Arquivo da categoria: Us Open

US Open 2019 distribuirá U$ 57 milhões

Leia o post original por Fernando Sampaio

O US Open 2019, cuja chave principal terá início nesta segunda-feira, baterá o recorde mundial do tênis ao distribuir mais de US$ 57 milhões aos participantes. Com premiação igual para homens e mulheres, os campeões na chave de simples receberão US$ 3.850.000 cada um, cerca de R$ 15 milhões. Nada mal. Quem perder na primeira rodada leva U$ 58.000,00. Os jogadores que perderem na segunda rodada…

Fonte

US Open 2019 distribuirá U$ 57 milhões

Leia o post original por Fernando Sampaio

O US Open 2019, cuja chave principal terá início nesta segunda-feira, baterá o recorde mundial do tênis ao distribuir mais de US$ 57 milhões aos participantes. Com premiação igual para homens e mulheres, os campeões na chave de simples receberão US$ 3.850.000 cada um, cerca de R$ 15 milhões. Nada mal. Quem perder na primeira rodada leva U$ 58.000,00. Os jogadores que perderem na segunda rodada…

Fonte

Melo e Kubot superam campeões de Roland Garros

Leia o post original por Fernando Sampaio

Marcelo Melo e Lukasz Kubot garantiram neste domingo vaga nas quartas de final do US Open. Cabeças de chave número 7, Melo e Kubot venceram a forte dupla da França Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut – cabeças 9 – por 2 sets a 1, parciais de 7/5, 2/6 e 6/3, após 2h12min de jogo pelas oitavas de final.

Agora, a dupla enfrentará os norte-americanos Austin Krajicek e Tennys Sandgren, em busca de um lugar na semifinal. Krajicek e Sandgren derrotaram o croata Nikola Mektic e o austríaco Jurgen Melzer por 2 a 0 (6/3 e 6/4).

“Foi um jogo emocionante. Nossa principal vitória do ano. Os treinos e a dedicação são importantes para viver momentos como o de hoje”, comemorou Marcelo.

Esta é a 12ª participação de Marcelo Melo no Grand Slam norte-americano, torneio em que foi duas vezes semifinalista – em 2013 e 2014.

Serena bate Venus na sua melhor partida como mãe

Leia o post original por Fernando Sampaio

Serena Williams fez sua melhor apresentação em 2018 para superar a irmã Venus por 6-1, 6-2, na noite desta sexta-feira no Arthur Ashe Stadium. “Este foi o meu melhor jogo desde que voltei”, disse ela em sua entrevista na quadra. “Eu trabalhei para isso. Eu trabalhei muito duro nestes últimos três ou quatro meses “.

As duas irmãs já se enfrentaram 30 vezes em suas carreiras profissionais. O primeiro confronto aconteceu em 1998, segunda rodada do Australian Open. Serena, a mais nova, tem vantagem agora de 18-12, sendo 4-2 no US Open. O confronto desta sexta-feira na terceira rodada foi a 18ª vez em que elas se encontraram não sendo uma final de torneio. Das sete vezes que Serena venceu esses encontros, ela conquistou o título cinco vezes.

Bia Haddad não avança no quali do US Open

Leia o post original por Fernando Sampaio

A paulista Beatriz Haddad Maia encerrou nesta quinta-feira sua participação no qualifying do US Open.

Depois de estrear com vitória no qualificatório norte-americano, a tenista número 1 do Brasil e 132o do mundo foi superada pela canadense Francoise Abanda, por 7/6(3) 6/3, em partida válida pela segunda rodada.

Bia, que jogou em Nova York seu segundo torneio depois da cirurgia nas costas, continua nos Estados Unidos. Ela joga no início de setembro o ITF US$ 125 mil de Chicago e depois vai ao Canadá disputar o WTA de Quebec (10 de setembro).

Nadal para Tsitsipas e leva quarto Masters do Canadá

Leia o post original por Fernando Sampaio

Rafael Nadal bateu Stefanos Tsitsipas por 6/2 e 7/6 (4) e levou o quarto título no Masters do Canadá. Foram dois títulos em Toronto (2008 e 2018) e dois em Montreal (2005 e 2013). Este foi seu 33º Masters e o 80º título na carreira, com 50 deles no nível de Maters 1000 e Grand Slam. 

Após a vitória Rafa declarou: “Se você me dissesse isso há duas semanas, eu não teria acreditado. É uma ótima maneira de começar a temporada de quadra dura. É uma vitória muito importante para mim e estou muito feliz.”

Nadal não conquistava o torneio canadense desde 2013. Seu quarto título faz do Masters canadense seu torneio de quadra dura mais bem-sucedido, superando os três títulos em Indian Wells e os três títulos no U.S.Open. Com 33 Masters Nadal ampliou a vantagem contra Novak Djokovic que tem 30 Masters e Roger Federer que tem 27. O atual líder do ranking mundial se tornou o também o quarto profissional a somar 80 títulos na carreira, juntando-se a Jimmy Connors, Roger Federer e Ivan Lendl.

Nadal aumentou suas chances de terminar a temporada como o primeiro do mundo pela quinta vez em sua carreira.

 

Bruno Soares brilha no US Open

Leia o post original por Fernando Sampaio

soaresEspetacular !!!

Bruno Soares e Jamie Murray conquistaram o U.S.Open.

Final 6/2 6/3 contra Guillermo Garcia López e Pablo Carreño Busta.

Soares tem agora 05  títulos de Grand Slam. Ao lado de Murray, conquistou Austrália e Estados Unidos. Nas duplas mistas tem dois US Open e um Australian Open. Em Nova Iorque venceu em 2012 ao lado de Ekaterina Makarova e 2014 com Sania Mirza. Em 2016 levou Melbourne ao lado de Elena Vesnina.

Conquista espetacular, poucos brasileiros chegaram lá. No individual apenas Maria Esther e Guga. Guga tem 3 Roland Garros, Maria Esther tem 3 Wimbledon e 4 US Open. Nas duplas, Maria Esther tem 12 títulos, Thomaz Koch e Marcelo Melo tem 1. Ou seja, só 5 brasileiros conquistaram Grand Slam.

Maria Esther com 19 títulos supera todos os brasileiros.

Fiquei muito feliz, Bruno Soares é gente finíssima.

 

Kerber leva US Open e desbanca Serena

Leia o post original por Fernando Sampaio

September 10, 2016 - 2016 US Open Women's Singles Champion Angelique Kerber during the 2016 US Open at the USTA Billie Jean King National Tennis Center in Flushing, NY.

A alemã Angelique Kerber levou o título do U.S.Open 2016.

Venceu na final Karolina Pliskova por 6/3, 4/6 e 6/4.

Desde 1996 a Alemanha não conquistava o Aberto dos Estados Unidos.

O último foi com Steffi Graf.

Durante os anos 80 e 90, todo final de semana lá estavam Boris Beker, Steffi Graf ou Michael Stich disputando um título em algum lugar do planeta.  Depois os grandes títulos da Alemanha foram sumindo.

Este ano Kerber levou dois Grand Slams: Austrália e Estados Unidos.

Além disso, a alemã assumiu o primeiro lugar do ranking mundial.

Eliminada na semifinal, Serena Willians caiu para segundo.