Arquivo da categoria: velez

Atlético confirma favoritismo, São Paulo foi assaltado

Leia o post original por Fernando Sampaio

sao_paulo_efeDia 20 de maio postei “Atlético Nacional é favorito na semifinal”.

Pesquise no Blog.

Alguns são-paulinos ficaram bravos. Foram irônicos. Normal, não escrevo para agradar fanáticos. Não estou nem aí, porque quem torce distorce, analisa com paixão e sem razão.

O time colombiano sempre foi melhor, mais forte, mais técnico, toca melhor a bola, bem treinado, fez a melhor campanha da Libertadores. Era favorito e confirmou o favoritismo.

O São Paulo sempre foi o Timeco do Leco. A semifinal deu uma certa ilusão mas o fato é que o elenco enfraqueceu nesta temporada. No início do ano, disse que dificilmente o time terminaria o Brasileirão no G-4, como aconteceu no ano passado.

Vamos aguardar…. A tendência é essa, ainda mais com a saída de bons jogadores.

Bauza tirou leite de pedra. Maicon e Lugano trouxeram o espírito guerreiro. A postura mudou. Se o elenco perdeu técnica, ganhou superação, entrega, oncentração, pegada. Mas, tudo tem limite. Semifinal de Libertadores foi bem além da expectativa.

Apesar da superioridade do Atlético, faltou bastidores.

Libertadores tem que trabalhar arbitragem. No mínimo para não ser prejudicado. Dificilmente Maicon seria expulso no Morumbi. A roubalheira na competição é histórica. A Conmebol é um balcão de negócios. Corinthians x Boca e São Paulo x Vélez são alguns exemplos marcantes.

O comentarista e ex-árbitro Rafael Porcari deu a letra antes do jogo.

O árbitro chileno foi suspenso em 2003 por 8 meses. Suspeita de favorecimento. Saiu da FIFA. Voltou em 2010 e apitou pouquíssimos jogos da Libertadores. Em 2015 apitou só um jogo. Em 2016 apitou 4 jogos mais fracos. De repente aparece numa semifinal de Libertadores?

Fala sério.

Achei que São Paulo deveria ter saído de campo após a marcação do pênalti. Antigamente, árbitro ladrão saia de camburão quando roubava o time da casa. Quando roubava o visitante, o visitante saia de campo. O time deveria sair expulso. Seria um protesto para marca na história da Libertadores. Ficar em campo vendo o time de Medellín tocando a bola é ridículo.

Se o Atlético já era melhor e favorito com o apito a favor foi covardia.

Brasileiros têm missão difícil nas oitavas da Libertadores

Leia o post original por Quartarollo

Os paulistas não podem falar nada sobre a eliminação dos cariocas Flamengo e Botafogo na primeira fase da Libertadores pois nem até lá conseguiram chegar nesta temporada. Foi a pior classificação dos paulistas em muitos anos no Brasileiro do ano … Continuar lendo

Adriano é Brasil na Libertadores

Leia o post original por RicaPerrone

adriano-divulgacao-cap

Assim como você, nunca ouvi falar em Miguel Ángel Portugal.  E sim, também demorei pra perceber que o técnico do CAP era ele e não o Petkovic.

Não, eu nunca falo do Atlético PR no blog.

Miguel Ángel Portugal tem 58 anos, nunca ganhou porra nenhuma e hoje comprovou sua tendência ao anonimato.  Enquanto pela primeira vez os olhos do continente miravam o Atlético, o treinador resolveu mostrar “quem manda” e deixar seu único fator de desequilíbrio no banco até faltar 10 minutos pra constatação do óbvio.

Adriano passou o segundo tempo todo olhando pro treinador.  Como eu sei disso? A TV filmou mais o Imperador do que o jogo. Naturalmente, já que ele é mais famoso e impactante ao futebol do que os dois times que estavam em campo.

Com todo respeito, sem média, o jogo de hoje era Adriano x o ex time do Chilavert.  Se fosse numa fase adiante, até seria diferente. Mas hoje não.

E então o treinador o irrita. Cansa quem transmitiu, quem parou pra ver, e perde o jogo porque apostou que ele, Bruno Mendes, poderia ser letal.

Bobagem.

Todos querem ver Adriano. Pra secar, experimentar ou torcer.  É dele que estamos falando, não do Atlético na Libertadores.

Mais do que vencer na Argentina, deveria ser prioridade do clube tentar ter no elenco um dos melhores atacantes do mundo. Mas pra isso, ele precisa jogar.

Miguel Ángel Portugal optou pelo conjunto. Depois, por Bruno Mendes.

Deu merda.

abs,
RicaPerrone

Caro para Santos, Martínez é visto como “pechincha” no Corinthians

Leia o post original por Perrone

Proibitiva para o Santos, a contratação de Matínez foi vista no Corinthians praticamente como uma pechincha. Isso diante das boas referências que o clube teve sobre o argentino.

Fonte ligada ao time do Parque São Jorge afirma que o atacante do Veléz custou cerca de US$ 2 milhões. Metade do dinheiro para a equipe argentina. A outra parte ficou com o jogador. Por essa versão, o pai do atleta aceitou receber US$ 1 milhão pelos 25% dos direitos que o próprio Martínez detinha em dez parcelas.

A assessoria de imprensa do Corinthians não fala sobre valores. Diz apenas que os negócios a prazo feitos pelo clube costumam ser com  menos prestações.

Já  no Santos, a justificativa da diretoria para não ter o atleta é a dificuldade em negociar com o pai do jogador. Pediu mais do que o Santos poderia pagar.

Procurado pelo blog, Pedro Nunes Conceição não quis comentar a negociação fracassada. O membro do Comitê de Gestão do Santos afirmou apenas que o o clube não perdeu o argentino para o rival, pois desistiu antes de o Corinthians entrar no negócio. E não acredita que o jogador tenha saído mais barato do que sairia para o alvinegro do litoral.

Corinthians aceita pedida salarial de Martínez, mas falta acerto com pai de argentino

Leia o post original por Perrone

O Corinthians não se assustou com a pedida salarial feita por Martínez. O atacante do Vélez quer receber US$ 1 milhão por ano livre de impostos. O alvinegro está disposto a pagar, mas precisa se acertar ainda com o pai do argentino, controlador de 50% dos direitos do filho. A transação com o Vélez não preocupa os corintianos.

Se rolar a contratação, Martínez irá receber R$ 166 mil mensais limpos, mas claro que para o clube o custo será maior por conta dos tributos.

Caso o negócio vingue, o Corinthians irá colocar mais lenha na fogueira acesa na Vila Belmiro desde a queda do Santos diante do rival na Libertadores. A diretoria santista já era criticada internamente por perder Romarinho para o time do Parque São Jorge. Seria um motivo a mais para protestos.

Conselheiros santistas culpam festa do título por derrota na Argentina

Leia o post original por Perrone

Para conselheiros santistas de diferentes correntes, o time caiu diante do Vélez porque exagerou na comemoração do título Paulista. Eles afirmam que os atletas descansaram pouco, após participarem de pelo menos três comemorações na semana da partida pela Libertadores.

Já no domingo, depois do triunfo sobre o Guarani, Neymar reuniu colegas e amigos numa balada em Santos, após um jantar entre os campeões. Na segunda, aconteceu o evento oficial da Federação Paulista.

Os críticos argumentam que diretoria e comissão técnica deveriam ter pedido para os atletas adiarem a festa na casa noturna a fim de ganharem uma noite de descanso antes do duelo com os argentinos.

Pelo tom das queixas, se o time não chegar às semifinais, nem o craque Neymar escapará das cobranças.

Vélez 1 x 0 Santos. Ainda bem que não foi o Barcelona

Leia o post original por Quartarollo

velez

velezSantos foi apático no primeiro tempo em Buenos Aires e poderia ter tomado mais gols. Só tomou um. Menos mal. Dá para tirar no jogo da volta que ainda não tem local confirmado. O primeiro tempo do time de Muricy … Continuar lendo