Arquivo da categoria: tijuana

Partiu Riascos…

Leia o post original por Rica Perrone

Eu tenho uma certa paixão por lances que decidem títulos e não são necessariamente gols. Óbvio, portanto, que a defesa do Victor no pênalti do Tijuana é uma das coisas mais sensacionais que vi no futebol. Me lembro bem. Estava na sala de casa, assistindo ao jogo já meio levantando pra escrever sobre a classificação […]

A diferença dos grandes jogadores

Leia o post original por Neto

Qualidade técnica é um dom que Deus dá pra poucos. Mas capacidade pra aliar técnica e poder de decisão é algo mais raro ainda. O que vi o goleiro Victor fazer nesta quinta-feira é algo grandioso. Digno dos grandes jogadores. Digno de heróis. Graças a ele o Atlético/MG eliminou o Tijuana e garantiu vaga na semifinal da Libertadores. E para os que estão falando que o cara se adiantou, um sonoro DANE-SE! Não tenho sangue de barata. Primeiro porque nem achei que se adiantou. De repente tirou o pé da linha. Segundo que perto da picaretagem que a arbitragem tem feito com os clubes brasileiros nessa competição, isso é fichinha. Parabéns Galo!!! Acompanhem o lance com a narração vibrante do amigo Milton Leite!

“Cavalo paraguaio”? O rótulo mais infeliz da história do futebol teve fim nesta noite! Victor pega pênalti e coloca o Tijuana na lista de vítimas do Horto. O Galo mais do que nunca é o Brasil na disputa pela América!

Leia o post original por Milton Neves

“Cavalo paraguaio”?

Os detratores do Galo quebraram a cara de novo.

O pior rótulo da história do futebol teve fim nesta noite.

O Atlético Mineiro é o ÚNICO clube brasileiro classificado para disputar as semifinais da Libertadores este ano.

Riascos abriu o placar para os mexicanos, em um momento de descuido da defesa alvinegra.

E empurrado pela MASSA mais maravilhosa, Réver igualou o marcador.

Um pênalti no último minuto até ameaçou mudar o desfecho.

Mas Victor, que já tinha feito belíssimas defesas durante o jogo, salvou o Galo na briga e a glória foi sacramentada!

Jogo nervoso, mas com um final épico à altura do Galo mais lindo do mundo.

O destino do Tijuana já foi traçado quando a tabela o fez cruzar o caminho mineiro.

Porque caiu no Horto, não tem jeito: está morto!

Que chorem os “grandes” Corinthians, Palmeiras, São Paulo, Grêmio e o último, mais uma vez eliminado, FluminenC.

Estes sim, os verdadeiros “cavalos paraguaios” do Brasil.

E o Galo pode até não ganhar o torneio, mas será sempre lembrado como o cavalo árabe puro sangue.

O único time a realmente representar o país na disputa pela América em 2013.

OPINE, INTERNAUTA!

Enquanto isso, vou comprando a minha passagem para o Marrocos.

Só o Galo Mágico para ciscar no playground mexicano

Leia o post original por Neto

Tardelli fez o primeiro do empate em Tijuana

Qualquer elogio é pouco para esse time do Atlético/MG. Enquanto vejo muita gente (normalmente aqueles corneteiros ‘do contra’) chamando o Galo de time pipoqueiro ou cavalo paraguaio, afirmo sem medo de dizer que essa equipe está completamente pronta para ser campeã da Libertadores desse ano. Vem com uma base preparada do ano passado que por pouco não belisca o título nacional. Só jogadores top de linha com vontade de brilhar. Pra falar a verdade até o Ronaldinho Gaúcho, que estava em uma nhaca danada no Flamengo, voltou a jogar bola em Minas.

Vencer o Tijuana no México era tarefa quase impossível. Disputando a Libertadores pela primeira vez da sua curta história (foi fundado em 2007), eles venceram todas as partidas que disputaram no estádio Caliente na fase de grupos. Nas oitavas empatou com o Palmeiras. Mas sem sofrer gols. Pois bem, depois de estar perdendo por 2 a 0, o Galo se recuperou e garantiu a igualdade por 2 a 2 no finalzinho. Ciscou bonito e com estilo em um lugar onde ninguém tinha conseguido ir bem. Até pelas dificuldades do tal gramado sintético.

Agora o Atlético volta a encarar os mexicanos no Horto. Isso mesmo! No estádio Independência onde não perde há 48 jogos. Então, meus amigos, posso afirmar tranquilamente que os mineiros já estão garantidos nas semifinais. Se bobear com goleada porque além dos atleticanos serem bons, esse Tijuana é um time ruim que dói. Tá louco!

Valeu Kalil! Valeu Cuca! Valeu boleirada do Galo! Todo mundo está fazendo um grande trabalho. Vou ficar na torcida por um futuro ainda mais iluminado!!!

Palmeiras estuda punir conselheiro que bateu boca com pai de Bruno após frango

Leia o post original por Perrone

Stéfano Américo Jesus Giordano, conselheiro palmeirense conhecido como Teté, enfrentará uma comissão de sindicância no Palmeiras por causa do episódio em que criticou o goleiro Bruno, gerando um bate-boca com o pai do atleta.

Colegas de Teté no Conselho, decidirão se ele merece ser suspenso por causa do incidente. Como o blog mostrou, depois da eliminação na Libertadores, diante do Tijuana, ele criticou o goleiro perto da saída do vestiário do Pacaembu. Gritou  Bruno Cocoricó por causa do frango levado contra os mexicanos. O pai do atleta ouviu e se irritou.

“Tenho o direito de me expressar, ainda mais sendo conselheiro. Não há motivo para eu ser punido. A maioria concorda comigo, Bruno não tem condições de jogar no Palmeiras”, afirmou o conselheiro.

Quem é a favor da sindicância alega que a atitude não condiz com a maneira como deve agir um conselheiro e que a crítica desvaloriza um “patrimônio” do clube.