Arquivo da categoria: Wallyson

Dedo na cara!

Leia o post original por RicaPerrone

ferreyra_reu

Eu tinha medo, como a maioria das pessoas, que o Botafogo entrasse na Libertadores com aquela carinha de bom moço que lhe acompanha desde sempre.  Nesse tipo de campeonato, não funciona.

Uma torcida ausente, um time muito gentil e pouco “escroto” é tudo que um sul-americano quer pra engolir um brasileiro.  Aliás, e a única chance: a catimba.

Ao contrário do que temia, vejo uma torcida assistindo jogo em pé do começo ao fim. Gritando, empurrando, pressionando.

Um time que não toma pontapés calado. Que mete o dedo na cara quando um rival pede um pênalti que não foi.  Trava a bola, divide, racha e não se esconde.

É cedo. Claro que é.

Mas o que Botafogo teria que fazer até aqui, foi muito bem feito.  Tirando a dificuldade do El Tanque em dominar uma bola, poucas funções no time estão sendo contestáveis.

Até mesmo o que não funciona tão bem é por consequência da ruindade do Tanque.  Sua função é simples. Ou ele completa pro gol ou faz pivô.  Do jeito que vem jogando, a bola morre nele.

Hoje, morreu no gol. Num rebote, daqueles que “qualquer um faria”, mas fez.

Não confunda futebol com Libertadores.  O Botafogo está jogando uma boa Libertadores. Não necessariamente um grande futebol.

É o que importa.

abs,
RicaPerrone

Juvenal precisa tomar cuidado para não virar o “Dualib” do Morumbi

Leia o post original por Quartarollo

juvenal

juvenalAfastar jogadores reservas é fácil. O difícil é cobrar os titulares de altos salários e sem comprometimento com o time. O São Paulo convocou coletiva para avisar que Ney Franco e sua comissão técnica continuam e que 7 jogadores foram … Continuar lendo

Mais um ‘descartável’ no Tricolor???

Leia o post original por Neto

O São Paulo acabou de anunciar a contratação do jovem atacante Wallyson, de 23 anos, que chega do Cruzeiro com a missão de ser mais uma sombra para Luis Fabiano. Particularmente acho esse menino um bom jogador. É um tanto irregular, mas bom de bola. Sabe fazer gols. Agora o que definitivamente não pode acontecer é o Tricolor transformá-lo em um novo jogador ‘descartável’. Vejam só o que fizeram com Willian José e  Henrique. Os  os indicativos são quase os mesmos.

Wallyson acertou a ida para o São Paulo

Hoje jogador do Grêmio, Willian tinha a prerrogativa de ter sido campeão com a Seleção Sub-20 antes de desembarcar no Morumbi. Apesar de ter feito muitos gols, sido artilheiro do time no Paulistão e na Sul-Americana em 2012, o clube optou por liberá-lo. Situação que não ficou 100% esclarecida. Problemas com empresário? Discurso errado do jogador? Pediram grana demais pelos seus direitos? Não sei.

Com o Henrique ficou mais estranho ainda. O moleque tinha ido bem nas poucas oportunidades no São Paulo. Depois arrebentou no Sub-20 sendo eleito até o Bola de Ouro do último Mundial da categoria. Depois o São Paulo o descarta? Que isso? Alguma coisa está errada em toda essa história. Agora só espero que não façam o mesmo com o Wallyson. Tem que dar oportunidade e acreditar.

Foi assim com um certo atacante da década de 80. Um jovem Careca desembarcou no Morumbi e foi muito inconstante nas primeiras temporadas. Depois se transformou em um dos maiores jogadores da história do Tricolor. Não é querer compará-lo. Não é isso. Mas apenas uma questão de acreditar no potencial desses meninos. Só isso. Às vezes aparece uma joia bruta. Vai saber…