Arquivo da categoria: soccer

O sistema dois: as amarrações

Leia o post original por Flavio Prado

Foto: Marcelo Ferrelli/Gazeta Press

Na hora de escolher jogadores há total prioridade para os credores. Até porque eles têm os melhores. Mas mandam bagulhos juntos.

 

 

Como disse no post de ontem 5 ou 6 empresários mandam no futebol brasileiro. Não importa clube ou seleção, sempre há um braço de empresário lá dentro. Essa ligação pode vir através do treinador, do gestor de futebol, do gerente e por certo alguém da diretoria. Isso garante o livre trânsito deles em qualquer concentração.

Claro que não precisam estar lá fisicamente. E normalmente não estão mesmo. Mas sabem tudo que rola, desde as necessidades dos clubes até quem pode participar do sistema. Qualquer equipe, que precise de aporte financeiro, terá nesses “donos” da bola a ajuda imediata. O dinheiro entra e o compromisso está garantido. Como negar algo a alguém para o qual se deve?

Esses montantes não entram, muitas vezes, de forma oficial. Aliás quase sempre não há registro de nada. Os pedidos são escritos em bilhetes, que são rasgados depois de sinais de concordância. Como não é nada oficial nunca se sabe se o dinheiro entra para os cofres dos clubes ou fica pelo caminho. Mas quem recebeu, sempre pessoa com poder de decisão, fica amarrado a quem mandou a grana.

Na hora de escolher jogadores há total prioridade para o credores. Até porque eles têm os melhores. Mas mandam bagulhos juntos. É como as televisões tinham que fazer antigamente. Para comprar os filmes de Oscar precisam levar encalhados das produtoras junto. No futebol brasileiro atual é igual. E os “encalhes” assinam longos e ótimos contratos.

Está entendendo agora porque alguns caras acertam com seu time, nunca jogam e custam fortunas ? É pagamento de pedágio. E em vários casos “devolução” de dinheiro que o clube nem viu, mas teve gente com cargo lá dentro, que usou muito bem. O sistema é bem montado. Bom para todos os participantes. Já para os torcedores a coisa está cada vez mais complicada. Jogos feios, campeonatos ruins e estádios cada vez mais montados para torcidas uniformizadas. Sim, claro, elas também  fazem parte do sistema. E em grande estilo.