Arquivo da categoria: Sérvia

Vai começar a Copa agora!

Leia o post original por Craque Neto

Depois de duas partidas mostrando um futebol bem irregular, finalmente a Seleção Brasileira encaixou um jogo competitivo e sem sustos. O time do Tite encarou a Sérvia nesta quarta-feira e conseguiu vencer por 2 a 0, com gols do Paulinho e Thiago Silva. E vamos falar a verdade? Todas as deficiências que achávamos que existiam aparentemente foram superadas. Por exemplo, muita gente falava que próprio Paulinho não vinha rendendo bem tecnicamente. E a partida que esse rapaz fez? Pelo amor de Deus! A própria defesa atual com uma perfeição impressionante. Aliás, o miolo de zaga merece um super destaque! Os […]

O post Vai começar a Copa agora! apareceu primeiro em Craque Neto 10.

Brasil x México

Leia o post original por Flavio Prado

Foto: Patrik Stollarz/AFP

O México é um adversário que oferece várias opções de jogo. O time de Juan Carlos Osorio ataca bastante, consequentemente pode abrir espaços, o Brasil explora muito bem esses espaços, mas existe também o risco.

Um time que ataca bastante, exige alta concentração do adversário. Normalmente, o desafio do Brasil é conseguir o primeiro gol, mas contra o México o time continuará ameaçado mesmo em vantagem, não pode relaxar.

Sobre o jogo contra a Sérvia, o Brasil teve atuação segura, quase não sofreu na defesa, apesar de uma certa pressão no início da segunda etapa.

Ofensivamente, Coutinho tem sido um diferencial com gols e assistências. Coutinho é um jogador capaz de desequilibrar em um toque ou em uma movimentação. O meio-campo ainda tem problemas para controlar o jogo, Paulinho é infiltrador, Tite teve que colocar Fernandinho para reequilibrar o jogo.

Neymar fez boa partida, ainda pode mais, deve crescer com a sequência de jogos. William e Gabriel Jesus podem render mais, são jogadores que não se escondem, mas não estão acertando as jogadas, isso derruba a confiança.

Foto: Hector Retamal/AFP

Opinião: Colômbia é mais uma seleção a jogar melhor do que o Brasil na Copa

Leia o post original por Perrone

A vitória da Colômbia por 3 a O sobre a Polônia neste domingo foi um convite à reflexão a respeito do futebol que a seleção brasileira tem apresentado na Rússia.

Os colombianos deram espetáculo  derrotando um time mais forte do que a Costa Rica, adversário capaz de segurar o empate com o Brasil até os acréscimos.

A Colômbia nunca esteve entre as favoritas pra vencer o Mundial, diferentemente do Brasil. Porém, com sua atuação contra a Polônia passou a ser mais um time na Rússia que fez pelo menos uma partida bem melhor do que a equipe de Tite.

No mesmo pacote estão Espanha, Portugal, França e Bélgica. Deixo a Inglaterra de fora porque sua melhor apresentação foi contra o Panamá, bem mais fraco do que Costa Rica e Suíça.

Assim, são pelo menos cinco seleções que já atingiram nível melhor do que o Brail na Copa. Não é  pouco.

Nesse cenário, é fundamental que os comandados de Tite façam uma grande atuação contra a Sérvia no encerramento da fase de grupos. É preciso chegar nas oitavas com mais confiança.

Lições do ensaio

Leia o post original por RicaPerrone

Wander Roberto/ Vipcomm

Era um último teste, uma partida amistosa para não machucar ninguém e dar movimentação ao time.  É óbvio que eles não iam colocar o pé faltando 6 dias pra Copa, ainda mais horas depois de verem mais um craque fora por contusão, o Ribery.

Eu não vou avaliar a seleção por 90 minutos de um amistoso deste nível e ritmo. Posso contestar algumas coisas, mas não concordaria com qualquer mudança baseada neste jogo.

Paulinho, longe de ser o cara da Copa das Confederações, está fazendo uma falta tremenda. A bola que vinha pelo meio de pé em pé agora já não consegue chegar tão fácil, o que prejudica o também em má fase Oscar.

Felipão não é bobo, não vai perder o grupo. Vai com os dois na semana que vem, mas se sentir que não melhora, Hernanes, Ramires e Willian podem começar a aquecer.

O que se tira de lição de um jogo desses, afinal?

Que o torcedor tem uma semana pra não jogar na Croácia com a 9, de titular.

Se for pra vaiar, cobrar desde o primeiro tempo, não entender que jogar em casa é “vantagem” por causa deles e não ” apesar deles”, vamos transformar nossa Copa, a mais difícil que já tivemos em cruzamentos, na mais impossível de ganhar.

“Torcedor não joga…”. O cacete! Torcedor joga sim, ajuda e faz parte do resultado.  Se ele quiser, joga contra. Quando quer, faz diferença a favor.

Na pior das hipóteses, fique na sua. Mas pelo amor de Deus entenda que na quinta-feira eles estarão nervosos e farão um jogo dificil como toda estréia em Copa tem sido pra todos os grandes desde que a bola é redonda.

“Luis Fabianoooo!” é um sintoma gravíssimo de falta de critério.

Tudo bem que era amistoso e, portanto, ele seria o ideal pra estar em campo. Mas nos preparamos pra Copa, torneio onde se decide jogos num detalhe. Convenhamos, nao é o caso.

Fred precisa ser aplaudido e não contestado a 6 dias. Imagine na quinta que vem.

Se algo tem que mudar por causa deste amistoso é a postura do torcedor. O time, só quando for pra valer.

abs,
RicaPerrone

Não está mil maravilhas

Leia o post original por Neto

Neymar deixou o campo vaiado contra a Sérvia

Neymar deixou o campo vaiado contra a Sérvia no primeiro tempo

A Seleção Brasileira venceu a Sérvia nesta sexta-feira por 1 a 0 no Morumbi. Foi o primeiro teste pra valer de todos esses amistosos meia-bocas que a CBF armou para essa preparação para a Copa do Mundo. E posso falar a verdade? Jogo difícil. Ficou evidente aos meus olhos que o Brasil depende muito mais de seus talentos individuais que propriamente do coletivo, da formação tática em campo. A partida foi truncada e com pouquíssimas chances ofensivas. Na única que apareceu o Fred mostrou o faro de artilheiro e colocou pra dentro das redes.

Mas pode ser que essa chance não apareça com tanta facilidade. E aí seria interessante que a equipe tivesse mais movimentação, penetrações e variações táticas. Mas essa não é a principal qualidade do Felipão. Pra falar bem a verdade a maior qualidade do treinador brasileiro, se não for a única, é valorizar a parte motivacional. Fechar o grupo com ele. Nisso ele está muito bem. Mas ainda acho pouco para conquistar do hexa.

Poxa vida! Contra os sérvios o Neymar saiu de campo vaiado no fim do primeiro tempo. A dupla de zagueiros mais cara do futebol mundial, Thiago Silva e David Luiz, cometeu alguns erros e chegou até a bater cabeça literalmente. Alguém imaginou que isso pudesse acontecer? Claro que não.

Em resumo o teste foi bom. Vencemos. Mas ainda é pouco. E quem viu os 90 minutos do amistoso sabe do que estou falando.