Arquivo da categoria: Sem Categoria

Demora para decisão de adiar Jogos Olímpicos arranha mais imagem do COI

Leia o post original por Perrone

Demorou demais, mas, felizmente, o governo japonês anunciou o adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio para 2021.

A demora para o anúncio da óbvia decisão arranha ainda mais a já amassada imagem do COI (Comitê Olímpico Internacional).

Como se sabe, o comitê organizador e o COI só decretaram o adiamento depois de muita pressão de comitês nacionais.

Um anúncio mais ágil teria sido ótimo para ajudar na conscientização da população mundial em relação à gravidade do avanço do novo coronavírus.

O cara que ainda não entendeu direito o tamanho do problema, em alguns casos até por culpa de governantes que tratam a pandemia como uma gripezinha, teria sofrido esse impacto antes. Pensaria ele: “putz, se adiaram até a Olimpíada, o negócio é pior do que eu imaginava. É melhor eu me cuidar”.

Isso sem falar na falta de respeito com atletas que deveriam estar focados em suas saúdes e perderam tempo na dúvida sobre se a competição iria ou não ocorrer. A preparação de um competidor para disputar uma Olimpíada é algo extremamente complexo e estressante. Imagine juntar a isso a tensão de uma pandemia e a incerteza em relação à participação no evento que é o sonho de sua vida.

Certamente, o COI e o comitê organizador, incluindo o governo do Japão, perderam grande chance de mostrar ao mundo o quanto a vida é mais importante do que dinheiro. Grana, sim, porque só ela explica a demora para anunciar a única solução possível.

Apesar de pandemia, GP Brasil mantém previsão de vender ingressos em abril

Leia o post original por Perrone

Apesar de uma série de adiamentos no Mundial de Fórmula 1 provocada pelo avanço do novo coronavírus, o GP Brasil mantém o seu cronograma inicial.

 A previsão de começar a venda de ingressos em abril está mantida. A corrida está marcada para 15 de novembro. A informação foi dada ao blog pela assessoria de imprensa da organização do evento.

Vale lembrar que, tradicionalmente, a maior parte da comercialização das entradas é feita pela internet.

Chase Carey, CEO da F-1, já anunciou que o calendário sofrerá várias alterações e que a competição terminará depois do previsto. A data de encerramento escolhida era 29 de novembro. O GP brasileiro é o penúltimo do ano. O dirigente, no entanto, não detalhou se a prova em São Paulo será afetada.

Por conta da pandemia, o campeonato de 2020 ainda não começou. Já foram canceladas as etapas de Austrália e Mônaco. As provas marcadas para Azerbaijão, China, Bahrein, Holanda e Espanha foram adiadas.

“Reconhecemos que existe um potencial significativo de novos adiamentos no atual calendário. No entanto, nós e nossos parceiros esperamos que a temporada comece em algum momento do verão (europeu), com um calendário revisado e com entre 15 e 18 provas”, escreveu Carey em nota oficial. Estavam programadas 22 etapas.

Ele também explicou que as tradicionais férias de verão dos envolvidos no campeonato foram antecipadas para março e abril  Assim, o período original do recesso de verão será aproveitado para realizar provas adiadas.

Férias já: clubes tentam estender jogos por dezembro e manter grana da TV

Leia o post original por Perrone

Uma das principais metas dos dirigentes de clubes brasileiros diante dos efeitos causados no futebol nacional por conta do combate ao novo coronavírus é entregar para a TV todos os jogos vendidos nesta temporada. Isso, apesar da interrupção nas competições atuais e de ameaça ao Brasileiro.

Por isso, os cartolas incluíram em seu pacote de propostas para os jogadores férias de 30 dias com início imediato, como mostrou o UOL Esporte.

Se isso acontecer, será alterado o calendário atual que prevê férias a partir do dia 7 de dezembro. Os jogos se estenderiam pelo último mês do ano.

Até a conclusão deste post, os clubes ainda aguardavam um posicionamento das entidades que representam os atletas a respeito de suas sugestões.

Conseguir completar o calendário evitaria redução nos pagamentos das emissoras de TV, especialmente da Globo em relação ao Brasileirão.

Por tabela, a manutenção das competições em seu formato atual, em tese, também evitaria corte nos pagamentos de patrocinadores, já que eles manteriam a exposição prevista.

Secretaria analisa possibilidade de usar estrutura do São Paulo em pandemia

Leia o post original por Perrone

A Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo analisa a viabilidade técnica e a necessidade de usar os equipamentos oferecidos pelo São Paulo no combate ao avanço do coronavírus. A principal estrutura são-paulina é o estádio do Morumbi.

O departamento de comunicação do órgão cestadual confirmou que o clube tricolor fez a oferta e analisa a situação.

Outras estruturas importantes são os centros de treinamentos das categorias de base e do time principal.

O Pacaembu, por exemplo, está recebendo um hospital de campanha para  atendimentos durante a pandemia.

No último sábado (21), o Corinthians publicou em rede social que colocou à disposição das autoridades todos os seus equipamentos.

Ao blog, o setor de comunicação da secretaria estadual afirmou que não poderia confirmar no final de semana se recebeu oficialmente a oferta corintiana. Contudo, ela também deve ser analisada.

“Face ao necessário enfrentamento da epidemia de coronavírus no Brasil, e fiel à sua tradição de solidariedade e responsabilidade social, o Sport Club Corinthians Paulista está disponibilizando todos os seus equipamentos para que as autoridades avaliem de que forma poderão ser utilizados no combate ao avanço da doença e na assistência à população em geral. Estão à disposição, desta forma, sua sede social, no Parque São Jorge, o centro de treinamento Dr. Joaquim Grava e a Arena Corinthians”.

Por sua vez o Palmeiras emitiu nota afirmando que está pronto para contribuir com ações e recursos no combate à pandemia.

O presidente do alviverde, Maurício Galiotte, conversou com autoridades envolvidas com o tema e colocou a estrutura do clube à disposição.

O Allianz Parque, estádio palmeirense, será usado nesta segunda (23) para uma campanha de vacinação contra a gripe influenza.

Santos

José Carlos Peres presidente do Santos disse ao blog que ofereceu à Secretaria Municipal da Saúde da cidade litorânea as instalações de seu clube.

“Oferecemos a nossa infraestrutura, como por exemplo o Salão de Mármore (área na Vila Belmiro em que o clube realiza eventos importantes). E o apoio para construir provisoriamente o que for possível. Temos espaço e um departamento de patrimônio. Se houver demanda, temos engenheiros, eletricistas, encanadores, pintores, todos à disposição”, afirmou Peres. 

Seis dicas de especialista em cinema para você matar a saudade do futebol

Leia o post original por Perrone

Não aguenta mais ficar sem assistir a jogos de futebol por causa da suspensão dos campeonatos em virtude do combate ao novo coronavírus?

Para te ajudar a aliviar os sintomas dessa abstinência, o blog convocou o youtuber Gustavo Cruz (www.youtube.com/Gustavo Cruz). Especialista em cinema, ele indica séries e filmes sobre futebol para você assistir nesse período de isolamento social. Confira abaixo as sugestões de Gustavo Cruz.

1 – “All Or Nothing: Manchester City” – Amazon Prime Vídeo 

Essa é a primeira dica que sempre dou para todos. Existem três motivos principais para essa indicação ser a que mais me encanta.

O primeiro de todos é que a equipe de filmagem teve um acesso que nunca tinha visto antes quando o assunto é um clube desse tamanho.

O segundo, acompanhamos todos os desafios e sacrifícios durante a campanha histórica do Manchester City, que alcançou mais de 100 pontos na temporada retratada.

O terceiro, que na minha opinião é o principal, o contato direto com o trabalho de Pep Guardiola.

Entendemos que a mística por trás da sua carreira vitoriosa está muito mais atrelada a um trabalho intenso e fanático do que qualquer outra coisa.  

2 – “Sunderland até Morrer” – Netflix

Indo na contramão da primeira indicação, onde você vai acompanhar um time rico sendo campeão, “Sunderland Até Morrer” conta, também em um formato episódico, a trajetória de um time afundando cada vez mais. O interessante aqui é a relação do clube com a sua cidade. Sunderland é uma cidade operária onde o futebol, ou melhor, o time Sunderland é tudo que importa. Além de ser uma bela produção, conhecer a história do clube e do fanatismo dos fãs torna a experiência em algo memorável.

3 – “Apache: A vida de Carlos Tevez” – Netflix 

Essa é a primeira e talvez a única ficção que recomendo. Baseado na vida do atacante Carlos Tevez, que inclusive aparece em pequenos trechos de entrevistas, a série retrata os primeiros passos do garoto que cresceu em uma das regiões mais perigosas da Argentina. A série mistura a história complexa de Tevez e família, com a criminalidade que existia a sua volta. Apesar de não ser uma série com um grande primor técnico, a curiosidade para conhecer a trajetória de Tevez e de seu amigo de infância o Uruguaio, que joga tão bem quanto ele, me fizeram ficar vidrado com os episódios. Recomendo para aqueles que gostam de conhecer as dificuldades para se tornar Jogador profissional.

4 – “Juventus: Prima Squadra” – Netflix 

Com seis episódios, a proposta é mergulhar na temporada da Juventus. O clube domina os campeonatos italianos já há algum tempo, por isso é interessante conhecer um pouco mais sobre a mentalidade dos jogadores e as tradições do clube. Um porém, esse documentário antecede a chegada de Cristiano Ronaldo ao clube. Na verdade, retrata justamente a temporada em que os torcedores aplaudiram de pé o craque depois daquele golaço de bicicleta. Outro porém, a série retrata uma suposta aposentadoria do goleiro histórico Gigi Buffon, mas como já sabemos, o goleiro fez um bate-volta em Paris e voltou para o clube. Esses dois pontos podem atrapalhar um pouco a narrativa, já que temos “spoilers” do que vai acontecer, mas mesmo assim, é uma boa oportunidade para conhecer outro grande clube europeu. 

5 – “Make Us Dream | Steven Gerrard”Amazon Prime Vídeo

Esse documentário foi produzido pelos mesmos criadores de Senna e Amy, um ponto inicial bastante promissor. Steven Gerrard talvez tenha sido um dos últimos jogadores no futebol a manter uma tradição antiga, permanecer no clube de coração durante toda sua carreira. O Liverpool é um dos clubes mais tradicionais da Inglaterra, com momentos de glória e tragédia em sua  é possivhistória. Gerrard é possivelmente o maior símbolo desse clube. Formado nas categorias de base do clube, ao longo de sua carreira teve diversas propostas de clubes ricos como Chelsea e Real Madrid, mas as suas raízes no Liverpool não permitiram sua saída. A pressão de ser capitão desse clube é gigantesca, e Gerrard alcançou o inimaginável com a camisa oito dos Reds. 

6 – “Le K Benzema” – Netflix

 Assistindo a diversos documentários e séries sobre esporte, você começa a criar uma sensibilidade para perceber a diferença de um documentário na sua forma pura, como do City, Sunderland, e aqueles que de certa forma têm um tom mais político e que defendem a imagem do personagem principal ou do clube. Resumindo, documentários encomendados.

Benzema é o atacante titular do Real Madrid há anos. Ele conquistou a Champions League ao lado de Cristiano Ronaldo, Marcelo e Sergio Ramos. Mas, sua carreira está marcada por um escândalo fora das quatro linhas. Karin Benzema foi expulso da seleção francesa depois de participar de um caso de polícia com outro colega de seleção.

O documentário conta a história do jogador, suas origens, convida alguns colegas importantes como o próprio Ronaldo para defendê-lo, e aborda o escândalo dando a visão do protagonista.

Basicamente, uma tentativa de recuperar sua vaga e prestígio antes da Copa de 2018, da qual os franceses foram campeões, sem o camisa nove merengue.   

Em aniversário, R. Gaúcho ganha bolo de advogado e apoio de chefe da prisão

Leia o post original por Perrone

A comemoração pelo aniversário de 40 anos de Ronaldinho Gaúcho, neste sábado (21), foi discreta na prisão em que ele se encontra em Assunção, no Paraguai. A informação é de Blas Vera, administrador do quartel e presídio em que o brasileiro está e foi confirmada pela defesa do ex-jogador ao blog.

“Não teve nada especial, ele só ganhou um bolo de um advogado que veio de manhã e ficou uns cinco minutos”, disse Vera.

O mimo foi levado por um dos defensores paraguaios de Ronaldinho e seu irmão Assis, que também está preso.

Segundo o administrador da “Agrupación Especializada de la Policia Nacional” não houve nem um jogo de futebol para celebrar a data.

“Aqui está tudo parado, ninguém jogou bola. Estamos concentrados em combater o novo coronavírus. Para você ter uma ideia, temos quatro cozinheiros, mas só dois estão vindo trabalhar por medida de segurança”, afirmou  Vera.

Como mostrou o blog, desde a última quarta o quartel e presídio proibiu a entrada de visitantes. Os presos só podem receber seus advogados.

“Mas Ronaldinho, recebeu uma visita no dia de seu aniversário que não foi de advogado. Foi do chefe da Agrupación, eu. Ele e Assis estão bem. Desejei força a Ronaldinho e disse a ele que tudo vai se resolver logo”, contou o administrador.

Os irmãos estão em prisão preventiva por conta da acusação de portar e usar documentos paraguaios falsos para entrarem no país.

COVID-19: É perturbador quando olham para você como possível contaminado

Leia o post original por Perrone

ESPCIAL NOVO CORONAVÍRUS*

Diário do isolamento

Atualizando o diário de meu isolamento desde que voltei na noite da última segunda de Assunção, no Paraguai, após cobrir o caso Ronaldinho Gaúcho.

Quarta-feira, 18 de março

Estava sentado, trabalhando, quando alguém tocou a campainha. Para não quebrar o isolamento, perguntei quem era e tentei saber o assunto. A voz do outro lado estava aflita, falava algo incompreensível sobre uma creche.

O sujeito tinha tanta pressa que atropelou meu raciocínio. Acabei abrindo a porta, mas ainda consegui manter uma distância razoável do inesperado visitante. Ele permaneceu do lado de fora.

Era um dos faxineiros do condomínio. Ele dizia que “o pessoal da creche está na portaria esperando doação”. O funcionário subiu para dar o recado porque meu interfone não está funcionando.

“Que creche?”, preguntei surpreso.

“A creche do outro lado da rua. Eles estão lá na portaria esperando você levar as doações”, respondeu ele.

Expliquei que eu não tinha  prometido nada. Aliás, nem sabia que existe uma creche na rua. Em outra situação, teria descido e tentado colaborar de alguma forma, desde que confirmasse se tratar mesmo de uma creche.

Meu interlocutor não assimilou que eu não tinha ideia do que ele estava falando. Como vi que ele estava disposto a promover uma espécie de condução coercitiva para me levar até a portaria e fazer uma acareação com quem esperava pela suposta doação, não tive alternativa a não ser dar um passo para trás e fazer o anúncio solene: “voltei do Paraguai, estou em isolamento, não posso sair daqui”.

A fisionomia do cara, um boa praça, mudou. Deu para perceber a tensão em seu rosto. Imediatamente ele se afastou com passos rápidos para trás enquanto repetia: “você não prometeu nada para creche?”.

Fechei a porta e senti o golpe. A sensação de ver alguém se afastando de você, com medo de ser contagiado por você, é perturbadora.

Quinta-feira, 19 de março

Mais uma vez precisei sair do apartamento para ir na portaria buscar mantimentos comprados pela internet.

Bastou botar o pé na área externa do condomínio para o faxineiro, aquele da creche perceber a minha presença. Ele estava de saída, mas teve tempo para soltar, sorrindo,  um berro: “olha o corona”.

Dei risada, mas foi constrangedor. Não por causa da brincadeira dele, mas por estar em uma área comum do condomínio sabendo que recentemente voltei de uma viagem ao exterior. Eu não deveria estar lá. Esse é um problema que não sei como resolver.

Sexta-feira, 20

Foi dia de descobrir que músicos, cantores, atores e agentes culturais estão se mobilizando para oferecer entretenimento pela internet para quem está evitando sair de casa. Tem muita coisa legal rolando. Mais pra frente, com calma, pretendo falar sobre o assunto.

Também foi dia decidir não abrir alguns vídeos suspeitos recebidos por mensagem de WhatsApp. Não sei por qual motivo, mas o isolamento ressuscitou o famigerado gemidão. Caí nessa diversas vezes nos últimos dias.

*Além dos habituais posts publicados neste blog, a partir de hoje, por tempo indeterminado, esse espaço também será dedicado a temas relacionados ao novo coronavírus.

Covid-19: em aniversário preso, Ronaldinho Gaúcho só pode receber advogado

Leia o post original por Perrone

Ronaldinho Gaúcho completa 40 anos neste sábado (21) preso em Assunção, no Paraguai, podendo receber visita apenas de advogado. Por causa do combate ao novo coronavírus as visitas estão proibidas na “Agrupación Especializada de la Policia Nacional” desde a última quarta-feira.

O quartel, que funciona também como prisão, normalmente não limita a entrada de visitantes às quartas, sábados e domingos. Porém,  no sábado passado, para se enquadrar no pacote de medidas lançado pelo governo paraguaio para tentar conter o avanço do vírus, só passou a ser permitida a entrada de um visitante por dia liberado.

“O Ministério de Justiça e Trabalho proibiu visitas em todas as cadeias. Como aqui é um quartel e está submetido ao Ministério da Defesa fizemos uma norma interna proibindo a entrada de visitantes. Só advogados podem entrar. Não queremos por nada deste mundo que o vírus entre aqui”, disse ao blog Blas Vera, administrador do local.

Sérgio Queiroz, advogado de Ronaldinho e de seu irmão, Assis, também preso sob a acusação de usar e portar documentos paraguaios falsos, afirmou que vai ao quartel e presídio para ver o aniversariante do dia.

Por sua vez, Vera descartou abrir uma exceção e deixar amigos do ex-atleta entrarem por se tratar do aniversário do ex-jogador. Além de Queiroz, advogado brasileiro, Ronaldinho tem pelo menos mais quatro defensores paraguaios. E ao menos dois amigos brasileiros que foram para Assunção com o objetivo de dar suporte aos irmãos e que sempre visitavam a dupla.

Ronaldinho vai ter um dia difícil em seu aniversário porque as visitas estão proibidas.

Blas Veras, administrador do presídio e quartel em que o ex-jogador está preso

Os advogados dos presos só podem entrar depois de terem a temperatura medida e responderem a algumas perguntas de agentes de saúde pública. Eles têm as mãos desinfetadas com álcool em gel e precisam colocar máscaras antes de entrarem na prisão.

“Todos os presos são obrigados a usar máscaras quando estão nas áreas comuns do quartel. Isso inclui Ronaldinho, claro. Até agora não tivemos casos suspeitos de contaminação, declarou Vera.

A defesa de dos irmãos aguarda a perícia nos celulares deles para poder voltar a agir no processo. O entendimento dos advogados é de que o próprio Ministério Público deve recuar em relação à atual prisão preventiva dos dois. Os defensores afirmam ter certeza de que o exame nos telefones não mostrará indícios de outros crimes.

 

Globo: ‘tratar de eventual impacto financeiro de parada fica para depois’

Leia o post original por Perrone

Se os Estaduais forem cancelados ou encurtados por conta do combate ao novo coronavírus, haverá redução nos pagamentos feitos pela Globo aos clubes?

Qual o prazo máximo de suspensão das competições sem que os pagamentos sejam afetados?

A emissora vai dar sugestões sobre eventuais modificações nos campeonatos com calendário afetado pelo combate ao Covid-19?

A Globo tem que restituir patrocinadores por conta da situação?

O que aconteceria em termos de restuição a patrocinadores no caso de os Jogos Olímpicos de Tóquio serem adiados? O COI (Comitê Olímpico Internacional) devolveria algum pagamento? A Globo foi consultada, consultou ou vai consultar o COI sobre esse possível adiamento? Qual a posição da emissora atualmente sobre o tema?

Como fica a situação dos patrocinadores da transmissão da Fórmula 1, que já teve etapas canceladas? Eles serão restituídos?

Essas e outras perguntas foram enviadas pelo blog para Fernando Manuel Pinto, diretor de direitos esportivos da Globo, por meio da assessoria de imprensa da emissora.

O departamento de comunicação da Globo respondeu ainda ser cedo para o executivo conseguir falar sobre essas questões num cenário “muito incerto e muito especulativo”.

No lugar das respostas de Fernando Manuel, a comunicação da Globo enviou a nota abaixo.

“Neste momento, acreditamos que o mais importante é apoiar os protocolos definidos pelas autoridades para enfrentar a pandemia do Coronavírus. Os cancelamentos de eventos esportivos serão tratados posteriormente com realizadores, clubes e patrocinadores. Estamos certos de que é comum a todos a preocupação maior com a saúde do que com eventuais impactos financeiros”.

Médicos idosos são expostos a riscos por falta de material, diz sindicato

Leia o post original por Perrone

ESPECIAL COVID-19*

Falta de equipamentos de proteção individual para os médicos, profissionais idosos atuando na linha de frente sem a devida proteção e funcionários expostos a riscos sem garantias trabalhistas. Esse é o pacote com potencial para aumentar o estrago feito pelo novo coronavírus no Brasil. A análise é do presidente do Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp), Eder Gatti.

A entidade tem recebido denúncias de profissionais sobre problemas como a falta de máscaras e outros elementos indispensáveis para a proteção de quem trata pacientes com suspeita de contaminação pelo Covid-19, entre outros problemas. O sindicato criou um telefone para denúncias e pretende levar os casos para o Ministério Público.

Por sua vez a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo enviou nota afirmando que os estoques foram reforçados na semana passada com 5 milhões de máscaras descartáveis e 15 milhões de luvas, entre outros insumos (veja a nota na íntegra no final do post).

“A gente já imaginava que ia faltar material. O SUS já tinha deficiência de insumos. Agora a situação se agravou. Sem proteção aumenta o risco de os médicos adoecerem. Se isso acontecer, o déficit no nosso sistema de saúde vai aumentar. Teremos menos médicos e mais pacientes”, afirmou o presidente do sindicato. 

Para complicar a situação,  profissionais que tocam pessoas com suspeita de contaminação precisam  trocar todo o equipamento. Isso aumenta a demanda por material de prevenção. O kit é composto por máscara facial, gorro, óculos de proteção e luvas.

Outra preocupação é em relação a profissionais idosos que trabalham sem as condições ideais de proteção. “Temos médicos que estão na terceira idade em situação de risco, trabalhando sem equipamento de proteção. Não são todos, mas temos informações que isso acontece com médicos de uns 65 anos, que fazem parte do grupo de risco”, disse o presidente do sindicato.

Gatti declarou que a entidade também está preocupada em relação a como médicos que trabalham como pessoa jurídica vão se sustentar caso fiquem doentes atuando sem equipamentos de proteção.

“Decidiram parar de fazer concurso para contratar médicos para a rede pública. Passaram a contratar profissionais como pessoa jurídica. Se eles ficarem doentes trabalhando, vão parar de receber”, declarou Gatti.

.Outra reclamação é de que em algumas unidades de saúde na área de triagem são misturados pacientes suspeitos de contaminação pelo Covid-19 com os demais.

Apesar de tantas queixas a margem para a categoria se manifestar é pequena. A reportagem apurou que, pelo menos entre médicos paulistas, existe o sentimento de que com o caos instalado na saúde pública por conta do coronavírus ninguém pode parar para protestar. Isso poderia custar vidas 

Abaixo, veja na íntegra a nota enviada pela assessoria de imprensa da Secretaria de Saúde do Estado ao blog.

“As orientações aos profissionais de saúde já têm sido amplamente comunicadas, por meio de webconferências e documentos técnicos de proteção aos profissionais, amparados nas diretrizes do Ministério da Saúde e da Anvisa. As medidas assistenciais também foram disseminadas entre os serviços de saúde, com base nos protocolos do SUS.

Com relação aos insumos, a Secretaria de Estado da Saúde esclarece que realiza planejamento estratégico de compras, com base no consumo e mais uma margem de segurança para garantir  abastecimento. Além disso, destaca que, na última semana, foi anunciado pelo Governador e Secretário o reforço dos estoques de insumos para profissionais de saúde dos hospitais estaduais, incluindo: 5 milhões de máscaras descartáveis, 15 milhões de luvas, 48 mil litros de higienizadores em gel e mil aventais, além de máscaras cirúrgicas e óculos descartáveis”.

*Além dos habituais posts publicados neste blog,  por tempo indeterminado, esse espaço também será dedicado a temas relacionados ao novo coronavírus.