Arquivo da categoria: Tênis

Andreescu leva primeiro WTA Premier

Leia o post original por Fernando Sampaio

A canadense Bianca Andreescu conquistou neste domingo seu primeiro título como profissional com uma vitória espetacular em cima da alemã Angelique Kerber, ex-número 1 do mundo, por dois sets a um, parciais 6/4, 3/6 e 6/4. A jovem de 18 anos começou a temporada no 152º lugar do ranking, fez final em Auckland, iniciou o torneio na Califórnia como 60ª colocada e já aparece hoje na lista da WTA na 24ª…

Fonte

Melo e Kubot ficam com o vice em Indian Wells

Leia o post original por Fernando Sampaio

Marcelo Melo e Lukasz Kubot ficaram com o vice-campeonato do Masters 1000 de Indian Wells, nos Estados Unidos. Neste sábado (16), a dupla cabeça de chave número 6 disputou a final diante do croata Nikola Mektic e do argentino Horacio Zeballos. Os campeões venceram por 2 sets a 1 de virada, parciais de 4/6, 6/4 e 10-3, em 1h28min. Esta foi a 14ª final de Masters 1000 da carreira de Marcelo &#8211.

Fonte

Federer e Nadal criticam Djokovic

Leia o post original por Fernando Sampaio

O britânico Chris Kermode, presidente da ATP, não terá seu contrato renovado no final do ano. A decisão foi tomada pelo Conselho dos Jogadores. Djokovic é o presidente da comissão e considerado um dos principais responsáveis pela mudança. O sérvio negou na entrevista coletiva em Indian Wells. A relação entre o número 1 e o dirigente estava azeda há anos. Nadal não aprovou a decisão.

Fonte

Melo e Kubot nas quartas em Indian Wells

Leia o post original por Fernando Sampaio

Marcelo Melo e Lukasz Kubot estão nas quartas de final em Indian Wells. A dupla conquistou na noite deste domingo a segunda vitória no torneio batendo o australiano Nick Kyrgios e o norte-americano Taylor Fritz por 2 sets a 1, parciais de 6/4, 1/6 e 10-8 em 1h12 de partida. Cabeças de chave 6, Melo e Kubot enfrentarão na próxima rodada os vencedores do confronto entre os irmãos norte-americanos…

Fonte

Soares e Murray eliminados na estreia

Leia o post original por Fernando Sampaio

A dupla Bruno Soares e Jamie Murray era uma das favoritas em Indian Wells. Mas, pelo segundo torneio consecutivo os dois foram eliminados logo na estreia. Cabeças de chave 2 no torneio, o brasileiro e o escocês foram eliminados pelo indiano Rohan Bopanna e canadense Denis Shapovalov, por duplo 6/4. Soares e Murray não conseguiram um único break-point em toda a partida e cederam duas quebras…

Fonte

Serena e Azarenka dão show no Dia das Mulheres

Leia o post original por Fernando Sampaio

O Dia Internacional da Mulher em Indian Wells foi marcado por uma das melhores partidas do tênis feminino na temporada 2019. Bastante aguardado pelos fãs, o duelo entre Serena Williams e Victoria Azarenka pela segunda rodada do WTA Premier de Indian Wells cumpriu, e talvez tenha até superado, as expectativas. As duas ex-líderes do ranking atuaram em altíssimo nível e brindaram o público com um dos…

Fonte

Melo estreia com vitória no Masters de Indian Wells

Leia o post original por Fernando Sampaio

Marcelo Melo e Lukasz Kubot comemoraram nesta sexta-feira (8) a vitória na estreia do Masters 1000 de Indian Wells, nos Estados Unidos. Pela primeira rodada do torneio, a dupla – cabeça de chave número seis – derrotou o holandês Wesley Koolhof e o grego Stefanos Tsitsipas por 2 sets a 1, parciais de 7/6 (7-1), 6/7 (1-7) e 10-5, em 2h12min. Nas oitavas de final, em busca da segunda vitória no…

Fonte

Bia Haddad, que você tenha uma ótima temporada

Leia o post original por Fernando Sampaio

Bia Haddad merece toda nossa torcida. Em 2013 fez sua estreia numa chave de WTA em Florianópolis. Em 2015, com apenas dezoito anos, fez um belíssimo jogo contra a italiana Sara Errani, número 16 do mundo e vice-campeã de Roland Garros 2012. A brasileira ganhou o primeiro , teve três match points no segundo, mas sentiu um problema na coxa esquerda e desistiu da partida válida pelas quartas de final…

Fonte

Djokovic arrasador em Melbourne

Leia o post original por Fernando Sampaio

Novak Djokovic arrasou na final do Aberto da Austrália. O sérvio fez neste domingo uma de suas melhores atuações na carreira, bateu Rafael Nadal e conquistou seu sétimo título em Melbourne. O número 1 do mundo bateu o espanhol número 2 do ranking, campeão na Austrália em 2009, por 6-3, 6-2 e 6-3 em duas horas e quatro minutos.

Foi o seu 15º Grand Slam. Djokovic superou Pete Sampras, o norte americano que tem 14 títulos de Grand Slam. “(Sampras) era alguém que eu admiro. Quando comecei a jogar tênis, uma das primeiras imagens do tênis em geral foi ele jogando em Wimbledon, vencendo o primeiro título em 93. Eu era um menino pequeno em Kopaonik, este resort de montanha no sul da Sérvia. Ninguém havia tocado uma raquete de tênis antes de mim. Eu não tinha uma tradição de tênis na minha família. Eu tinha tradição esportiva. Então foi definitivamente um sinal do destino começar a jogar tênis, para aspirar a ser tão bom quanto Pete. Para superá-lo com títulos de Grand Slam, estou sem palavras”, disse Djokovic.

Djoko empatou com Roy Emerson e Roger Federer em números de títulos no Melbourne Park. No geral está atrás apenas de Federer (20) e Nadal (17). Sua 28ª vitória sobre Nadal (28-25 no total) marcou sua 73ª conquista.

Osaka leva Austrália e vira numero 1

Leia o post original por Fernando Sampaio

A japonesa Naomi Osaka será a nova número 1 do mundo quando o ranking da WTA for divulgado nesta segunda-feira, 28 de janeiro. Ao conquistar o Aberto da Austrália em Melbourne, neste final de semana, seu segundo título de Grand Slam no Aberto, a japonesa tornou-se o primeiro jogador japonês – homem ou mulher – a alcançar este marco histórico desde que os rankings de computadores foram introduzidos em 1975.

Aos 21 anos, 104 dias de idade, ela se torna a jogadora mais jovem a chegar no No.1 desde Caroline Wozniacki, dinamarquesa que chegou ao número 1 em 2010 aos 20 anos, 92 dias de idade. “Estou muito animada para me tornar a nova No.1”, disse Osaka. “Sempre sonhei em estar nesta posição e tenho a honra de fazer parte do grupo de elite de jogadores que alcançaram o 1º lugar.”

Depois de chegar às semifinais no Aberto da China, em Pequim, em outubro passado, Osaka se tornou a segunda japonesa a entrar no Top 5 da WTA, depois de Kimiko Date, que chegou a 4 do mundo em novembro de 1995.