltou! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Neymar, Pelé e a má vontade

Leia o post original por Rica Perrone

Não precisa ser um gênio pra saber o que as pessoas querem dizer, mas também não vamos nos espantar que as redes sociais conseguem transformar cada pelo em ovo numa bomba nuclear. A Placar, ex-bíblia do futebol, hoje irrelevante, conseguiu voltar a pauta futebolística nacional por uma capa ousada.  Errada? Calma. O que ela tentou…

De time novo na China, Moreno diz que espera ‘em breve’ voltar ao Cruzeiro

Leia o post original por Perrone

Depois de despertar o interesse de clubes brasileiros para a temporada de 2019, Marcelo Moreno assinou contrato de três anos com o Shijiazhuang Ever Bright, da segunda divisão da China. O estafe do jogador, que estava livre no mercado, classifica a proposta recebida como irrecusável. Em entrevista ao blog o atleta explicou porque vai seguir no futebol chinês e disse que em breve pretende voltar ao Brasil para defender o Cruzeiro.
O atacante também afirmou que lhe faltou paciência para tentar chegar a atuar pela seleção brasileira. Contou ainda dos apuros que passou em seu início na Ásia, como pedir ketchup e receber pimenta.

Blog do Perrone – Depois de despertar o interesse do Corinthians, entre outros clubes brasileiros, você assinou mais um contrato com uma equipe Chinesa para disputar a segunda divisão. Por quê?

Marcelo Moreno – Em todas as minhas férias vou pro Brasil. Sempre meu nome está sendo especulado por grandes equipes brasileiras. Fico feliz porque sempre estou na pauta dos treinadores. Mas agora nenhuma equipe fez proposta oficial. Aconteceu na China, contrato longo, para ajudar o clube a subir. Esse projeto foi importante pra mim.

Blog – Você tem planos para voltar a jogar no Brasil?
Moreno – Sem dúvida. O futebol brasileiro abriu as portas pra mim. Sou valorizado no Brasil, vai chegar o momento de voltar.

Blog – Gostaria de voltar ao Brasil para jogar em qual clube?

Moreno – Em breve vou voltar ao Brasil pra ser feliz no Cruzeiro. Sou torcedor do Cruzeiro, então seria o time certo pra eu voltar e ganhar títulos.

Blog – Já planejou quando quer voltar?

Moreno – Acredito que seja em breve. Acabei de assinar contrato e gosto de cumprir meus contratos, isso me valorizou aqui na China, dou resultado. Acredito que em breve possa voltar ao Cruzeiro.

Blog – Acompanhou a movimentação do Cruzeiro antes do início desta temporada? O que dá para esperar do clube em 2019?

Moreno – O cruzeiro contratou pouco porque tem um elenco forte. Mano Menezes é um grande treinador, sabe montar times, monta pra ganhar, não precisa de muita contratação. Ele é firme com jogadores que tem, por isso eles rendem. O Cruzeiro está forte para ganhar o Brasileiro, a Libertadores.

Blog – Você chegou a jogar pela seleção brasileira sub-18. Por que acha que não conseguiu atuar pelo time principal do Brasil? É uma lacuna na sua carreira, uma decepção?

Moreno – Seria uma valorização totalmente diferente ter vestido a camisa da seleção principal. Esperei por um bom tempo a convocação para a seleção principal. Mas recebi convite da seleção boliviana na qual eu fui muito feliz. Sou referência lá, vou pra minha terceira disputa de Eliminatórias (de Copa do Mundo). Estou a três gols de ser o maior artilheiro da seleção do meu país. Estou orgulhoso da decisão que tomei. Mas, se eu pudesse sonhar novamente, seria diferente. Teria tido mais paciência porque confio no meu futebol. Eu teria uma vaga na seleção brasileira principal e teria jogado um Mundial pelo Brasil. Às vezes, quando a gente é jovem, a paciência escapa. Foi uma decisão que tomei, e pretendo chegar a ser lembrado para sempre na Bolívia pelo que faço na seleção.

Blog – Você vai para a sua quinta temporada no futebol chinês. Mudou muito como jogador nesse tempo?

Moreno – Nesse tempo muda muita coisa, com certeza. Você aprende situações diferentes, tá jogando ao lado de nove chineses. Talvez a experiência seja a principal diferença.

Blog – O nível do futebol chinês não é de primeira linha. Como fazer para se manter em alto nível jogando na China?
Mantendo a forma física. Tenho um estafe particular, preparador físico, fisioterapeuta. Chego na seleção 100%. O nível aqui não é igual aos dos principais países do futebol, mas vejo um trabalho incrível sendo feito aqui, com muito investimento. Acho que um dia a China vai ser uma potência no futebol e aposto que vai disputar a próxima Copa.

Blog – Hoje, você está adaptado ao estilo de vida na China. Mas o começo foi difícil? Passou muito perrengue por causa das diferenças culturais e da língua?

Moreno – O primeiro ano é o ano das coisas difíceis. Idioma, alimentação, tradutor, cultura totalmente diferente. Tem que se adaptar pra depois de seis meses começar a desenvolver um melhor futebol. Vim preparado pra tudo, a única coisa muito difícil é o cardápio. Você pede sem saber o que está pedindo. É uma surpresa. Eu tentava pedir ketchup, e eles traziam pimenta. Tive que repetir quinzes vezes como se fala ketchup em chinês na frente do espelho pra aprender a falar.

Tem excesso de clubismo nas convocações da Seleção Brasileira?

Leia o post original por Craque Neto

A coisa mais natural do mundo é discordar das listas de convocados da Seleção Brasileira. Entra técnico e sai técnico e é sempre igual. Por que convocar ‘A’ ou ‘B’? Difícil entender muitos nomes, sobretudo por causa do aval sempre polêmico da CBF. Desde os tempos do ex-presidente Ricardo Teixeira era muito comum ver um jogador pouco conhecido ser chamado e posteriormente vendido para algum clube da Inglaterra. Vi isso aos montes! E pra não dizer que faz tempo, aconteceu na última Copa. O tal de Fred, do Shakhtar, foi vendido em pleno Mundial por uma fortuna para o Manchester […]

O post Tem excesso de clubismo nas convocações da Seleção Brasileira? apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Tem que existir vida sem Neymar, viu!?

Leia o post original por Craque Neto

Acabei de acompanhar a partida amistosa entre Brasil e Uruguai em Londres e voltei a ficar com uma impressão positiva da Seleção Brasileira. Tenho minhas ressalvas quanto essa ligação do Tite com a CBF. Realmente algumas coisas me deixam com uma pulga atrás da orelha. Mas não restam dúvidas de que o treinador sabe construir taticamente e defensivamente uma equipe. Contra a Celeste Olímpica o time dele sofreu poucos sustos. Verdade que não foi um espetáculo tão bonito, poucas chances, só que ainda assim saímos vitoriosos contra um ótimo adversário. Agora o que mais me chamou a atenção durante os […]

O post Tem que existir vida sem Neymar, viu!? apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Brasil vence o Uruguai mas continua sem brilho .

Leia o post original por Nilson Cesar

A seleção brasileira venceu o Uruguai jogando em Londres . O time continua previsível e sem brilho . Dessa forma não será uma seleção capaz de ganhar uma Copa do mundo . Estamos distantes de um futebol que encante . O torcedor não deve se iludir com esse tipo de vitória . Acho que até o Tite sabe disso , mas evidentemente não expressaria essa opinião . Temos um longo caminho até a próxima Copa em 2022. Só digo aos senhores que essa geração não me encanta em nada .