Arquivo da categoria: Sem Categoria

Na mira corintiana, Vágner Love avança para conseguir liberação na Turquia

Leia o post original por Perrone

Imagem: Murad Sezer/REUTERS

Vágner Love avançou no sentido de um acordo para ser liberado amigavelmente pelo Besiktas, da Turquia. Alvo do Corinthians, o atacante já superou o momento mais tenso de sua relação com o clube turco. Ele chegou a notificar a equipe por conta de salários atrasados.

O estafe do brasileiro tem pressa para fechar um trato. A meta é deixá-lo livre do vínculo até dia 31 de janeiro, quando se encerra a atual janela de transferências na Europa. Os responsáveis pela carreira dele, no entanto, evitam falar sobre detalhes da negociação e planos para o futuro. A avaliação é de que, a cada notícia sobre o interesse de times brasileiros em Love, os turcos recuam na negociação.

Assim, no entorno do jogador o discurso é de que só depois da liberação será analisado o caminho a ser seguido. No último domingo, Duílio Monteiro Alves, diretor de futebol do Corinthians, disse que o clube tentará a contratação se o atacante rescindir seu contrato. Ao mesmo tempo, o alvinegro tenta o retorno de outro atleta  para o ataque: Romarinho, que está no All-Ittihad, da Arábia Saudita.

 

 

Botafogo…

Leia o post original por Mauro Beting

Erik foi muito bem no BR-18. Ótimo que retorne ao clube. Como João Paulo ajuda a qualificar o time no meio-campo depois de longa e sensível ausência. Alan Santos retornando depois de 10 meses é boa notícia na cabeça da área.

Mas o Botafogo voltou a perder muita gente. Só apostar na boa molecada campeã brasileira sub-20 em 2016 é quase nada.

Não há equipe que desde então tenha se superado tanto. De um time ameaçado ao rebaixamento no BR-16 com Ricardo Gomes ao clube classificado para a Libertadores-17 com Jair Ventura. De ótima campanha na competição com pouco. Título estadual em 2018 com ainda menos. Campanha digna pelas limitações no BR-18.

Mas ainda menos gente qualificada e rodada em 2019. Zé Ricardo talvez exagere na tese de elenco enxuto. Não pode ser esquálido. Macérrimo.

Não pode ser o que pouco parece ser para este ano. Por três anos o Botafogo se superou. Não sei se por quatro.

Federação adverte empresa por problemas com catracas na estreia do SPFC

Leia o post original por Perrone

A Federação Paulista advertiu por meio de notificação a empresa responsável pelo sistema de ingressos do São Paulo por conta de problemas na estreia do time no Campeonato Paulista. Em seu comunicado para a Total Acesso, com cópia ao clube do Morumbi, a entidade lista as falhas que detectou no último sábado no Pacaembu, pede explicações até a próxima quarta (23) e ainda diz que a companhia será descredenciada em caso de reincidência. O descredenciamento impede a participação em jogos que tenham a FPF como organizadora.

Notificações semelhantes foram enviadas para Omni, por falhas em Bragantino x Guarani, e Acesso Mais, devido a falhas em Red Bull x Palmeiras, ambos pela primeira rodada do Estadual de 2019. As três advertências foram confirmadas ao blog pela federação.

Antes da vitória são-paulina por 4 a 1 sobre o Mirassol, torcedores tiveram dificuldades para entrar no Pacaembu. Na notificação, a federação afirma constar no relatório do jogo que catracas não funcionaram adequadamente. Aponta também erros e atraso no momento da manobra de transferência de energia para o gerador, catracas que pararam de funcionar, falta de configuração nas antenas de comunicação e outros problemas com ingressos.

De acordo com o documento feito pela FPF, centenas de torcedores foram afetados por conta dos problemas na entrada do estádio. “Iremos responder ao ofício da Federação Paulista na data estipulada. Na ocasião abordaremos as causas dos problemas ocorridos no Pacaembu e apresentaremos quais as medidas preventivas a serem adotadas para os próximos jogos, visando mitigar problemas futuros”, disse ao blog David Jesus, da Total Acesso. Por sua vez, o São Paulo repetiu que está apurando o ocorrido, como havia dito em nota oficial.

A respeito dos problemas na partida do Bragantino, Alex Marques, gerente da Omni, declarou que foram disponibilizados pelo time de Bragança Paulista poucos bilheteiros e que já houve uma conversa para que o fato não se repita. Ele disse também que a notificação foi cancelada pela FPF. Porém, o blog apurou que o cancelamento ocorreu por causa de um nome escrito de maneira errada e que em seguida outro comunicado com o mesmo teor foi enviado.

O blog não conseguiu ouvir a Acesso Mais sobre as ocorrências registradas no duelo entre Red Bull e Palmeiras, em Campinas. A notificação emitida pela FPF alega que dois portões foram abertos com 30 minutos de atrasos provocando filas e tumultos. Relata também que crianças acabaram entrando no jogo sem os ingressos de gratuidade que servem para ajudar no controle de público.

 

Palmeiras e Crefisa acertam contrato que pode chegar a R$ 400 mi em 3 anos

Leia o post original por Perrone

Palmeiras e Crefisa entraram em acordo e vão assinar um novo contrato que poderá render ao clube até cerca de R$ 400 milhões em três anos. Nesse valor estão uma cota fixa de patrocínio, luvas, ajuda no pagamento de salários de alguns jogadores e bônus por eventuais títulos conquistados.

A quantia anual fixa por patrocínio será pouco superior a R$ 80 milhões. Embolsar a verba máxima prevista, no entanto, é uma tarefa difícil. O alviverde teria que vencer praticamente todos os campeonatos que disputar por três temporadas.

O acordo, que irá até o final de 2021, é tratado entre as partes como o contrato de patrocínio que envolve o maior volume de dinheiro na história do futebol brasileiro.

No ano passado, o Palmeiras recebeu cerca de R$ 78 milhões de patrocínio, que engloba também a FAM, e um prêmio de R$ 10 milhões por ter vencido o Brasileirão.

Com Danilo Lavieri e Leandro Miranda, do UOL, em São Paulo

Virar o jogo. Flamengo 2 x 1 Bangu

Leia o post original por Mauro Beting

“Ter um número desse de gente no Maracanã e não ter empatia com a equipe…”. Abelão sabe o que faz e o que fala. O Flamengo teve mais chances, tem muito mais time que o Bangu e qualquer outro no Rio (e pode ter até no Brasil), teve um a mais que o time de Alfredo Sampaio por 75 minutos, e não fez muito para virar o placar. E ainda não virar o jogo com o torcedor desconfiado demais para ser Flamengo.

Eram mais de 46 mil na arquibancada. Melhor público no século para início de temporada. Mas ainda com algumas birras acumuladas. Vitinho fez bons lances pelo fundo, mas a torcida pegou no pé. Diego ficou bastante com a bola, quis jogo, pisou mais na área. Arão apareceu bastante por lá. Mas Uribe pouco se viu. O goleiro Jeferson fez muito. Até pênalti pegou.

E o Flamengo deveu bola.

Mas não tanto para a torcida seguir desconfiada.

Vai ter mais jogo e muito mais time. E, como sempre, polêmica. A bola saiu no lance de Renê que daria no pênalti que eu também não marcaria. Mas não era fácil para a adicional atropelada ver. E eu não daria mão na bola porque ela vem do peito do atleta do Bangu e bate no braço do defensor. Não teve intenção de usar o braço. Nem tempo.

Como também não se pode cobrar ou cornetar já a desatenção de Rodrigo Caio no gol de Anderson Lessa. Muita calma nessa hora.

Interesse de time estrangeiro faz Corinthians encarar guerra por Arana

Leia o post original por Perrone

O interesse de outros clubes, em especial de um estrangeiro, transformou a tentativa do Corinthians de contratar Guilherme Arana em uma guerra. Há ainda pelo menos mais dois brasileiros na briga pelo lateral-esquerdo.

Os nomes dos pretendentes são mantidos em sigilo pelos espanhóis e pelo estafe do atleta. O alvinegro tem boa vantagem em relação aos times nacionais. Porém, de acordo com um dos envolvidos na negociação, a entrada no circuito de uma equipe de fora do Brasil prejudicou os planos corintianos.

No último domingo (20), Duílio Monteiro Alves, diretor de futebol do Corinthians afirmou que existia a possibilidade de o lateral ser emprestado, mas que agora o Sevilla quer a venda. Ele classificou a operação como difícil.

Para tentar comprar os direitos relativos a seu ex-jogador, o clube paulistano trabalha com a possibilidade de a equipe espanhola aceitar o pagamento a longo prazo. Um parcelamento em no máximo 12 meses, por exemplo, deixaria o Corinthians em posição mais difícil na disputa.

Para vencer a guerra por Arana, Andrés Sanchez tem se envolvido diretamente nas negociações atuando de maneira agressiva para tentar superar os concorrentes.

Apesar das dificuldades, gente da Elenko, empresa de Fernando Garcia responsável por gerenciar a carreira do atleta, ainda vê com otimismo a chance de ele retornar para Itaquera. Já o jogador tem se mantido longe da disputa.

O ano promete no futebol

Leia o post original por Michelle Giannella

OI pessoal!

Voltando aos domingos no programa Mesa Redonda.

Esse ano o futebol promete!

Corinthians com Carille de volta. Promete.

Santos com Sampaoli. Será que o treinador argentino consegue se adaptar ao nosso futebol?

São Paulo com o estreando Jardine. Vocês confiam no novo treinador, aposta da diretoria?

Palmeiras com o incontestável Felipão. Será que o treinador consegue um ano vitorioso novamente?

De qualquer forma, 2019 promete. Espero que estejamos juntos e que possa ser um ano feliz para todos nós. Um beijo a todos. Mi

Pós-temporada. Red Bull Brasil 1 x 1 Palmeiras

Leia o post original por Mauro Beting

Mais do que a pré-temporada incipiente dos grandes contra menores que trabalham há meses como o Red Bull Brasil, também tem aquele espírito infalível, logo, falível, do “vamos ganhar a hora que quisermos”. Como no primeiro ataque verde Scarpa colocou a bola na cabeça de Borja para iniciar os trabalhos em 2019 para o campeão brasileiro.

Pouco se viu depois além do bonito gol de empate de Jobson, volante do organizado time de Zago, que pisou na área verde como não conseguem os eficientes Felipe Melo e Thiago Santos, que deixam o Palmeiras pesado demais. Mais leve na segunda etapa com Bruno Henrique e o estreante Felipe Pires pela ponta. Mas pouco criativo. E sem gás nos 20 finais de um jogo pobre para um elenco tão rico, contra um Red Bull Brasil que pode fazer um SP-19 competitivo.

Como o Palmeiras pode ganhar quase tudo. Também se achar que precisa muito mais do que isso.

Longo ano. Santos 1 x 0 Ferroviária

Leia o post original por Mauro Beting

Toda bola recuada para Vanderlei e os mais de 8 mil santistas aplaudiam a saída de bola dele. Ou vaiavam – em silêncio – a ideia infeliz de Sampaoli de exigir um novo goleiro que saia bem com os pés.

Com tanta dificuldade financeira, perdendo Gabriel, agora Bruno Henrique, Dodô e em breve Rodrygo, sem uma base boa para puxar alguém para agora, goleiro não é mesmo prioridade na Vila. Não é por ali que o Santos tem de focar.

Tem muita coisa para se acertar no Santos. Infelizmente, mais ainda para errar

Corinthians mais para 2017 que para 2018

Leia o post original por Mauro Beting

Volta a ter jogo, time e elenco em Itaquera. E não apenas pelo BMG que chega chegando, volta chegando ao Corinthians.

Boselli é ótimo. Se voltar Love, melhor ainda, e até podem jogar juntos em algumas circunstâncias. Arana, se voltar a ser o do primeiro semestre de 2017, é dos melhores reforços para qualquer clube. Até para quem voltará a ser dirigido por Carille.

Cássio é bandeira. Fagner é segurança, como Carlos também será pelo outro lado se jogar. Na zaga, Manoel é bom reforço. Léo Santos pode crescer. Ainda falta mais gente ali. Mas com Carille, se Ralf repetir o que fez, se Gabriel voltar a ser o de 2017, e com Renê Júnior e Richard, estará melhor protegida. Ainda mais com Ramiro que pode fazer e bem várias funções.

Sornoza qualifica, desde que entenda as necessidades do jogo. Dá opções a Jadson e Pedrinho (que precisa ajudar mais sem a bola), além da turma de frente que é muito boa, e com opções que podem dar caldo como André Luís e Gustavo Silva.

É um Corinthians mais forte. Com chances de repetir 1939, quando foi tri estadual pela última vez.